Arquivos do Blog

O legado de Popovich

Já se vão 16 temporadas desde que Gregg Popovich assumiu o comando do San Antonio Spurs. Período suficiente para fazer dele o técnico que há mais tempo defende a mesma equipe entre todas as 122 franquias das ligas profissionais americanas (NBA, NFL, MLB e NHL). Em uma discussão sobre os maiores técnicos da história do basquete, impossível ao menos não citar o nome de Pop nas dicussões…

Maroto como sempre, Popovich figura entre os maiores da história da NBA

São quatro títulos da NBA, dois troféus de técnico do ano, mais de uma dezena de aparições nos playoffs e um recorde de 67,5% de aproveitamento na carreira em seus mais de mil jogos como treinador no melhor basquete do mundo.

Mas tudo isso são apenas números. E mais do que um punhado de estatísticas e recordes, Popovich, independente do tempo que ainda permanecerá à frente do Spurs, já deixou o seu legado. Prova disso é o número de técnicos de outras franquias que, de certa forma, tiveram como “mestre” o emburrado, mas às vezes até sarcástico, treinador.

Acredite, é ele mesmo…

Dos outros 29 comandantes da NBA, três deles trabalharam diretamente com Popovich como auxiliares em sua equipe técnica. O caso mais recente de assistente a assumir o posto de treinador é Jacque Vaughn.  Sim, ele mesmo. O controverso e quase sempre odiado ex-armador se aposentou em 2007 jogando pelo San Antonio Spurs e voltou atuando como assistente nas últimas duas temporadas. Chegou até mesmo a comandar o time na última Summer League.

Vaughn chamou a atenção do Orlando Magic, que contratou o ex-armador para o cargo de treinador principal da equipe em julho deste ano, substituindo Stan Van Gundy.

Os outros treinadores que já passaram pela equipe de Popovich são Monty Williams, que comanda o New Orleans Hornets, e Mike Brown, técnico do badalado Los Angeles Lakers.

Williams, ainda como jogador, chegou a ser comandado por Popovich quando atuou em San Antonio, de 1996 a 1998. Aposentado em 2003, fez parte da equipe técnica texana na vitoriosa temporada 2004/2005 e comandou a equipe na Summer League de 2005. Migrou para o Portland Trailblazers, onde passou cinco anos como assistente antes de assumir o Hornets, em 2010.

“Senta ali e aprenda como se faz”

Já Brown foi assistente de Popovich por três temporadas. Chegou ao time em 2000 e parmaneceu até 2003, ano do bicampeonato da franquia. Em seguida, foi para o Indiana Pacers, onde ficou mais duas temporadas como assistente antes de assumir como técnico principal do Cleveland Cavaliers, em 2005.

Além de seus “pupilos” espalhados pela NBA, o ranzinza treinador também deixou sua contribuição na formação de outros dois técnicos da liga.

Avery Johnson, hoje treinador do Brooklyn Nets, viveu os melhores momentos de sua carreira como jogador em San Antonio, onde foi o armador da equipe que conquistou o primeiro título da franquia em 1999, sob o comando de Pop.

Vinny Del Negro, que hoje dirige o Los Angeles Clippers, também já foi um dos comandados de Popovich dentro das quadras. O ex-armador jogou em San Antonio de 1992 a 1998, tendo Pop como treinador em suas duas últimas temporadas no Texas.

É por essas e outras que Popovich é uma lenda não só por suas conquistas e troféus. Quando o veterano resolver se retirar das quatro linhas, o fará com a certeza de que seu legado será levado adiante por seus pupilos, que outrora o tiveram como mestre.

Anúncios

Jacque Vaughn é o novo técnico do Magic

Em nota divulgada no site oficial do Orlando Magic, Jacque Vaughn – assistente técnico da equipe do San Antonio Spurs nas últimas duas temporadas e comandante da equipe na última Summer League – foi confirmado como novo treinador do time da Flórida.

Jacque Vaughn foi o técnico do Spurs na última Summer League

Vaughn chega para substituir Stan Van Gundy, que era técnico da equipe desde o ano de 2007 e recentemente foi demitido.

Antes de iniciar sua carreira como técnico, Jacque Vaughn também jogou basquete profissional, atuando como armador nas equipes de Utah Jazz, Atlanta Hawks, New Jersey Nets e Orlando Magic, além do Spurs. Por San Antonio, Jacque fez parte da equipe campeã da NBA na temporada 2006/2007.

Jefferson pode assinar por cinco anos com o Spurs

Jefferson compara sua cabeça a uma bola de basquete

O ala Richard Jefferson, que optou por sair de seu contrato com o San Antonio Spurs no último dia antes da abertura do mercado da NBA, pode voltar à equipe texana com um contrato de cinco anos. Segundo rumores divulgados em sites americanos, o jogador encerrou seu contrato já visando a assinatura de um compromisso mais longo.

O contrato de Jefferson com o Spurs duraria mais uma temporada, e pagaria ao atleta, de 30 anos, cerca de 15,2 milhões de dólares. Visando um vínculo mais longo e estável, o ala teria entrado em acordo com os dirigentes da franquia de San Antonio e encerrou seu contrato já com outro comprimisso apalavrado.

A intenção do Spurs seria escapar das multas pagas por ultrapassar a Luxury Tax e, para isso, daria ao jogador um contrato com duração maior, porém pagando um valor menor por temporada. Estima-se que Jefferson busque um contrato que pague entre 8 e 10 milhões de dólares por ano.

Duas hipóteses de acordo foram levantadas: uma por três temporadas, que renderia 30 milhões de dólares ao ala, e outra por cinco temporadas, que  lhe pagaria 45 milhões de dólares.

E mais…

Spurs procurou Matt Bonner para renovação

Matt Bonner é outro agente livre que pode estar voltando ao Spurs.  Segundo declarações de Kenny Grant, agente do ala-pivô, o San Antonio Spurs já procurou o atleta para assinar um novo contrato.

“O Spurs telefonou noite passada (quarta-feira). Eu imagino que eles estão interessados “, declarou o representante do jogador.

Vaughn fará parte da comissão técnica na Liga de Verão

O ex-armador do Spurs Jacque Vaughn será um dos assistentes técnicos da equipe texana durante a Liga de Verão de Las Vegas. Vaughn disputou sua última temporada como jogador da NBA pela franquia de San Antonio, encerrando  sua carreira após a temporada 2008/2009. O ex-armador sempre teve a admiração de Greg Popovich, e existe a possibilidade real de que assuma um posto definitivo na comissão técnica do treinador.