Arquivo da categoria: Notícias

Spurs anuncia aposentadoria da camisa de Tim Duncan

Nesta quarta-feira (16), o San Antonio Spurs anunciou a aposentadoria da camisa #21, número que desde a temporada 1997/1998 foi de Tim Duncan. E agora, 19 anos e cinco títulos depois, não será de mais ninguém. A cerimônia acontecerá no dia 18 de dezembro no AT&T Center, depois da partida contra o New Orleans Pelicans.

Era uma vez uma noite de Draft. O resto é história. (Foto: San Antonio Spurs Facebook)

Era uma vez uma noite de Draft. O resto é história. (Foto: San Antonio Spurs Facebook)

Com isso, Duncan se tornará o oitavo atleta a ter sua camisa pendurada no alto do ginásio do Spurs. Antes dele, foram imortalizados Bruce Bowen (#12), Sean Elliot (#32), George Gervin (#44), Avery Johnson (#6), Johnny Moore (#00), David Robinson (#50) e James Silas (#13).

Ao todo, Duncan conquistou o anel da NBA cinco vezes (1998/1999, 2002/2003, 2004/2005, 2006/2007 e 2013/2014). Com o ala-pivô, o Spurs registrou 1.072 vitórias e 438 derrotas, cerca de 70% de aproveitamento, melhor marca de um jogador nas 19 temporadas em que atuou na liga. E, para efeitos de comparação, é um recorde de aproveitamento também se considerarmos a NFL, NHL e MLB durante o período. O ídolo também ajudou a franquia a chegar nos playoffs em todas as 19 campeonatos que disputou e se tornou o único da história da liga a ganhar títulos como titular em três décadas diferentes.

Dentre os vários recordes e marcas alcançadas por Duncan, vale destacar a parceria feita com o francês Tony Parker e o argentino Manu Ginobili. Juntos, eles se tornaram o trio mais vitorioso da temporada regular com 575 triunfos, e também na pós-temporada, com 126. Além disso, a parceria com Gregg Popovich também não pode passar batida. Afinal, foram 19 campeonatos juntos totalizando 1.001 vitórias, sendo a parceria atleta-treinador mais vitoriosa da história da NBA. Ah, e por falar nestes 19 anos, o astro é um dos três jogadores, juntamente com John Stockton, ex-Utah Jazz e Kobe Bryant, ex-Los Angeles Lakers, a ficar tanto tempo defendendo a mesma franquia na liga. Merecida a homenagem ou não?

Murray, Forbes e Bertans vão para a D-League

Nesse domingo (13), o San Antonio Spurs informou que Dejounte Murray, Bryn Forbes e Davis Bertans foram mandados para o Austin Spurs, time da D-League, a liga de desenvolvimento da NBA, filiado ao alvinegro. No mesmo dia, os três estiveram em quadra na derrota por 118 a 95 para o Oklahoma City Blue, na estreia da equipe da capital texana na temporada.

Spurs levou a melhor sobre o Blue (Reprodução/facebook.com/austinspurs)

Spurs levou a melhor sobre o Blue (Reprodução/facebook.com/austinspurs)

Bertans foi o destaque do Spurs no jogo. O letão deixou a quadra com 22 pontos, seis rebotes e três roubadas de bola em 36 minutos e dividiu o posto de cestinha da partida com Chris Wright, do Blue. Murray e Forbes também foram titulares – o armador anotou 18 pontos, sete assistências, seis rebotes e três roubadas de bola em 37 minutos, enquanto o ala-armador contribuiu com sete pontos, três rebotes e duas roubadas de bola em 35 minutos.

Mais três velhos conhecidos da torcida texana estiveram em quadra. Patricio Garino foi titular e obteve 18 pontos, quatro rebotes, quatro assistências e três roubadas de bola em 33 minutos. Livio Jean-Charles veio do banco e anotou seis pontos e quatro rebotes em 24 minutos. Por fim, Ryan Arcidiacono, também reserva, registrou duas roubadas de bola em 18 minutos.

Anthony, Arcidiacono, Garino e Jean-Charles são cortados

O San Antonio Spurs anunciou nesse sábado (22) a dispensa de quatro jogadores que faziam parte do elenco alvinegro durante a pré-temporada: o armador Ryan Arcidiacono, os alas Patricio Garino e Livio Jean-Charles e o pivô Joel Anthony. O elenco da equipe texana agora conta com 15 atletas, o máximo permitido pela NBA para a temporada regular.

Boris Diaw deverá ser trocado afim de abrir espaço na folha salarial (Reprodução/businessinsider.com)

Garino foi um dos dispensados pela equipe (Reprodução/lanacion.com.ar)

O elenco do Spurs agora é composto por Tony Parker, Patty Mills, Dejounte Murray e Nicolas Laprovittola na armação; Danny Green, Manu Ginobili, Jonathon Simmons e Bryn Forbes como ala-armadores, Kawhi Leonard e Kyle Anderson na ala, LaMarcus Aldridge, Davis Bertans e David Lee como ala-pivôs e Paul Gasol e Dewayne Dedmon como pivôs.

As equipes da D-League têm prioridade na contratação dos últimos jogadores dispensados por suas afiliadas da NBA na pré-temporada. Por isso, o Austin Spurs pode ser o destino de Ardicidiacono, Garino e Jean-Charles. Anthony, por sua vez, deve buscar outro destino.

VAIVÉM: Veja quem chega, quem sai e os rumores sobre o Spurs

Spurs renova com Anderson

O San Antonio Spurs assegurou a posse de uma das apostas para seu futuro por mais um ano. Nessa sexta-feira (21), a franquia anunciou que exerceu sua função e renovou o contrato do ala Kyle Anderson, que agora tem vínculo garantido até o meio de 2018.

Anderson segue no Spurs (Reprodução/si.com)

Anderson segue no Spurs (Reprodução/si.com)

Seguindo o padrão dos contratos assinados por novatos, o Spurs tinha a opção unilateral de renovar com Anderson por US$ 2.151.704,00 para a temporada 2017/2018 – nesta, o ala vai receber US$ 1.192.080,00. A franquia texana ainda pode novamente se movimentar para igualar qualquer proposta que o jogador receber antes da temporada 2018/2019.

Na última temporada, Anderson teve médias de 4,5 pontos e 3,1 rebotes em 16 minutos por jogo na fase de classificação e 2,3 pontos e 2,4 rebotes em 12,9 minutos por exibição nos playoffs. Nesta pré-temporada, tem 5,8 pontos e 3,8 rebotes em 19,8 minutos por partida.

Spurs pode trocar Aldridge

Uma das maiores contratações da história do San Antonio Spurs na agência livre pode ter um desfecho diferente do esperado. De acordo com reportagens da imprensa americana, a franquia texana pode trocar o ala-pivô LaMarcus Aldridge durante a temporada.

Aldridge pode estar de saída (Reprodução/247sports.com/)

Aldridge pode estar de saída (Reprodução/247sports.com/)

Em aparição na CSN New England, a colunista Jackie MacMullan afirmou que Aldridge não funcionou do modo que o Spurs esperava e que a franquia pode trocá-lo durante a temporada.

Além disso, segundo o jornal americano San Antonio Express-News, Aldridge pode não estar satisfeito com seu papel na equipe. O Spurs convenceu-o a assinar com a franquia afirmando que ele seria o centro do ataque, o que não aconteceu com a ascensão de Kawhi Leonard.

Nessa terça-feira (18), Aldridge aqueceu com os companheiros, mas não participou do coletivo do Spurs aberto ao público no AT&T Center, tradicional evento de pré-temporada da franquia.

Na última temporada, sua primeira com a camisa do Spurs, Aldridge apresentou médias de 18 pontos e 8,5 rebotes em 30,6 minutos por exibição na fase de classificação e 21,9 pontos e 8,3 rebotes em 33,7 minutos por partida nos playoffs. Nesta pré-temporada, o ala-pivô sustenta médias de 12 pontos e seis rebotes em 24 minutos por compromisso pela equipe texana.

VAIVÉM: Veja quem chega, quem sai e os rumores sobre o Spurs