Arquivos do Blog

Kawhi Leonard no Sport Science

https://i0.wp.com/i689.photobucket.com/albums/vv251/peskinha/barras/glauber-interativo.jpg

O ala novato Kawhi Leonard é apontado por especialistas como uma das grandes promessas do último Draft. Sua envergadura impressionante, habilidade nos rebotes e mecânica de arremesso foram temas do Sport Science da ESPN americana. Confiram:

Draft 2011 – Spurs seleciona Adam Hanga em 59º

Quem vai duvidar dos olheiros do Spurs?

Como já vem se tornando de praxe em San Antonio, o Spurs utilizou a 59ª escolha do Draft e apostou em um talento pouco conhecido da Europa: Adam Hanga. O ala-armador, de 22 anos, nasceu em Budapeste, na Hungria, e na última temporada defendeu o Albacomp-UPC Szekesfehervar.

Hanga é quase um desconhecido deste Draft e pode ser mais um “achado” do Spurs em terras européias. Graças ao trabalho dos olheiros da equipe no continente, os texanos contrataram nomes como Manu Ginobili, Tony Parker e Gary Neal.

Seus pontos fortes aparecem do lado ofensivo da quadra, onde possui boa capacidade para pontuar, é atlético, veloz e alto para a posição – tem 2,04m. Na defesa, sofre para marcar atletas fisicamente mais fortes, e precisa ganhar massa muscular.

Pelo Albacomp-UPC Szekesfehervar, foram 39 jogos na liga húngara, com 17,6 pontos, 4,4 rebotes, 3,4 assistências e 2,8 roubos e bola por partida. Na próxima temporada, Hanga defenderá as cores do Assignia Manresa, da Espanha, equipe recém-promovida da Liga ACB, o campeonato espanhol de basquete.

Draft 2011 – Spurs seleciona Davis Bertans na 42ª escolha

Bertans em ação na seleção de base da Letônia

O San Antonio Spurs utilizou a 42ª escolha, conseguida com a troca que levou George Hill para o Indiana Pacers, para selecionar o jovem ala Davis Bertans, nascido na Letônia, e que defende o Union Olimpija Ljubljana, da Eslovênia.

Aos 18 anos e com 2,08m de altura, Bertans tem como ponto forte o seu arremesso, que impressionou os especialistas nos Estados Unidos, além de ser alto para a posição. Como ponto fraco, ainda é considerado muito cru para a NBA e tem o físico pouco desenvolvido, características que devem fazer com que Bertans prossiga mais alguns anos na Europa antes de desembarcar na liga norte-americana.

Atualmente, Davis Bertans treina com a seleção sub-19 da Letônia para o Mundial da categoria, que será disputado no próprio páis entre os dias 30 de junho e 10 de julho.

No último ano, Bertans atuou pouco. Antes de se transferir para a Eslovênia, disputou cinco partidas pelo BK Baron, da Letônia, pela liga local, e acumulou médias de 13 pontos, cinco rebotes com aproveitamento de 44,4% nos tiros de três pontos. Na liga eslovena, disputou 15 partidas, ficando em quadra 10,1 minutos por jogo, com médias de quatro pontos, 1,2 rebotes e 42,3% nos arremessos de três.

Na Liga Adriática, competição disputada por países da ex-Iugoslávia, foram sete jogos, com tempo de quadra de 8,9 minutos em média. Seus números foram 4,1 pontos, 1,3 rebotes e 57,1% de aproveitamento nos tiros de longa distância.