Arquivo da categoria: Resumo de Jogos

Spurs (31-9) @ Suns (13-27) – Zebra mexicana

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif105×108

Noite para ser esquecida pelos lados do Texas. Nesse sábado (14), o San Antonio Spurs visitou o Phoenix Suns no México, em um dos jogos válidos pelo NBA Global Games dessa temporada, e acabou derrotado pelo adversário, que é um dos piores do campeonato até aqui, pelo placar de 108 a 105. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Leonard igualou seu recorde (David Dow/NBAE via Getty Images)

Leonard igualou seu recorde (David Dow/NBAE via Getty Images)

Vantagem desperdiçada

Quando Jonathon Simmons acertou um arremesso de três e o Spurs abriu 81 a 70 faltando 1:39 para o fim do terceiro quarto, parecia que mais uma fácil vitória estava a caminho do Texas. Ledo engano. O Suns reagiu ainda no mesmo período, que acabou 85 a 80 a favor do alvinegro, e se manteve na cola durante toda a parcial final, virando nos minutos finais. Danny Green ainda teve a chance de empatar com uma bola de três, mas errou.

Manu veio bem do banco (Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

Manu veio bem do banco (Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

Lado bom…

Apesar da derrota, a atuação de Kawhi Leonard entrou para a história do ala. O camisa #2 do Spurs deixou a quadra com 38 pontos, igualando seu recorde na NBA, além de quatro rebotes e três assistências. O astro acertou 12 dos 15 arremessos de quadra que tentou, duas das cinco bolas de três que arriscou e 12 dos 14 lances livres que cobrou durante a partida.

E o lado ruim…

Kawhi Leonard só conseguiu chegar ao número histórico porque teve pouca ajuda do resto do quinteto inicial. Tony Parker deu contribuição razoável, com 14 pontos em dez arremessos, mas os demais membros do time titular ficaram devendo. Danny Green errou as quatro bolas de três que tentou na partida e registrou somente seis pontos. Pau Gasol arriscou apenas quatro arremessos de quadra e obteve só três pontos. Por fim LaMarcus Aldridge precisou de 14 arremessos para conseguir 13 pontos. Faltou pontaria.

Na segunda unidade, com a ausência do australiano Patty Mills, que lesionou a panturrilha esquerda, só Manu Ginobili, com 16 pontos e três assistências, se destacou no ataque.

E a marcação?

Nem a defesa de perímetro, ponto forte do Spurs, funcionou contra o Suns. Isso porque o ala-armador Devin Booker, astro do time do Arizona, bateu seu recorde pessoal de pontuação, deixando a quadra com 39 pontos. Noite para ser esquecida pelos lados do Texas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 38 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Manu Ginobili – 16 pontos e 3 assistências

Tony Parker – 14 pontos

LaMarcus Aldridge – 13 pontos e 4 rebotes

Phoenix Suns

Devin Booker – 39 pontos

Eric Bledose – 17 pontos, 10 assistências e 6 rebotes

TJ Warren – 12 pontos e 2 roubos de bola

Spurs (31-8) vs Lakers (15-28) – Que massacre!

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif134×94https://i1.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/237/thumbs/uig7aiht8jnpl1szbi57zzlsh.gif

Nessa quinta-feira (12), o San Antonio Spurs venceu o Los Angeles Lakers pelo placar de 134 a 94, obtendo sua maior pontuação e a vitória por maior diferença da temporada e se recuperando muito bem da derrota para o Milwaukee Bucks. Vamos aos destaques da partida:

A melhor partida do novato Murray (Reprodução/nba.com/spurs)

Murray fez sua melhor partida na NBA (Reprodução/nba.com/spurs)

Forte começo

Diferentemente de partidas anteriores em que deixava o adversário anotar muitos pontos, o Spurs conseguiu controlar o ritmo do jogo e permitiu ao Lakers apenas 20 pontos no primeiro período. Ao fim da primeira metade do jogo, o time texano marcou sua maior pontuação da temporada com 72 pontos, sendo 23 de Kawhi Leonard, que anotou 14 no primeiro quarto.

Grande partida de Pau Gasol (Reprodução/nba.com/spurs)

Grande partida de Pau Gasol (Reprodução/nba.com/spurs)

Gasol perfeito

Gasol teve grande atuação na partida. O pivô anotou 22 pontos e acertou todos os nove arremessos que tentou, sendo a quinta vez na carreira em que conseguiu uma partida perfeita na pontaria. Toda vez que o espanhol fez isso, sua equipe venceu.

Chance para os moleques

Com a partida já bem resolvida no meio do terceiro período, os jovens do Spurs puderam entrar em quadra e ganhar experiência. O principal destaque foi o novato Dejounte Murray, que em dez minutos em quadra anotou dez pontos, sua maior marca da carreira até o momento. O jovem armador acertou as duas tentativas que executou da linha dos 3 pontos.

Davis Bertans jogou 11 minutos e anotou cinco pontos, e Kyle Anderson conseguiu sete pontos em 16 minutos. Os titulares conseguiram um merecido descanso, tendo no máximo jogado 26 minutos.

Arriba

O próximo compromisso da equipe texana será contra o Phoenix Suns na cidade do México, em partida válida pelo NBA Global Games da temporada, neste sábado (14).

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 31 pontos e 2 roubos de bola

Pau Gasol – 22 pontos, 9 rebotes e 6 assistências

Tony Parker – 13 pontos e 6 assistências

LaMarcus Aldridge – 13 pontos

Jonathon Simmons – 12 pontos

Los Angeles Lakers

Julius Randle – 22 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Jordan Clarkson – 14 pontos

Lou Williams – 10 pontos

Spurs (30-7) vs Bucks (19-18) – Derrota inesperada

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif107×109mil

Na noite dessa terça-feira (10), o San Antonio Spurs recebeu o Milwaukee Bucks no Texas e foi surpreendido. Após abrir 13 pontos de vantagem durante o segundo quarto e se manter na frente até os minutos finais, viu o oponente – que contou com grande atuação de Michael Beasley – conseguir passar à frente e assegurar a vitória fora de casa. Vamos aos destaques.

Milwaukee Bucks v San Antonio Spurs

Kawhi Leonard foi o líder do time (Reprodução/nba.com/spurs)

Sempre ele

O Spurs pode não ter saído do AT&T Center com a vitória, mas não podemos dizer que não faltou esforço por parte de Kawhi Leonard. Falar do astro e suas belas atuações é chover no molhado, e contra o Bucks não foi diferente. Apesar de não ter ganho a partida, o ala foi o cestinha com 30 pontos, adicionando ainda sete rebotes, três roubadas de bola e três tocos.

Milwaukee Bucks v San Antonio Spurs

Mills saiu zerado do confronto (Reprodução/nba.com/spurs)

Beasley on fire

Michael Beasley parece estar reencontrando seu basquete atuando em Milwaukee. Com a ausência de Giannis Antetokounmpo, que atuou por apenas nove minutos, o ala-pivô – juntamente com Jabari Parker – puxou as rédeas do time e esteve praticamente imparável, tendo feito um pouco de tudo. Foram 28 pontos, cinco rebotes, quatro assistências, três tocos e duas roubadas de bola em 34 minutos.

Novato clutch

Não foi apenas Michael Beasley que correspondeu pelo lado do Bucks. Malcolm Brogdon, armador novato e provavelmente uma das maiores steals do último Draft, foi decisivo para a vitória do time de Wisconsin, acertando três bolas de longa distância, sendo uma delas nos segundos finais, assim como o lance-livre que selou a partida. Desempenho de gente grande

Mills irreconhecível

Patty Mills esteve bem abaixo do que vem apresentando na temporada. Contra o Bucks, o armador australiano saiu zerado pela primeira vez desde janeiro de 2016, quando foi titular em confronto com o Utah Jazz e também não pontuou. A segunda unidade, no entanto, contou com boas atuações de Jonathon Simmons, Davis Bertans – que jogou porque LaMarcus Aldridge ficou fora por conta de problemas estomacais – e Dewayne Dedmon.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 30 pontos, 7 rebotes, 3 roubos de bola e 3 tocos

Tony Parker – 14 pontos e 7 assistências

Danny Green – 14 pontos

Jonathon Simmons – 14 pontos

David Lee – 10 pontos e 7 rebotes

Milwaukee Bucks

Michael Beasley – 28 pontos, 5 rebotes, 4 assistências, 2 roubos e 3 tocos

Jabari Parker – 22 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Malcolm Brogdon – 17 pontos, 6 rebotes e 6 assistências

Greg Monroe – 14 pontos e 9 rebotes

Spurs (30-7) vs Hornets (20-18) – Perigo letão

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif102×85

O San Antonio Spurs enfrentou o Charlotte Hornets, no AT&T Center, na noite desse sábado (7), e venceu com facilidade pelo placar de 102 a 85, deslanchando a partir do terceiro quarto. A partida foi marcada pela ótima atuação do novato Davis Bertans, a mais nova aposta dos texanos para o futuro da franquia. Vamos, a seguir, aos destaques do jogo.

A dupla Davis Bertans e Dewayne Dedmon foram destaques na vitória

A dupla Davis Bertans e Dewayne Dedmon foi destaque na vitória (Reprodução/nba.com/spurs)

Artilharia letã

Primeiro quarto, faltando apenas dois minutos para o fim. O Spurs perdia por cinco pontos de diferença para um Charlotte Hornets que jogava muito bem defensivamente. Eis que, após algumas trocas de passe e movimentações, surge Davis Bertans, livre, para invadir o garrafão com a bola e acertar uma enterrada para intimidar qualquer adversário. Foi o início da trajetória do ala-pivô na partida. Era seu dia. Após três primeiros quartos truncados, com três no relógio para acabar o terceiro período, Gregg Popovich, que via sua equipe sofrer contra o adversário, escolhe o jovem mais uma vez etão para ajudar. E ele fez mais do que isso.

Aldridge anotou mais um duplo-duplo (Reprodução/nba.com/spurs)

Aldridge anotou mais um duplo-duplo (Reprodução/nba.com/spurs)

Logo que entrou, Bertans acertou uma bola de três e ainda sofreu falta. Aumentou a diferença no placar para cinco pontos. Jogada seguinte, ajuda na defesa, forçando os adversários cometerem um turnover. Corre para a diagonal do perímetro com o garrafão, bola em suas mãos. Bingo! Oito pontos de distância, e o Spurs, enfim, abrindo vantagem e começando a controlar o jogo. Após isso, o novato teve tempo de anotar mais outras três bolas do perímetro, além de sofrer faltas e converter sete dos oito lances livres tentados. Finalizou a partida com 21 pontos, sendo o cestinha da mesma.

Ele de novo

Mais uma vez, o banco trouxe a vitória para os comandos de Popovich. Com ótima atuação de Davis Bertans, mas também de Dewayne Dedmon, que anotou um duplo-duplo, e novamente boa partida de Patty Mills, a segunda unidade trouxe 55 dos 102 pontos anotados pelos donos da casa. Além disso, os jogadores com maior +/- da partida foram os que começaram na reserva: além do australiano e do letão, Manu Ginobili e Jonathon Simmons.

Próximos passos

A próxima partida do Spurs acontecerá dia 10, contra o Milwaukee Bucks, no Texas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Davis Bertans – 21 pontos

Kawhi Leonard – 19 pontos

LaMarcus Aldridge – 15 pontos e 11 rebotes

Dewayne Dedmon – 15 pontos e 10 rebotes

Charlotte Hornets

Kemba Walker – 18 pontos

Jeremy Lamb – 13 pontos e 8 rebotes

Michael Kidd-Gilchrist – 12 pontos e 9 rebotes

Mavin Williams – 11 pontos e 5 rebotes

Roy Hibbert – 10 pontos e 5 rebotes

Spurs (29-7) @ Nuggets (14-22) – Outro atropelo

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif127×99xeti0fjbyzmcffue57vz5o1gl

Após atropelar o Toronto Raptors dois dias antes, o San Antonio Spurs voltou a passar o trator na madrugada dessa sexta-feira (6). A vítima dessa vez foi o Denver Nuggets, que, mesmo em casa, foi vencido facilmente por 127 a 99. Vamos aos destaques do jogo.

https://i1.wp.com/ww4.hdnux.com/photos/56/25/11/12145259/3/1024x1024.jpg

Mais uma grande partida de Leonard pelo Spurs (David Zalubowski/Associated Press)

Lento começo

O Spurs iniciou a partida como a melhor defesa da liga, mas isso não impediu o Nuggets de começar o jogo forte no ataque. Acertando seus dez primeiros arremessos e conseguindo anotar 33 pontos, sendo 11 deles feitos por Nikola Jokic, o time de Denver pôde fechar o primeiro quarto na frente, se tornando o terceiro time na temporada a anotar 33 ou mais pontos no primeiro período contra a equipe de San Antonio.

(Foto por David Zalubowski/Associated Press)

Aldridge foi o cestinha do Spurs (David Zalubowski/Associated Press)

Ajustando a defesa e calibrando o ataque

Após mais um primeiro quarto ruim, o técnico Gregg Popovich conseguiu ajeitar a defesa, permitindo que o Nuggets acertasse apenas 38,2% dos arremessos de quadra tentados nos últimos três períodos. Além disso, o alvinegro texano conseguiu sua melhor performance da temporada no ataque, acertando 56,7% dos arremessos de quadra graças, principalmente, a partidas quase perfeitas do armador francês Tony Parker e do pivô espanhol Pau Gasol na parte ofensiva.

Belos números

Por falar em Parker, o francês vem voltando ao velho ritmo, fazendo mais uma grande partida e anotando nove assistências, sua melhor marca na temporada. Os 24 pontos anotados por Kawhi Leonard marcam a 68ª partida seguida em que o ala marca dígitos duplos, a maior sequência de um atleta do Spurs desde as 75 partidas seguidas com a mesma marca de Tim Duncan em 2004/2005.

Apenas outros sete jogadores na liga tem uma série maior ativa com as mesmas marcas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 28 pontos e 4 rebotes

Kawhi Leonard – 24 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Tony Parker – 21 pontos e 9 assistências

Pau Gasol – 17 pontos, 9 rebotes, 4 assistências e 3 tocos

Manu Ginobili – 11 pontos

Denver Nuggets

Nikola Jokic – 19 pontos, 11 rebotes e 5 assistências

Danilo Gallinari – 15 pontos

Darrell Arthur – 13 pontos

Wilson Chandler – 11 pontos e 7 rebotes