Spurs faz oferta formal para Ayon

De acordo com informações do site americano RealGM, o San Antonio Spurs ofereceu formalmente um contrato ao pivô Gustavo Ayon, que tem os direitos presos ao Barcelona, da Espanha. O time texano tem também a concorrência do Shandong, equipe do basquete chinês.

Ayon fez boa Copa do Mundo (Reprodução/fiba.com)

O desejo do Spurs por Ayon vem desde o começo da offseason, mas esbarrava em um iminente acerto entre o jogador e o Real Madrid. A negociação, todavia, parece ter melado principalmente por conta da rivalidade entre blancos e o Barcelona. Em San Antonio, é esperado que ele receba mais do que o mínimo de veterano. A equipe é uma das poucas que ainda tem a mid-level exception para oferecer aos agentes livres.

Para a diretoria e a comissão técnica do Spurs, o atleta mexicano é ideal para substituir Aaron Baynes, uma vez que o australiano não deve renovar com a equipe. Ayon já teve passagens pela NBA, atuando pelo então New Orleans Hornets, Orlando Magic, Milwaukee Bucks e Atlanta Hawks. Em nenhum dos times foi bem sucedido, somando um total de 135 jogos, com médias de 4,7 pontos e 4,4 rebotes por exibição.

No Mundial, Ayon foi o principal jogador na campanha mexicana. Referência do time, foi o maior cestinha e o maior reboteiro da equipe, somando médias de 17,6 pontos e 7,8 rebotes por duelo.

Diaw leva o bronze na Copa do Mundo de basquete

Neste sábado (13), a França venceu a Lituânia por 95 a 93, em jogo válido pela disputa do terceiro lugar da Copa do Mundo masculina de basquete, disputada na Espanha. Com isso, Les Bleus conquistaram o bronze, primeira medalha da história do país na competição. Ala-pivô do San Antonio Spurs, Boris Diaw deixou a quadra com 15 pontos (6-10 FG, 0-3 3 PT, 3-6 FT) e quatro assistências em 33 minutos pela seleção vencedora.

Diaw ajudou a França a fazer história (Reprodução/Fiba.com/spain2014)

Com o bronze, Diaw foi o jogador do Spurs com melhor campanha na Copa do Mundo. O ala-pivô terminou a competição com médias de 9,2 pontos (47,8% FG, 35,7% 3 PT, 60% FT), 4,6 rebotes e quatro assistências em 25 minutos por exibição.

Tiago Splitter, por sua vez, parou nas quartas de final com a derrota da Seleção Brasileira para a Sérvia. O pivô, camisa 22 do Spurs, deixou a Espanha com médias de 7,6 pontos (50% FG, 45,8% FT) e 6,4 rebotes em 20 minutos por partida no campeonato.

Por fim, Aron Baynes foi até as oitavas de final com a Austrália, que acabou eliminada pela Turquia. O pivô encerrou sua participação na Copa do Mundo com médias de 16,8 pontos (47,1% FG, 76,9% FT) e sete rebotes em 27 minutos por jogo. Porém, vale lembrar que o jogador ainda não acertou sua situação contratual com o Spurs para a próxima temporada e, no momento, não faz parte do elenco da franquia texana.

No domingo, Estados Unidos e Sérvia fazem a decisão da Copa do Mundo.

Spurs teria interesse na contratação de Ray Allen

Será que vem reforço de peso por aí? De acordo com reportagem do site americano Project Spurs, o San Antonio Spurs tem interesse na contratação de Ray Allen, que se tornou agente livre após a campanha que culminou com o vice-campeonato do Miami Heat em 2014.

Chance para Allen ‘se redimir’? (Derick E. Hingle/USA Today)

Segundo Marc Stein, jornalista da ESPN americana, o Spurs está entre as franquias que tentam convencer Ray Allen a voltar, já que o ala-armador também cogita se aposentar. Cleveland Cavaliers e Los Angeles Clippers também têm interesse no jogador.

Na última temporada, atuando com a camisa do Heat, Allen, especialista em bolas de 3, apresentou médias de 9,6 pontos e 2,8 rebotes em 26,5 minutos por exibição na fase de classificação e 9,3 pontos e 3,4 rebotes em 26,4 minutos por partida nos playoffs.

Ainda de acordo com Stein, o Spurs também teria interesse em Gustavo Ayón. Na última temporada, o pivô disputou só 26 jogos pelo Atlanta Hawks antes de se machucar, apresentando médias de 4,3 pontos e 4,8 rebotes em 16,5 minutos por noite.

Sem considerar o pivô australiano Aron Baynes, que ainda não renovou seu contrato com o Spurs, o elenco da equipe texana conta atualmente com 17 jogadores. Até o início da temporada regular, precisará ter no máximo 15, maior número permitido pela liga.

Hanga e Thomas vão jogar juntos na Itália

Nesta quarta-feira (27), Adam Hanga confirmou, por meio de seu Twitter oficial, que o Laboral Kutxa o emprestou para o Avellino. Com isso, o ala húngaro será companheiro de equipe do ala-pivô DeShaun Thomas, outro prospecto ligado ao San Antonio Spurs.

Hanga (à esquerda) vai jogar na Itália (Rafa Rivas/AFP)

Hanga foi selecionado pelo Spurs na 59ª escolha do Draft de 2011. Na última temporada, o ala de 25 anos de idade e 2,01m de altura apresentou médias de 5,6 pontos (44,9% FG, 28,6% 3 PT, 56% FT) e 2,1 rebotes em 17,1 minutos por exibição na Euroliga e 5,8 pontos (51,3% FG, 33,3% 3 PT, 50% FT) e 2,4 rebotes em 17,3 minutos por partida na Liga ACB.

Thomas, por sua vez, foi selecionado pelo Spurs na 58ª escolha do Draft de 2013. O ala chega ao Avellino após passar um ano no JSF Nanterre, da França. Na temporada, apresentou médias de 9,5 pontos (42,9% FG, 34,1% 3 PT, 75% FT) e 2,8 rebotes em 18,9 minutos por jogo na Euroliga, 13,8 pontos (55,4% FG, 37,9% 3 PT, 70,8% FT) e 3,6 rebotes em 22,4 minutos por exibição na Eurocopa e 12,2 pontos (43,5% FG, 37,6% 3 PT, 78,7% FT) e 3,9 rebotes em 22 minutos por partida no campeonato nacional,

Neste ano, Thomas disputou a Summer League pelo Spurs, obtendo, em média, 10,8 pontos (41,4% FG, 47,6% 3 PT, 87,5% FT) e 3,2 rebotes em 20,3 minutos por jogo.

Spurs contrata Josh Davis

Segundo reportagem do site Hoop365, o San Antonio Spurs acertou a contratação do ala-pivô Josh Davis. Atuando por San Diego State, o atleta acaba de concluir sua terceira temporada no basquete universitário e de passar em branco no Draft de 2014 da NBA.

Davis em ação pelo Hornets na Summer League (Reprodução/rantsports.com)

Em sua última campanha, Davis apresentou médias de 7,5 pontos (44,2% FG, 49,5% FT) e dez rebotes em 30,8 minutos por exibição. Disputou a Summer League pelo Charlotte Hornets, tendo médias de 8,9 pontos (51,3% FG, 66,7% FT) e 10,1 rebotes em 25,6 minutos por jogo.

O contrato de Davis com o Spurs provavelmente não é garantido. O ala-pivô deve completar os treinos de pré-temporada com o elenco texano. Vale lembrar que os três últimos cortes de uma franquia de NBA fazem com que sua afiliada na D-League tenha prioridade para assinar com os jogadores. Por isso, o Austin Toros é o provável destino do atleta.

Com a contratação de Davis e sem contar com Aron Baynes, que ainda não renovou seu contrato com o Spurs, o elenco da equipe texana tem agora 17 jogadores. Até o início da temporada regular, precisará ter no máximo 15, número permitido pela liga.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 47 outros seguidores