Arquivo da categoria: Notícias

Walker é eleito para o segundo time ideal de Vegas

Nessa segunda-feira (15), a NBA anunciou os jogadores eleitos para os times ideais da NBA Summer League de Las Vegas. Ala-armador do San Antonio Spurs, Lonnie Walker representou a franquia texana na segunda equipe.

Walker em ação pelo time de verão do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Walker disputou duas partidas em Vegas, apresentando médias de 30 pontos e quatro rebotes em 27,3 minutos por exibição. Antes disso, em duas apresentações na Summer League de Utah, sustentou médias de 19,5 pontos e 7,5 rebotes em 29,2 minutos por jogo.

O primeiro time ideal da Summer League de Las Vegas teve os ala-armadores Nickeil Alexander-Walker, do New Orleans Pelicans, e Kendrick Nunn, do Miami Heat, os pivôs Jarrett Allen, do Brooklyn Nets, e Mitchell Robinson, do New York Knicks, e o ala-pivô Brandon Clarke, do Memphis Grizzlies. O último foi eleito MVP da competição.

No segundo time, fazem companhia a Walker o ala-armador Anfernee Simons, do Portland TrailBlazers, o ala Rui Hachimura, do Washington Wizards, e os alas-pivôs Chris Boucher, do Toronto Raptors, e Jaxson Hayes, do New Orleans Pelicans.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Anúncios

Morris vai para o Knicks, e Spurs fecha com Lyles

Depois de o free agent Marcus Morris voltar atrás em seu acordo verbal para assinar com o San Antonio Spurs, a franquia texana não perdeu tempo, retirou a oferta feita ao ala-pivô e assinou um acordo de duas temporadas com o também ala-pivô Trey Lyles, ex-Denver Nuggets. As informações são do jornalista Adrian Wojnarowski, da emissora americana ESPN.

Trey Lyles assina com o Spurs por duas temporadas (Reprodução/instagram.com/treylyles)

Morris tinha firmado compromisso verbal para um contrato de dois anos de US$ 20 milhões com o Spurs, o que lhe deu mais de dois dias para reconsiderar a anulação do contrato antes de a equipe fechar um acordo com Lyles, segundo as fontes ouvidas por Wojnarowski.

O jogador que estava no Celtics preferiu assinar contrato de um ano e US$ 15 milhões com o New York Knicks, oferta que fez com que Morris desistisse de seu acordo com o Spurs. RC Buford, gerente geral do alvinegro, estava trabalhando para fechar o negócio, mas acabou voltando as atenções para Lyles, que se tornou agente livre irrestrito após o Nuggets rescindir sua qualifying offer para abrir espaço para Jerami Grant, ex-Oklahoma City Thunder.

Lyles dividiu suas quatro primeiras temporadas entre o Denver Nuggets e o Utah Jazz. Aos 23 anos, é mais jovem e mais alto que Morris, mas certamente não possui carreira tão consolidada quanto a do novo reforço do Knicks. Além disso, também não é considerado um bom defensor.

Por outro lado, Lyles poderia ser um jogador melhor a longo prazo para o Spurs, já que Morris considera este contrato como uma ponte para um maior acordo na free agency em 2020.

Na última temporada, Lyles teve médias de 8,5 pontos, 3,8 rebotes em 12 minutos por exibição.

Morris pode desistir de acordo com o Spurs

Após acertar verbalmente contrato de dois anos com o San Antonio Spurs, Marcus Morris pode dar para trás. Segundo Adrian Wojnarowski, jornalista da emissora americana ESPN, o ala-pivô pode desistir de reforçar a franquia texana para ir jogar no New York Knicks.

Morris pode complicar o Spurs (Reprodução/boston.cbslocal.com)

Tudo começou porque os novaiorquinos resolveram rever o trato que tinham com Reggie Bullock, que havia aceitado contrato de dois anos e valor total de US$ 21 milhões com a franquia. No entanto, dúvidas sobre a condição física do ala fizeram o Knicks repensar o acordo.

Segundo Chris Haynes, jornalista do site americano Yahoo!, o Knicks então resolveu oferecer contrato de uma temporada e US$ 15 milhões para Morris. A proposta do Spurs é de US$ 20 milhões por dois anos, máximo que o alvinegro pode oferecer dada a sua situação salarial.

Vale lembrar que, para conseguir fechar com Morris, o Spurs teve de mudar o formato da contratação de DeMarre Carroll, adquirindo o ala em troca tripla que enviou Davis Bertans para o Washington Wizards e os direitos de Nemanja Dangubic para o Brooklyn Nets.

Ala-pivô de 29 anos de idade e 2,06m de altura, Morris estava há dois anos no Celtics. Na última temporada, apresentou médias de 13,9 pontos (44,7% FG, 37,5% 3 PT, 84,4% FT) e 6,1 rebotes em 27,9 minutos por exibição na fase de classificação e 13,7 pontos (51,9% FG, 45% 3 PT, 74,2% FT) e 8,1 rebotes em 28,2 minutos por exibição nos playoffs.

Enquanto espera por Morris, o Spurs tem 14 jogadores sob contrato: Dejounte Murray, Derrick White, Patty Mills, Bryn Forbes, DeMar DeRozan, Lonnie Walker, Marco Belinelli, Keldon Johnson, DeMarre Carroll, Rudy Gay, Luka Samanic, Chimezie Metu, LaMarcus Aldridge e Jakob Poeltl. O número máximo permitido pela NBA durante a temporada regular é 15.

Spurs anuncia a contratação de Weatherspoon

Selecionado pelo San Antonio Spurs na 49ª escolha do Draft deste ano, Quinndary Weatherspoon é mais um reforço da equipe texana para a temporada 2019/2020. Nessa segunda-feira (8), a franquia anunciou a contratação do jogador em formato two-way.

Weatherspoon assina contrato com o alvinegro (Reprodução/nba.com/spurs)

Ala-armador de 22 anos de idade e 1,93m de altura, Weatherspoon acaba de concluir a sua quarta e última temporada no basquete universitário americano, na qual apresentou médias de 18,5 pontos (50,8% FG, 39,6% 3 PT, 80,9% FT) e 4,7 rebotes em 34 minutos por exibição defendendo as cores de Mississippi State. O jogador está com o elenco do Spurs nas Ligas de Verão e, somando as Summer Leagues de Utah e Las Vegas, entrou em quadra em três oportunidades pelo time, com médias de 15 pontos e quatro rebotes por partida.

Contratos de formato two-way são mistos entre uma franquia da NBA e sua filiada na G-League. Assim, Weatherspoon deve passar boa parte da temporada no Austin Spurs. Cada equipe pode ter dois jogadores sob este regime – hoje, o pivô Drew Eubanks ocupa a outra vaga.

Além dos dois two-way, o Spurs tem 15 jogadores sob contrato profissional: Dejounte Murray, Derrick White, Patty Mills, Bryn Forbes, DeMar DeRozan, Lonnie Walker, Marco Belinelli, Keldon Johnson, DeMarre Carroll, Rudy Gay, Marcus Morris, Luka Samanic, Chimezie Metu, LaMarcus Aldridge e Jakob Poeltl. Em outras palavras, novos reforços só poderão chegar se alguém sair.

Spurs cede Bertans em troca tripla e contrata Morris

O San Antonio Spurs garantiu a chegada de mais um reforço na noite desse sábado (6). De acordo com Adrian Wojnarowski, jornalista da emissora americana ESPN, e Shams Charania, jornalista do site americano The Athletic, a franquia texana acertou a contratação de Marcus Morris após troca tripla que enviou Davis Bertans para o Washington Wizards.

Marcus Morris é do Spurs (Reprodução/heavy.com)

A operação começou com o Spurs mudando o contrato de DeMarre Carroll, primeiro reforço fechado para a temporada 2019/2020. Em vez de trazê-lo como agente livre, o alvinegro acertou sua chegada por meio de uma troca tripla, mandando Bertans para o Wizards e abrindo espaço no elenco para a chegada de Morris. Com isso, o contrato de Carroll mudou: em vez de ser de dois anos e valor total de US$ 13 milhões, será de três anos e valor total de US$ 21 milhões.

A transação foi completada com o Brooklyn Nets, equipe em que Carroll jogava desde a temporada 2017/2018, recebendo os direitos de Nemanja Dangubic, ala sérvio de 26 anos selecionado na 54ª escolha do Draft de 2014 que estava ligado ao Spurs, e de Aaron White, ala-pivô americano da mesma idade selecionado pelo Wizards na 49ª escolha do Draft de 2015.

Ao mudar o contrato Carroll e ceder Bertans para o Wizards, o Spurs conseguiu abrir tanto uma vaga no elenco quanto o espaço salarial para acertar com Morris por dois anos e valor total de US$ 20 milhões. A segunda temporada do vínculo prevê uma player option.

Ala-pivô de 29 anos de idade e 2,06m de altura, Morris estava há dois anos no Celtics. Na última temporada, apresentou médias de 13,9 pontos (44,7% FG, 37,5% 3 PT, 84,4% FT) e 6,1 rebotes em 27,9 minutos por exibição na fase de classificação e 13,7 pontos (51,9% FG, 45% 3 PT, 74,2% FT) e 8,1 rebotes em 28,2 minutos por exibição nos playoffs.

Com isso, o Spurs segue com 15 jogadores sob contrato: Dejounte Murray, Derrick White, Patty Mills, Bryn Forbes, DeMar DeRozan, Lonnie Walker, Marco Belinelli, Keldon Johnson, DeMarre Carroll, Rudy Gay, Marcus Morris, Luka Samanic, Chimezie Metu, LaMarcus Aldridge e Jakob Poeltl. Em outras palavras, novos reforços só poderão chegar se alguém sair.