Spurs (26-36) @ Cavaliers (19-45) – Melancólico

129×132

A temporada 2019/2020 vai chegando ao fim de maneira melancólica para o San Antonio Spurs. Nesse domingo (8), o time texano visitou o Cleveland Cavaliers e perdeu por 132 a 129 na prorrogação, sendo varrido pela equipe de Ohio. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Atuação de Gay não foi o bastante (Reprodução/nba.com/spurs)

Haja apito

A primeira metade do jogo teve protagonismo dos árbitros, que marcaram 33 faltas. Apesar disso, tanto Gregg Popovich quanto DeMar DeRozan reclamaram ao fim da partida, queixando-se do excesso de contato em infiltrações do ala-armador. O camisa #10 cobrou 12 lances livres na partida e errou somente um.

Haja desfalque

Foi o sexto jogo seguido que o Spurs disputou sem LaMarcus Aldridge, que se recupera de uma lesão no ombro direito. Jakob Poeltl e Marco Belinelli continuaram engrossando a lista de desfalques do time alvinegro, e Lonnie Walker também não conseguiu ir à quadra.

Buraco no garrafão

As ausências de Aldridge e Poeltl facilitaram a vida de Andre Drummond, que voltou de lesão anotando 28 pontos, 17 rebotes e três tocos. Seu reserva, Larry Nance Jr., também se destacou ao registrar 19 pontos e dez rebotes.

Renascendo?

Um dos poucos lados bons do Spurs no jogo foi mais uma boa atuação de Rudy Gay, que parece estar recuperando a forma técnica nas últimas partidas. O ala deixou a quadra com 19 pontos, nove rebotes e dois tocos e converteu o arremesso que forçou a prorrogação.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 25 pontos, 8 rebotes, 4 assistências e 2 roubos de bola

Rudy Gay – 19 pontos, 9 rebotes e 2 tocos

Bryn Forbes – 19 pontos

Dejounte Murray – 17 pontos, 7 rebotes, 6 assistências e 6 roubos de bola

Derrick White – 17 pontos e 3 assistências

Trey Lyles – 13 pontos e 9 rebotes

Cleveland Cavaliers

Andre Drummond – 28 pontos e 17 rebotes

Collin Sexton – 26 pontos e 4 assistências

Larry Nance Jr. – 19 pontos e 10 rebotes

Cedi Osman – 19 pontos, 6 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Kevin Love – 14 pontos, 18 rebotes e 3 assistências

Matthew Dellavedova – 14 pontos e 11 assistências

Alfonzo McKinnie – 10 pontos e 5 rebotes

Spurs (26-35) @ Cavaliers (18-45) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Cleveland Cavaliers – Temporada Regular

Data: 08/03/2020

Horário: 20h30 (Horário de Brasília)

Local: Rocket Mortgage FieldHouse

Onde assistir: NBA League Pass

Dois dias depois da acachapante derrota para o Brooklyn Nets, o San Antonio Spurs visita o Cleveland Cavaliers para tentar se recuperar. O alvinegro segue sem LaMarcus Aldridge e Jakob Poeltl, machucados, e ainda tem Lonnie Walker e Marco Belinelli como dúvidas. Do lado dos mandantes, Dante Exum e Dylan Windler são desfalques, e Darius Garland, Kevin Porter Jr., Dean Wade, Tristan Thompson e Andre Drummond são dúvidas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (0-1)

13/12/2019 – Spurs 109 x 117 Cavaliers

No primeiro duelo da temporada, o Spurs perdeu para o Cavaliers no AT&T Center, sofrendo uma das mais decepcionantes derrotas da temporada. Com 21 pontos, quatro assistências e quatro rebotes, DeMar DeRozan se destacou pelo alvinegro na ocasião.

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Trey Lyles

C – Drew Eubanks

Fique de Olho – Com a ausência de Aldridge e os possíveis desfalques no perímetro, DeMar DeRozan precisa estar em seu nível mais alto para que o Spurs possa fazer um bom jogo. Até aqui, na temporada, o ala-armador tem médias de 22,3 pontos, 5,6 rebotes e 5,5 assistências em 34,1 minutos por exibição.

PG – Collin Sexton

SG – Matthew Dellavedova

SF – Cedi Osmar

PF – Kevin Love

C – Larry Nance Jr.

Fique de Olho – Com 27 pontos, seis rebotes e três assistências, Kevin Love foi o destaque da improvável vitória por 104 a 102 sobre o Denver Nuggets, em Cleveland, na abertura do back-to-back que será concluído contra o Spurs. Até aqui, na temporada, o ala-pivô tem médias de 17,7 pontos, 9,6 rebotes e 3,1 assistências em 31,5 minutos por exibição.

Spurs (26-35) @ Nets (28-34) – Constrangedor

120×139

Nessa sexta-feira (6), o San Antonio Spurs visitou o Brooklyn Nets e foi atropelado pelo adversário, perdendo por 139 a 120. O único lado bom de assistir ao jogo foi finalmente poder ver os novatos da franquia texana em ação. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Atuação de DeRozan não foi o bastante (Reprodução/nba.com/spurs)

Nem deu para sonhar

O primeiro quarto não estava nem na metade quando Gregg Popovich gastou seu segundo tempo técnico, já que o Spurs perdia por 20 a 6. A estratégia não funcionou, e o Nets venceu a primeira parcial por 41 a 22. O time da casa chegou a abrir 33 pontos de vantagem a marcou 45 pontos no terceiro período, estabelecendo um novo recorde da franquia e impedindo qualquer chance de reação do alvinegro. Após o jogo, o técnico da equipe texana criticou a postura dos seus comandados na defesa.

Mais raro que cometa

O único lado bom da acachapante derrota foi a rara oportunidade de ver os novatos do Spurs em ação. O destaque foi Keldon Johnson, que registrou 13 pontos e cinco rebotes nos 21 minutos em que esteve em quadra. Luka Samanic atuou por 12 minutos e obteve três assistências e dois rebotes, e Quinndary Weatherspoon jogou 11 minutos e anotou uma assistência e um rebote.

Plantão médico

O Spurs voltou a entrar em quadra sem LaMarcus Aldridge, Jakob Poeltl e Marco Belinelli, todos machucados. Desfalque mais sentido, o camisa #12 foi vítima do azar. Segundo Pop, o ala-pivô estava perto de voltar após sofrer uma lesão no ombro direito, mas se enroscou na rede da cesta durante um treino e voltou a sentir o problema.

Virou piada

Tim Duncan voltou ao cargo de assistente técnico após estrear como treinador principal na vitória sobre o Charlotte Hornets, substituindo Pop, liberado para resolver problemas pessoais. Os torcedores do Nets aproveitaram-se das ausências de Aldridge e Poeltl e fizeram piada com o assunto, gritando em coro “Vá para o jogo, Timmy”.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 24 pontos, 9 assistências e 5 rebotes

Derrick White – 19 pontos e 3 tocos

Dejounte Murray – 19 pontos

Rudy Gay – 15 pontos e 6 rebotes

Keldon Johnson – 13 pontos e 5 rebotes

Brooklyn Nets

Caris LeVert – 27 pontos, 11 rebotes e 10 assistências

Joe Harris – 20 pontos e 4 rebotes

Spencer Dinwiddie – 19 pontos e 9 assistências

Timothe Luwawu-Cabarrot – 19 pontos

Chris Chiozza – 13 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Taurean Prince – 13 pontos e 5 rebotes

DeAndre Jordan – 12 pontos e 10 rebotes

Jarrett Allen – 12 pontos e 8 rebotes

Spurs (26-34) @ Nets (27-34) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Brooklyn Nets – Temporada Regular

Data: 06/03/2020

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: Barclays Center

Onde assistir: NBA League Pass

Três dias depois de vencer o Charlotte Hornets, o San Antonio Spurs visita o Brooklyn Nets reforçado de Gregg Popovich, ausente do jogo anterior para resolver problemas pessoais. Por outro lado, o alvinegro segue sem LaMarcus Aldridge, Jakob Poeltl e Marco Belinelli, machucados. O time mandante, por sua vez, tem Kyrie Irving, Kevin Durant e Garrett Temple como baixas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

19/12/2019 – Spurs 118 x 105 Nets

Em jogo disputado em dezembro no AT&T Center, o Spurs levou a melhor sobre o Nets. Patty Mills, com 27 pontos, foi o cestinha da equipe texana na ocasião.

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Trey Lyles

C – Drew Eubanks

Fique de Olho – Trey Lyles tem aproveitado os desfalques no garrafão do Spurs para viver sua melhor fase com a camisa alvinegra. Até aqui, na temporada, o ala-pivô canadense tem médias de seis pontos e 5,7 rebotes em 19,6 minutos por exibição.

PG – Spencer Dinwiddie

SG – Caris Levert

SF – Joe Harris

PF – Taurean Prince

C – Jarrett Allen

Fique de Olho – Com Kyrie Irving e Kevin Durant fora da temporada, Spencer Dinwiddie assume o posto de principal pontuador do Nets. Até aqui, na temporada, o armador tem médias de 20,5 pontos, 6,7 assistências e 3,5 rebotes em 31,1 minutos por exibição.

Spurs (26-34) @ Hornets (21-40) – Ave, Duncan

104×103

Sem Gregg Popovich, fora por motivos pessoais, o San Antonio Spurs teve Tim Duncan como técnico na vitória por 104 a 103 sobre o Charlotte Hornets, nessa terça-feira (3), em jogo disputado na Carolina do Norte. Com o resultado, o alvinegro fica a 3,5 jogos de distância do Memphis Grizzlies, oitavo colocado na Conferência Oeste. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

DeRozan observado de perto por Duncan (Reprodução/nba.com/spurs)

Terno e gravata

A ausência de Pop fez com que Duncan fosse nomeado treinador principal do Spurs na partida contra o Hornets. Depois da partida, o ídolo da franquia texana dividiu os méritos do resultado com os assistentes Becky Hammon, Will Hardy e Mitch Johnson.

“Verdade seja dita: eu não estava no lugar principal. Temos Becky, Will e Mitch. Mitch fez a preleção para nós, Becky e Will estavam fazendo todos os ajustes, e eu era o único que só estava lá de pé gritando com as pessoas”, afirmou Duncan, após a partida.

Suado

O Spurs começou o jogo perdendo por 12 a 2 e chegou a estar 17 pontos atrás do Hornets em determinado momento da partida. Aos poucos, o alvinegro foi entrando no jogo até que conseguiu virar, entrando no último quarto vencendo por 77 a 76. O time texano abriu seis pontos, mas permitiu uma pequena reação dos mandantes. A equipe da casa ainda teve a chance de dar o último arremesso, mas sem sucesso.

Chamou a responsabilidade

Em uma noite em que o Spurs não contou com LaMarcus Aldridge, Jakob Poeltl e Marco Belinelli, coube a Dejounte Murray chamar a responsabilidade e comandar a vitória do time. O jovem armador deixou a quadra com 21 pontos, seis assistências, cinco rebotes e duas roubadas de bola, sendo assim o cestinha da partida.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Dejounte Murray – 21 pontos, 6 assistências, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Bryn Forbes – 15 pontos

Patty Mills – 13 pontos e 2 roubos de bola

DeMar DeRozan – 12 pontos, 10 assistências e 5 rebotes

Derrick White – 12 pontos, 2 roubos de bola e 2 tocos

Rudy Gay – 10 pontos e 7 rebotes

Charlotte Hornets

Terry Rozier – 20 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

PJ Washington – 19 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Miles Bridges – 15 pontos e 7 rebotes

Cody Martin – 13 pontos, 5 rebotes, 4 assistências e 2 roubos de bola

Caleb Martin – 12 pontos e 3 rebotes