Arquivo da categoria: Resumo de Jogos

Jazz (44-28) vs Spurs (32-39) – A história não se repete

112×118

Após três vitórias seguidas, o San Antonio Spurs entrou em quadra na tarde dessa quinta-feira (13) já eliminado dos playoffs após 22 aparições seguidas. Por isso, Gregg Popovich resolveu poupar veteranos como DeMar DeRozan e dar bastante minutos para a garotada. Assim, o alvinegro se despediu da temporada regular com derrota por 118 a 112 para o Utah Jazz. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

San Antonio Spurs falham play-offs da NBA após 22 presenças consecutivas - NBA - Jornal Record

Murray virá a se tornar o novo líder desse jovem núcleo do Spurs? (Reprodução: Record)

Eles tem futuro

Com um quinteto titular que contava até com Luka Samanic, o Spurs mostrou que seus garotos realmente têm um futuro muito intrigante pela frente, seja Keldon Johnson, que foi muito bem na bolha, ou o próprio ala-pivô croata, que pode ter o teto maior entre todos os prospectos da franquia, mas ainda é muito novo. As duas joias combinaram para 40 pontos contra o Jazz, e o alvinegro teve sete jogadores chegando aos dígitos duplos de pontuação.

Nasce uma liderança?

Eles têm talento, potencial e sabem o que fazer, mas são todos prospectos, e desde a década de 1990 o Spurs não tinha um time tão jovem quanto o que entrou em quadra nas partidas da bolha de Orlando. Com isso, mesmo que alguns mostram senso de liderança, caso de Dejounte Murray, será já temos um futuro franchise player? Só o tempo dirá.

O que fazer agora?

Esperar. A loteria do Draft ocorre no dia 20 de agosto, e o recrutamento só no dia 16 de outubro. O Spurs tem várias possibilidades. A mais provável é escolher na 11ª colocação, mas o alvinegro pode dar chance e pular para o top 4 – as chances são de 9,4% – ou dar azar e cair até para 14º.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Keldon Johnson – 24 pontos

Luka Samanic – 16 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Marco Belinelli – 16 pontos

Lonnie Walker – 15 pontos, 4 assistências e 3 rebotes

Dejounte Murray – 12 pontos, 14 rebotes e 7 assistências

Chimezie Metu – 10 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Jakob Poeltl – 10 pontos, 5 rebotes, 3 assistências e 2 tocos

Utah Jazz

Rayjon Tucker – 18 pontos

Jarrell Brantley – 13 pontos, 6 assistências e 4 rebotes

Georges Niang – 13 pontos e 5 rebotes

Ed Davis – 11 pontos e 6 rebotes

Donovan Mitchell – 11 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Jordan Clarkson – 11 pontos

Nigel Williams-Goss – 10 pontos e 2 roubos de bola

Miye Oni – 10 pontos

Publicidade

Spurs (32-38) @ Rockets (44-26) – Sem problemas

123×105

Vindo de dois triunfos, o San Antonio Spurs voltou à quadra na tarde dessa terça-feira (11) e engatou sua terceira vitória seguida ao bater rival Houston Rockets por 123 a 105. O alvinegro precisava do resultado para manter vivo o sonho de playoffs. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Photos from Tuesday's win versus the Houston Rockets during the NBA Restart.

Keldon Johnson foi o principal nome na tarde de ontem (Reprodução: nba.com/spurs)

 Coletividade

O Rockets estava sem James Harden, Eric Gordon e Danuel House, poupados, e o Spurs se aproveitou disso com sete jogadores chegando aos dígitos duplos em pontuação. Jakob Poeltl levou vantagem sobre a falta de altura dos adversários, fazendo valer seu tamanho no garrafão. Keldon Johnson e Rudy Gay vieram muito bem do banco e reservas, e o jogo foi decidido com tanta facilidade que Luka Samanic até ganhou alguns minutos.

Johnson sensacional

Foram 24 pontos, 11 rebotes e três assistências em 26 minutos de quadra para Keldon Johnson, que ainda foi responsável por marcar Russell Westbrook. O jovem ala-armador só não fez chover porque a quadra era fechada, mas conseguiu um novo recorde pessoal de pontos e o primeiro duplo-duplo da sua carreira.

Garrafão de peso

Jakob Poeltl e Drew Eubanks tiveram muita facilidade nos rebotes em função da baixa estatura dos jogadores do Rockets. Os dois combinaram para 18 pontos e 19 rebotes e deram muito trabalho dos dois lados da quadra.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Keldon Johnson – 24 pontos, 11 rebotes e 3 assistências

DeMar DeRozan – 23 pontos, 6 rebotes, 4 assistências e 2 roubos de bola

Jakob Poeltl – 14 pontos e 12 rebotes

Rudy Gay – 13 pontos e 5 rebotes

Marco Belinelli – 13 pontos e 4 rebotes

Lonnie Walker – 12 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Dejounte Murray – 11 pontos, 7 assistências e 2 roubos de bola

Houston Rockets

Russell Westbrook – 20 pontos, 6 assistências e 5 rebotes

Jeff Green – 17 pontos e 4 rebotes

Ben McLemore – 16 pontos e 3 rebotes

Austin Rivers – 13 pontos e 6 rebotes

Chris Clemons – 13 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Spurs (31-38) @ Pelicans (30-40) – Vitória e susto

122×113

No que parecia ser sua melhor atuação na bolha até aqui, o San Antonio Spurs conseguiu importante vitória por 122 a 113 sobre o New Orleans Pelicans nesse domingo (9), se mantendo vivo na briga por uma vaga nos playoffs e eliminando o adversário. Porém, o alvinegro deixou a quadra com um gosto amargo por causa da preocupante lesão de Derrick White. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

DeRozan foi decisivo para a vitória do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Preocupante

Destaque do Spurs dos dois lados da quadra desde a retomada da temporada em Orlando, Derrick White marcou 16 pontos na primeira metade do jogo e ajudou seu time a abrir 20 de vantagem. Parecia que o alvinegro caminhava para uma vitória tranquila com uma grande exibição, até que uma trombada mudou tudo. O camisa #4 sentiu o joelho esquerdo pouco antes do intervalo, após choque com Jrue Holiday.

White ainda tentou voltar para o segundo tempo depois de ir mancando para os vestiários, mas logo pediu para sair e deixou a arena com a região imobilizada. Sem ele, o Pelicans chegou a cortar a diferença para quatro pontos.

“Quando Derrick saiu, um terço da nossa capacidade de infiltração foi com ele. Então, a bola ficou um pouco travada no segundo tempo”, explicou o técnico Gregg Popovich, segundo reportagem do jornal americano San Antonio Express-News.

Ajuda veterana

Para sorte do Spurs, o DeMar DeRozan que assume a responsabilidade no quarto período, que tem aparecido durante as decisivas partidas da bolha, voltou a dar as caras contra o Pelicans. O camisa #10 marcou 15 dos seus 27 pontos na parcial derradeira, deixando a quadra como cestinha da partida. Outro veterano importante foi Rudy Gay, que registrou 19 pontos, cinco rebotes, três assistências e três roubadas de bola saindo do banco.

E agora?

Ainda não se sabe se o Spurs poderá contar com White nesta terça-feira (11), quando o time enfrenta o Houston Rockets em partida decisiva para seu futuro na temporada. O alvinegro informou que o armador sofreu uma “contusão no joelho esquerdo”, e por enquanto ele é listado como dúvida para o clássico texano.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 27 pontos e 4 rebotes

Rudy Gay – 19 pontos, 5 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola

Dejounte Murray – 18 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Derrick White – 16 pontos, 3 assistências e 3 rebotes

Marco Belinelli – 14 pontos

Drew Eubanks – 8 pontos, 11 rebotes, 3 assistências, 2 tocos e 2 roubos de bola

Jakob Poeltl – 4 pontos, 14 rebotes e 2 roubos de bola

New Orleans Pelicans

JJ Redick – 31 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Zion Williamson – 25 pontos e 7 rebotes

Brandon Ingram – 17 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Derrick Favores – 10 pontos e 12 rebotes

Lonzo Ball – 5 pontos, 10 assistências, 5 rebotes e 2 tocos

Spurs (30-38) @ Jazz (43-26) – Valeu pela vitória

119×111

Nessa sexta-feira (7), o San Antonio Spurs entrou em quadra contra um desfigurado Utah Jazz e mesmo assim teve dificuldades, mas conseguiu importante vitória por 119 a 111, resultado que manteve acesas as esperanças de ida aos playoffs. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Murray ajudou o Spurs a vencer o Jazz (Reprodução/twitter.com/spurs)

Arrancou na unha

O Jazz entrou em quadra sem contar com Mike Conley, Donovan Mitchell, Nigel Williams-Goss e Royce O’Neale, lesionados, e nem Rudy Gobert, poupado. O Spurs até conseguiu limitar o adversário a 41,8% de aproveitamento nos arremessos de quadra, mas teve dificuldades para conter Jordan Clarkson, que deixou a quadra com 24 pontos e quatro assistências em 24 minutos saindo do banco. Longe de suas melhores atuações, o alvinegro suou mais do que o esperado para conter o time “B” de Utah.

Ajuda veterana

Um dos melhores jogadores do Spurs desde a retomada da temporada, Rudy Gay foi importantíssimo para a conquista da vitória. Mais uma vez saindo do banco, o ala marcou dez dos seus 14 pontos no terceiro período, ajudando o alvinegro a abrir decisivos 16 pontos de vantagem. O camisa 22 ainda registrou sete rebotes, três assistências e três roubadas de bola.

Volta por cima?

Derrick White foi o destaque da vitória do Spurs com 24 pontos, seis rebotes e quatro assistências, e Jakob Poeltl veio logo em seguida, com 19 pontos, dez rebotes e três tocos, se recuperando de péssima atuação na derrota para o Denver Nuggets.

“Eu fui um pouco mais agressivo. Eu sabia que eles iam tentar marcar nossos arremessadores, então teria um pouco mais de espaço para eu me movimentar no garrafão”, explicou Poeltl, segundo reportagem da emissora americana ESPN.

Sonho vivo

Com o resultado, o Spurs aparece na décima colocação, a um jogo do Portland TrailBlazers, nono, e dois do Memphis Grizzlies, oitavo. Essas seriam as duas equipes que hoje disputariam o play-in que decidiria o último classificado para os playoffs da Conferência Oeste.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Derrick White – 24 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Jakob Poeltl – 19 pontos, 10 rebotes e 3 tocos

Rudy Gay – 14 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola

Lonnie Walker – 14 pontos e 4 rebotes

DeMar DeRozan – 13 pontos, 5 assistências e 2 roubos de bola

Dejounte Murray – 11 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Utah Jazz

Jordan Clarkson – 24 pontos e 4 assistências

Tony Bradley – 15 pontos, 11 rebotes e 3 tocos

Miye Oni – 14 pontos e 7 rebotes

Emmanuel Mudiay – 14 pontos e 5 assistências

Joe Ingles – 12 pontos, 3 assistências e 3 rebotes

Spurs (29-38) vs Nuggets (45-23) – Azedou

126×132

Depois de sofrer uma dura derrota para o Philadelphia 76ers, o San Antonio Spurs tropeçou novamente na tarde desta quarta-feira (5). Os comandados de Gregg Popovich sofreram novo revés na bolha da NBA, desta vez para o Denver Nuggets, por 132 a 126. Confira, a seguir, os destaques do duelo.

Rudy Gay saiu do banco para ser o cestinha da equipe (Foto: Reprodução/twitter.com/spurs)

Vai e vem

O jogo desta quarta-feira teve lideranças curtas e longas para ambos os lados. Ainda no segundo quarto, o Nuggets chegou a disparar com 12 pontos de frente, mas o time texano correu atrás com uma boa sequência, que contou com quatro bolas de três pontos, e a partida foi para o intervalo com o alvinegro vencendo por 65 a 62

O início do terceiro quarto também foi bom para o Spurs, que chegou a ampliar para nove pontos sua vantagem, mas, assim como foi a reação alvinegra no primeiro tempo, o time de Denver correu atrás e conseguiu cortar a diferença. Com chutes precisos e calibrados, a equipe do Colorado aplicou sequência de 13 a 4 para voltar à frente no marcador por 110 a 101 com apenas 5:42 para o fim.

Os bancários

Um ponto positivo do Spurs no jogo foram os reservas, que fizeram nada menos do que 70 pontos combinados. Enquanto isso, os suplentes do Nuggets ficaram com a soma de 43. Rudy Gay – que está em brilhante fase na bolha – foi o maior pontuador com 24 pontos, seguido por Keldon Johnson com 20, Patty Mills com 14 e Drew Eubanks com 12. Apenas o jovem Quinndary Weatherspoon, que jogou somente nove minutos, não pontuou.

Problemas sérios

Todo adversário que enfrente o Spurs já sabe o caminho ideal para desestabilizar os texanos: o garrafão. Com o Sixers foi assim, com Joel Embiid sendo abastecido de bolas debaixo da cesta, e o Nuggets repetiu a estratégia com Nikola Jokic, que terminou o jogo com 25 pontos e 11 assistências. Além do pivô sérvio, o time do Colorado ainda contou com mais uma brilhante atuação de Michael Porter Jr, que anotou pelo menos 30 pontos pelo segundo jogo seguido. Ele converteu as três primeiras bolas de três pontos que tentou e foi responsável por dez dos 16 primeiros pontos da equipe no Jogo. Além disso, conquistou 15 rebotes.

Como se não bastasse a falta de defesa no garrafão, o ataque também deixa a desejar no setor. Jakob Poeltl foi anotar seus dois primeiros – e únicos – pontos no jogo restando 8:49 para o estouro final.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Rudy Gay – 24 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Derrick White – 23 pontos, 7 assistências e 3 rebotes

Keldon Johnson – 20 pontos e 6 rebotes

DeMar DeRozan – 18 pontos, 8 assistências e 5 rebotes

Patty Mills – 14 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Drew Eubanks – 12 pontos e 5 rebotes

Denver Nuggets

Michael Porter Jr. – 30 pontos e 15 rebotes

Nikola Jokic – 25 pontos, 11 assistências e 4 rebotes

Jerami Grant – 22 pontos

Monte Morris – 19 pontos e 4 assistências

P.J. Dozier – 12 pontos, 8 assistências e 5 rebotes