Arquivos do Blog

Draft 2012 – A armação

Começa nesta segunda-feira (25) o especial que o Spurs Brasil preparou para o Draft deste ano. A série terá quatro partes: as três primeiras dividirão os novatos observados pelo San Antonio Spurs por posição, e a última mostrará quais calouros os mais conceituados sites americanos sobre o assunto apostam que acabarão no time texano.

Tu Holloway, da Universidade de Xavier, pode ser a aposta do Spurs no Draft

Vamos começar com a posição que, talvez, tenha se tornado a mais carente do elenco do Spurs neste ano: a armação. Depois da saída de George Hill e da aposentadoria de T.J. Ford, Tony Parker, que acaba de terminar o melhor campeonato de sua carreira, ficou sem reservas confiáveis. Cory Joseph mostrou ser imaturo para a NBA e passou algumas semanas na D-League, enquanto Patrick Mills chegou no fim da temporada e não se adaptou a tempo para os playoffs. Além disso, o australiano deve optar por se tornar um free agent nesta intertemporada. Por conta de tudo isso, o ala-armador Gary Neal teve de ser improvisado na função em muitos jogos importantes.

Por isso, é possível que o Spurs vá atrás de um armador de ofício no Draft deste ano. Vale lembrar que a franquia texana possui apenas a 59ª e última escolha do recrutamento. Confira abaixo os jogadores da posição que foram avaliados pelo time de San Antonio:

Tu Holloway – Xavier Musketeers
Apesar de baixo para a NBA (tem apenas 1,83m), Tu Holloway recebeu uma chance para treinar com a comissão técnica do Spurs. Nesta temporada – sua quarta e última no basquete universitário -, o armador apresentou médias de 17,5 pontos (42,9% FG, 34,6% 3 PT, 86,2% FT), 4,9 assistências e 3,6 rebotes por exibição. Os mesmos especialistas que alertam para sua baixa estatura colocam seu arremesso, seu atleticismo e sua força física como ponto forte e comparam seu estilo de jogo ao de DJ Augustin, do Charlotte Bobcats. Por ser esperado no fim da segunda rodada, Holloway pode estar disponível para o Spurs.
Status: Pode chegar à 59ª escolha.

Ashton Gibbs – Pittsburgh Panthers
Sem ser apontado como um dos 60 melhores prospectos do Draft deste ano, Ashton Gibbs precisa ter impressionado alguma das franquias que o convidaram para treinos para conseguir uma vaga na NBA. O armador, que foi avaliado pela comissão técnica do Spurs, deve estar disponível quando a 59ª escolha chegar. Nesta temporada, sua quarta e última no basquete universitário, Gibbs apresentou médias de 14,6 pontos (38,2% FG, 34,5% 3 PT, 85,5% FT), 2,3 rebotes e 2,1 assistências por noite. Especialistas apontam seu arremesso de média e longa distância como ponte forte, mas alertam para sua dificuldade na infiltração e na marcação homem a homem. Por isso, o jogador tem seu estilo comparado ao de Damon Jones, que jogou entre 1998 e 2009 na NBA.
Status: Deve chegar à 59ª escolha

Scoop Jardine – Syracuse Orange
Pouco badalado, Scoop Jardine não aparece nas listas dos principais sites especializados em Draft dos Estados Unidos. O jogador, que foi um dos primeiros avaliados pelo Spurs, acaba de fazer sua quarta e última temporada no basquete universitário, alcançando médias de 8,9 pontos (47,4% FG, 37,9% 3 PT, 55,1% FT) e 4,9 assistências em 25,2 minutos por exibição. É considerado um bom pontuador e um defensor inteligente por especialistas, mas precisa melhorar sua consistência nos tiros de longe e sua marcação homem a homem. Por ser pouco badalado, pode ser uma opção para a 59ª escolha.
Status: Deve chegar à 59ª escolha

Anúncios

Spurs faz testes com armador de Georgetown

Número de craque ele já usa…

Mesmo com apenas uma escolha de segunda rodada no próximo recrutamento, o San Antonio Spurs já vem mexendo seus pauzinhos em busca de peças que possam ser úteis para a temporada 2012/2013 da NBA.

Depois de fazer treinamentos com os pivôs Andre DrummondKyle O’Quinn e também com o armador Scoop Jardine, foi a vez de outro armador ser testado pela comissão técnicá da franquia texana.

A bola da vez foi Jason Clark, da Universidade de Georgetown. Na última temporada da NCAA, o jogador liderou sua equipe em número de pontos, com média de 14 por noite. Apesar do talento ofensivo, o armador decepcionou nos tiros de longa distância, registrando um aproveitamento de apenas 32%.

“Defender, me esforçar, converter os arremessos quando estiver livre. Eu sei que meu papel vai além de marcar pontos. Muitos jogadores jovens ignoram isso, mas eu sei o que fazer. Meu papel na NBA será entrar em quadra e competir”, disse o armador.

Consciente ele, né?

Spurs observa mais um pivô de olho no Draft

Like a boss

O pivô Kyle O’Quinn se tornou o mais novo candidato a se tornar um jogador do San Antonio Spurs para a próxima temporada. De acordo com o site Pilot Online, o atleta trabalhou com a comissão técnica da franquia texana no fim de maio.

Nesta temporada – sua quarta e última no basquete universitário – O’Quinn, que pode atuar nas posições 4 e 5, jogou pelo Norfolk State Spartans e apresentou sólidas médias de 15,9 pontos (57,3% FG, 18,8% 3 PT, 69,6% FT) 10,3 rebotes e 2,6 tocos em pouco mais de 31 minutos por exibição.

Especialistas em Draft colocam Ekpe Udoh como comparação mais otimista de O’Quinn na NBA, e Josh Powell como a mais pessimista.

O jogador é esperado do meio para o fim da segunda rodada do recrutamento de calouros, e por isso é uma possibilidade viável para o Spurs, que possui apenas a 59ª escolha.

O Draft da NBA acontecerá no dia 28 de junho. Selecionar um pivô no evento parece ser prioridade para o Spurs, que também trabalhou com Andre Drummond, considerado um dos cinco melhores prospectos deste ano. O armador Scoop Jardine foi outro que passou pelo crivo da franquia texana.

Spurs volta atenções para o Draft e observa pivô e armador

Drummond: sonho distante ou plano ousado?

Eliminado após perder o Jogo 6 da final da Conferência Oeste para o Oklahoma City Thunder, o San Antonio Spurs já começou a voltar suas atenções para o Draft deste ano, que acontecerá no próximo dia 28. De acordo com a imprensa local, a franquia texana, que possui apenas a 59ª escolha do recrutamento, observou recentemente o pivô Andre Drummond e o armador Scoop Jardine.

Apontado como um dos cinco melhores prospectos do próximo Draft, Drummond tem apenas 18 anos de idade. Na última temporada, atuando pelo Connecticut Huskies, o pivô apresentou médias de dez pontos (52,8% FG, 29,5% FT), 7,6 rebotes e 2,7 tocos em 28,4 minutos por exibição. Especialistas mais otimistas comparam seu estilo atlético ao do astro Amare Stoudemire.

De acordo com o jornalista Marc Spears, Spurs e Celtics marcaram reuniões com Drummond. No entanto, por ser uma possível escolha Top 5, o pivô só vai desembarcar em San Antonio ou em Boston se um dos times fizer alguma troca antes da noite do Draft. Vale lembrar que os cinco primeiros no recrutamento serão New Orleans Hornets, Charlotte Bobcats, Washington Wizards, Cleveland Cavaliers e Sacramento Kings.

Jardine, por sua vez, não aparece nos Mock Drafts mais conceituados dos Estados Unidos e ainda luta para chegar à NBA. Isso significa que, se agradar, o armador passa a ser candidato à 59ª escolha pelo Spurs. Na última temporada, o jogador, de 23 anos, foi companheiro do brasileiro Fabrício Melo no Syracuse Orange e apresentou médias de 8,9 pontos (47,4% FG, 37,9% 3 PT, 55,1% FT) e 4,9 assistências em 25,2 minutos por jogo.

De acordo com o site Syracuse.com, Jardine treinou com San Antonio Spurs, New York Knicks e Philadelphia 76ers e tinha práticas agendadas com Washington Wizards, Memphis Grizzlies e Atlanta Hawks.