Arquivos do Blog

Spurs (6-2) @ Blazers (4-5) – Voltou e venceu!

https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif113×101

Liderado por LaMarcus Aldridge, o San Antonio Spurs conseguiu seu terceiro triunfo consecutivo na temporada ao vencer o Portland Trail Blazers pelo placar de 113 a 101, fora de casa, na noite desta quarta-feira (11). O ala-pivô retornou para sua antiga casa e foi responsável por 23 pontos na vitória do alvinegro. Veja, a seguir, os destaques da partida:

Photos: Portland vs Spurs

O Spurs conseguiu superar o Blazers na casa do adversário (Bruce Ely/Getty Images)

São tantas emoções…

O jogo era muito importante para Aldridge. Logo em sua apresentação, foram ouvidos gritos de pessoas apoiando e de outras vaiando o jogador.

“Definitivamente ouvi pessoas torcendo por mim, o que mostra que ainda me amam e apoiam. E ouvi pessoas com raiva também, com razão. Acho que foi 70% apoio e 30% vaias”, disse.

Apesar das emoções, o ala-pivô fez ótima partida, com 23 pontos, seis rebotes e duas assistências. O jogador afirmou ainda que estranhou ir para o vestiário do time visitante.

Photos: Portland vs Spurs

Leonard fez mais uma boa partida |Foto: Bruce Ely, Getty Images

Jogo 

O Blazers começou melhor, saltando na frente e chegando a liderar por oito pontos. Mas o domínio dos donos da casa não durou muito tempo. O Spurs finalizou o primeiro quarto com uma sequência de 14 pontos feitos e só quatro sofridos, terminando a parcial na liderança. O alvinegro continuou melhor no segundo período, com aproveitamento de 69% nos tiros de quadra e 50% na linha de três pontos, e foi para o intervalo com 12 pontos de vantagem.

No terceiro quarto, no entanto, o Blazers acordou e até conseguiu empatar o jogo por 66 a 66. Porém, o time da casa perdeu Meyers Leonard, que teve de deixar a quadra com um ombro deslocado, e não conseguiu insistir na reação. O Spurs se acertou e passou na frente, vencendo com certa tranquilidade no fim.

Força coletiva

Seis jogadores do Spurs ficaram com dois dígitos de pontuação. Tim Duncan chegou aos 12 pontos, enquanto Danny Green e Tony Parker adicionaram 11.

Vindo do banco, Manu Ginobili foi bem, contribuindo com 14 pontos. Além deles e de Aldridge, Kawhi Leonard fez outra boa partida, anotando 20 pontos.

Mais um recorde

Já virou tradição colocar um tópico para algum recorde quebrado por Tim Duncan em casa jogo do time de San Antonio. Desta vez foi nos rebotes. Ele coletou seu ressalto de número 14.716 e agora é o sétimo na história da NBA no fundamento, passando Robert Parish.

Em seguida

O Spurs volta às quadras apenas no sábado, quando retorna ao AT&T Center para receber o Philadelphia 76ers. O Blazers, por sua vez, visita o Memphis Grizzlies na sexta-feira.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 23 pontos e 6 rebotes

Kawhi Leonard – 20 pontos e 7 rebotes

Manu Ginobili – 14 pontos e 5 rebotes

Tim Duncan – 12 pontos e 6 rebotes

Tony Parker – 11 pontos e 5 assistências

Danny Green – 11 pontos e 4 rebotes

Portland Trail Blazers

Demian Lillard – 22 pontos, 6 rebotes e 9 assistências

CJ McCollum – 21 pontos

Al-Farouq Aminu – 11 pontos e 4 assistências

Ed Davis – 11 pontos

Anúncios

Spurs (3) vs Blazers (0) – Quase lá

118×103

O San Antonio Spurs não teve dificuldade para vencer o Portland Trailblazers, pela terceira vez consecutiva, na noite deste sábado (10). O time dirigido por Gregg Popovich agora só precisa de mais um triunfo para avançar para às finais da Conferência Oeste. As duas equipes voltam a entrar em quadra nesta segunda-feira, ainda no Oregon.

Parker foi o cestinha do jogo com 29 pontos (Foto: Reprodução/Facebook/Spurs)

On Fire

Tony Parker começou os playoffs com certa dificuldade. Nos primeiro jogos contra o Dallas Mavericks, o francês parecia um pouco enferrujado no arremesso. Mas, contra o Blazers, o armador parece totalmente à vontade dentro de quadra. O camisa #9 foi responsável por 29 pontos no terceiro jogo, fazendo 20 deles ainda no primeiro tempo.

Tim Duncan também se mostrou em grande fase. O ala-pivô adicionou 19 pontos, sete rebotes e quatro assistências. Com essa pontuação, Timmy se tornou o quinto cestinha da história dos playoffs, passando Karl Malone. The Big Fundamental fez 4.762 pontos em pós-temporadas. 

Outro recorde que o Spurs bateu foi não ter errado nenhum lance livre em um jogo de playoff. Foi a primeira vez na história da franquia que isso aconteceu. O time acertou os 25 que tentou.

Banco tem sido uma arma na série (Foto: Reprodução/Facebook/Spurs)

Segundo quarto

O segundo período tem se mostrado a chave das vitórias do Spurs. Após pontuar bem no primeiro quarto, o alvinegro abre boa vantagem e o Blazers não consegue se recuperar. Na noite de sábado, a equipe de San Antonio venceu por 32 a 22. Nos três jogos, os texanos venceram todos os segundos quartos, que somados dão uma vantagem de 109 a 70.

Uma estatística curiosa é que o Blazers só ficou na frente no placar durante 33 segundos na série. Foram 16 no jogo 2 e 17 no 3 – sempre no primeiro quarto.

Tá difícil 

Damian Lillard e LaMarcus Aldridge fizeram 21 pontos cada um. No entanto, mais uma vez, os dois principais jogadores da equipe de Portland Blazers tiveram dificuldades. O armador acertou apenas sete arremessos em 21 tentativas, enquanto o ala-pivô converteu nove de 23. Combinados, os dois craques só fizeram 16 cestas em 44 tentativas durante a partida contra o Spurs.

Em alta

O banco de reservas do Spurs voltou a ser um fator importante. Após ter dificuldade para pontuar durante as sete partidas contra o Mavs, a segunda unidade atropelou a equipe de Portland. Comparados, os reservas do alvinegro texano fizeram 40 pontos, contra apenas seis do adversário. Na série, a discrepância é ainda maior: 140 a 43.

“O banco tem sido importante para nós durante todo o ano. Nós conseguimos a vantagem de jogar mais jogos em casa nos playoffs graças ao nosso banco”, exaltou Gregg Popovich. 

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 22 pontos e 6 assistências

Tiago Splitter – 19 pontos e 8 rebotes

Danny Green – 17 pontos e 5 rebotes

Tim Duncan – 16 pontos e 9 rebotes

Kawhi Leonard – 12 pontos e 6 rebotes

Patty Mills – 10 pontos

Portland TrailBlazers

Wesley Matthews – 22 pontos e 4 rebotes

LaMarcus Aldridge – 21 pontos e 12 rebotes

Damian Lillard – 21 pontos e 9 assistências

Nicolas Batum – 20 pontos, 9 rebotes e 7 assistências

Robin Lopez – 13 pontos e 7 rebotes

Spurs (2) vs Blazers (0) – Semifinais de Conferência

San Antonio Spurs @ Portland Trail Blazers – Semifinais de Conferência

Data: 10/05/2014

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: Moda Center

Transmissão: ESPN

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,86 (favorito) @ Blazers 1,95

O San Antonio Spurs atropelou o Portland Trail Brazers nos dois primeiro jogos da série, no AT&T Center. Agora, atuando na casa do adversário, a equipe texana busca abrir o 3 a 0 e ficar a um passo de uma sonhada varrida e da vaga na final da Conferência Oeste.

Confrontos na série (2-0)

06/05/2014 – Spurs 116 vs 92 Blazers

Tony Parker, com 33 pontos, liderou o Spurs a uma vitória fácil contra o Blazers no primeiro jogo. A surra foi tamanha que o último quarto foi jogado quase que todo pelos reservas.

08/05/2014 – Spurs 114 vs 97 Blazers

Kawhi Leonard deu o tom da vitória dessa vez, com 20 pontos, sendo 12 deles no primeiro quarto. O segundo período, no entanto, foi determinante – o Spurs o venceu por 41 a 25. 

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Kawhi Leonard tem feito uma grande série até aqui. O jovem de 22 anos de idade foi responsável por 16 pontos no primeiro jogo e outros 20 no segundo. Seu impacto maior é defensivo – o ala consegue marcar o perímetro como poucos na liga.

PG – Damian Lillard

SG – Wesley Matthews

SF – Nicolas Batum

PF – LaMarcus Aldridge

C – Robin Lopez

Fique de Olho – Nicolas Batum foi importante para o seu time no jogo 2. Apesar de não ser o francês mais destacado da série – perdendo o posto para Tony Parker e quem sabe para Boris Diaw -, o ala tem um impacto no ataque do seu time. Na última derrota, anotou 21 pontos.