Arquivos do Blog

Spurs (15-4) vs Rockets (9-8) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs. Houston Rockets – Temporada Regular

Data: 07/12/2012

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1.24 (favorito) vs. Rockets 4.14

Embalado por conta das vitórias diante do Memphis Grizzlies e do Milwaukee Bucks, o San Antonio Spurs agora tem em seu próximo desafio um clássico local. O duelo diante do bom time do Houston Rockets talvez seja uma prévia do que pode vir pela frente nos playoffs, já que a franquia vermelha, após a adição de James Harden e Jeremy Lin, vem fazendo bons jogos e se fixando entre os oito melhores da Conferência Oeste. Do lado dos donos da casa, Patrick Mills e Danny Green são dúvidas, enquanto Stephen Jackson e Kawhi Leonard seguem fora.

PG – Tony Parker

SG – Gary Neal

SF – Boris Diaw

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Vivendo seu melhor momento na temporada, Tony Parker terá papel crucial no duelo contra o Rockets, uma vez que é no perímetro que os adversários têm sua maior força. Além de lidar com as investidas de Jeremy Lin, o francês terá que ir muito bem para ultrapassar a ótima defesa de James Harden, que provavelmente fará sua escolta no jogo.

PG – Jeremy Lin

SG – James Harden

SF – Chandler Parsons

PF – Patrick Patterson

C – Omer Asik

Fique de Olho O Rockets vem de importante vitória sobre o Los Angeles Lakers, na qual James Harden teve números muito bons. Com 15 pontos, dez rebotes e seis assistências, o ala-armador ainda foi o pesadelo de Kobe Bryant na defesa e, cada vez mais, vem assumindo com destreza o papel de principal jogador dos vermelhos texanos.

Anúncios

Duelo entre Ginobili e Harden pode decidir finalista da NBA

Será que Manu vai dar conta do melhor reserva da NBA?

A final da Conferência Oeste começa neste domingo (27), em San Antonio. Enquanto muita gente fala do duelo entre Tony Parker e Russell Westbrook, outro confronto interessante aparece em segundo plano: Manu Ginobili contra James Harden.

Harden é o atual melhor reserva da NBA, posto já ocupado pelo argentino no passado. Há quem diga que o barbudo do Thunder tem um estilo de jogo parecido com Ginobili, o que de fato é verdade (basta ver o vídeo abaixo).

O próprio Manu reconhece as semelhanças. “Há algumas similaridades sim”, afirmou. “Somos canhotos e temos um papel parecido em nossas equipes. Além disso, somos alas-armadores que seguram bastante a bola e que vêm do banco”, completou o argentino.

É claro que Ginobili tem mais história, já ganhou todos os títulos possíveis como profissional e goza de uma experiência quase única. Harden, por sua vez, está começando a carreira agora, mas já provou ser um excelente jogador, capaz de trazer energia à quadra e mudar o cenário de qualquer partida.

Pela experiência e genialidade, aposto que o argentino ainda leva vantagem nesse confronto. E você, caro leitor, quem deverá fazer a diferença nesse duelo de suplentes?

Um outro olhar: o que diz um torcedor do Thunder sobre a final

Por Guilherme Sacco*

Depois do Oklahoma City Thunder varrer o Dallas Mavericks, atual campeão, e de passar por uma série tranquila contra o Los Angeles Lakers, chegou a hora do grande teste para Kevin Durant e companhia: o San Antonio Spurs. Dona da melhor campanha da Conferência Oeste, a franquia do Texas vem de duas varridas em duas séries nos playoffs, além de uma sequência de 18 vitórias seguidas, e conta com toda a experiência de Tim Duncan, Manu Ginobili e Tony Parker que, para mim, é o melhor armador da NBA hoje.

Pela primeira vez na pós-temporada, o Thunder não entra como favorito para vencer a série, que se inicia neste domingo, em San Antonio. Para conquistar a vaga para a grande final da liga, a equipe de Oklahoma terá de contar com um Kevin Durant jogando tudo o que sabe em todos os jogos, com a eficiência de James Harden vindo do banco e, principalmente, com que Russell Westbrook não repita o que fez na final de conferência da temporada passada, contra o Dallas. Será preciso que o armador não cometa a mesma quantidade de turnovers da final do Oeste de 2011, em que terminou com média de quase cinco erros por jogo, e, mais importante que isso, que ele não tome decisões precipitadas e totalmente erradas como foi contra o Mavericks.

Outro fator que pode fazer a diferença é a marcação de Kendrick Perkins sobre Duncan, além da defesa que Gregg Popovich deve armar para tentar parar Durant. O responsável por brecar o ala deve ser Kawhi Leonard, rookie que é o melhor defensor de perímetro da equipe texana e que tem tudo para diminuir a produção da grande estrela de Oklahoma, mas não pará-la totalmente, pois isso é quase impossível.

Somado a tudo isso temos o mando de quadra favorável ao Spurs, por ter obtido a melhor campanha da conferência. Ou seja, para poder passar para as finais, será necessário vencer pelo menos um duelo no AT&T Center, onde a equipe mandante perdeu apenas cinco partidas em 37 disputadas. Na temporada regular, aconteceu um confronto no ginásio, vencido pelo time da casa por 107 a 96.

Será uma série mais difícil do que a perdida para o Dallas ano passado. Entretanto, o Thunder chega com um time mais experiente, que mostrou ter aprendido com os erros de 2011 e que tem plenas condições de chegar às finais da NBA. Uma disputa que tem tudo para entrar para a história do basquete. Quem gosta do esporte deve assistir e torcer para que termine em sete jogos.

* Guilherme Sacco é estudante, torcedor do Oklahoma City Thunder e blogueiro no Loteria dos Pênaltis, onde escreve sobre os mais diversos esportes. Quem quiser, pode entrar em contato com ele durante a série por meio do seu Twitter pessoal.

Experiente, Diaw joga favoritismo para o jovem Thunder

Diaw (esq.) deverá ser o braço direito de Duncan contra Ibaka e Perkins

Em entrevista ao site francês Sports, o ala-pivô Boris Diaw disse que o Oklahoma City Thunder é o favorito na final da Conferência Oeste diante do San Antonio Spurs. Estaria ele tentando pressionar Kevin Durant e companhia?

“O Thunder jogou muito bem durante toda a temporada, tanto que só conseguimos passá-los no finalzinho”, disse.

“Eles têm o favoritismo. Nós vamos encarar essa final com o máximo de seriedade possível e temos de ter cuidado com a primeira partida em casa, que é fundamental. Estamos muito motivados porque sabemos que podemos chegar longe se jogarmos bem”, completou.

Por fim, Diaw ressaltou a qualidade do Big 3 do Thunder, formado por Russell Westbrook, Kevin Durant e Serge Ibaka, mas pediu um cuidado especial com mais dois atletas.

“Teremos que ficar de olho no Big 3 deles, claro, mas também há o James Harden, que fez uma ótima temporada (foi eleito o melhor reserva do ano), e o nosso amigo suíço Thabo Sefolosha, que é muito importante para eles. Além disso, o setor defensivo montado pelo Scott Brooks funciona bem, sobretudo com Kendrick Perkins e Serge Ibaka embaixo da cesta. O time deles é formidável”, pontuou.

A final da Conferência Oeste entre San Antonio Spurs e Oklahoma City Thunder começa no domingo. Confira aqui o calendário completo da série.

Spurs (28-13) @ Thunder (33-10) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Oklahoma City Thunder – Temporada Regular

Data: 16/03/2012

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: Chesapeake Energy Arena

Hoje é dia de jogaço! Os dois primeiros colocados da Conferência Oeste se enfrentam em Oklahoma City no que promete ser um grande embate. O Spurs venceu quatro dos sete duelos que fez em casa após a pausa para o All-Star Game e fará sua primeira partida como visitante desde então. A equipe texana já não terá Richard Jefferson, trocado para o Golden State Warriors, mas ainda não contará com Stephen Jackson, que só deverá estrear na quarta-feira. O Thunder, por sua vez, será um adversário complicado. A equipe venceu sete dos seus últimos dez compromissos, sofreu apenas três derrotas nas 21 partidas que fez em casa e está quatro jogos na frente do Spurs na liderança da conferência.

Confrontos na temporada (1-1)

08/01/2012 – Spurs 96 @ 108 Thunder

O Spurs teve Gary Neal, que anotou 18 pontos, como cestinha, mas não encontrou resposta para Kevin Durant. O camisa 35 deixou a quadra com 21 pontos e dez rebotes. Nesta partida, Kawhi Leonard fez o primeiro double-double de sua carreira.

04/02/2012 – Spurs 107 vs 96 Thunder

Sem Manu Ginobili, Tony Parker colocou a bola embaixo do braço e fez história no AT&T Center. O armador francês, em noite memorável, deixou a quadra com 42 pontos, nove assistências e três rebotes.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Manu Ginobili

SF – Danny Green/Kawhi Leonard

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Já sem Jefferson e ainda sem Jackson, Leonard deverá ter importância ampliada nos próximos jogos do Spurs. Nesta sexta, por exemplo, o novato deverá receber a difícil tarefa de tentar limitar Kevin Durant. Nesta temporada, o jogador do Spurs tem médias de 7,5 pontos e cinco rebotes em 23,4 minutos por jogo.

PG – Russell Westbrook

SG – Thabo Sefolosha/James Harden

SF – Kevin Durant

PF – Serge Ibaka

C – Kendrick Perkins

Fique de Olho – Aproveitando-se da atenção que Westbrook e Durant recebem das defesas adversárias, Harden tem feito a melhor temporada de sua carreira. Até aqui, o sexto homem do Thunder tem médias de 17,2 pontos, 4,1 rebotes e 3,6 rebotes em 31,8 minutos por exibição.