Arquivo da categoria: Notícias

Spurs pode trocar Green e Aldridge, diz site

O San Antonio Spurs parece disposto a abrir espaço salarial para a próxima temporada. Depois de convencer Pau Gasol a abrir mão da opção para renovar seu contrato e de ver David Lee e Dewayne Dedmon fazerem o mesmo, a franquia disponibilizou Danny Green e LaMarcus Aldridge para trocas de acordo com reportagem do site americano Bleacher Report.

Não adianta fazer cara feia, gente (Edward A. Ornelas/San Antonio Express-News)

Segundo Jabari Young, do jornal San Antonio Express-News, o Spurs está aberto à possibilidade de trocar Green, mas ainda nem sequer se aproximou de um acordo.

Além disso, de acordo com John Gambadoro, da rádio KMVP-FM, o Spurs tem interesse em trocar Aldridge por uma das cinco primeiras escolhas do Draft de 2017, que acontece nesta quinta-feira (22), a partir das 20h (de Brasília). Segundo Sam Amico, do site Amico Hoops, o Sacramento Kings, que possui a quinta escolha, seria um dos interessados.

Em 2016/2017, Green apresentou médias de 7,3 pontos e 3,3 rebotes em 26,6 minutos por jogo na fase de classificação e 7,8 pontos e 3,6 rebotes em 27,2 minutos por exibição nos playoffs. Seu salário para a próxima temporada é de US$ 10 milhões.

Aldridge, por sua vez, sustentou 17,3 pontos e 7,3 rebotes em 32,4 minutos por exibição na fase de classificação e 16,5 pontos e 7,4 rebotes em 33,6 minutos por exibição nos playoffs em 2016/2017. Seu salário para a próxima temporada é de US$ 21.461.010,00.

Se trocar Green e Aldridge, o valor em salários garantidos do Spurs para 2017/2018 cairia de US$ 73.476.137,00 para US$ 42.015.127,00. Ficariam pendentes a renovação de Gasol e os vínculos de possíveis novatos escolhidos pela franquia no Draft de 2017. O alvinegro ainda pode optar por selecionar jogadores estrangeiros e mantê-los longe da NBA, como fez recentemente com Davis Bertans, para economizar. O teto salarial da NBA na próxima temporada deve ser de aproximadamente US$ 99 milhões.

Assim, as movimentações permitiriam que o Spurs brigasse por agentes livres de grande porte. Segundo relatos, a franquia teria interesse na contratação do armador Chris Paul.

O Spurs ainda terá de lidar com mais decisões para reconstruir seu elenco para a temporada 2017/2018. Patty Mills, Manu Ginobili e Joel Anthony são agentes livres irrestritos – o argentino pode se aposentar. Jonathon Simmons tem uma qualifying offer, o que da à franquia o direito de igualar as propostas feitas por ele. Além disso, Bryn Forbes tem contrato não garantido e pode ser dispensado a qualquer momento sem custos adicionais.

Gasol e Lee recusam cláusulas de renovação com o Spurs

A manhã terça-feira (20) trouxe surpresas para os torcedores do San Antonio Spurs. Segundo Adrian Wojnarowski, do site The Vertical, o pivô Pau Gasol decidiu não exercer a opção de renovação de contrato com a franquia para a temporada 2017/2018 da NBA. Além disso, de acordo com Tom Orsborn, do jornal americano San Antonio-Express News, o ala-pivô David Lee fará o mesmo e se tornará agente livre irrestrito assim como o pivô espanhol.

Pau Gasol, Tony Parker e David Lee conversam no banco durante um jogo de pré-temporada em Outubro de 2016 (Reprodução: Edward A. Ornelas /San Antonio Express-News).

Gasol, Tony Parker e Lee conversam durante jogo (Edward A. Ornelas/San Antonio Express-News)

A diferença entre os dois é que Gasol pretende permanecer no Spurs, diminuindo seu salário e assinando por vários anos para facilitar a busca por reforços ou a manutenção de peças importantes como Patty Mills e Jonathon Simmons. Por outro lado, a intenção de Lee é buscar um melhor salário, uma vez que o ala-pivô vem de boa temporada.

Em 64 partidas na última temporada regular, sua primeira com a camisa do Spurs, Gasol teve médias de 12,4 pontos e 7,8 rebotes em 25,4 minutos por exibição. Nos playoffs, o pivô espanhol obteve médias de 7,7 pontos e 7,1 rebotes em 22,8 minutos por jogo.

Lee, por sua vez, fez 79 partidas na temporada regular, que também marcou sua primeira campanha pelo Spurs, e teve médias de 7,3 pontos e 5,6 rebotes em 18.7 minutos por exibição. Nos playoffs, registrou médias de 4,1 pontos e 3,8 rebotes em 16,3 minutos por jogo.

Dedmon recusa opção de renovação e vira agente livre

O elenco do San Antonio Spurs sofreu sua primeira baixa após a eliminação para o Golden State Warriors. Segundo o site americano Pounding the Rock, o pivô Dewayne Dedmon rejeitou sua opção de renovação unilateral com a franquia e virou agente livre irrestrito.

Dewayne Dedmon com LaMarcus Aldridge (Reprodução/nba.com/spurs)

Após apresentar médias de 5,1 pontos e 6,5 rebotes em 17,5 minutos na temporada em sua primeira campanha com o Spurs, Dedmon abriu mão de renovar com o alvinegro por um ano e US$ 3 milhões. Agora, ele pode negociar com qualquer franquia – incluindo a texana.

A informação foi dada em primeira mão por Shams Charania, do Yahoo! Sports.

O Spurs ainda terá de lidar com mais decisões para a próxima temporada. Pau Gasol e David Lee têm a opção de renovar unilateralmente com o Spurs por, respectivamente, cerca de US$ 16,2 milhões e US$ 2,3 milhões. Patty Mills, Manu Ginobili e Joel Anthony são agentes livres irrestritos – o argentino pode se aposentar. Jonathon Simmons tem uma qualifying offer, o que da à franquia o direito de igualar as propostas feitas por ele. Além disso, Bryn Forbes tem contrato não garantido e pode ser dispensado a qualquer momento sem custos adicionais.

Spurs e Chris Paul teriam “interesse mútuo”

Poucos dias após a derrota para o Golden State Warriors, já começam a surgir rumores a respeito da montagem do elenco do San Antonio Spurs para a temporada 2017/2018. De acordo com reportagem da NBC Sports, a franquia texana tem interesse na contratação do armador Los Angeles Clippers, que também vê um possível acerto com bons olhos.

Chris Paul e Kawhi Leonard: Que tal juntos? (Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images)

A informação surgiu em um podcast de Zach Lowe, da ESPN americana. De acordo com o jornalista, entre os rumores sobre Paul, este parece real. No entanto, há curiosidade para saber como um acerto seria possível com a situação salarial do alvinegro.

Para a próxima temporada, Pau Gasol, Dewayne Dedmon e David Lee têm a opção de renovar unilateralmente com o Spurs por, respectivamente, cerca de US$ 16,2 milhões, US$ 3 milhões e US$ 2,3 milhões. Patty Mills, Manu Ginobili e Joel Anthony são agentes livres irrestritos – o argentino pode se aposentar. Jonathon Simmons tem uma qualifying offer, o que da à franquia o direito de igualar as propostas feitas por ele. Além disso, Bryn Forbes tem contrato não garantido e pode ser dispensado a qualquer momento sem custos adicionais.

Paul tem uma cláusula em seu contrato que o permite sair do seu contrato, que pagaria cerca de US$ 24,3 milhões na próxima temporada, e se tornar agente livre irrestrito. Por isso, o armador provavelmente teria de abrir mão de muito dinheiro para assinar com o Spurs.

Leonard e Popovich são finalistas de prêmios da NBA

Kawhi Leonard e Gregg Popovich podem ser honrados ao fim dos playoffs. Nessa sexta-feira (10), a NBA divulgou os finalistas para os prêmios da temporada, com o ala do San Antonio Spurs aparecendo em duas categorias e o técnico do time em mais uma.

Leonard e Pop em ação na temporada (Ronald Cortes/Getty Images)

Leonard e Pop em ação na temporada (Ronald Cortes/Getty Images)

Leonard foi um dos finalistas para o prêmio de MVP. Seus adversários na disputa pelo prêmio mais cobiçado são Russell Westbrook, do Oklahoma City Thunder, e James Harden, do Houston Rockets. Além disso, o camisa #2 foi escolhido para disputar o prêmio de defensor do ano junto com Draymond Green, do Golden State Warriors, e Rudy Gobert, do Utah Jazz. Vale lembrar que o ala do Spurs ganhou a segunda categoria nas duas últimas temporadas.

Gregg Popovich também concorre a um prêmio. O técnico do Spurs foi um dos escolhidos para disputar o prêmio de treinador do ano, junto com Mike D’Antoni, do Houston Rockets, e Erik Spoelstra, do Miami Heat. O comandante alvinegro já levou a honraria três vezes.

Todos os premiados serão anunciados na noite de 26 de junho, na cidade de Nova York.