Arquivo da categoria: Resumo de Jogos

Spurs (1-0) x Wolves (0-1) – Início promissor

107×99

O San Antonio Spurs começou a temporada 2017/2018 da NBA com o pé direito. Nessa quarta-feira (18), a equipe texana venceu o Minnesota Timberwolves, um dos times que mais se reforçaram na offseason, pelo placar de 107 a 99, no AT&T Center, mesmo sem poder contar com Tony Parker e Kawhi Leonard, machucados. LaMarcus Aldridge foi o destaque do confronto, dando esperança à torcida do time texano. Vamos, a seguir, aos destaques do jogo.

Aldridge se destacou (Reprodução/nba.com/spurs)

Esperança de dias melhores

De contrato renovado até 2021, Aldridge manteve o bom desempenho que apresentou na pré-temporada e anotou 25 pontos, dez rebotes, quatro assistências e duas roubadas de bola contra o Wolves, deixando a quadra como cestinha do Spurs. Após o jogo, o camisa #12 exaltou o técnico Gregg Popovich pela extensão de seu vínculo com a franquia, e o treinador assumiu parte da culpa pelo desempenho ruim do comandado nos últimos anos, dizendo que tentou mudá-lo em quadra. Se o ala-pivô conseguir manter o nível quando dividir a quadra com Parker e Leonard, a torcida do alvinegro enfim terá motivos para sonhar com o hexacampeonato.

Rudy Gay fez bom jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Ajuda das alas

Se na última campanha Leonard parecia sobrecarregado no comando do ataque do Spurs, a estreia desta temporada mostra que talvez o astro terá importante ajuda vinda das alas. Danny Green, que começou a partida contra o Wolves como titular na posição 2, provou que está com a pontaria afiada e deixou a quadra com 17 pontos, quatro rebotes, duas roubadas de bola e dois tocos, acertando três dos sete arremessos de três pontos que tentou. Rudy Gay, por sua vez, veio do banco de reservas e contribuiu com 14 pontos e cinco rebotes em apenas 23 minutos, dando a entender que será importante no time reserva.

Novos titulares

Sem Parker e Leonard, Dejounte Murray e Kyle Anderson começaram a partida como titulares. Os dois jogaram bem: o armador obteve 16 pontos, cinco assistências e duas roubadas de bola, enquanto o ala registrou 12 pontos e nove rebotes no jogo.

O espanhol Pau Gasol também integrou o quinteto inicial, reassumindo vaga que perdeu para Dewayne Dedmon, hoje no Atlanta Hawks, na reta final da última temporada regular, e deixou a quadra com sete pontos, sete rebotes, quatro assistências e três tocos.

Apoio aos protestos

Em meio à tensão racial que assola os Estados Unidos, os jogadores do Spurs receberam a companhia de Tim Duncan e David Robinson e protestaram durante a execução do hino nacional americano, ficando de braços dados enquanto a canção tocava. A manifestação, que tem origem na NFL, apoia os negros que acusam o presidente Donald Trump de racismo.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 25 pontos, 10 rebotes, 4 assistências e 2 tocos

Danny Green – 17 pontos, 4 rebotes, 2 roubos de bola e 2 tocos

Dejounte Murray – 16 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Rudy Gay – 14 pontos e 5 rebotes

Kyle Anderson – 12 pontos e 9 rebotes

Minnesota Timberwolves

Andrew Wiggins – 26 pontos e 5 rebotes

Karl-Anthony Towns – 18 pontos, 13 rebotes e 2 roubos de bola

Jimmy Butler – 12 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Jeff Teague – 11 pontos e 6 assistências

Jamal Crawford – 10 pontos, 5 assistências e 3 rebotes

Anúncios

Spurs (3-2) @ Rockets (4-1) – Para dar moral

106×97

O San Antonio Spurs não poderia esperar um desfecho melhor para a pré-temporada. Nessa sexta-feira (13), a equipe texana venceu fora de casa o Houston Rockets por 106 a 97, terminou a fase de preparação com recorde positivo, registrando três vitórias e duas derrotas, e de quebra tirou a invencibilidade do rival. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Mills foi titular contra o Rockets (Jesse D. Garrabrant/NBAE via Getty Images)

Confiança em dia

Claro que se tratava só de um jogo de pré-temporada, e o Rockets não usou Chris Paul e Nenê, poupados. Mas o Spurs viajou sem poder contar com Tony Parker e Kawhi Leonard, lesionados, e ainda não teve Dejounte Murray, preservado por Gregg Popovich. Mesmo com essas ressalvas, um triunfo fora de casa sobre um rival que se reforçou para ter um dos melhores elencos da NBA serve para o alvinegro terminar a preparação com a confiança nas alturas.

Chave para brigar

26 pontos, dez rebotes, três assistências e duas roubadas de bola em 35 minutos. Esses foram os números de LaMarcus Aldridge contra o Rockets, e o ala-pivô terminou a pré-temporada com o nível de exibição que se espera dele. O astro acabou a fase de preparação liderando o Spurs em pontos (88), arremessos certos (38), rebotes ofensivos (sete) e minutos (131). Se conseguir manter o nível com Leonard em quadra, a equipe texana pode sonhar o título.

Testes na escalação

Sem Parker e Murray, Popovich utilizou Patty Mills como armador titular. Como Leonard também estava indisponível, o técnico do Spurs resolveu escalar no quinteto inicial mais alguém com características de condução de bola e optou por Kyle Anderson, trazendo Rudy Gay do banco de reservas. A flexibilidade nas formações mostra a força e a vestalidade do elenco.

Agora é para valer

Na próxima quarta-feira (18), o Spurs visita o Minnesota Timberwolves um dia após a abertura oficial da temporada 2017/2018 da NBA e começa sua campanha para tentar mais uma vez o hexacampeonato da NBA. Parker e Leonard seguem como dúvidas para a franquia texana.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 26 pontos, 10 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Rudy Gay – 14 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Kyle Anderson – 13 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Danny Green – 11 pontos, 7 assistências e 3 rebotes

Joffrey Lauvergne – 10 pontos e 8 rebotes

Houston Rockets

Eric Gordon – 27 pontos

James Harden – 15 pontos, 11 assistências, 3 rebotes e 3 roubos de bola

Trevor Ariza – 14 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Ryan Anderson – 13 pontos e 7 rebotes

Spurs (2-2) vs Magic (3-2) – Ajustando

SBresumo

98×103orlandologo

A noite dessa terça-feira (10) não foi tão animadora para o San Antonio Spurs, que recebeu o Orlando Magic e perdeu por 103 a 98. Porém, mesmo com a derrota, houve um crescimento na equipe, com LaMarcus Aldridge liderando, Rudy Gay fazendo sua melhor partida com a camisa alvinegra e alguns outros nomes aparecendo. No lado do Magic, Jonathon Simmons, que conhece muito bem o time texano, brilhou ao lado de Aaron Gordon. Confira os destaques.

vsmagic

Derrota em casa (Reprodução/USA Today Sports)

Aparecendo

Com as grandes mudanças que vieram nos últimos anos, o Spurs rejuvenesceu seu plantel e está se reconstruindo para o futuro, procurando manter seu toque de bola, defesa inteligente e uma rotação equilibrada. A pré-temporada serve para fazer ajustes no time titular e na segunda unidade. No duelo contra o Magic, algumas peças apareceram bem, como por exemplo Patty Mills, que marcou 13 pontos durante os 18 minutos em que esteve em quadra. Rudy Gay não teve um bom começo, mas depois acordou e fez um pouco de tudo em quadra, contribuindo na defesa e no ataque, arriscando jogadas e anotando cestas de três e de dois pontos ao longo dos 20 minutos em que ficou na quadra. O jogo do ala vem crescendo gradativamente, e será interessante ver seu trabalho na marcação diante de equipes com ofensivas mais velozes. Dejounte Murray esteve bem presente no garrafão, tentando impor um jogo mais agressivo, mas cometeu alguns deslizes, errando alguns arremessos. Apesar disso, o armador marcou 15 pontos, pegou seis rebotes e deu cinco assistências em seus 26 minutos em quadra.

vsmagic2

Três vitórias… para o Magic (Reprodução/USA Today Sports)

Eficiência ofensiva

Aaron Gordon teve uma grande noite contra o time texano, trabalhando em todos os cantos da quadra e dando um grande trabalho para os comandados de Gregg Popovich. O jogador, que corre risco de virar um agente livre restrito para a próxima temporada caso o Magic não estenda seu contrato nos próximos dias, marcou um duplo duplo com 27 pontos e 11 rebotes, jogando por 38 minutos (o maior tempo entre todos que estiveram em quadra). Jonathon Simmons, ex-Spurs, também se destacou ao registrar um duplo duplo, com 20 pontos e dez assistências.

No lado alvinegro, mais uma vez LaMarcus Aldridge foi o grande destaque, dividindo seu tempo no garrafão e na linha de três pontos. O ala-pivô pareceu bastante calmo e concentrado, indo para cima dos adversários e controlando a bola. Ele também confirmou que está arriscando mais jogadas de três, porque pretende melhorar sua média neste quesito nessa temporada.

“É isso que os times vão nos dar, vão abrir e nos empurrar mais para fora (do garrafão). Eu definitivamente vou tentar mais (arremessos) de três esse ano”, comentou, após o jogo.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 16 pontos e 4 rebotes

Dejounte Murray – 15 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Rudy Gay – 13 pontos e 7 rebotes

Patty Mills – 13 pontos

Orlando Magic

Aaron Gordon – 27 pontos e 11 rebotes

Jonathon Simmons – 20 pontos e 10 assistências

Bismack Biyombo – 18 pontos

Elfrid Payton – 11 pontos e 9 assistências

Spurs (2-1) vs Nuggets (3-1) – Dando gosto de ver

122×100den1

Nesse domingo (8), o San Antonio Spurs fez seu terceiro jogo pela pré-temporada e saiu vencedor no duelo contra o Denver Nuggets, até então invicto nesta fase de preparação. Em seu segundo compromisso em casa casa, o alvinegro foi superior durante todo confronto e, com ótima atuação coletiva, venceu pelo placar de 122 a 100. Vamos aos destaques da partida.

Spurs Media Day

Spurs atuou novamente em casa (Reprodução/nba.com/spurs)

Vitória do conjunto

Em mais um duelo marcado pelas ausências de Kawhi Leonard e Tony Parker e com Patty Mills, Pau Gasol e Kyle Anderson poupados, o Spurs contou com boa atuação do conjunto, que apesar de estar apenas em fase de testes, mostra um elenco bastante profundo e com diversas possibilidades de variações, dando a Gregg Popovich um leque de opções durante os confrontos. No total, foram 31 assistências, e cinco jogadores com dez ou mais pontos.

Spurs Media Day

Aldridge parece estar voltando à antiga forma (Reprodução/nba.com/spurs)

Novas peças

Popovich está fazendo testes, está querendo conhecer um pouco mais dos atletas que possui no plantel, e até o momento o feedback é muito positivo. Como na partida desse domingo foram cinco jogadores já conhecidos da torcida que não atuaram, o técnico do time texano teve a oportunidade de deixar os recém-chegados participarem por mais tempo. Rudy Gay está se adaptando aos poucos e possui potencial de sobra, Joffrey Lauvergne vem demonstrando que pode cavar alguns minutos na rotação, compreendendo a filosofia do Spurs, assim como Matt Costello, que vem sendo uma grata surpresa. Já Bryn Forbes, Davis Bertans e Dejounte Murray, que não são novatos, mas ainda estão no início de suas promissoras carreiras, também estão correspondendo, com ênfase para o primeiro, que contribuiu com 20 pontos em apenas 17 minutos, acertando quatro dos seus cinco arremessos de três.

Arremessos de longa distância

Por falar em arremessos de longa distância, está bem claro que para essa temporada que se aproxima, o time de San Antonio está bastante focado em entrar nessa brincadeira dos três pontos. Na partida desse domingo, choveram bolas do perímetro: foram 16 acertos em 28 tentativas, o que representa 57% de aproveitamento. Um ponto interessante desse novo Spurs é que basicamente todas peças adicionadas ao time conseguem e estão se adequando para arriscar bolas de longe. Dessa maneira, o espaçamento da quadra se torna um ponto importante para a forma que Popovich vai conduzir a rotação e que, com uma maior movimentação de bola, irá facilitar bastante os ataques, criando mais situações com jogadores livres.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 21 pontos, 8 rebotes e 6 assistências.

Bryn Forbes – 20 pontos

Rudy Gay – 11 pontos e 3 rebotes

Danny Green – 11 pontos e 2 tocos

Davis Bertans – 10 pontos, 3 rebotes e 3 roubos de bola

Denver Nuggets

Nikola Jokic – 19 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Will Barton – 16 pontos e 3 roubos de bola

Gary Harris – 15 pontos

Paul Millsap – 13 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Spurs (1-1) vs Kings (1-1) – Enfim, Rudy Gay

113×93

Nessa sexta-feira (6), San Antonio Spurs venceu o Sacramento Kings pelo placar de 113 a 93 em sua primeira partida no AT&T Center na fase de preparação para a temporada 2017/2018 da NBA. A partida marcou a estreia de Rudy Gay, principal reforço da franquia texana na offseason, com a camisa alvinegra. Vamos, a seguir, aos destaques do jogo.

Gay e Aldridge foram os alas titulares (Reprodução/nba.com/spurs)

Estreia com vitória

Nas últimas temporadas, Rudy Gay se acostumou a jogar tanto como ala quanto como ala-pivô pelo Kings, seu ex-time. Nessa sexta, em sua estreia pelo Spurs, o jogador atuou como ala titular do time, anotando quatro pontos e três rebotes em 18 minutos. O reforço da equipe de San Antonio ocupou a vaga de Kawhi Leonard, machucado, e em várias oportunidades foi possível ver os dois conversando sobre jogadas e posicionamento no banco de reservas. Dejounte Murray, Danny Green, LaMarcus Aldridge e Pau Gasol completaram o quinteto inicial.

Patty Mills se destacou (Reprodução/nba.com/spurs)

Arremessadores calibrados

No jogo contra o Kings, o Spurs acertou 15 dos 31 arremessos de três pontos, registrando ótimo aproveitamento de 48,4% no fundamento. Os destaques do time no quesito nesta sexta-feira foram Danny Green, com cestas acertos em sete tentativas, Davis Bertans, com três cestas em seis tentativas, e Darrun Hilliard, que converteu as duas bolas do perímetro que arriscou.

Força da segunda unidade

Depois de registrarem boas atuações na derrota para o Kings, no primeiro jogo do Spurs na pré-temporada, Patty Mills e Joffrey Lauverge se destacaram mais uma vez. O armador australiano deixou a quadra com 15 pontos, seis assistências e quatro rebotes em 20 minutos e foi, ao lado do Aldridge, um dos únicos jogadores do time que atingiram dígitos duplos nas duas partidas disputadas até aqui. Já o ala-pivô francês, reforço da franquia, contribuiu com sete pontos, dez rebotes e quatro assistências em 17 minutos. Os dois devem ser peças importantes da segunda unidade.

Baixas

Além de Tony Parker e Kawhi Leonard, que desfalcam o Spurs por tempo indeterminado, Manu Ginobili, Kyle Anderson e Amida Brimah não entraram em quadra nessa sexta-feira. Resta saber quais deles vão retornar para o jogo contra o Nuggets, que acontece neste domingo, novamente no AT&T Center, às 18h30 (de Brasília) e quem será poupado da partida.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 20 pontos e 3 rebotes

Patty Mills – 15 pontos, 6 assistências e 4 rebotes

LaMarcus Aldridge – 10 pontos

Joffrey Lauverge – 7 pontos, 10 rebotes e 4 assistências

Sacramento Kings

Willie Cauley-Stein – 14 pontos e 9 rebotes

Skal Labissiere – 13 pontos e 2 roubos de bola

De’Aaron Fox – 12 pontos, 6 assistências e 2 roubos de bola

Buddy Hield – 12 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Georgios Papagiannis – 10 pontos e 3 rebotes