Arquivos do Blog

Duncan é selecionado para o All-Star Game

assinatura SA Br

Timmy será all-star pela 15ª vez (Getty Images)

É oficial. Tim Duncan disputará o seu 15º All-Star Game da NBA, no próximo dia 15 de fevereiro, em Nova York. The Big Fundamental foi um dos reservas nomeados pela comissão técnica do time da Conferência Oeste, conforme anunciado nesta quinta-feira (29).

Próximo de completar 39 anos de idade, camisa #21 se torna o terceiro jogador com mais seleções para o jogo das estrelas, ao lado de Kevin Garnett e Shaquille O’Neal – apenas Kareem Abdul-Jabbar (19) e Kobe Bryant (17) possuem mais aparições do que.

Em sua 18ª temporada, Duncan figura como o segundo maior cestinha do Spurs no campeonato, registrando médias de double-double, com 14,7 pontos e 10,1 rebotes, além de dois tocos e 3,1 assistências por exibição, em 42 jogos disputados até o momento.

Com a seleção de Timmy, o Spurs terá pelo menos um representante no All-Star Game pela 36ª vez em 39 oportunidades.

Os outros suplentes escolhidos pelos técnicos da Conferência Oeste – liderados pelo ex-Spurs e atual treinador do Warriors, Steve Kerr – foram James Harden (Houston Rockets), Klay Thompson (Golden State Warriors), Chris Paul (Los Angeles Clippers), LaMarcus Aldridge (Portland Trail Blazers), Kevin Durant e Russel Westbrook (Oklahoma City Thunder).

Ficaram assim os quintetos titulares e os suplentes do 39º All-Star Game:

Oeste:

PG – Stephen Curry (GS)
SG – Kobe Bryant [fora por lesão] (LAL)
SF – Blake Griffin (LAC)
PF – Anthony Davis (NO)
C – Marc Gasol (MEM)

Suplentes: Tim Duncan (SA), James Harden (HOU), Klay Thompson (GS), Chris Paul (LAC), LaMarcus Aldridge (POR), Kevin Durant (OKC) e Russel Westbrook (OKC).
Técnico: Steve Kerr (GS)

Leste:

PG – Kyle Lowry (TOR)
SG – John Wall (WSH)
SF – LeBron James (CLE)
PF – Carmelo Anthony (NY)
C – Pau Gasol (CHI)

Suplentes: Jeff Teague (ATL), Kyrie Irving (CLE), Jimmy Butler (CHI), Dwyane Wade (MIA), Al Horford (ATL), Paul Milsap (ATL), Chris Bosh (MIA).
Técnico: Mark Budenholzer (ATL)

Anúncios

Parker participará do desafio de habilidades no ASW

O armador Tony Parker, do San Antonio Spurs, participará do desafio de habilidades no próximo All-Star Weekend. O francês, que já havia sido convocado para o time da Conferência Oeste no Jogo das Estrelas, terá pela frente John Wall, do Washington Wizards, Deron Williams, do New Jersey Nets, Kyrie Irving, do Cleveland Cavaliers, Russell Westbrook, do Oklahoma City Thunder, e Stephen Curry, do Golden State Warriors.

Curry defenderá o título conquistado no último ano. Caso vença, o jovem armador se tornará apenas o terceiro jogador a vencer o Skills Challenge por duas vezes. Steve Nash (2005 e 2010) e Dwyane Wade (2006 e 2007) alcançaram a marca anteriormente.

Parker está no All-Star Game

O grande desempenho de Tony Parker nas últimas partidas parecem ter convencido os técnicos da NBA de que ele merecia ser convocado para o All-Star Game. A expectativa de que o francês fosse chamado se confirmou na noite desta quinta (9), quando a NBA divulgou quem serão os reservas do Jogo das Estrelas.

Parker será um dos cinco estrangeiros do ASG. Luol Deng, Steve Nash, Dirk Nowitzki e Marc Gasol completam a lista

Parker será o único representante do San Antonio Spurs no evento, já que Tim Duncan ficou fora da lista pela primeira na carreira. O ala-pivô havia participado de todos os All-Star Game desde que entrou na NBA, na temporada 1997/1998.

Esta foi a quarta vez que Parker para o Jogo das Estrelas. Além dele, completam a equipe reserva da Conferência Oeste os armadores Steve Nash e Ressull Westbrook, os alas-pivôs LaMarcus Aldridge, Kevin Love e Dirk Nowitzki e o pivô Marc Gasol.

O All-Star Game será realizado no dia 26 de fevereiro, na cidade de Orlando, na Flórida. Um dia antes, acontecem o Desafio de Habilidades, o Torneio de Três Pontos e o Concurso de Enterradas. Na sexta-feira, é o dia do Jogo dos Calouros, que contará com as presenças de Tiago Splitter e Kawhi Leonard.

Confira os convocados para o Jogo das Estrelas de 2012

• Leste

(Titulares)
Derrick Rose (Chicago Bulls)
Dwyane Wade (Miami Heat)
LeBron James (Miami Heat)
Carmelo Anthony (New York Knicks)
Dwight Howard (Orlando Magic)

(Reservas)
Deron Williams (New Jersey Nets)
Joe Johnson (Atlanta Hawks)
Paul Pierce (Boston Celtics)
Andre Iguodala (Philadelphia 76ers)
Luol Deng (Chicago Bulls)
Chris Bosh (Miami Heat)
Roy Hibbert (Indiana Pacers)

• Oeste

(Titulares)
Chris Paul (Los Angeles Clippers)
Kobe Bryant (Los Angeles Lakers)
Kevin Durant (Oklahoma City Thunder)
Blake Griffin (Los Angeles Clippers)
Andrew Bynun (Los Angeles Lakers)

(Reservas)
Steve Nash (Phoenix Suns)
Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder)
Tony Parker (San Antonio Spurs)
Dirk Nowitzki (Dallas Mavericks)
Kevin Love (Minnesota Timberwolves)
LaMarcus Aldridge (Portland Trail Blazers)
Marc Gasol (Memphis Grizzlies)

West @ East – Roteiro óbvio…

148X143

O All-Star Weekend terminou neste domingo com o aguardado Jogo das Estrelas. Em quadra, o time da Conferência Oeste dominou toda a partida, mas quase deixou escapar a vitória no final. No entanto, com um punhado de cestas seguidas do astro Kevin Durant, os comandados de Gregg Popovich deixaram a quadra com o triunfo por 148 a 143.

Alguém ficou surpreso com essa cena?

Quem brilhou, de maneira um tanto quanto forçada, foi Kobe Bryant, do Los Angeles Lakers. Gosto do Kobe, acho um craque de bola, mas pra mim ele exagera quando joga o All-Star Game. Desde o começo ele mostrou que queria ser o MVP – e foi. Passou poucas bolas, abusou do egoísmo e marcou nada menos do que 37 pontos, além de 14 rebotes. Ao meu ver, contudo, o prêmio de melhor jogador deveria ser dividido com Kevin Durant (34 pontos), que foi um monstro no período final.

E o prêmio de MVP deveria ter sido dividido

Pelo lado leste, destaque para LeBron James. O ala do Miami Heat conseguiu um triple-double (29 pontos, 12 rebotes e dez assistências), só que de maneira natural, ao contrário de Kobe. Quem também anotou 29 tentos foi Amar’e Stoudemire, que abusou das enterradas e inflou a torcida em muitos momentos.

Os jogadores do San Antonio Spurs tiveram noite bem discreta. Tim Duncan, que ocupou a vaga de Yao Ming no quinteto titular, ficou em quadra por 11 minutos e fez apenas dois pontos, além de três rebotes e duas assistências. Manu Ginobili jogou um pouco mais. Em 20 minutos, o argentino contribuiu com sete pontos, cinco assistências, três rebotes e três roubadas de bola.

O All-Star Game terminou. Agora, os times voltam à sua realidade. Nosso San Antonio Spurs volta à quadra na quarta-feira. O adversário será o Oklahoma City Thunder – pelo menos a Rodeo Road Trip já acabou!

Gregg Popovich será o técnico do Oeste no All-Star Game

Deu a lógica! O técnico Gregg Popovich, do nosso San Antonio Spurs, comandará a equipe da Conferência Oeste no próximo All-Star Game, evento marcado para dia 20 de fevereiro na cidade de Los Angeles.

A vitória de ontem sobre o Golden State Warriors garantiu o treinador no Jogo das Estrelas. Com a campanha de 38 vitórias e apenas sete derrotas, nenhum time conseguirá alcançar o Spurs até a data do evento.

Será a segunda vez na carreira que Popovich comandará a Conferência Oeste. Em 2005, Pop foi “escalado” para o All-Star Game de Denver. Na oportunidade, seus comandados foram derrotados pelo Leste por 125 a 115. O MVP naquele ano foi Allen Iverson, hoje no basquete turco.