Spurs (0) vs Rockets (1) – Assustador

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif99×126

Nessa segunda-feira (1º), o San Antonio Spurs recebeu o Houston Rockets no AT&T Center e abriu a série, válida pela semifinal da Conferência Oeste, com uma das piores derrotas da história da franquia em playoffs. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge ficou sobrecarregado no garrafão (Mark Sobhani/NBAE via Getty Images)

Sem resposta

Seja lá qual foi o plano de jogo do Spurs para a partida, ou ele deu muito errado ou a equipe não soube executá-lo. O versátil ataque do Rockets impôs a pior derrota de Gregg Popovich como técnico na abertura de uma série, em ofensiva baseada nos arremessos de três pontos. Foram 22 convertidos em 50 tentados, recordes contra o alvinegro em duelos de pós-temporada. Os visitantes chegaram a estar vencendo por 39 pontos de vantagem. Seis atletas do time de Houston terminaram o jogo com dígitos duplos. É para esquecer!

Nem Kawhi salvou (Jesse D. Garrabrant/nba.com/rockets)

Cadê a ajuda?

Assim como na defesa, no ataque nada deu certo para o Spurs. Dewayne Dedmon saiu da rotação desde que ficou doente antes do jogo 4 contra o Memphis Grizzlies, dando lugar a David Lee entre os titulares, com Davis Bertans completando a segunda unidade. O problema é que, com o ex-All-Star em quadra, o time fica claramente mais limitado defensivamente. LaMarcus Aldridge definitivamente não funcionou como pivô, deixando a quadra com quatro pontos e seis rebotes em 25 minutos e saldo de -36. E o ala-pivô não ajudou, com quatro pontos e sete rebotes em 28 minutos. Além de Kawhi Leonard, só Tony Parker e Jonathon Simmons chegaram aos dígitos duplos.

E agora?

A presença de Lee no quinteto inicial claramente machuca o Spurs defensivamente. Apesar de ser bom nos rebotes, o ala-pivô não é ágil o bastante para poder acompanhar Ryan Anderson no perímetro.

Além disso, o big man não tem um jogo de costas bom o bastante para punir o ala-pivô do Rockets do outro lado da quadra. Para finalizar, o jogador do Spurs não tem a fisicalidade necessária para trombar com Clint Capela e/ou Nenê embaixo da cesta. Com isso, acaba sobrecarregando Aldridge na defesa do garrafão. Talvez seja hora de Pop considerar uma mudança no quinteto titular, promovendo o retorno de Dedmon ou lançando Bertans, o que seria improvável, dado o histórico de conservadorismo do técnico com novatos.

Cabeça quente

Após ver o time ser atropelado e entrar somente no garbage time depois até de nomes como Dejounte Murray e Kyle Anderson, Dedmon se envolveu em discussão com James Harden que foi separada por Nenê. Os dois pivôs foram expulsos da partida. Foi a primeira ejeção de um jogador do Spurs em uma partida de playoff desde que Robert Horry foi excluído contra o Phoenix Suns de Mike D’Antoni, que curiosamente hoje é o técnico do Rockets.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 21 pontos, 11 rebotes e 6 assistências

Tony Parker – 11 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Jonathon Simmons – 11 pontos

Houston Rockets

Trevor Ariza – 23 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola

James Harden – 20 pontos, 14 assistências e 4 roubos de bola

Clint Capela – 20 pontos, 13 rebotes e 2 tocos

Ryan Anderson – 14 pontos, 6 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Lou Williams – 13 pontos e 3 rebotes

Eric Gordon – 11 pontos, 4 assistências e 3 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 02/05/2017, em Playoffs 2017, Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 21 Comentários.

  1. Última vez que tinha visto algo assim foi naquele 7×1 do futebol. Sentada na frente da tv ontem com olhar incrédulo, vcs disseram que foi um das piores derrotas em playoffs, teve piores que essa?

    O que foi a partida do Danny Green? Nosso especialista em defesa e três pontos não consegue marcar ninguém e tem dificuldade até pra acertar o arro nos chutes, quanto mais cesta.

    Ainda acredito muito nos Spurs. Temporada passada massacramos o OKC na primeira partida e depois caímos fora.

  2. Mais do que o chocolate, o ruim desses jogos é que não dá pra medir muita coisa num jogo assim, em que um lado acerta tudo e o outro erra tudo. O que havia de plano tático é camuflado pelos aproveitamentos desumanos (um superdimensionado e outro subdimensionado).

    Rockets fez ótima campanha na temporada regular arremessando 40 bolas de 3 por jogo e acertando 35% delas. Ontem arremessou 50 vezes de fora e acertou 44%. 44%!

    Ou seja, MESMO com o Spurs afobado e marcando mal, o aproveitamento deles ainda assim é muito insano. Uma equipe que arremessa de 3 em toda santa posse de bola não pode acertar 44% dos chutes. Se mantiverem esse aproveitamento surreal, nem Spurs nem ninguém irá pará-los.

    Rockets precisa arremessar menos e errar mais. E Spurs precisa acertar alguma coisa. Foi um susto, mas acho muito difícil que Spurs volte a jogar tão mal e Rockets tão assustadoramente bem.

  3. partida horrivel do aldrigde e do Green, Lamarcão perdendo bolas ridiculas no ataque e marcando ninguém na defesa de perimetro, ryan anderson tacando tudo e acertando todas…. E Green errando cada passe displicente… que puta merda…. !! O bom de tomar um sacode assim, que serve para o time acordar…

  4. Dá nem pra analisar o jogo, ninguém jogou, o menos pior errou bastante também KL.
    Mas cá entre nós, acho impossível acontecer novamente isso, e diferente do que a Carol acha, o Houston pode continuar acertando a mão nos 3, mas não podemos deixar arremessarem, esta é a questão. Com nossa defesa no estado ‘normal’, garanto que o número seria reduzido, os acertos também.

    Outra coisa, o Aldridge, ou ele começa a jogar ou o Spurs começa ver outro jogador pra próxima temporada, pq é um absurdo o que ele não está jogando. Lamentável.

    Enfim.. Jogo pra esquecer, no próximo as bolas começam a cair, e a defesa melhora, ai sobremos..

    • Acho até ok se “acertarem a mão” nas bolas de 3, mas 44% é sacanagem!

      • Claro que acertaram a mão, foi incrível, mas veja bem, nos outros 4 jogos onde vencemos 3, não me lembro deles terem um aproveitamento alto assim, pq? Pq eles foram contestados, tendeu?

        Ontem o Spurs não marcou ninguém, os caras chutaram livres de todo canto, sem contestação, isso facilita demais.

      • Sim, na temporada regular, contra o Spurs, eles acertaram menos de 30% das bolas de 3. Spurs é um dos melhores times pra defender o perímetro. Mas se você pegar o head-to-head do Rockets com times que não defendem bulhufas (Lakers, Suns, Nuggets, Kings), verá que o aproveitamento de ontem (44%) ainda assim é raro.

        Tipo, não tô falando que é a única razão da derrota, mas que é um condicionante capital pra diferença ter beirado os 30 pontos. Se pá outro condicionante é a velocidade com que isso aconteceu, 1º tempo foi coisa de louco!

      • Eu concordo sim.. E esse jogo lembrou o primeiro contra o OKC também, fomos avassaladores.
        Vamos ver hoje.

  5. Hennan Santos Carvalho

    A única coisa que tirei do jogo e já era claro antes é que não temos condição de jogar com 2 caras de garrafão. Nenhum dos nosso pivot tem velocidade lateral para acompanhar qualquer um dos alas do Houston. Harden aproveitou muito bem isso, gerando arremessos livre durante todo jogo. Outro ponto é que temos que obrigar o adversário a jogar meia quadra, portanto TO e errar cesta fáceis são inaceitáveis.

  6. Alguém anotou a placa? KKKK.
    O Rockets jogou demais e nem precisou tanto do barba, pois o time todo estava voando. Até o garbage estava bem. Aldridge, Ginobili e Green têm que tomar vergonha na cara e jogar alguma coisa, pois não precisa de marcação apertada do jeito que estão jogando, a natureza marca. Nem bandeja embaixo da cesta o Spurs estava acertando, sofrer no garrafão contra Zbo e Marc tudo bem, agora contra Capela e Anderson? já é demais. Como bem lembrado acima, espero que essa atuação do Rockets tenha sido um ponto fora da curva como a do Spurs no playoffs passado contra OKC, senão vai ser uma varrida daquelas vexatórias. Mas, muito mérito para a defesa que o Rockets aplicou, conseguiram conter as infiltrações do Leonard. Agora é esperar o próximo jogo, caso perca, adeus.

  7. Falaram que o Parker tinha voltado, que tinha se poupando pra render nos offs. Acho que precisa de mais seis meses se resguardando pra voltar a jogar bem.

    Spurs tem que jogar com apenas um pivô. Colocar um time mais baixo e ágil em quadra. Único jeito de diminuir esse festival de chutes de três que a maioria foram totalmente livres. Se isso se repetir eles podem ganhar do mesmo jeito que ganharam ontem ou até mais facilmente.

    Outra coisa importante a ser feita, Murray de titular, Forbes vindo do banco e Parker e Ginobili de terno e gravata bem longe das quadras. Óbvio que não vão concordar né? Haha

    Independente da classificação ou não esses playoffs estão mostrando muitas coisas a respeito do time que não se pode mais fechar os olhos e achar desculpas.

  8. Carlos Antunes

    Que Diabo foi aquilo ontem?! Pra mim deu depois que nosso “especialista de 3” tentou pela terceira vez acertar um chute e não deu nem aro… ali eu fui deitar e agradecer ao houston por não me deixar virar um zumbi no plantão de hoje (sou médico). Meus amigos, tô ansioso pelos ajustes que o Pop vai fazer, pq não é possível levar uma surra dessa amanhã de novo… alguém nos ajude pelo amor de Deus!!

  9. Uma coisa sempre me incomodou no Spurs desde 2010: do além, o time fica aéreo e bunda-mole. Essa temporada foi muito chata de assistir!!!! Se não ganha do Houston (espero que ganhe), vai ganhar do GSW e do Cleveland??? O que falta é sangue nos olhos!!!!! Não dá para depender só do KL!!!!

    I want some nasty!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Jonas, concordo com vc! Paletó pro Parker e Ginobili!

    …e pro Green, Aldridge, Gasol, Lee, …

    Time 70% novo ano que vem ou vou começar a ver futebol de novo!!!

  10. Concordo plenamente Jorge, o time tomava a cesta e parece que não tinham nem coragem de olhar uns nos olhos dos outros e pensar.. vamos reagir.
    Playoffs é sangue no olho e atitude, veja se o Lebron James aceita uma derrota assim com as mãos na cintura.
    Os únicos inconformados com a situação eram o Deadmon e Simmons, o resto só estava pensando e ir pra casa, tomar um vinho caro.

  1. Pingback: Spurs (0) vs. Rockets (1) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (1) vs. Rockets (1) – Na mesma moeda | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (1) @ Rockets (1) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (2) @ Rockets (1) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  5. Pingback: Spurs (2) vs. Rockets (2) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  6. Pingback: Spurs (3) @ Rockets (2) – Semifinal do Oeste | Spurs Brasil

  7. Pingback: Prévia de Warriors x Spurs – Final do Oeste | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s