Arquivo da categoria: Resumo de Jogos

White é titular e faz 14 pontos em estreia pelos EUA

Nessa sexta-feira (14), a seleção americana masculina de basquete venceu Uruguai por 114 a 57 em jogo disputado em Las Vegas (EUA), válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019. A partida marcou a estreia de Derrick White, armador do San Antonio Spurs, pela equipe.

Derrick White em ação pelos Estados Unidos (Divulgação/Fiba)

Titular da seleção, formada majoritariamente por jogadores da G-League nas Eliminatórias, White deixou a quadra com 14 pontos, seis assistências e dois rebotes em 19:11 minutos, convertendo seis dos 14 arremessos de quadra que tentou, uma das quatro bolas de três que arriscou e o único lance livre que cobrou. O destaque americano foi Frank Mason, armador do Sacramento Kings, que registrou 16 pontos, oito rebotes e duas assistências em 17:58 minutos.

Com o resultado, a seleção americana ocupa a liderança do grupo E, com seis vitórias e uma derrota. Uruguai aparece na quarta colocação, com quatro vitórias e três derrotas. Os três primeiros colocados da chave garantem classificação direta para a Copa do Mundo de 2019.

Os Estados Unidos voltam à quadra nesta segunda-feira (17), quando visitam o Panamá.

Anúncios

Spurs (1-4) x Suns (4-1) – Até logo Summer League

55×90

Nesta sexta-feira (13), dia nacional do rock, o San Antonio Spurs entrou em quadra em sua rodada de consolação na Summer League de Las Vegas após ser eliminado da disputa pelo título na noite anterior, com derrota para o Milwaukee Bucks na prorrogação. A despedida aconteceu com novo revés, dessa vez pelo placar de 90 a 55 para o Phoenix Suns. Sem Derrick White, Lonnie Walker e Chimezie Metu, machucados, o alvinegro pouco apresentou no jogo. Mesmo assim, ainda temos algumas coisas para destacar –  ou quase isso… Vamos lá.

Blossomgame

Blossomgame segue ajudando da sua maneira (Reprodução/nba.com/spurs)

Ataque nulo

Mesmo que Jaron Blossomgame não tenha feito um jogo ruim, o ataque em geral foi muito fraco. Maverick Rowan foi o grande destaque ofensivo com apenas 11 pontos. Amida Brimah também fez das suas e anotou oito pontos. Por fim, Trey McKinney-Jones ajudou com sete pontos. Em uma partida em que o ataque foi mal e acertou apenas 31,4% de seus arremessos de quadra, o Spurs parou em um jogo inspirado de Javonte Green, que brilhou pelo time de Phoenix.

Não mostrou ao que veio

London Perrantes, que veio como um dos destaques do time de verão do Spurs depois de integrar o elenco profissional do Cleveland Cavaliers na última temporada, sairá em baixa após a competição. A apresentação contra o Suns foi mais uma para o armador esquecer. Tentou apenas cinco arremessos de quadra, acertou dois e também distribuiu quatro assistências. Vamos ver como ele vai lidar com isso no restante da temporada se conseguir novas chances.

Será que chegou sua hora?

Selecionado na penúltima escolha do Draft de do ano passado, Jaron Blossomgame disputou as Summer Leagues da última temporada, levou sua bagagem também para G-League e agora parece estar pronto para a última etapa: a NBA. O ala vem apresentando bons números tanto ofensivamente quanto defensivamente, além de conseguir se manter consistente, algo que tem ser levado em conta quando se ingressa na liga profissional americana de basquete. Fiquem de olho, pois o técnico Gregg Popovich pode começar a dar chances ao garoto.

Tem mais

Além de Derrick White e Lonnie Walker IV, o já citado Jaron Blossomgame pode ser chamados para integrar o elenco principal, haja visto que Kawhi Leonard tem seu futuro incerto, e o ala se sente confortável jogando justamente na posição três. Além deles, o bom ala-pivô Chimezie Metu também pode ganhar mais oportunidades. Olivier Hanlan também merece destaque.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Maverick Rowan – 11 pontos e 2 rebotes

Phoenix Suns

Javonte Green –  20 pontos e 5 rebotes

Alec Peters – 17 pontos e 4 rebotes

Shaquille Harrison – 13 pontos, 7 assistências, 6 rebotes e 3 tocos

Spurs (1-3) x Bucks (2-2) – Más notícias

 75×83

 

Nessa quinta-feira (12), o San Antonio Spurs foi eliminado da disputa pelo título da Summer League de Las Vegas ao perder para o Milwaukee Bucks por 83 a 75, após prorrogação, em sua estreia nos playoffs do torneio. Se não bastasse o revés, o alvinegro ainda viu Lonnie Walker deixar a quadra com lesão no tornozelo direito. Confira, a seguir, os destaques do confronto.

Hanlan comandou o ataque do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Mais uma baixa

Depois de jogar por 26 minutos, Walker sentiu o tornozelo direito no quarto período e deixou a quadra mancando, sem conseguir colocar peso no pé. Com isso, o ala-armador provavelmente se junta a Derrick White e Chimezie Metu na lista de desfalques para o jogo de consolação contra o Phoenix Suns, que acontece já nesta sexta-feira. O jogador deixou a quadra com cinco pontos, nove rebotes e três assistências, sem chamar atenção mais uma vez. Em Las Vegas, disputou quatro partidas e apresentou médias de 11,5 pontos e cinco rebotes em 27,8 minutos por exibição, convertendo apenas 34% de seus arremessos de quadra. Ainda tem muito trabalho pela frente antes de pensar em entrar na rotação do time principal do Spurs.

Blossomgame foi bem de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

Tomou conta

Com White indisponível e Walker não conseguindo jogar bem, coube a Olivier Hanlan assumir as rédeas do ataque do Spurs no jogo. Foram 18 pontos e quatro rebotes em 27 minutos para o armador canadense de 25 anos de idade, que foi selecionado pelo Utah Jazz na 42ª escolha do Draft de 2015 e teve os direitos adquiridos pela franquia texana na troca que enviou Boris Diaw para Salt Lake City em 2016.

Candidato

Com a incerteza sobre o futuro de Kawhi Leonard e a ida de Kyle Anderson para o Memphis Grizzlies, o elenco profissional do Spurs precisa de tamanho no perímetro. Em meio a este cenário, Jaron Blossomgame vem se consolidando como opção interessante. Contra o Bucks, foram 19 pontos, nove rebotes e dois tocos em 32 minutos para o ala, que converteu oito dos 16 arremessos de quadra que tentou, acertou uma das duas bolas de três que arriscou e converteu dois dos três lances livres que cobrou contra o Bucks.

Blossomgame foi selecionado pela franquia na 59ª escolha do Draft de 2017 e aguarda uma chance na NBA desde então. Na última temporada, foi campeão da G-League pelo Austin Spurs

Alerta aceso

No jogo desta quinta, o Spurs não conseguiu acompanhar o atleticismo do Bucks. O oponente pegou mais rebotes (47 a 39), teve facilidade para infiltrar rumo à cesta e, aproveitando-se de atuação abaixo do esperado de Walker, impediu que os armadores da equipe texana conseguissem penetrar em sua defesa. As exceções foram o já citado Blossomgame e o pivô Amida Brimah, que saiu do banco para anotar quatro pontos, oito rebotes e impressionantes seis tocos em 23 minutos. O alvinegro tem de refletir se o mesmo não pode acontecer com o elenco profissional, composto por jogadores baixos no perímetro e pesados no garrafão.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

Jaron Blossomgame – 19 pontos, 9 rebotes e 2 tocos

Olivier Hanlan – 18 pontos e 4 rebotes

Milwaukee Bucks

Christian Wood – 26 pontos e 15 rebotes

D.J. Wilson – 19 pontos e 10 rebotes

Sterling Brown – 13 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola

Travis Trice – 10 pontos e 7 assistências

Spurs (1-2) x (3-0) Blazers – Coisas positivas do banco

 89×95

Vindo de segura vitória sobre o Washington Wizards, o San Antonio Spurs perdeu nesta terça-feira (10) para o Portland Trail Blazers por 95 a 89, no encerramento da primeira fase da Summer League de Las Vegas. A equipe teve Jaron Blossomgame e Lonnie Walker IV como pilares do ataque – cada um registrou 12 pontos. Além disso, contou com apoio de Amida Brimah que saiu do banco para anotar nove pontos e nove rebotes. Ao todo, cinco jogadores do alvinegro chegaram os dígitos duplos em pontuação, mas a ação coletiva não serviu para bater Gary Trent Jr. e companhia, e a derrota foi um resultado justo. Vamos aos destaques da partida:

Walker finaliza jogada durante a partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Jogadores utilizados

O Spurs entrou em quadra com Olivier Hanlan, Lonnie Walker, Jaron Blossomgame, Cory Jefferson e Drew Eubanks como titulares. Do banco, saíram London Perrantes, Jeff Ledbetter, Trey Mckinney-Jones, Raphiael Putney e Amida Brimah. Derrick White, que sofreu lesão muscular, e Chimezie Metu, que machucou o pulso, ficaram fora do confronto com o Blazers.

Blossomgame foi cestinha (Reprodução/nba.com/spurs)

O jogo

A justiça se estabeleceu em todo o jogo, tanto que em apenas um momento do segundo quarto a liderança foi do Spurs. O Blazers liderou por quase 48 minutos e chegou a abrir 22 pontos de diferença em determinado momento. Dois quartos foram significativos para essa vantagem, pois o time de Portland venceu o primeiro e o terceiro por seis e oito pontos de vantagem, respectivamente. O alvinegro venceu a segunda parcial por apenas um ponto e a última, quando chegou a esboçar reação e encostar no placar, por sete.

Estatísticas do jogo

Em relação aos números finais, a equipe esteve bem nos critérios importantes. Ao todo, o Spurs anotou 35 rebotes e 20 assistências, além de nove roubadas de bola e cinco tocos. O problema coletivo foi a dificuldade em colocar a bola dentro da cesta, pois o aproveitamento nos arremessos de quadra foi de 46,6%. Nas bolas de três, o número foi bom: 43,5%.

Brilho

Pelo lado do Spurs, o destaque foi Amida Brimah. O jogador veio do banco de reservas e terminou a partida com nove pontos e nove rebotes em apenas 16 minutos. O pivô mostrou que a exibição apagada contra o Wizards ficou para trás e, com 60% de aproveitamento nos arremessos de quadra, foi um alicerce no ataque. Porém, não foi em apenas um lado da tabela que ele foi bem, pois seus dois tocos mostraram um trabalho importante também na defesa.

Desempenho coletivo

Como os números mostraram, o time esteve bem na questão coletiva, mas o balanço defensivo do terceiro período precisa ser ajustado. Foi nesse que a vantagem do Blazers chegou aos 22 pontos. Além disso, a dificuldade em acertar a cesta em momentos críticos deve ser revista nos próximos dias. O desequilíbrio na marcação fez com que o já citado Gary Trent Jr chegasse à casa dos 20 pontos e que outros quatro jogadores superassem os dez pontos.

Pontos de avaliação

Duas estatísticas são alarmantes no jogo. O Spurs cometeu 23 turnovers, cinco a mais que o adversário. Além disso, foram cometidas 27 faltas durante os 48 minutos. contra 22 do Blazers.

Jogada do dia

A grande jogada ficou por conta de Brimah. No ultimo período, quando a ultima chama de esperança ainda soprava e o placar anotava 86 x 90 para o adversário, o pivô deu um toco que deixou o jogo ainda aberto com mais 49 segundos pela frente. Pena que foi pouco.

Destaques da partida:

San Antonio Spurs

Jaron Blossomgame – 12 pontos e 4 rebotes

Lonnie Walker IV – 12 pontos

Trey Mckinney – 11 pontos e 5 rebotes

Olivier Hanlan – 11 pontos, 3 assistências e 3 rebotes

Portland Trail Blazers

Gary Trent Jr. – 20 pontos

Wade Baldwin IV – 16 pontos e 9 assistências

Jake Layman – 15 pontos e 8 rebotes

John Jenkins – 13 pontos

Caleb Swanigan – 12 pontos e 9 rebotes

Spurs (1-1) x (0-2) Wizards – Segue a vida em Las Vegas

95×90https://i0.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/219/thumbs/21956712016.gif

Nesse domingo (8), o San Antonio Spurs deu sequência à sua participação na Summer League de Las Vegas em duelo com o Washington Wizards. O confronto foi dominado pelo alvinegro por boa parte do tempo, com exceção do momento decisivo – ou seja, o quarto período, no qual o time, que tinha vantagem de 16 pontos, terminou com apenas cinco de diferença, vencendo pelo placar de 95 a 90. A equipe titular foi composta por Olivier Hanlan, Derrick White, Lonnie Walker IV, Jaron Blossomgame e Chimezie Metu. Vamos, a seguir, aos destaques do jogo.

Walker tem melhorado (Reprodução/facebook.com/Spurs)

Estatísticas do jogo

O jogo teve Blossomgame como cestinha pelo lado do Spurs com 22 pontos, seguido por Walker, com 14. e Metu com 13 pontos. Ao todo, 11 jogadores foram utilizados pela equipe no confronto: além dos cinco já citados titulares, Drew Eubanks, Trey Mckinney-Jones, London Perrantes, Cory Jefferson, Jeff Ledbetter e Amida Brimah também entraram em quadra. Ao todo, o time terminou o confronto com 37 rebotes, 18 assistências, sete roubadas de bola, cinco tocos, 50% de aproveitamento nos arremessos de quadra e seis bolas de três convertidas.

Metu jogou bem (Reprodução/facebook.com/spurs)

O jogo

O confronto foi tranquilo para o Spurs, pois em apenas um momento do primeiro quarto o Wizards assumiu a liderança de modo bem passageiro. O primeiro período foi o único vencido pelo alvinegro, mas a vantagem de 26 a 15 adquirida nessa parcial deu tranquilidade para o time durante o jogo. O segundo quatro foi vencido pelos adversários por 16 a 14, e o quarto por 28 a 24. O terceiro foi o mais equilibrado e terminou em 31 a 31.

Balanço defensivo

Se o ataque do Spurs esteve bem durante boa parte do jogo, a defesa precisa de atenção, pois mostrou-se desequilibrada no ultimo período. O ala-armador Troy Brown Jr, que se destacou em quadra, terminou o jogo com 21 pontos e 12 rebotes e quase levou a vitória para o Wizards.

Brilhou

O destaque do jogo ficou com Blossomgame, campeão da G-League pelo Austin Spurs na última temporada. Além de terminar como líder dos texanos na pontuação, o jogador foi ainda o maior reboteiro do time, ao coletar nove, e atuou por 31 minutos. Além disso, teve 72,7% de aproveitamento nos arremessos de quadra e acertou a única bola de três que arriscou.

Jogada do dia

E o dia era mesmo dele. No último período, quando a vantagem era de um ponto a 20 segundos do fim do jogo, Blossomgame fez uma cravada que praticamente definiu a vitória do Spurs.

O que vem por aí

Na terça-feira, o Spurs pega o Portland Trail Blazzers sua última partida na primeira fase do torneio. Depois, se inicia a disputa dos playoffs. Dia 12 de outubro, franquia texana começa sua campanha na temporada 2018/2019 em confronto com o Orlando Magic.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Jaron Blossomgame – 22 pontos, 9 rebotes e 2 tocos

Lonnie Walker – 14 pontos, 5 rebotes e 3 roubos de bola

Chimezie Metu – 13 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

London Perrantes – 12 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Jeff Ledbetter – 11 pontos e 3 assistências

Washington Wizards

Devin Robinson – 24 pontos, 3 assistências, 3 roubos de bola e 2 tocos

Troy Brown Jr. – 21 pontos, 12 rebotes e 3 roubos de bola

Thomas Bryant – 20 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Chris Chiozza – 10 pontos, 11 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola