Arquivo da categoria: Playoffs 2018

Spurs (1) vs Warriors (3) – Vintage Manu

103×90

Nesse domingo (22), o San Antonio Spurs recebeu o Golden State Warriors na possível partida derradeira da série, já que uma derrota significaria a desclassificação dos playoffs. No entanto, o alvinegro atuou com garra e venceu o jogo por 103 a 90. Vamos aos destaques do jogo.

Ginobili foi decisivo (Reprodução/nba.com/spurs)

Manu Vintage

40 anos. Essa é a idade de Manu Ginobili. O argentino por vezes não faz grandes partidas, mas é incansável. Dessa vez, o camisa #20 teve uma atuação de gala, principalmente no último quarto, e levou o Spurs a uma improvável vitória sobre o Warriors. Anotando dez dos seus 16 pontos no período final, segurou a reação comandada por Kevin Durant e mostrou que, por menor que seja a chance, os texanos irão lutar até o fim pela classificação. Além da partida mágica, o ala-armador ainda conquistou dois recordes: junto com Tony Parker, forma a dupla com maior número de vitórias nos playoffs na história da NBA com 132, ultrapassando o dueto formada pelo próprio francês com Tim Duncan. O sul-americano também tornou-se o terceiro jogador com maior número de arremessos de três pontos convertidos em jogos de pós-temporada, atrás apenas de LeBron James, segundo, e Ray Allen, líder da estatística.

Aldridge se destacou (Reprodução/nba.com.spurs)

Pontos positivos

Durante o jogo, o Spurs imprimiu defesa sufocante, acertando, na maioria das vezes, as trocas e contestando grande parte dos arremessos dos adversários, principalmente os  de Klay Thompson, limitando a apenas 33,3% de aproveitamento nos arremessos do perímetro contra os 65% que havia conquistado nos primeiros três jogos da série. Além disso, algumas bolas de três que não estavam caindo começaram a cair a favor de alvinegro. Dejounte Murray acertou três de quatro tentativas, Manu Ginobili três de cinco, Danny Green duas de cinco, Patty Mills três de sete, Pau Gasol uma em uma e LaMarcus Aldridge todas as suas três tentativas, o que resultou em 53,8% de aproveitamento. O número é algo inimaginável para um time que, nas três primeiras partidas, totalizou somente 20 acertos em 83 tentativas.

Outro destaque foi Aldridge, que novamente anotou mais de 22 pontos, matou bolas cruciais, e ajudou a segurar a diferença na frente. O ala-pivô foi outra vez cestinha do time, registrando 22 pontos e dez rebotes.

Por fim, o novo titular Rudy Gay vem mostrando toda intensidade defensiva e ofensiva que o time tanto necessita, brigando por todas as bolas possíveis enquanto esteve em quadra.

Precisa melhorar

Os rebotes foram um destaque negativo a parte. O Warriors não conseguiu aproveitar suas segunda chances, mas conseguiu 24 rebotes ofensivos, contra 27 defensivos do Spurs. Se os Dubs tivessem aproveitado melhor essas oportunidades, provavelmente teriam vencido.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 22 pontos e 10 rebotes

Manu Ginobili – 16 pontos e 5 assistências

Rudy Gay – 14 pontos e 7 rebotes

Dejounte Murray – 12 pontos

Kyle Anderson – 10 pontos

Golden State Warriors

Kevin Durant – 34 pontos e 13 rebotes

Klay Thompson – 12 pontos

Draymond Green – 9 pontos, 18 rebotes e 9 assistências

Anúncios

Spurs (0) vs Warriors (3) – Primeira rodada dos Playoffs

San Antonio Spurs vs Golden State Warriors – Temporada Regular

Data: 22/04/2018

Horário: 16h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: ESPN, NBA League Pass

No quarto jogo da série, válido pela primeira rodada dos playoffs, o San Antonio Spurs tenta manter-se vivo para, quem sabe, conseguir improvável virada sobre o Golden State Warriors.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na série (0-2)

14/04/2018 – Spurs 92 @ 113 Warriors

Em duelo com enorme diferença de talento, o Spurs sentiu a falta de seu principal jogador e, com o elenco limitado, saiu derrotado na partida de abertura da série.

16/04/2018 – Spurs 101 @ 116 Warriors

O Spurs visitou o Warriors no segundo jogo da série. Apesar de bom desempenho de LaMarcus Aldridge, os texanos perderam e voltaram para casa com duas derrotas em duas partidas.

19/04/2018 – Spurs 97 vs 110 Warriors

Em clima de luto devido ao falecimento da esposa de Gregg Popovich, o San Antonio Spurs jogou bem novamente. Comandado por Ettore Messina, o time conseguiu manter-se na partida até o fim do primeiro tempo, mas sucumbiu no terceiro quarto diante da força dos adversários.

PG – Dejounte Murray

SG Patty Mills

SF – Danny Green

PF – Rudy Gay

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Com médias de 12,7 pontos e 5,7 rebotes por exibição na pós-temporada, Rudy Gay vem sendo um fio de esperança em uma tentativa de vitória dos texanos. Apresentando intensidade ofensiva e defensiva, vem ajudando a equipe a manter-se firme durante, pelo menos, o primeiro tempo das ultimas partidas contra o Warriors.

PG – Andre Iguodala

SG – Klay Thompson

SF – Kevin Durant

PF – Draymond Green

C – JaVale McGee

Fique de Olho Com impressionantes 65% de acertos nas bolas de três, Klay Thompson vem sendo, talvez, o principal responsável por fazer o Warriors deslanchar nos terceiros quartos. Com a ausência de Stephen Curry, o ala-armador vem tendo a oportunidade de arremessar mais, sustentando 25,7 pontos por jogo nessa primeira rodada de playoffs.

Spurs (0) vs Warriors (3) – Faltou fôlego

SBresumo

97×110warriors

Na noite dessa quinta-feira (19), o San Antonio Spurs recebeu o Golden State Warriors para o terceiro jogo da série da primeira rodada dos playoffs em um clima de luto devido à morte de Erin Popovich, esposa do técnico Gregg Popovich. Sob o comando do assistente Ettore Messina, o Spurs perdeu para os visitantes por 110 a 97. Confira os destaques da partida.

Golden State Warriors v San Antonio Spurs - Game Three

Não deu pra vencer em casa (Reprodução/nba.com/spurs)

Energia

Popovich pediu para que não houvesse o tradicional minuto de silêncio e nenhuma homenagem pública em relação à morte de sua esposa. Ele não queria que o jogo fosse sobre ele, mas, sim, que a equipe focasse em fazer o seu melhor. Entrando com determinação no jogo, o time texano demonstrou muita garra, especialmente na primeira parte do confronto. O ataque estava agressivo, e o time chegou a liderar o placar em diversos momentos.

Golden State Warriors v San Antonio Spurs - Game Three

Mills apareceu no jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Mas é preciso ter fôlego e, depois do intervalo, o Warriors queimou todas as suas energias com ataques rápidos e certeiros. Deste modo, ficou difícil para o Spurs acompanhar o ritmo. Kevin Durant fez como Klay Thompson no jogo 2 da série e tomou à frente de sua equipe. Cortando, passando e driblando qualquer jogador adversário que entrasse em seu caminho, terminou como o maior pontuador da partida ao marcar 26 pontos. Uma outra coisa a ser destacada é que entre as 33 bolas de três convertidas ao longo do jogo, o alvinegro foi responsável por apenas sete.

Sem espaço para Aldridge

Durante a partida, o alvinegro sofreu para levar a bola até seu principal jogador, já que o Warriors colocou sua atenção defensiva em cima de LaMarcus Aldridge. Poucas foram as chances que o camisa #12 teve de efetuar uma jogada para a cesta. Isso acabou limitando muito as jogadas do time de San Antonio, que não conseguia criar oportunidades para finalizar.

E quando o ala-pivô abria um espaço para converter seus arremessos, logo, isso se perdia graças à rápida reação ofensiva dos visitantes, que respondiam marcando muito mais pontos do que o Spurs conseguia fazer. Mesmo assim, o Aldridge terminou o jogo como o principal jogador da equipe texana, fazendo um duplo-duplo com 18 pontos e dez rebotes.

Altos e baixos

Querido por muitos fãs da franquia devido ao seu carisma, Patty Mills teve boa atuação ofensiva, sendo o terceiro maior pontuador do Spurs no jogo com 14 pontos. Mesmo que tenha tropeçado diversas vezes ao longo da temporada e seu jogo não seja o mais bonito de se ver, o armador australiano vem conseguindo incendiar partidas em alguns momentos da série contra o Warriors, fazendo o time adquirir um pouco mais de pique para continuar tentando.

Tony Parker, por sua vez, veio do banco e também jogou bem, marcando 16 pontos e mostrando sede de jogo. Infelizmente, quando o armador francês entrou inspirado, ninguém acompanhou seu ritmo, fazendo com que ele não tivesse grandes oportunidades de chegar mais à cesta.

Já Rudy Gay não teve muita sorte. Essa, talvez, seja a melhor forma de definir a noite de um jogador que tentou muito ajudar a sua equipe, só que suas bolas simplesmente não caíam. Ele fez um trabalho consistente contra o Warriors, mas falhou em algumas chances que poderiam ter mudado o rumo do jogo. Principalmente quando sua defesa em cima de Kevin Durant caiu um pouco de rendimento. Mesmo assim, ele converteu 11 pontos e pegou seis rebotes.

Por fim, o jovem Kyle Anderson desapareceu. Em temporada na qual ele teve muitos pontos altos, o camisa #1 vem encontrando dificuldades para enfrentar a equipe de Oakland, passando completamente despercebido na série com seus sete pontos que foram marcados ao longo de três jogos. Menção honrosa para Danny Green e Davis Bertans, que também andam apagados.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 18 pontos e 10 rebotes

Tony Parker – 16 pontos

Patty Mills – 14 pontos

Rudy Gay – 11 pontos e 6 rebotes

Golden State Warriors

Kevin Durant – 23 pontos, 9 rebotes e 6 assistências

Klay Thompson – 19 pontos

Shaun Livingston – 16 pontos

Quinn Cook – 12 pontos

Draymond Green – 10 pontos, 7 assistências e 6 rebotes

Andre Iguodala – 10 pontos

Spurs (0) vs Warriors (2) – Primeira rodada dos Playoffs

SBprejogo

San Antonio Spurs vs Golden State Warriors – Primeira rodada dos Playoffs

Data: 19/04/2018

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Depois de ser derrotado nos dois primeiros jogos da série na casa do adversário, o San Antonio Spurs finalmente vai poder enfrentar o Golden State Warriors diante de seu torcedor no AT&T Center para tentar garantir sua primeira vitória na série. O alvinegro não poderá contar com o treinador Gregg Popovich devido ao falecimento de sua esposa, Erin Popovich, que morreu nessa quarta-feira. O motivo não foi informado, mas sabe-se que ela já vinha batalhando contra alguns problemas de saúde. De acordo com o jornalista Jeff McDonald, do jornal San Antonio Express-News, que o assistente técnico Ettore Messina irá assumir a equipe. A única coisa que o comandante pediu aos seus jogadores durante sua ausência é que não se preocupem com ele e que tentem focar somente no basquete enquanto ele cuida da sua família.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na série (0-2)

14/04/2018 – Spurs 92 @ 113 Warriors

Em duelo com enorme diferença de talento, o Spurs sentiu a falta de seu principal jogador e, com o elenco limitado, saiu derrotado na partida de abertura da série.

16/04/2018 – Spurs 101 @ 116 Warriors

O Spurs visitou o Warriors no segundo jogo da série. Apesar de bom desempenho de LaMarcus Aldridge, os texanos perderam e voltaram para casa com duas derrotas em duas partidas.

aldridge

PG – Dejounte Murray

SG – Patty Mills

SF – Danny Green

PF – Kyle Anderson

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Na última partida entre Spurs e Warriors, LaMarcus Aldridge teve uma atuação fantástica, com 32 pontos e 12 rebotes, sendo o maior pontuador da partida e liderando a equipe texana dentro de quadra como aconteceu durante a temporada. Agora, jogando em casa, é esperado que o ala-pivô mantenha o ritmo para levar o time à sua primeira vitória na série.

warriors

PG – Andre Iguodala

SG – Klay Thompson

SF – Kevin Durant

PF – Draymond Green

C – JaVale McGee

Fique de Olho – Kevin Durant segue sendo um dos principais pilares do Warriors com a ausência de Stephen Curry. No último jogo, foi o maior pontuador do time. Juntamente com Klay Thompson, o ala é um dos jogadores que mais dá trabalho para a defesa texana.

Spurs (0) vs Warriors (2) – Sem pânico

sanantoniospurs101×116Golden State logo image

Nessa segunda-feira (16), o San Antonio Spurs visitou o Golden State Warriors no segundo jogo da série válida pela primeira rodada dos Playoffs do Conferência Oeste. Apesar de bom desempenho de LaMarcus Aldridge, os texanos perderam pelo placar de 116 a 101 e voltaram para casa com duas derrotas em duas partidas. Veja, a seguir, os destaques do confronto.

LaMarcus liderou a equipe, que fez boa partida (Reprodução/nba.com/Spurs)

Nada incomum

O Spurs entrou em quadra de maneira bem diferente em relação à partida de abertura de série. O time estava mais calmo e até terminou o primeiro tempo na liderança. O grande problema foi a falta de aproveitamento nas bolas de três, que custaram bons pontos e talvez até mesmo a vitória para os texanos. Com o revés, o alvinegro se prepara para jogar no Texas perdendo a série por dois a zero. Porém, não há razão para ter pânico, pois é comum as equipes vencerem jogos em seus mandos de quadra. Em 2012, por exemplo, a equipe de Gregg Popovich foi eliminada pelo Oklahoma City Thunder após abrir 2 a 0 na final do Oeste daquele ano.

Líder

Aldridge teve noite inspirada (Reprodução/nba.com/Spurs)

Já foram usados todos os possíveis elogios para LaMarcus Aldridge nesta temporada, graças à sua incrível campanha e à mudança de postura em relação aos últimos anos. Na partida, o ala-pivô voltou com tudo e se redimiu após fraca atuação no confronto anterior. O camisa #12 foi o líder e principal jogador do time, e deixou a quadra com incríveis 34 pontos e 12 rebotes em 37 minutos, sendo o cestinha do confronto.

Sem tempo para lamentação

Apesar de estar em desvantagem na série e ter como adversário os atuais campeões da NBA, considerados o melhor time de basquete da atualidade, não há tempo para lamentações. O técnico Gregg Popovich sabe como fazer seus comandados jogarem o seu melhor, e agora, com os dois confrontos seguidos no Texas, o Spurs tem chances de voltar para a série. Uma eventual vitória parece distante, mas o alvinegro fará de tudo para complicar a vida dos californianos e está pronto para vender caro possíveis derrotas em casa.

Destaques da partida

San Antonio Spurs:

LaMarcus Aldridge – 34 pontos e 12 rebotes

Patty Mills – 21 pontos

Rudy Gay – 12 pontos, 5 rebotes, 3 assistências e 3 roubos

Golden State Warriors

Kevin Durant – 32 pontos, 6 rebotes e 6 assistências

Klay Thompson – 31 pontos

Andre Iguodala – 14 pontos, 7 rebotes e 5 assistências