Arquivos do Blog

Spurs (38-7) @ Warriors (19-25) – Depois da tempestade…

112X103https://i2.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/1/80x60/gsw2.gif

Já dizia aquele velho ditado: depois da tempestade vem a bonança. O San Antonio Spurs jogou no sábado contra o New Orleans Hornets e tomou uma lavada daquelas. Ontem, contra o Golden State Warriors, a equipe se redimiu e, mesmo fora de casa, venceu pelo placar de 113 a 102. O quinteto titular foi o mesmo que iniciou todas as partidas da temporada até aqui: Tony Parker, Manu Ginobili, Richard Jefferson, Tim Duncan e DeJuan Blair.

George Hill comemora com o brazuca Tiago Splitter (Foto por Ezra Shaw/Getty Images)

O embate começou parelho, com as duas equipes acertando quase tudo. O forte ataque do time californiano, comandado pelo ala-pivô David Lee, pontuava com facilidade, enquanto Duncan, Parker e Ginobili tentavam descontar pelo lado texano. O primeiro quarto passou voando nesse lá e cá frenético. Ao final do período inicial, o marcador apontava empate em 34 pontos.

Foi a partir do segundo quarto que os comandados de Gregg Popovich “colocaram as manguinhas de fora”. Com uma defesa mais sólida, o San Antonio Spurs continuou bem no ataque e foi para o intervalo vencendo pelo placar de 62 a 55.

Tim Duncan assustou ao sentir o joelho, mas voltou à quadra e jogou muito

A vantagem era pequena, mas confortável. Assim, Tim Duncan e companhia mantiveram o ritmo na volta do descanso e administraram a diferença até o final. O destaque texano foi o argentino Manu Ginobili, que deixou o jogo com 20 pontos, quatro rebotes e sete assistências. O francês Tony Parker também esteve bem: 18 pontos, 11 assistências e três roubadas de bola para ele. Tiago Splitter, por sua vez, atuou por 21 minutos, marcou sete pontos e coletou seis rebotes.

Pelo lado do Golden State Warriors, David Lee foi o cestinha com 31 pontos e 12 rebotes. Monta Ellis anotou 25 pontos, enquanto o armador Stephen Curry ficou com 14 tentos, seis ressaltos e cinco passes certeiros.

San Antonio volta à quadra nesta quarta-feira. O adversário da vez será o perigoso Utah Jazz, em Utah, jogo que a ESPN transmite ao vivo. Golden State, por sua vez, mede forças também na quarta contra o ascendente New Orleans Hornets.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 20 pontos, quatro rebotes e sete assistências

Tony Parker – 18 pontos, 11 assistências e três roubadas

Tim Duncan – 16 pontos e sete rebotes

George Hill – 14 pontos e quatro rebotes

Antonio McDyess – 14 pontos e dez rebotes

Gary Neal – 11 pontos e três rebotes

Tiago Splitter – Sete pontos (1-3 FG) e seis rebotes

Golden State Warriors

David Lee – 31 pontos e 12 rebotes

Monta Ellis – 25 pontos

Dorell Wright – 18 pontos, sete rebotes e nove assistências

Stephen Curry – 14 pontos, seis rebotes e cinco assistências

Anúncios

Mais um rumor: Rudy Gay no Spurs?

A temporada de rumores definitivamente está a todo o vapor em San Antonio. Nem mesmo a garantia do general manager R.C. Buford acerca da permanência de Tony Parker no Texas tem evitado o burburinho da imprensa.

Primeiro surgiu a conversa de que o francês poderia ser envolvido num negócio com o Knicks, já que estaria pleiteando o ordenado máximo em seu novo contrato, que se encerra no final de 2011. Em troca, David Lee, Danilo Gallinari e Wilson Chandler foram cogitados.

Mais tarde, mais um rumor, outra vez vindo do NY Daily News.

O ala Rudy Gay, do Memphis Grizzlies, é agente livre restrito e poderia ser negociado. San Antonio busca um time mais atlético e Gay seria uma boa pedida. Na troca, Parker e o decepcionante Richard Jefferson poderiam ser envolvidos.

Mais uma vez, resta esperar…

Rumor: Parker no Knicks?

A temporada mal acabou e os rumores em torno do armador Tony Parker já surgem com tudo.

A notícia da vez é que o francês poderia ser negociado com o New York Knicks, que teria algumas moedas de troca interessantes a oferecer. Quem informa é o NY Daily News.

Fontes ligadas ao Spurs disseram que Parker estaria buscando um novo contrato com o máximo que a liga pode pagar – pouco mais de US$ 20 mi (vale lembrar que seu vínculo se encerra em 2011). Logicamente, os texanos não possuem esse dinheiro, o que facilitaria uma troca com o Knicks – que estará com uma folha salarial folgada na próxima época.

No entanto, algumas dúvidas ainda pairam no ar. Nova York aceitaria Richard Jefferson no negócio? Sabe-se que o treinador do Knicks, Mike D’Antoni, é um grande entusiasta do run and gun, esquema em que Parker e Jefferson cairiam como uma luva.

Resta saber quem o Knicks aceitaria ceder para contar com os texanos. Uma sign and trade com o David Lee mais o italiano Danilo Gallinari? Quem sabe…

Recentemente, o general manager do Spurs, R.C. Buford, cravou que Parker continua na equipe. É esperar para ver.

Spurs (36-25) vs Knicks (22-41) – Temporada Regular

Robson Kobayashi

San Antonio Spurs vs New York Knicks – Temporada Regular

Data: 10/03/2010

Horário: 22:30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Situação do Jogo

Os dois times tiveram jogos na segunda-feira; os texanos foram derrotados pelo time de melhor campanha da NBA, o Cleveland Cavaliers, enquanto o Knicks arrancou uma vitória em cima do Atlanta Hawks.

Confrontos na temporada (1-0)

27/12/2009 – San Antonio Spurs 95 @ 88 Knicks

A partida foi disputada até o final, mas conseguimos sair vitoriosos do Madison Square Garden. Parker e Manu lideraram a equipe com 39 pontos.
.

San Antonio Spurs

PG – George Hill

SG – Manu Ginóbili

SF – Keith Bogans

PF – Tim Duncan

C – Antonio McDyess

Fique de olho – O argentino vem mostrando que ainda tem gás para levar um time nas costas. Manu anotou 21 pontos, 6,4 assistências e 4,6 rebotes nos últimos cinco jogos, sendo 15-32 na linha dos três pontos, além de 100% nos 24 lances livres.
.

PG – Sergio Rodrigues

SG – Bill Walker

SF – Wilson Chandler

PF – Danilo Gallinari

C – David Lee

Fique de olho – O pivô adversário trabalha muito no ataque e na defesa, e tem médias de 20,3 pontos e 11,6 rebotes na temporada.