Spurs (37-28) @ Warriors (51-14) – Por pouco

 

107×110

Em reedição das finais da Conferência Oeste da última temporada, Golden State Warriors e San Antonio Spurs se encontraram nessa quinta-feira (8), em Oakland, vivendo momentos bem distintos. Em alta, a equipe da casa levou a melhor ao vencer por 110 a 107 e abriu 3 a 0 nos encontros das duas franquias nesta temporada. Confira, a seguir, como foi o duelo:

LaMarcus Aldridge foi o destaque da equipe com double-double (NBA/Getty Images)

O jogo

Sem contar com Kawhi Leonard, ainda se recuperando da lesão que sofreu antes da temporada começar, o Spurs tem sofrido para manter o alto nível. No entanto, na partida diante do Warriors, a equipe não deixou a discrepância entre os elencos ficar evidente, foi pra cima e só não levou a melhor na Oracle Arena por causa de um cidadão chamado Kevin Durant.

Bertans jogou como titular (NBA/Getty Images)

Stephen Curry deixou a partida por conta de torção no tornozelo direito logo no início do primeiro quarto, mas o Warriors respondeu sem ele e venceu pela sétima vez consecutiva desde o intervalo para o All-Star Weekend. “Ainda temos três All-Stars quando Steph não joga. Ainda temos muito talento”, disse Steve Kerr, técnico da franquia de Golden State, após o jogo.

Fato é que o camisa 30, querendo ou não, fez falta para a equipe mandante. O jogo foi pegado por quase o tempo todo, e a partida só foi decidida mesmo no fim. O Spurs chegou a liderar por 101 a 93 com pouco mais de quatro minutos para o fim até que o Warriors, liderado por Durant, começou a reação que sacramento o duelo a favor da equipe de Golden State.

O atual MVP das finais calibrou a mão e acertou uma sequência de pontos que recolocou o time de Golden State na disputa. Com 3:14 restantes, o ala reduziu a desvantagem para apenas dois pontos. Pouco depois, Durant empatou o jogo com apenas 2:01 no cronômetro.

Klay Thompson se juntou à retomada após acertar só dois dos dez primeiros arremessos de quadra que tentou e errar as três primeiras bola de três que arriscou. O ala-armador converteu dois lances livres a 15,9 segundos do fim e praticamente confirmou o triunfo.

O Spurs até tentou uma derradeira bola de longa distância com Bryn Forbes, mas o cronômetro já havia decretado o encerramento do duelo. O time de Gregg Popovich atuou sem o pivô espanhol Pau Gasol, que se machucou no último compromisso da equipe.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 30 pontos, 17 rebotes e 4 assistências

Dejounte Murray – 14 pontos, 6 assistências e 5 rebotes

Davis Bertans – 13 pontos e 3 assistências

Kyle Anderson – 12 pontos, 11 rebotes, 5 roubos de bola e 4 assistências

Tony Parker – 11 pontos e 7 assistências

Golden State Warriors

Kevin Durant – 37 pontos, 11 rebotes, 4 assistências e 4 tocos

Klay Thompson – 13 pontos e 6 assistências

JaVale McGee – 13 pontos, 7 rebotes e 4 tocos

Nick Young – 12 pontos

Draymond Green – 11 pontos, 12 rebotes, 10 assistências, 3 roubos de bola e 2 tocos

Texto publicado também no The Playoffs pelo mesmo autor

Anúncios

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Também é redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 09/03/2018, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s