Murray rompe ligamento e vira baixa no Spurs

A bruxa está solta no Texas. Após perder Lonnie Walker IV por, pelo menos seis semanas por conta de uma lesão no joelho, o San Antonio Spurs também terá Dejounte Murray, seu armador titular, no departamento médico por tempo indeterminado. O camisa #5 passou por ressonância magnética nesta segunda-feira (8) e foi detectado rompimento do ligamento cruzado anterior.

Armador se machucou no jogo de pré-temporada com o Houston Rockets (Foto: Reprodução/San Antonio Spurs Twitter)

A lesão de Murray ocorreu aos 2:47 do segundo quarto em jogo de pré-temporada contra o Houston Rockers, realizado nesse domingo (7). O armador puxou o contra-ataque e foi para a bandeja sozinho quando sua perna falhou, levando-o imediatamente de encontro ao chão.

O Spurs confirmou a contusão de Murray na tarde desta segunda-feira e não estabeleceu previsão para o retorno do jovem armador às quadras. A franquia de San Antonio estreia na temporada regular dia 17 de outubro, contra o Minnesota Timberwolves, em casa.

 

*Texto publicado pelo mesmo autor para o The Playoffs

Anúncios

Spurs (2-0) x Pistons (1-1) – Aquecendo

 117×93det

Seguindo com a fase de preparação para a temporada regular da NBA, o San Antonio Spurs atuou novamente em seus domínios e venceu com tranquilidade o Detroit Pistons nessa sexta-feira (05) pelo placar de 117 a 93. A seguir, confira os destaques do jogo.

20181005-untitled20181005-spurs-pistons-adriangarcia-sse_aa92875

Dejounte Murray teve outra ótima atuação (Reprodução/nba.com/spurs)

Diferente escalação

No segundo jogo pela pré-temporada, o técnico Gregg Popovich não hesitou e já começou com um quinteto titular diferente em relação ao do primeiro confronto. Sacou Pau Gasol, colocou Jakob Poeltl – que havia feito uma boa primeira aparição – e transferiu Rudy Gay para a segunda unidade, para dar mais força aos jogadores vindos do banco. Com isso, Patty Mills entrou na função de ala-armador, ao lado de Dejounte Murray e DeMar Derozan.

Ainda não poderemos afirmar se essa realmente será a escalação para as próximas partidas, afinal, só foram dois jogos até o momento e tudo muda na fase regular. O que dá para perceber é que Pop está criando diferentes cenários, tanto para começar jogos, como para o decorrer dos mesmos. Além disso, tem dado oportunidades para os jovens jogadores disponíveis no plantel, algo que em outros tempos demoraria muito mais tempo para acontecer.

20181005-untitled20181005-spurs-pistons-adriangarcia-sse_aa93303

Belinelli será força vindo do banco (Reprodução/nba.com/spurs)

Evolução

Pelo que tem apresentado até agora, Dejounte Murray é uma realidade. Não desconsiderando suas atuações na temporada passada, principalmente na parte defensiva, mas agora o armador evoluiu a ponto de mostrar que está completamente diferente. Nos dois primeiros jogos, o jovem xodó da franquia texana tem se mostrado muito mais focado, atacou a cesta, não tem hesitado para arremessar e sua mecânica e seleção de arremessos estão melhores, o que tem facilitado o jogo para seus companheiros. O camisa #5 terminou o duelo com 16 pontos e 11 rebotes, acertando sete dos 12 dos arremessos de quadra que tentou em 21 minutos.

Futuro

Para não falar só de Murray, temos de ser justos com os outros jovens do elenco. Derrick White novamente entrou bem vindo do banco, contribuindo com oito pontos, três assistências e três rebotes em 16 minutos.

Chimezie Metu e Jaron Blossongame foram bem também. Apesar de não terem tanto tempo de quadra, já mostram que têm muito teto para evoluir e se tornarem peças importantes no time.

Por fim, a maior das expectativas dos novos jogadores alvinegros para essa temporada está sobre o ala-armador Lonnie Walker IV, selecionado pela franquia no último Draft. O garoto, que não havia participado da vitória o Miami Heat, atuou por apenas cinco minutos – até se lesionar – e havia mostrado grande potencial, marcando seis pontos com bonitos highlights.

Sobre o problema, Walker terá que ficar de seis a oito semanas longe das quadras, tendo que ser submetido à uma cirurgia para reparar uma ruptura no menisco medial do joelho direito, mesma lesão que o incomodou quando ele ainda atuava na Universidade de Miami. Torceremos para que se recupere rápido e que as lesões o deixem de lado por muito tempo.

Próximo duelo

Já nesse domingo, o Spurs enfrentará o rival de divisão Houston Rockets, – novamente no AT&T Center. O rival também fez duas partidas nesta pré-temporada, tendo vencido uma e perdido a outra. O único desfalque será Lonnie Walker IV, e espera-se ver DeMar Derozan já mais habituado com seu novo time, jogando mais solto e apresentando o que todos esperam dele, formando uma ótima dupla com o ala-pivô LaMarcus Aldridge no quinteto inicial.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

Dejounte Murray – 16 pontos e 11 rebotes

LaMarcus Aldridge – 14 pontos e 3 rebotes

Pau Gasol – 13 pontos e 5 rebotes

Marco Belinelli – 12 pontos

Detroit Pistons

Andre Drummond – 18 pontos e 10 rebotes

Henry Ellenson – 11 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Stanley Johnson – 11 pontos e 4 rebotes

Spurs (1-0) x Pistons (1-0) – Pré-temporada

San Antonio Spurs x Detroit Pistons – Pré-temporada

Data: 05/10/2018

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,47 (favorito) x Pistons 2,50

Após vencer o Miami Heat em seu primeiro duelo na pré-temporada, no qual contou com um time bastante recheado de novas caras e diferente do que os torcedores estavam acostumados a ver nos últimos anos, o San Antonio Spurs recebe nessa sexta-feira o Detroit Pistons, que também só realizou uma partida até o momento, vencendo o Oklahoma City Thunder fora de casa. Este será o segundo compromisso de DeMar Derozan com a camisa alvinegra. Após ter uma estreia bastante discreta, o ala-armador está ainda se habituando ao modo de jogo do novo clube. Também devido aos testes que ocorrem nessa fase de preparação, o técnico Gregg Popovich visa dar tempo de quadra especialmente aos jovens, para que possam mostrar serviço e para que ele possa avaliar possíveis formações para o decorrer da temporada, bem como decidir quem ficará com a última vaga do elenco para quando os jogos oficiais começarem.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

dejounte murray

PG – Dejounte Murray

SG – DeMar DeRozan

SF – Rudy Gay

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Que a expectativa está cada vez mais alta em Dejounte Murray, todos sabem. O que resta é verificar se todo esse hype realmente se concretizará. Neste início de pré-temporada, o armador apresentou uma melhora significativa na mecânica de arremesso e demonstrou estar mais confiante para atacar a cesta, se mostrando mais solto e mais à vontade na quadra. Essa será a primeira temporada que o jovem poderá começar atuando de titular, podendo assim crescer de forma exponencial, realizando o desejo de todo torcedor texano.

detdrummond

PG – Jose Calderon

SG – Reggie Bullock

SF – Stanley Johnson

PF – Blake Griffin

C – Andre Drummond

Fique de Olho – Andre Drummond teve enorme participação no primeiro teste do Detroit Pistons, anotando 31 pontos e 16 rebotes em uma atuação para lá de dominante. O que resta saber é se ele se manterá assim no decorrer do ano, jogando ao lado de Blake Griffin e estando agora sob a tutela de Dwane Casey. Se conseguir adaptar seu jogo à nova NBA e se principalmente conseguir defender melhor, os adversários podem se preparar, pois o pivô é um atleta que tem todas as ferramentas para ser forte em todos aspectos se bem trabalhado.

 

Spurs (1-0) x Heat (0-1) – Com o pé direito

 104×100

Com plantel renovado e quinteto titular modificado, o San Antonio Spurs começou a fase de preparação para a temporada 2018/2019 com o pé direito. Nesse domingo (31), o alvinegro recebeu o Miami Heat e venceu o adversário pelo placar de 104 a 100, na primeira partida das duas equipes nesta pré-temporada. Confira, a seguir, os destaques do jogo.

Gay se destacou contra o Heat (Reprodução/twitter.com/spurs)

Nova função

Com a contratação de Jakob Poeltl, pivô oriundo do Toronto Raptors, Rudy Gay pode ter uma nova função no Spurs. Companheiro de garrafão de Pau Gasol na segunda unidade na última temporada, o ala começou o jogo contra o Heat como titular da posição 3. Neste papel, foi o destaque do Spurs, anotando 13 pontos e cinco rebotes em apenas 14 minutos e convertendo os três arremessos de três pontos que arriscou. O pivô espanhol também iniciou a partida em quadra, assim como Dejounte Murray, DeMar DeRozan e LaMarcus Aldridge.

White saiu bem do banco (Reprodução/twitter.com/spurs)

Time reserva

Contra o Heat, o técnico Gregg Popovich experimentou uma segunda unidade que cercava Poeltl com quatro arremessadores. Assim, o ala-armador Marco Belinelli orquestrava os ataques, com Patty Mills, Bryn Forbes e Davis Bertans completando a equipe reserva. O pivô austríaco fez valer a aposta e mostrou presença de garrafão ao coletar dez rebotes, sendo dois deles ofensivos, em 19 minutos. O italiano, por sua vez, mostrou que tem visão de quadra na função de comandante ofensivo ao registrar nove pontos e três assistências em 13 minutos.

Promissor

Na segunda vez que mandou a segunda unidade à quadra, Pop testou Derrick White como armador no lugar de Mills, empurrando Belinelli para a função de arremessador. Mesmo jogando ao lado de gente mais experiente, o jovem armador manteve a mentalidade apresentada nas Summer Leagues e atacou a defesa do Heat, registrando 12 pontos e quatro rebotes em 18 minutos. Prova de que a batalha por minutos, especialmente no perímetro, será feroz.

Bolas de três

Fundamento que preocupa desde a montagem do elenco, o arremesso de três pontos não foi um problema contra o Heat, já que o Spurs arriscou 22 bolas do tipo e converteu nove, registrando um bom aproveitamento de 40,9%. Além do já citado Gay, se destacaram Bertans, que converteu três em cinco tentadas, e White, que converteu uma em duas tentadas. Curiosamente, os especialistas Forbes e Belinelli não foram bem: cada um tentou quatro e converteu uma.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

Rudy Gay – 13 pontos e 5 rebotes

Derrick White – 12 pontos e 4 rebotes

Davis Bertans – 10 pontos, 5 rebotes e 2 tocos

LaMarcus Aldridge – 10 pontos e 4 rebotes

Jakob Poeltl – 6 pontos e 10 rebotes

Miami Heat

Hassan Whiteside – 20 pontos, 13 rebotes, 2 tocos e 2 roubos de bola

Rodney McGruder – 15 pontos

Duncan Robinson – 12 pontos e 5 rebotes

Goran Dragic – 12 pontos e 3 rebotes

Dwyane Wade – 10 pontos e 4 assistências

Spurs (0-0) x Heat (0-0) – Pré-temporada

San Antonio Spurs x Miami Heat – Pré-temporada

Data: 12/07/2018

Horário: 18h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,47 (favorito) x Heat 2,50

Vindo de uma das offseasons mais movimentadas de sua história, o San Antonio Spurs recebe o Miami Heat e faz sua estreia na pré-temporada. Em relação ao elenco que foi eliminado pelo Golden State Warriors na primeira rodada dos playoffs deste ano, chegaram Nick Johnson, Lonnie Walker IV, Marco Belinelli, DeMar DeRozan, Quincy Pondexter, Jaron Blossomgame, Dante Cunningham, Chimezie Metu, Jakob Poeltl, Okaro White e Drew Eubanks – os dois últimos em contratos two-way. Pelo menos dois deles terão de ser dispensados até o início dos jogos oficiais. Por outro lado, saíram Tony Parker, Manu Ginobili, Brandon Paul, Danny Green, Darrun Hilliard, Kawhi Leonard, Kyle Anderson, Joffrey Lauvergne e Matt Costelo.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

 

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills

SF – DeMar DeRozan

PF – Rudy Gay

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Com as saídas de Parker, Ginobili e Leonard, o Spurs procura novas lideranças técnicas, principalmente, no perímetro e pode encontrar uma delas em DeMar DeRozan. Na última temporada, ainda a serviço do Toronto Raptors, o ala-armador apresentou médias de 23 pontos, 5,2 assistências e 3,9 rebotes em 33,9 minutos por exibição.

PG – Goran Dragic

SG – Dwayne Wade

SF – Josh Richardson

PF – James Johnson

C – Kelly Olynyk

Fique de Olho – A temporada de despedida de Wade começa justamente no jogo contra o Spurs. Nos últimos playoffs, o ala-armador apresentou médias de 16,6 pontos, 4,2 rebotes e 3,6 assistências em 25,4 minutos por exibição e mostrou que ainda tem lenha para queimar.