Spurs (11-13) x Lakers (11-13) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x Los Angeles Lakers – Temporada regular

Data: 06/12/2018

Horário: 1h30 (Horário de Brasília)

Local: Staples Center

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Após levar mais uma derrota dolorosa na madrugada de terça para quarta-feira, quando foi atrolpelado pelo Utah Jazz, o San Antonio Spurs já volta para às quadras um dia depois contra o Los Angeles Lakers de LeBron James, que vem de trunfo em cima do Phoenix Suns.

Confrontos na temporada (2-0)

22/10/2018 – Spurs 143 @ 142 Lakers

Com grandes atuações de LaMarcus Aldridge, que anotou 37 pontos, dez rebotes e cinco assistências, e DeMar DeRozan, que registrou 32 pontos, 14 assistências e oito rebotes, o Spurs venceu o Lakers na Califórnia no primeiro duelo da temporada, encerrando tabus.

27/10/2018 – 110 x 106 Lakers

Poucos dias depois de vencer o Lakers na Califórnia, o Spurs fez o mesmo no Texas. Na ocasião, o destaque foi DeMar DeRozan, que anotou 30 pontos, 12 rebotes e oito assistências.

8

PG – Bryn Forbes

SG – DeMar DeRozan

SF- Dante Cunningham

PF- Rudy Gay

C- LaMarcus Aldridge

Fique de olho – Além de estar liderando o time em pontos por partida e assistências, DeMar DeRozan vem se mostrando um pontuador nato e não tem medo de puxar essa responsabilidade. Quantos pontos ele fará contra o Lakers? A média do astro alvinegro é de 24,3 por exibição, com seis assistências por partida nesta temporada.

lakers_logo_500

PG – Lonzo Ball

SG – Brandon Ingram

SF – LeBron James

PF – Kyle Kuzma

C – JaVale McGee

Fique de olho – Com médias de 26,7 pontos, 7,7 rebotes e 6,7 assistências por exibição, LeBron James segue dominante em Los Aangeles. Já foram duas partidas do Spurs contra os Lakers na temporada, e em ambas o “papai” fez mais de 20 pontos.

Anúncios

Spurs (11-13) x Jazz (12-13) – Inconstante

105×139

Após vencer o Portland Trail Blazers, o San Antonio Spurs voltou para quadra na madrugada de terça para quarta-feira (5). Mais uma vez, o time texano sofreu uma derrota por mais de trinta pontos e segue em uma montanha russa na temporada. Vamos aos destaques do confronto.

Aldridge e companhia seguem com problemas (Reprodução/twitter.com/spurs)

Defesa é um problema

Quem acompanha o Spurs há muito tempo sabe que a defesa é um fator crucial na filosofia da franquia e que o time se manteve forte no quesito mesmo com muitos problemas que enfrentou na última temporada. Porém, nesta campanha o alvinegro vem sofrendo demais com a deficiência na marcação, principalmente na hora que acontecem trocas. Essa foi a terceira derrota por mais de trinta pontos da equipe no período de uma semana, o que não acontecia desde que o Portland TrailBlazers vivenciou a situação em 2005/2006. Além disso é a primeira vez que isso acontece em San Antonio com Gregg Popovich no comando.

Aldridge e DeRozan perdidos

Juntos, DeMar DeRozan e LaMarcus Aldridge combinaram para só 32 pontos contra o Jazz. Os astros até tentaram, mas nada puderam fazer em meio a um time que sofre muito sem seu armador principal, Dejounte Murray, e que pouco melhora na defesa. O banco ainda teve atuações interessantes, como a de Jakob Poeltl, que quebrou seu recorde de pontos com 20.

Coadjuvantes sumidos

Rudy Gay e Bryn Forbes pouco fizeram contra o Jazz. O primeiro não marcou pontos mesmo começando como titular, e o segundo, que tem sido uma referência nas bola de três pontos, acertou um arremesso em cinco tentados. Se o Spurs quer playoffs, precisa de mais do que isso. Além disso Patty Mills, Davis Bertans e Marco Belinelli ficaram devendo na partida. O italiano vem tendo atuações bem questionáveis desde a sua volta.

Esperança?

Se em uma derrota só se aponta os defeitos, ainda há algumas notícias interessantes, Poeltl teve uma boa partida com 20 pontos e 81% de aproveitamento nos arremessos de quadra e foi uma grata surpresa. Além dele, o pivô recém draftado Chimezie Metu anotou dez pontos, além de roubar duas bolas, e mostrou que pode ser útil ao longo da temporada.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

Jakob Poeltl – 20 pontos e 7 rebotes

DeMar DeRozan – 16 pontos e 7 assistências

LaMarcus Aldridge – 16 pontos e 3 rebotes

Chimezie Metu – 10 pontos e 2 roubos de bola

Utah Jazz

Donovan Mitchell – 20 pontos e 2 roubos de bola

Rudy Gobert – 18 pontos, 10 rebotes e 4 assistências

Derrick Favors – 14 pontos e 5 rebotes

Ricky Rubio – 12 pontos, 7 assistências e 5 rebotes

Spurs (11-12) x Jazz (11-13) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x Utah Jazz – Temporada regular

Data: 05/12/2018

Horário: 00h (Horário de Brasília)

Local: Vivint Smart Home Arena

Onde assistir: NBA League Pass

Após bater o Portland Trail Blazers, o San Antonio Spurs volta para às quadras na madrugada de terça para quarta-feira, quando visita o Utah Jazz. Ainda sem o novato Lonnie Walker, que já está jogando com o Austin Spurs, o alvinegro deve contar com o mesmo time que atuou nos dois últimos jogos. Já pelo lado dos mandantes, nenhum dos principais nomes é desfalque.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

8

PG – Bryn Forbes

SG – DeMar DeRozan

SF- Dante Cunningham

PF- Rudy Gay

C- LaMarcus Aldridge

Fique de olho – Decidir jogos tem sido com ele mesmo. DeMar DeRozan vem mostrando ser o desafogo para um novo Spurs que ainda está se encontrando. Além de estar liderando o time em pontos por partida e assistências, o ala-armador vem se mostrando um pontuador nato e não tem medo de puxar essa responsabilidade. Quantos pontos ele fará contra o Jazz? A média do astro alvinegro é de 24,3, com seis assistências por partida nesta temporada.

uta

PG – Ricky Rubio

SG – Donovan Mitchell

SF – Jae Crowder

PF – Joe Ingles

C – Rudy Gobert

Fique de olho – Os números não são os mesmos da temporada passada, mas Donovan Mitchell ainda é um perigo. O jogador, que é um dos mais promissores da NBA, lidera a equipe em pontos, com 21,4 por exibição, e ainda dá 3,7 assistências por jogo.

Spurs (11-12) vs Blazers (13-10) – Alívio

 131×118

Vindo de derrotas pesadas para Minnesota Timberwolves e Houston Rockets, o San Antonio Spurs recebeu o Portland TrailBlazers nesse domingo (2) precisando se recuperar. Mesmo enfrentando uma pedreira, a equipe texana deu conta do recado e venceu o oponente pelo placar de 131 a 118. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

DeRozan comandou a vitória do Spurs (Reprodução/twitter.com/spurs)

Comando dos astros

Como tinha que ser, o Spurs ganhou graças a grandes exibições de DeMar DeRozan e LaMarcus Aldridge, seus dois principais jogadores. O ala-armador deixou a quadra com 36 pontos, oito rebotes, seis assistências e duas roubadas de bola, enquanto o ala-pivô registrou 29 pontos, oito rebotes e três assistências, precisando de somente 15 arremessos para chegar aos números. Quando a dupla consegue apresentar esse nível de atuação de maneira conjunta, a equipe de San Antonio tem chances de vitória consideravelmente maiores.

Poder de fogo

O Spurs começou a partida com uma mudança no quinteto inicial. Davis Bertans iniciou a partida e, na nova função, anotou dez pontos, convertendo dois dos três tiros de três pontos que tentou. Assim, o time titular do Spurs cerca DeRozan e Aldridge com três arremessadores. Bryn Forbes registrou sete pontos e três rebotes, acertando uma das duas bolas de três que arriscou, e Rudy Gay, surpreendentemente eficiente no fundamento, conseguiu 18 pontos, três rebotes e três assistências, com quatro arremessos de quatro certos em quatro tentados.

Dante Cunningham, por sua vez, foi para o banco e jogou só 11 minutos, mesmo com a rotação encurtada graças ao desfalque de Marco Belinelli, que não jogou por conta de uma lesão no pescoço. Por isso, fica a pergunta: em um elenco com possibilidades medíocres para a defesa, será que não seria o caso de apostar tudo no ataque? Contra o Blazers, o Spurs acertou 11 dos 15 arremessos de três que tentou, conseguindo 70% de aproveitamento pela primeira vez desde 2006. Tomou 118 pontos, mas fez 131. Pode ser um caminho interessante.

Há esperança?

O Spurs, que começou o domingo na penúltima posição na Conferência Oeste, ultrapassou Utah Jazz e Minnesota Timberwolves com a vitória sobre o Blazers. A equipe texana segue um jogo atrás do Dallas Mavericks, oitavo colocado, e precisa engrenar uma reação o mais rapidamente possível para não se distanciar da zona de classificação para os playoffs.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 36 pontos, 8 rebotes, 6 assistências e 2 roubos de bola

LaMarcus Aldridge – 29 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Rudy Gay – 18 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Patty Mills – 15 pontos e 6 assistências

Derrick White – 10 pontos, 6 assistências e 5 rebotes

Davis Bertans – 10 pontos

Portland TrailBlazers

Damian Lillard – 37 pontos, 10 assistências e 2 roubos de bola

CJ McCollum – 24 pontos e 3 assistências

Al-Farouq Aminu – 20 pontos e 9 rebotes

Jusuf Nurkic – 16 pontos, 8 rebotes, 5 assistências e 2 roubos de bola

Spurs (10-12) vs Blazers (13-9) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Portland TrailBlazers – Temporada regular

Data: 02/12/2018

Horário: 22h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: Sportv e NBA League Pass

Vindo de duas derrotas esmagadoras – para o Minnesota Timberwolves e para o Houston Rockets -, o San Antonio Spurs, penúltimo colocado na Conferência Oeste, recebe o Portland TrailBlazers para tentar a recuperação. A equipe texana tem Dejounte Murray e Pau Gasol como desfalques e Marco Belinelli e Lonnie Walker como dúvidas – o segundo já está em condições de jogo, mas pode passar um tempo no Austin Spurs antes de ser integrado ao elenco. Os visitantes, por sua vez, ainda não sabe se poderão contar com Evan Turner.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Série na temporada (0-1)

20/10/2018 – Spurs 108 @ 121 Blazers

No começo da temporada, o Spurs sofreu sua primeira derrota da campanha em visita ao Blazers. DeMar DeRozan, com 28 pontos e nove assistências, se destacou na ocasião.

PG – Bryn Forbes

SG – DeMar DeRozan

SF – Rudy Gay

PF – Dante Cunningham

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Dante Cunningham tem começado a maioria dos jogos do Spurs como titular. Porém, como o Blazers não tem grandes pontuadores nas posições 3 e 4, o especialista em defesa pode perder espaço na rotação para a partida. Até aqui, na temporada, o ala do time de San Antonio tem médias de 4,5 pontos e 4,7 rebotes em 22,5 minutos por exibição.

PG – Damian Lillard

SG – CJ McCollum

SF – Mo Markless

PF – Al-Farouq Aminu

C – Jusuf Nurkic

Fique de Olho – A possível ausência de Evan Turner aumenta a importância de Al-Farouq Aminu na rotação do Blazers. Até aqui, na temporada, o ala tem médias de 8,5 pontos e 7,9 rebotes em 29,3 minutos por exibição e deve ser o responsável por marcar DeRozan.