Spurs (2) @ Grizzlies (2) – Solitário

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif108×110

O San Antonio Spurs visitou o Memphis Grizzlies, nesse sábado (22), pela quarta partida da série, válida pela primeira rodada da Conferência Oeste, e saiu derrotado. Agora, com quatro jogos disputados, o confronto está empatado em 2 a 2. Vamos aos destaques do duelo.

Apresentação espetacular de Kawhi Leonard não foi suficiente (Reprodução/facebook.com/spurs)

Estrela solitária

A grande atuação de Kawhi Leonard não salvou, novamente, o Spurs da derrota. Com os adversários não conseguindo respostas para sua ofensividade, o ala dominou e foi o destaque do jogo. Mesmo assim, a equipe alvinegra saiu derrotada. Tony Parker, ainda que venha atuando bem, foi o único que conseguiu auxiliar o ex-jogador da universidade de San Diego State. LaMarcus Aldridge vem sofrendo pela imposição física dos adversários dentro do garrafão e não faz boa série. Manu Ginobili, mesmo com seus 39 anos, é outro que está devendo. O ala-armador não anotou nenhum ponto nos quatro confrontos da série.

Garrafão adversário é um problema (Reprodução/nba.com/grizzlies)

Fez falta

Ao início da temporada regular, nem o mais otimista torcedor do Spurs pensaria dizer que o recém contratado Dwayne Dedmon viria a fazer falta no time. O pivô, que estava doente e ficou fora do jogo 4, é presença física importante contra o garrafão adversário. Bom marcador – ao contrário de seu substituto, David Lee, que tem sérias limitações defensivas -, poderia ter dado mais trabalho na busca por rebotes, ou mesmo atrapalhado mais a vida dos perigosos Marc Gasol e Zach Randolph.

Baixo aproveitamento

O baixo aproveitamento do perímetro também foi um dos responsáveis da derrota. Com o time acertando apenas 30% de longa distância, com Danny Green, Manu Ginobili e Patty Mills, os três mais perigosos arremessadores do alvinegro, convertendo somente um de 14 arremessos desta posição, o fundamento foi ponto negativo na derrota.

Com a volta de Dwayne Dedmon e a teórica melhora nos arremessos, além da manutenção de atuações de Kawhi Leonard, o Spurs não deve ter dificuldade em vencer a partida cinco em casa. Caso o time adversário consiga anular, novamente, ao menos as bolas de três, os texanos passarão novamente por dificuldades contra o forte garrafão do Grizzlies.

Próximo compromisso

O Spurs volta a jogar nesta terça-feira (25), em casa, pelo quinto jogo da série.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 43 pontos, 8 rebotes e 6 roubos de bola

Tony Parker – 22 pontos, 5 assistências e 4 rebotes

LaMarcus Aldridge – 13 pontos

Memphis Grizzlies

Mike Conley – 35 pontos, 9 rebotes e 8 assistências

Marc Gasol – 16 pontos, 12 rebotes e 4 assistências

JaMychal Green – 14 pontos

Vince Carter – 13 pontos

Zach Randolph – 12 pontos e 11 rebotes

Anúncios

Sobre Vinicius Nordi Esperança

Mestrando da UFSCar. Desenvolvedor web. Spursnático e Palmeirense sofredor. email: viniciusnordiesperanca@gmail.com

Publicado em 24/04/2017, em Playoffs 2017, Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Agora o Parker fica mais umas 10 partidas jogando mal, já que jogou bem essa. Não há desculpas para a má atuação do Aldridge, visto que ele não necessita invadir a área pintada sempre para pontuar, pois tem um tiro bom de média distância, já na defesa é sim desgastante segurar o garrafão do Memphis. O fato é que eles estão tendo uma série acima da média, e o Spurs abaixo. Tem que parar de amassar o aro e sufocar na defesa, porque o Conley cansou de infiltrar nesse jogo.

  2. Kawhi no 4th em diante foi insano, roubava bola e metia bola de 3 com uma intensidade, que jogador!
    Agora o time precisa ajudar.

    Não seria a hora nessa série de dar mais tempo para o Bertans, Simmons e até o Anderson? Mesmo não sendo os melhores tecnicamente e taticamente, fisicamente poderiam da mais movimentação, a marcação deles está muito intensa.

    Acho que dá para ganhar a série em 6, mas não podemos bobear.

    • Olha o nível de locura do pessoal. Querem Kyle Anderson… A natureza já fez suas leis e elas dizem que quanto mais minutos esse ser estiver em quadra mais longe a vitória ficará.

      Quem tinha que ter recebido mais chances eram Forbes e Murray, os dois se mostraram mais íntimos da cesta do que estes três. Mas Pop pensa o contrário, não confia nos jovens.

      Não confia nem no veterano que ele trouxe. Joel anthony não serve nem pra jogar num jogo como esse com os desfalques, o que faz na franquia?

  3. E pensar que o Conley quase desembarcou em San Antonio no início da temporada. Não fossem aqueles míseros muitos milhões teríamos um armador top.

    Sobre os Spurs, faz nos offs o que fez na regular, nada mudou como previram as mães dinás.

    Pena não termos tido um jogador como kahwi na época em que Duncan estava em seu auge.

  4. San Antonio deu muito mole na prorrogação
    Parker e leonard (2 posses de bola,) quicaram a bola no proprio pé. .

    E mesmo assim num contra ataque vencendo por 2 pontos … o danny green toma um toco na bandeja, que seriam 4 pontos de vantagem na prorrogação

    • Foi Mills quem tomou esse toco. O australiano vem muito mal na série.

      Vamos ter que transpirar mais se quisermos passar de fase.

  5. Bonitão o comentarista do Caos. Quando fez 2 a 0 calou a boca agora vem como “senhor sabe tudo” desrespeitando a opinião alheia huauha poor kid

  1. Pingback: Spurs (2) vs Grizzlies (2) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (3) @ Grizzlies (2) – Primeira rodada dos playoffs | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s