Arquivos do Blog

Equipe do Spurs Brasil faz prévia da série contra o Jazz

Começa neste domingo (29) a série San Antonio Spurs e Utah Jazz, válida pela primeira rodada dos playoffs. A equipe texana, que se classificou com a melhor da Conferência Oeste, tentará espantar o trauma do ano passado, quanto também avançou como líder e acabou derrotada pelo Memphis Grizzlies. Desta vez, novamente o adversário terá como ponto forte um garrafão de respeito. Confira o que os blogueiros do Spurs Brasil têm a dizer sobre o confronto:

Bruno Alves

Palpite: Spurs 4 x 0
A linha de frente do Utah Jazz é muito forte, superior à do Spurs, mas Pop já provou que pode vencer garrafões poderosos com a força do elenco e uma ajudinha nos rebotes de jogadores do perímetro, como Kawhi Leonard e Stephen Jackson. Na temporada regular, só perdemos um jogo e estávamos sem Parker, Ginóbili e Duncan – por pouco ainda não vencemos. Com força máxima, prevejo uma varrida no time de Utah.
Peça-chave do Spurs: Kawhi Leonard
Peça-chave do Jazz: Al Jefferson

Bruno Pongas

Palpite: Spurs 4 x 1
Por mais que o Utah Jazz tenha bons pivôs, acredito que o San Antonio Spurs leva essa série por ter um elenco muito melhor. Se ninguém se machucar no meio do caminho, a tendência, no meu ponto de vista, é ganharmos o confronto com certa tranquilidade.
Peça-chave do Spurs: Tim Duncan
Peça-chave do Jazz: Paul Millsap

Juliano Medeiros

Palpite: Spurs 4 x 1
O Spurs não deve ter problemas contra o Utah Jazz. Jogando um basquete envolvente, que inclui o time titular e o banco, o time texano é franco favorito e, diferente do ano passado, o elenco está completamente saudável. Se no garrafão o Jazz leva alguma vantagem, fora dele o Spurs é bem superior.
Peça-chave do Spurs: Tony Parker
Peça-chave do Jazz: Al Jefferson

Lucas Pastore

Palpite: Spurs 4 x 2
O Spurs melhorou muito em relação à temporada passada, principalmente no que diz respeito à defesa de garrafão. Mas o Jazz tem uma rotação de respeito no setor, formada pelo ala-pivô Paul Millsap, pelo pivô Al Jefferson e pelo reserva Derrick Favors. A eficiência do time texano em limitar os rebotes ofensivos do trio ditará a facilidade da série.
Peça-chave do Spurs: Tim Duncan
Peça-chave do Jazz: Paul Millsap

Rafael Proença

Palpite: Spurs 4 x 0
Depois do fiasco de 2011, o Spurs passará sem sustos pela primeira rodada e seguirá rumo ao título. Apesar de ter alguns jogadores talentosos e de terminar a temporada regular com cinco vitórias seguidas, o Jazz não tem força para segurar os comandados de Gregg Popovich. Ainda assim, é bom tomar cuidado nos jogos na EnergySolutions Arena, onde os donos da casa perderam apenas oito vezes este ano, sendo uma delas pro Spurs.
Peça-chave do Spurs: Tim Duncan
Peça-chave do Jazz: Al Jefferson

Robson Kobayashi

Palpite: Spurs 4 x 1
O Spurs tomará um susto perdendo uma em casa, mas, depois das chicotadas do técnico Gregg Popovich, vai levar o embate a sério e vencer a série.
Peça-chave do Spurs: Tony Parker
Peça-chave do Jazz: Al Jefferson

Victor Moraes

Palpite: Spurs 4 x 1
O Spurs não deve encontrar facilidade pela frente. Apesar da oitava colocação, a equipe do Utah Jazz já mostrou que pode complicar partidas mesmo contra adversários teoricamente melhores. Muito disso se deve à boa dupla de pivôs da equipe, formada por Al Jefferson e Paul Millsap. Mas o time de San Antonio tem um elenco mais qualificado e isso fará a diferença nesta série.
Peça-chave do Spurs: Tiago Splitter
Peça-chave do Jazz: Al Jefferson

Olho Neles!

Nada como um mito para brigar de igual para igual com os pivôs do Utah Jazz. Tim Duncan vem fazendo uma temporada fantástica e tem tudo para manter esse ritmo contra o time de Salt Lake City. The Big Fundamental recebeu três dos sete votos da equipe do Spurs Brasil – também foram lembrados Tony Parker, com dois votos, e Kawhi Leonard e Tiago Splitter, com um.

Al Jefferson sofreu com lesões na carreira, mas sempre que jogou se mostrou dominante. Alto e forte, o pivô é importante na defesa e no ataque, onde possui um considerável arsenal de jogadas. Apensas pela segunda vez disputando os playoffs, tem tudo para travar ótimos duelos contra Tim Duncan no garrafão. O pivô recebeu cinco votos do Spurs Brasil, contra dois de Paul Millsap.

Confira o calendário completo da série Spurs vs Jazz:

29/04, domingo, às 14h: Spurs vs Jazz
02/05, quarta-feira, às 20h: Spurs vs Jazz
05/05, sábado, às 23h: Spurs @ Jazz
07/05, segunda-feira, sem horário definido: Spurs @ Jazz
09/05, quarta-feira, sem horário definido: Spurs vs Jazz*
11/05, sexta-feira, sem horário definido: Spurs @ Jazz*
13/05, domingo, sem horário definido: Spurs vs Jazz*

* Se necessário

Anúncios

Spurs (39-14) vs Jazz (29-27) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Utah Jazz – Temporada Regular

Data: 08/04/2012

Horário: 20h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Que momento vive o San Antonio Spurs! Já são dez vitórias seguidas, premiadas com a liderança da Conferência Oeste. Para tentar manter a boa fase, a equipe texana enfrenta uma série de partidas espelho contra o Utah Jazz – neste domingo, o jogo é no AT&T Center, e, na segunda-feira, o duelo volta a acontecer em Salt Lake City. Os visitantes estão na nona colocação e ainda brigam por uma vaga nos playoffs, mas devem ter os desfalques dos lesionados C.J. Miles, Raja Bell e Josh Howard.

Série na temporada (2-0)

31/12/2011 – Spurs 104 vs 89 Jazz

Na última partida do ano passado, o Spurs contou com boa partida de Manu Ginobili, que ainda não havia se machucado e anotou 23 pontos e quatro rebotes. DeJuan Blair também se destacou, anotando um duplo-duplo: 17 pontos e dez rebotes.

20/02/2012 – Spurs 106 @ 102 Jazz

Em jogo sofrido, o Spurs contou com boas atuações de Tony Parker, que deixou a quadra com 23 pontos, 11 assistências e seis rebotes, e de Tim Duncan, que anotou 20 pontos e sete rebotes, para vencer mesmo fora de casa.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Danny Green/Manu Ginobili

SF – Kawhi Leonard

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Agora saudável, Manu Ginobili ainda luta para recuperar seu ritmo de jogo ideal com a camisa do Spurs. Nos últimos cinco jogos, o argentino apresenta médias de 12,8 pontos e 4,4 assistências em 23,6 minutos por exibição.

PG – Devin Harris

SG – Earl Watson

SF – Gordon Hayward

PF – Paul Millsap

C – Al Jefferson

Fique de Olho – O Spurs montou neste ano um elenco cheio de bons defensores, mas a posição 4, que tem seus minutos dominados por DeJuan Blair e Matt Bonner, ainda parece ser um ponto fraco. Por isso, é bom tomar cuidado com Paul Millsap, que tem médias de 16,5 pontos e 8,9 rebotes por partida nesta temporada.

Spurs (2-1) vs Jazz (1-2) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Utah Jazz – Temporada Regular

Data: 31/12/11

Horário: 23:30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center, San Antonio

O San Antonio Spurs entra em quadra no último dia do ano para encarar o enfraquecido Utah Jazz. O time texano vem de derrota para o Houston Rockets na quinta-feira (29), enquanto o Jazz, mesmo sem contar com Al Jefferson, passou ontem pelo Philadelphia 76ers e somou seu primeiro triunfo nesta temporada.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan/Tiago Splitter

Fique de Olho – Como citado pela coluna de hoje do Lucas Pastore, o Spurs tem enfrentado dificuldades contra os pivôs adversários nesta e na última temporada. Nesta noite, mais uma parada dura: Paul Millsap e Derrick Favors. Tiago Splitter será mais do que importante para ajudar a marcar essa dupla.

Utah Jazz

PG – Devin Harris

SG – Raja Bell

SF – Gordon Hayward

PF – Paul Millsap 

C – Derrick Favors

Fique de Olho – Paul Millsap, no meu ponto de vista, é um jogador interessantíssimo (queria ele no Spurs). Forte, reboteiro e bom pontuador – um dos grandes valores dessa equipe do Utah Jazz.

Spurs (38-7) @ Jazz (27-18) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Utah Jazz – Temporada Regular

Data: 27/01/2011

Horário: 00:30 (Horário de Brasília)

Local: EnergySolutions Arena

Situação do Jogo

O San Antonio Spurs faz sua última visita a Salt Lake City na temporada para enfrentar o Utah Jazz. O Spurs teve uma vitória tranquila contra o Golden State Warriors na última partida, mas se assustou quando viu seu futuro Hall da Fama Tim Duncan sentir o joelho esquerdo. O ala-pivô, felizmente, voltou para o jogo após o intervalo, e deve entrar em quadra na partida de hoje. O time texano pode ficar sem Matt Bonner durante a Rodeo Trip, que se inicia em 01 de fevereiro, mas em breve poderá ter a volta de James Anderson, que foi enviado para o Austin Toros, da D-League, para pegar ritmo de jogo. O Jazz está feliz de voltar para casa após uma sequência de cinco derrotas na viagem que fez pelo Leste e por Los Angeles. Lembrando que hoje também teremos a 1ª Twitcam do Spurs Brasil.

Confrontos na Temporada (1-0)

19/11/2010 – San Antonio Spurs 94 @ 82 Utah Jazz

No primeiro confronto no ginásio do Jazz, quem marcou presença foi o Spurs, que continua a quebrar recordes de melhor campanha na história, e Tim Duncan, que se tornou o maior pontuador da franquia na NBA e também o atleta com mais jogos.

PG – Tony Parker

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – Tim Duncan

C – DeJuan Blair

Fique de Olho – Duncan deu um susto em todos os seus companheiros e torcedores do Spurs ao sentir o joelho numa jogada sem contato durante o embate contra o Warriors. Mas depois do intervalo, ele voltou e continuou sua rotina de boas partidas, anotando 16 pontos e sete rebotes. Ele é dúvida para o confronto desta noite.

http://l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/1/80x60/gsw2.gif

PG – Deron Williams

SG – Raja Bell

SF – C.J. Miles/Andrei Kirilenko

PF – Paul Millsap

C – Al Jefferson

Fique de Olho – Sem Mehmet Okur, machucado, o recém-chegado Al Jefferson foi deslocado para o cargo de pivô e o questionado Paul Millsap assumiu a titularidade como ala-pivô. Millsap vem fazendo uma grande temporada, com médias de 16,9 pontos, 7,8 rebotes e 1,3 roubos de bola, suas melhores marcas na carreira.