Spurs (1-0) @ Suns (1-0) – Temporada regular

San Antonio Spurs @ Phoenix Suns – Temporada regular

Data: 01/11/2014

Horário: 00h00 (Horário de Brasília)

Local: US Airways Center, Phoenix, Arizona

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,83 (favorito) @ Suns 1,99

Foi dada a largada para temporada regular da NBA. Em sua primeira partida, o San Antonio Spurs realizou contra o eterno rival texano, o Dallas Mavericks, uma partida digna de playoffs. Com o jogo resolvido no último minuto, o alvinegro saiu com a vitória por apenas um ponto. Contra o também rival Phoenix Suns, não deve ser diferente. Armado com jogadores rápidos e habilidosos, que executam muito bem o small-ball, o time da casa pode complicar e muito a vida de Tim Duncan e companhia. Kawhi Leonard deve voltar neste confronto.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Matt Bonner

C – Tim Duncan

Fique de Olho: Uma das fraquezas do time do Arizona é seu garrafão. A falta de bons jogadores nessa área pode pesar em favor da equipe de San Antonio durante o confronto. Tim Duncan será o responsável por garantir muitos pontos e rebotes dentro da área pintada contra o rival. Vindo de um bom jogo Diante do Mavericks, já conseguindo um double-double, The Big Fundamental tem tudo para ser o principal jogador da equipe na partida.

PG – Goran Dragic/Isaiah Thomas

SG – Eric Bledsoe

SF – Marcus Morris

PF – Markieff Moris

C – Miles Plumlee

Fique de Olho: Reforço da equipe do Arizona, Isaiah Thomas, que no Sacramento Kings já mostrava potencial, com médias de 20,3 pontos, 6,3 assistências e 1,3 roubos de bola, em 34.7 minutos por jogo, deixou claro que não vai aceitar facilmente a reserva de Goran Dragic e Eric Bledsoe. Anotando 23 pontos na vitória do Suns sobre o Los Angeles Lakers, quer cavar sua vaga no time titular, e nada melhor do que uma ótima partida contra o Spurs para isso.

Spurs (1-0) vs Mavericks (0-1) – Emoção e emoção

101×100

A noite desta terça-feira (28) serviu para fazer o coração do torcedor do San Antonio Spurs bater acelerado novamente. No AT&T Center, aconteceu a cerimônia de entrega dos aneis e içamento do banner, tudo relativo ao título da NBA deste ano. Se não bastasse, o evento foi seguido por uma vitória apertada e igualmente emocionante sobre o rival Dallas Mavericks na abertura da temporada 2014/2015. Confira, a seguir, como foi o confronto.

São campeões e mostraram porque (Reprodução/nba.com/spurs)

Big Three para sempre

Grandes nomes de um time que se reinventa, mas que segue fiel a seus astros, Tony Parker, Manu Ginobili e Tim Duncan deram mais uma mostra de que o Big Three do Spurs parece não envelhecer. O armador, com 23 pontos, três assistências e três rebotes, foi o cestinha da equipe de San Antonio na noite. O ala-armador, que saiu do banco de reservas, contribuiu com 20 pontos, seis assistências e duas roubadas de bola. Por fim, o ala-pivô deixou a quadra com 14 pontos, 13 rebotes e dois tocos e adicionou outro duplo-duplo à sua extensa lista.

Manu foi um dos destaques (Reprodução/nba.com/spurs)

Afiados do perímetro

Parte fundamental da ofensiva do Spurs, as bolas de três pontos funcionaram bem contra o Mavericks, um dos melhores times no combate ao fundamento em partidas contra o rival. No total, a equipe de San Antonio acertou 14 das 28 que tentou. Os destaques neste quesito no confronto foram Tony Parker (4-4), Marco Belinelli (3-6), Danny Green (3-6) e Cory Joseph (1-2).

Rotação encurtada

Sem poder contar com Patrick Mills, Kawhi Leonard e Tiago Splitter, entregues ao departamento médico, o técnico Gregg Popovich usou Marco Belinelli e Matt Bonner no quinteto titular, ao lado de Tony Parker, Danny Green e Tim Duncan, e apenas quatro reservas: Cory Joseph, Manu Ginobili, Boris Diaw e Aron Baynes. Como resultado, cinco jogadores passaram da marca dos 30 minutos: Parker (34:50), Green (34:02), Diaw (33:28), Belinelli (30:45) e Duncan (30:11), fugindo um pouco da característica do time na última campanha.

Rival encardido

Apesar da derrota, o Mavs mostrou que vai dar trabalho durante a temporada. Tanto o ataque comandado por Monta Ellis e Dirk Nowitzki quanto a defesa ancorada em Tyson Chandler funcionaram – um dos melhores momentos do Spurs no jogo foi quando o pivô teve de ir para o banco no terceiro período por conta de problemas com faltas. Além disso, Jameer Nelson e Chandler Parsons também foram reforços interessantes e, quando entrosados, podem fortalecer ainda mais a equipe de Dallas ao longo do campeonato.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 23 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Manu Ginobili – 20 pontos, 6 assistências e 2 roubos de bola

Marco Belinelli – 15 pontos e 3 assistências

Tim Duncan – 14 pontos, 13 rebotes e 2 tocos

Danny Green – 13 pontos e 4 rebotes

Dallas Mavericks

Monta Ellis – 26 pontos, 6 assistências e 4 rebotes

Dirk Nowitzki – 18 pontos e 6 rebotes

Devin Harris – 17 pontos, 5 assistências e 2 roubos de bola

Spurs (0) vs Mavericks (0) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Dallas Mavericks – Temporada Regular

Data: 28/10/2014

Horário: 22h (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: Space

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,59 (favorito) vs Mavericks 2,36

Chegou a hora! Nesta terça-feira, o San Antonio Spurs inicia a defesa do seu título ao estrear na temporada 2014/2015 da NBA em casa, justamente diante do Dallas Mavericks, rival texano. Antes da partida, acontecerá a cerimônia de entrega dos anéis aos jogadores do elenco alvinegro e de instalação do banner de campeão no AT&T Center. Para o duelo, porém, o time da casa terá problemas. Patrick Mills, que se recupera após operar o ombro direito, Kawhi Leonard, com uma infecção no olho direito, e Tiago Splitter, com uma lesão na panturrilha direita, serão desfalques para o técnico Gregg Popovich. Os visitantes, por sua vez, não terão Raymond Felton, suspenso. Rashard Lewis, lesionado, é dúvida.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Marco Belinelli

SF – Danny Green

PF – Boris Diaw

C – Tim Duncan

Fique de Olho - Sem o pivô brasileiro Tiago Splitter, que está lesionado, Boris Diaw deve ser o principal responsável por marcar o perigosíssimo Dirk Nowitzki no jogo desta terça-feira. O ala-pivô francês disputou os sete jogos que a equipe texana fez na pré-temporada, obtendo médias de 6,1 pontos, 2,6 rebotes e 2,4 assistências em 21 minutos por exibição.

PG – Jameer Nelson

SG – Monta Ellis

SF – Chandler Parsons

PF – Dirk Nowitzki

C – Tyson Chandler

Fique de Olho - No ano passado, Monta Ellis apresentou médias de 20,4 pontos e 2,9 assistências em 35,6 minutos por exibição e foi um dos destaques do Mavericks na série contra o Spurs, que chegou até o sétimo jogo e foi a mais difícil que o alvinegro enfrentou nos playoffs. Nesta pré-temporada, o ala-armador sustentou médias de 12,7 pontos e 4,5 assistências em 27,1 minutos por partida e tem um quinteto titular reforçado ao seu redor.

Richards vai jogar na Hungria

De acordo com reportagem do site americano Project Spurs, Ryan Richards, prospecto ligado ao San Antonio Spurs, já encontrou sua casa nova. Segundo o site inglês Hoopsfix, o ala-pivô britânico, de 23 anos de idade e 2,13m de altura, vai jogar no Kormend, da Hungria.

Richards em ação pelo BC Zepter Vienna (Michael Filippovits/DIENER)

O acerto veio poucos dias depois de Richards ser dispensado pelo BC Zepter Vienna, da Áustria, após entrar em conflito com o técnico da equipe. O britânico chegou a disputar cinco partidas pelo time antes da rescisão, apresentando médias de 20,2 pontos (51,7% FG, 29,2% 3 PT, 69,6% FT) e 6,8 rebotes em 31,6 minutos por exibição.

Richards foi selecionado pelo San Antonio Spurs na 49ª escolha do Draft de 2010 e, desde então, tem seus direitos presos à franquia texana. Neste ano, esteve com a equipe alvinegra na Summer League de Las Vegas, mas não chegou a entrar em quadra.

Spurs dispensa Green e ‘reforços relâmpago’

Neste sábado (25), o San Antonio Spurs anunciou as dispensas do ala-pivô JaMychal Green e dos alas Fuquan Edwin e Robert Vaden. Os dois últimos haviam sido contratados na sexta-feira. Com isso, o elenco finalmente chegou a 15 jogadores, o máximo permitido pela NBA para a temporada regular, e está pronto para o início do campeonato.

Green foi dispensado pelo Spurs (Reprodução/rantsports.com)

As “contratações relâmpago” de Edwin e Vaden, que passaram apenas um dia como jogadores do Spurs, se justificam por uma regra contratual envolvendo a liga americana de basquete. Uma franquia da D-League tem prioridade para assinar com os três últimos cortes que sua afiliada da NBA faz após a pré-temporada. Com isso, o destino dos dois alas, assim como o de Green, deve ser o Austin Spurs, antigo Austin Toros.

Fuquan Edwin, de 23 anos de idade e 1,98m de altura, passou em branco no Draft deste ano após apresentar médias de 14,4 pontos e 3,4 rebotes em 29,9 minutos por exibição pela Seton Hall University na última edição da NCAA. Vaden, por sua vez, tem 29 anos de idade e 1,96m de altura. Seu clube mais recente foi o  Belfius Mons-Hainaut, da Bélgica, no qual o ala anotou nove pontos e 1,6 rebotes em 27 minutos por exibição na temporada passada.

Por fim, Green disputou cinco dos sete jogos que o Spurs fez nesta pré-temporada e obteve, em média, 5,3 pontos e 2,7 rebotes em 8,5 minutos por exibição.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 47 outros seguidores