Arquivos do Blog

Spurs (6-4) vs Rockets (3-6) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Milwaukee Bucks – Temporada Regular

Data: 11/01/2012

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Depois de atuar bem em seus primeiros jogos sem Manu Ginobili, o San Antonio Spurs começa a sentir falta do argentino. Já são duas derrotas seguidas, contra Oklahoma City Thunder e Milwaukee Bucks – as duas fora de casa. Para tentar se recuperar, o time de Tim Duncan e companhia volta a atuar em seus domínios e encara o Houston Rockets, rival texano que já nos bateu nesta temporada.

Série na temporada (0-1)

29/12/2011 – Spurs 85 @ 105 Rockets

Na segunda partida de um back-to-back, o Spurs não foi páreo para o rival, que contou com boas atuações de Kyle Lowry, Kevin Martin e Luis Scola, e sofreu sua primeira derrota na temporada. O destaque do alvinegro foi DeJuan Blair, com 22 pontos e 12 rebotes.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Gary Neal

SF – Richard Jefferson

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho – Com a lesão de T.J. Ford, a importância de Gary Neal aumenta no elenco. Além de ocupar alguns minutos deixados por Ginobili, o ala-armador também terá de exercer a função de armador reserva quando Parker for descansar.

PG – Kyle Lowry

SG – Kevin Martin

SF – Chandler Parsons

PF – Luis Scola

C – Samuel Dalembert

Fique de Olho – Versátil, o novato do Rockets roubou a vaga de Chase Budinger no quinteto inicial. Desde que virou titular, o jogador apresenta médias de 11 pontos e 7,5 rebotes em cerca de 30,5 minutos por embate.

Spurs (0-1) @ Rockets (1-0) – Pouco a falar na estreia

https://i0.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/sas.gif87×101Houston Rockets

Jogando fora de cara contra o rival Houston Rockets, o San Antonio Spurs foi derrotado por 101 a 87 em sua estreia na pré-temporada da NBA. Tim Duncan e Tony Parker, ambos poupados, sequer viajaram para Houston.

Bem na partida, Splitter tenta jogada sobre rival (AP Photo/Dave Einsel)

Gregg Popovich iniciou o embate com o seguinte quinteto: T.J. Ford, Manu Ginobili, Richard Jefferson, DeJuan Blair e Tiago Splitter. O pivô brasileiro até fez uma boa partida, com 13 pontos e três rebotes. Seu companheiro de área pintada, DeJuan Blair, foi um dos principais pontuadores da equipe: 16 pontos e sete rebotes para ele. O outro cestinha do time foi Manu Ginobili, também com 16 pontos.

Manu foi um dos comandantes da noite (AP Photo/Dave Einsel)

Mas vamos falar dos estreantes, que é o que interessa na pré-temporada. O novato Kawhi Leonard, 15ª escolha do último recrutamento, debutou discretamente. Ele ficou em quadra por 22 minutos e anotou apenas dois pontos (1-4). Com foco defensivo, no entanto, Leonard conseguiu seis rebotes – uma boa marca. O outro novato, Cory Joseph, marcou quatro pontos (2-7) e distribuiu duas assistências em 19 minutos.

Outro estreante da noite, o armador T.J.Ford substituiu Tony Parker com oito tentos (1-5) e seis assistências. James Anderson e Danny Green, jogadores com certo potencial, também foram discretos. Anderson fez quatro pontos em quase 17 minutos, enquanto Green marcou cinco tentos em pouco menos de 16 minutos.

O próximo jogo do San Antonio Spurs na pré-temporada será contra o mesmo Houston Rockets. A partida acontece na quarta-feira, dessa vez em San Antonio.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

DeJuan Blair – 16 pontos e sete rebotes

Manu Ginobili – 16 pontos e quatro rebotes

Tiago Splitter – 13 pontos e três rebotes

Matt Bonner – 12 pontos e cinco rebotes

Houston Rockets

Luis Scola – 20 pontos e cinco rebotes

Jordan Hill – 17 pontos e 13 rebotes

Terrence Williams – 14 pontos e nove rebotes

Goran Dragic – 11 pontos e quatro assistências

Spurs (0-0) @ Rockets (0-0) – Pré-temporada

San Antonio Spurs @ Houston Rockets – Pré-temporada

Data: 17/12/2011

Horário: 23h00 (Horário de Brasília)

Local: Toyota Center, Houston

O San Antonio Spurs faz sua estreia na pré-temporada da NBA contra o rival texano Houston Rockets. Fora de casa, fica a expectativa de vermos nomes como Kawhi Leonard (novato) e T.J. Ford (reforço) em quadra. Outro nome interessante para se observar nesta pré-temporada é James Anderson. Prestes a começar sua segunda temporada, o ala-armador vem treinando muito bem e pode ser uma das surpresas da equipe – Tony Parker chegou a dizer que ele estava indo muito bem nos primeiros treinos do time.

San Antonio Spurs

PG – T.J. Ford

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – DeJuan Blair

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – O quinteto titular que estará em quadra nesta noite ainda é uma incógnita, mas destacarei DeJuan Blair, que, por incrível que pareça, emagreceu nas férias e está “fininho” para a disputa da temporada. Vale lembrar que Tim Duncan e Tony Parker nem viajaram para Houston.

Houston Rockets

PG – Kyle Lowry

SG – Kevin Martin

SF – Chase Budinger

PF – Luis Scola

C – Jordan Hill

Fique de Olho – Falar de Houston Rockets contra o Spurs é automaticamente falar de Luis Scola. O argentino sempre joga muito contra o rival texano e deverá dar trabalho nesta noite. Ainda bem que é só pré-temporada.

Novidade! O Spurs Brasil reinaugura a partir de hoje o saudoso “boteco virtual”. No, entanto, algumas mudanças: em vez do MSN, passaremos a usar o Facebook. Para cada jogo, criaremos um evento na página do Spurs Brasil no Facebook. Lá, você poderá comentar os jogos, elogiar o time e até criticar o Richard Jefferson. O espaço é livre!

Spurs (0-0) @ Rockets (0-1) – Pré-temporada

San Antonio Spurs @ Houston Rockets – Pré-temporada

Data: 07/10/2010

Horário: 21:30 (Horário de Brasília)

Local: Toyota Center

Situação do Jogo

A espera, enfim, terminou. O San Antonio Spurs volta à quadra, nesta quina-feira, para a primeira partida após o final da temporada 2009/2010. O adversário é um velho rival texano, o Houston Rockets. Efetivamente, a partida pouco vale. Em caso de derrota, não há o que temer, afinal a pré-temporada existe justamente para que as equipes possam fazer seus últimos ajustes sem se preocupar com resultados. Mas uma vitória pode dar um pouco mais de moral à equipe e confiança para os jogadores. A partida será também a primeira oportunidade de vermos em quadra o novato James Anderson. O desfalque fica por contra do brasileiro Tiago Splitter, que se recupera de uma lesão no pé direito que deve tirá-lo de combate por pelo menos mais cinco dias.

PG – Tony Parker

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – Tim Duncan

C – Antonio McDyess

Fique de Olho – Depois de uma offseason repleta de boatos envolvendo seu nome, Tony Parker ficou mesmo em San Antonio. Rumores davam conta de uma possível troca com o Knicks, o que não se concretizou. O jogador revelou que nunca teve a intenção de sair, mas iremos descobrir nesta temporada até que ponto isso era verdade.

PG – Aaron Brooks

SG – Kevin Martin

SF – Shannie Battier

PF – Luis Scola

C – Yao Ming

Fique de Olho – Uma temporada inteira afastado recuperando-se de uma fratura no pé e o gigante chinês está de volta às quadras. Principal jogador do Rockets, Yao Ming tenta, aos poucos, voltar ao velho ritmo. Na primeira partida da pré-temporada, atuou por 12 minutos, marcous três pontos e pegou três rebotes na derrota para o Orlando Magic, na terça-feira.

Spurs (45-29) vs. Rockets (37-37) – Hill anotou 30 pontos e deixou o Rockets sem esperanças

Robson Kobayashi - Resumo de Jogo

119X102

Recuperado das dores nas costas, Manu Ginobili começou jogando e ajudou o time a vencer mais o Houston Rockets nesta quarta-feira, em jogo realizado no AT&T Center. Todos jogaram muito bem, contribuindo para a vitória. George Hill anotou seu recorde de pontos e roubos de bola.

Dessa vez Luis Scola teve dificuldades para pontuar (Foto por D. Clarke Evans/NBAE via Getty Images)

Após trocas de cestas, o Houston tomou a dianteira, mas ficamos colados neles. Depois de conseguir o empate, Duncan anotou dois pontos, recebeu a falta e converteu o lance livre, abrindo três pontos de vantagem. Hill iniciou a noite com uma bola de fora, aumentando a diferença para seis pontos. O Houston não conseguiu virar o jogo e o quarto terminou em 27-34.

O Spurs voltou meio sonolento, e os visitantes aproveitaram para encostar no placar, diminuindo a diferença para apenas um tento, mas em seguida Mason mandou uma bomba de três pontos. O Houston tentou encostar novamente, mas Duncan respondeu com uma cesta de cada lado da tabela. O placar ficou em 59-64 antes do intervalo.

Hill roubando mais uma bola (Foto: AP Photo/Eric Gay)

Durante os comentários da ESPN, R.C. Bufford disse ter se arrependido de não trazer Scola para o Spurs e que Duncan precisa de um bom pivô para jogar ao seu lado. Um dos nomes sugeridos, foi do brasileiro Anderson Varejão; contar com dois brazucas no Spurs agradaria muito aos compatriotas, apesar da vinda do Wild Thing ser apenas uma especulação. Splitter deverá se juntar ao nosso time, a menos que se queira cometer o erro duas vezes. No retorno dos vestiários, Hill começou o seu show particular, anotando 11 pontos (4-5 FG), e o placar terminou em 78-92 antes do quarto final.

No período decisivo, os visitantes diminuiram a diferença para oito pontos, mas Manu logo mandou uma bomba de três pontos, retornando a vantagem para os dois dígitos. Com pouco mais de seis minutos jogados, Hill fecharia sua pontuação com chave de ouro com uma cesta de fora do perímetro, acabando com as chances do Rockets.

Na sexta, o time de Houston vai até Boston, enquanto nós enfrentaremos o Orlando Magic no AT&T Center. Com a terceira derrota seguida do Memphis, matematicamente só precisamos vencer o Grizzlies em casa ou vencer dois jogos dos oito restantes do mês de abril para garantirmos a vaga dos playoffs.

Confira os melhores momentos da partida:

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

George Hill – 30 pontos (11-15 FG, 2-2 3pts, 6-6 FT), sete assistências e cinco roubadas.

Richard Jefferson – 19 pontos e três bloqueios.

Manu Ginobili – 18 pontos e dez assistências.

Tim Duncan – 17 pontos e dez rebotes.

DeJuan Blair – Dez pontos e nove rebotes (17 minutos jogados).

Houston Rockets

Aaron Brooks – 21 pontos e cinco rebotes.

Kyle Lowry – 17 pontos, sete rebotes e cinco assistências.

Luis Scola – 17 pontos e sete rebotes.