Arquivos do Blog

Spurs (24-11) vs. Bobcats (4-29) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs. Charlotte Bobcats – Temporada Regular

Data: 02/03/2012

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Depois de sofrer uma derrota em casa para uma das equipes mais fortes da NBA, nada melhor do que encarar um dos times mais fracos de toda a liga para se recuperar. Nesta sexta-feira, o Spurs tem pela frente o Charlotte Bobcats, dono da pior campanha da temporada até agora. Qualquer resultado que não seja uma vitória fácil dos texanos será uma surpresa.

Manu Ginobili

https://i0.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/sas.gif

PG – Tony Parker

SG – Danny Green/Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – DeJuan Blair

C – Tim Duncan

Fique de Olho – O retorno de Manu Ginobili parece cada vez mais próximo. Depois de ter ficado mais de um mês fora, o argentino retornou à equipe e no dia 18 de fevereiro sofreu nova lesão. O jogo contra o Bobcats pode marcar a volta do camisa 20, que terá sua participação decidida momentos antes do início da partida.

Kemba Walker

https://i0.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/cha.gif

PG – DJ Augustin/Kemba Walker

SG – Gerald Henderson

SF – Corey Maggette

PF – Boris Diaw

C – Bismack Biyombo

Fique de Olho – Em um elenco fraco como o do Bobcats, o armador Kemba Walker aparece como esperança de um futuro melhor para a franquia, que tem Michael Jordan como mandatário. Na temporada, o novato acumula médias de 13,0 pontos, 3,8 assistências e 3,8 rebotes.

Spurs (56-13) vs Bobcats (28-41) – Pela primeira vez titular

109X98https://i0.wp.com/l.yimg.com/a/i/us/sp/v/nba/teams/20080123/80x60/cha.gif

O San Antonio Spurs recebeu o Charlotte Bobcats no AT&T Center e teve facilidade para bater a equipe da Carolina do Norte por 109 a 98. Mas o mais interessante da noite foi a presença de Tiago Splitter pela primeira vez iniciando uma partida como titular na NBA.

Vai que é sua, Splitter! (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Em seu 48º jogo com o Spurs, esta foi a primeira vez que Gregg Popovich escalou o brasileiro no quinteto inicial. Splitter substitiu Tim Duncan. Pop preferiu poupar o ala-pivô de 34 anos após uma desgastante partida contra o Dallas Mavericks na noite anterior.

Temos um novo branquelo arremessador de 3 pontos (D. Clarke Evans/NBAE/Getty Images)

Contra um adversário frágil, que estava sem seu principal jogador, o ala Stephen Jackson, os titulares do Spurs nem precisaram de muito esforço. Manu Ginobili, por exemplo, permaneceu em quadra por 19 minutos, tempo suficiente para o argentino anotar 11 pontos.

Sorte dos reservas, que tiveram a oportunidade de mostrar serviço ao comandante. Com o jogo dominado desde o início, quem aproveitou foi Steve Novak. Normalmente relegado ao “garbage time“, período em que a partida já está praticamente decidida devido a uma grande diferença no placar, o ala converteu cinco de oito arremessos de três pontos, e saiu de quadra como o cestinha do jogo, com 19 pontos, ao lado de Gerald Henderson, do Bobcats.

George Hill e Gary Neal mostraram a costumeira regularidade, e ainda houve tempo para o novato James Anderson e o recém-contratado Danny Green arriscarem alguns lances nos minutos finais.

O Spurs volta a entrar em quadra na próxima segunda-feira, dia 21, quando enfrenta o Golden State Warriors, em casa, antes de partir para uma sequência de três jogos fora, contra Denver Nuggets, Portland TrailBlazers e Memphis Grizzlies.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Steve Novak – 19 pontos (5-8 3pt) e quatro rebotes

Gary Neal – 15 pontos e três assistências

George Hill – 12 pontos e nove assistências

Tiago Splitter – Oito pontos, seis rebotes, um roubo de bola e um toco em 24 minutos

Charlotte Bobcats

Gerald Henderson – 19 pontos e quatro rebotes

Boris Diaw – 16 pontos e quatro assistências

D. J. White – 13 pontos e quatro rebotes