Arquivos do Blog

“Posso ser melhor que Ginobili”, diz novato do Warriors

Como diria o técnico Tite: "FALA MUITO!"

Após a derrota do Golden State Warriors para o San Antonio Spurs, o novato Klay Thompson foi perguntado pela imprensa local sobre o seu desempenho e sobre a semelhança do seu basquete com o estilo de jogo do argentino Manu Ginobili.

Thompson foi curto e grosso na resposta. “Gosto de jogar o meu jogo e fazer minha parte. Sei que posso ser do mesmo nível, ou até melhor, que Manu Ginobili”, disse o camisa 11. Humilde ele, né!?

Dentro de quadra, o novato fez boa partida e foi o destaque do fraco e desfalcado time da Califórnia. Klay anotou 29 pontos, pegou oito rebotes e distribuiu cinco assistências. Na temporada, ele tem média de 11,8 pontos por noite.

Enquanto o ala ainda busca seu lugar ao sol na NBA, o já consagrado Ginobili foi bastante elogiado pelo técnico Gregg Popovich. “Sem Manu, sem títulos”, disse o comandante do Spurs após o massacre de segunda (16) sobre o Warriors. “Ele tem amor por vencer e é maníaco por competitividade. É mais ou menos como Michael (Jordan) e Kobe (Bryant)”, completou o Coach Pop.

É, pelo jeito o tal de Klay Thompson precisa baixar a bolinha e treinar muito para um dia, quem sabe, chegar aos pés do argentino.

Anúncios

Spurs (43-16) @ Warriors (22-38) – De volta ao topo!

San Antonio Spurs120X99Golden State Warriors

O San Antonio Spurs iniciou nesta segunda-feira (16) sua pequena viagem à Califórnia com uma fácil vitória sobre o Golden State Warriors por 120 a 99. De quebra, a franquia texana retomou a liderança da Conferência Oeste graças ao triunfo do Los Angeles Clippers sobre o Oklahoma CIty Thunder. Se a temporada acabasse hoje, Tim Duncan e companhia enfrentariam o Phoenix Suns. Moleza, né!?

Olha só como foi fácil...

Primeiro quarto arrasador

Assim como no sábado, quando recebeu o Phoenix Suns, o Spurs massacrou seu adversário no período inicial. Contra o Warriors, foram 39 pontos só no primeiro quarto – uma marca bastante expressiva. No intervalo, os comandados de Gregg Popovich venciam por 70 a 49.

Neal foi o cestinha do Spurs na noite...

Hora de poupar

Com o triunfo assegurado desde cedo, nosso treinador pôde poupar seus principais atletas. Dos titulares, nenhum jogou mais do que 20 minutos. Tim Duncan teve praticamente uma noite de folga, ficando só 11 minutos em quadra. Manu Ginobili e Tony Parker também mal suaram a camisa – jogaram pouco mais de um período.

Sequência complicada

Após conquistar sua terceira vitória consecutiva, o Spurs terá um calendário apertadíssimo pela frente. A equipe volta à quadra nesta terça, contra o Los Angeles Lakers, e também na quarta – desta vez diante do Sacramento Kings. Depois de uma folguinha na quinta para recarregar as baterias, sexta tem novo duelo contra o Lakers, que já nos venceu uma vez nesta temporada, sem Kobe Bryant.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Gary Neal – 17 pontos e cinco assistências

Tiago Splitter – 15 pontos e oito rebotes

Tim Duncan – 13 pontos e dois rebotes

Manu Ginobili – 12 pontos e quatro assistências

Golden State Warriors

Nate Robinson – 30 pontos e sete assistências

Klay Thompson – 29 pontos, oito rebotes e cinco assistências

Dorell Wright – 17 pontos e seis rebotes

Spurs (42-16) @ Warriors (22-37) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Golden State Warriors – Temporada regular

Data: 16/04/2012

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: ORACLE Arena

Na reta final da temporada regular, o San Antonio Spurs viaja até Oakland para enfrentar a equipe do Golden State Warriors, que já não tem chances de se classificar para os playoffs e que está cheia de desfalques. O Spurs já garantiu sua vaga e agora luta pela primeira posição da Conferência Oeste, que atualmente pertence ao Oklahoma City Thunder.

Confrontos na Temporada (1-0)

04/01/2012 – San Antonio Spurs 101 vs 95 Golden State Warriors

A partida no início da temporada marcou o crescimento de Danny Green, que na época era pouco acionado. O camisa 4 se destacou por entrar na partida e colocar um gás ofensivo na equipe, além de neutralizar os danos da dupla Stephen Curry (que acabou saindo lesionado) e Monta Ellis, hoje no Milwaukee Bucks.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho – A única coisa triste de ver as recentes atuações de Duncan é saber que elas não durarão para sempre. O veterano apresenta ótima forma, o que ficou evidente na partida dominante que teve na última quarta-feira contra o forte Memphis Grizzlies, quando ele anotou 28 pontos e pegou 11 rebotes.

 PG – Charles Jenkins

 SG – Klay Thompson

 SF – Dorell Wright

 PF – David Lee

C – Andris Biedrins

Fique de Olho – Desde a saída de Monta Ellis, o novato Klay Thompson ganhou mais minutos e se mostrou um pontuador consistente. Com as ausências de Stephen Curry e Andrew Bogut, as ações ofensivas da equipe de Oakland devem girar em torno dele.