Arquivo da categoria: Notícias

Spurs dispensa Laprovittola

Nessa terça-feira (27), o San Antonio Spurs anunciou a primeira alteração em seu elenco desde o início da temporada regular. A franquia texana decidiu dispensar o armador argentino Nicolás Laprovittola, novato de 26 anos de idade contratado durante a offseason.

Valeu, Lapro! (Reprodução/mundod.lavoz.com.ar/)

Valeu, Lapro! (Reprodução/mundod.lavoz.com.ar/)

Laprovittola disputou 18 dos 31 jogos do time na temporada – três deles como titular – e apresentou médias de 3,3 pontos e 1,6 assistências em 9,7 minutos por exibição. O argentino vinha recebendo oportunidades nas noites de descanso de Tony Parker, mas, na última delas, foi Dejounte Murray quem apareceu no quinteto titular na vitória sobre o Portland TrailBlazers.

O elenco do Spurs tem agora 14 jogadores, um a menos que o máximo permitido pela NBA.

Spurs anuncia aposentadoria da camisa de Tim Duncan

Nesta quarta-feira (16), o San Antonio Spurs anunciou a aposentadoria da camisa #21, número que desde a temporada 1997/1998 foi de Tim Duncan. E agora, 19 anos e cinco títulos depois, não será de mais ninguém. A cerimônia acontecerá no dia 18 de dezembro no AT&T Center, depois da partida contra o New Orleans Pelicans.

Era uma vez uma noite de Draft. O resto é história. (Foto: San Antonio Spurs Facebook)

Era uma vez uma noite de Draft. O resto é história. (Foto: San Antonio Spurs Facebook)

Com isso, Duncan se tornará o oitavo atleta a ter sua camisa pendurada no alto do ginásio do Spurs. Antes dele, foram imortalizados Bruce Bowen (#12), Sean Elliot (#32), George Gervin (#44), Avery Johnson (#6), Johnny Moore (#00), David Robinson (#50) e James Silas (#13).

Ao todo, Duncan conquistou o anel da NBA cinco vezes (1998/1999, 2002/2003, 2004/2005, 2006/2007 e 2013/2014). Com o ala-pivô, o Spurs registrou 1.072 vitórias e 438 derrotas, cerca de 70% de aproveitamento, melhor marca de um jogador nas 19 temporadas em que atuou na liga. E, para efeitos de comparação, é um recorde de aproveitamento também se considerarmos a NFL, NHL e MLB durante o período. O ídolo também ajudou a franquia a chegar nos playoffs em todas as 19 campeonatos que disputou e se tornou o único da história da liga a ganhar títulos como titular em três décadas diferentes.

Dentre os vários recordes e marcas alcançadas por Duncan, vale destacar a parceria feita com o francês Tony Parker e o argentino Manu Ginobili. Juntos, eles se tornaram o trio mais vitorioso da temporada regular com 575 triunfos, e também na pós-temporada, com 126. Além disso, a parceria com Gregg Popovich também não pode passar batida. Afinal, foram 19 campeonatos juntos totalizando 1.001 vitórias, sendo a parceria atleta-treinador mais vitoriosa da história da NBA. Ah, e por falar nestes 19 anos, o astro é um dos três jogadores, juntamente com John Stockton, ex-Utah Jazz e Kobe Bryant, ex-Los Angeles Lakers, a ficar tanto tempo defendendo a mesma franquia na liga. Merecida a homenagem ou não?

Murray, Forbes e Bertans vão para a D-League

Nesse domingo (13), o San Antonio Spurs informou que Dejounte Murray, Bryn Forbes e Davis Bertans foram mandados para o Austin Spurs, time da D-League, a liga de desenvolvimento da NBA, filiado ao alvinegro. No mesmo dia, os três estiveram em quadra na derrota por 118 a 95 para o Oklahoma City Blue, na estreia da equipe da capital texana na temporada.

Spurs levou a melhor sobre o Blue (Reprodução/facebook.com/austinspurs)

Spurs levou a melhor sobre o Blue (Reprodução/facebook.com/austinspurs)

Bertans foi o destaque do Spurs no jogo. O letão deixou a quadra com 22 pontos, seis rebotes e três roubadas de bola em 36 minutos e dividiu o posto de cestinha da partida com Chris Wright, do Blue. Murray e Forbes também foram titulares – o armador anotou 18 pontos, sete assistências, seis rebotes e três roubadas de bola em 37 minutos, enquanto o ala-armador contribuiu com sete pontos, três rebotes e duas roubadas de bola em 35 minutos.

Mais três velhos conhecidos da torcida texana estiveram em quadra. Patricio Garino foi titular e obteve 18 pontos, quatro rebotes, quatro assistências e três roubadas de bola em 33 minutos. Livio Jean-Charles veio do banco e anotou seis pontos e quatro rebotes em 24 minutos. Por fim, Ryan Arcidiacono, também reserva, registrou duas roubadas de bola em 18 minutos.

Anthony, Arcidiacono, Garino e Jean-Charles são cortados

O San Antonio Spurs anunciou nesse sábado (22) a dispensa de quatro jogadores que faziam parte do elenco alvinegro durante a pré-temporada: o armador Ryan Arcidiacono, os alas Patricio Garino e Livio Jean-Charles e o pivô Joel Anthony. O elenco da equipe texana agora conta com 15 atletas, o máximo permitido pela NBA para a temporada regular.

Boris Diaw deverá ser trocado afim de abrir espaço na folha salarial (Reprodução/businessinsider.com)

Garino foi um dos dispensados pela equipe (Reprodução/lanacion.com.ar)

O elenco do Spurs agora é composto por Tony Parker, Patty Mills, Dejounte Murray e Nicolas Laprovittola na armação; Danny Green, Manu Ginobili, Jonathon Simmons e Bryn Forbes como ala-armadores, Kawhi Leonard e Kyle Anderson na ala, LaMarcus Aldridge, Davis Bertans e David Lee como ala-pivôs e Paul Gasol e Dewayne Dedmon como pivôs.

As equipes da D-League têm prioridade na contratação dos últimos jogadores dispensados por suas afiliadas da NBA na pré-temporada. Por isso, o Austin Spurs pode ser o destino de Ardicidiacono, Garino e Jean-Charles. Anthony, por sua vez, deve buscar outro destino.

VAIVÉM: Veja quem chega, quem sai e os rumores sobre o Spurs

Spurs renova com Anderson

O San Antonio Spurs assegurou a posse de uma das apostas para seu futuro por mais um ano. Nessa sexta-feira (21), a franquia anunciou que exerceu sua função e renovou o contrato do ala Kyle Anderson, que agora tem vínculo garantido até o meio de 2018.

Anderson segue no Spurs (Reprodução/si.com)

Anderson segue no Spurs (Reprodução/si.com)

Seguindo o padrão dos contratos assinados por novatos, o Spurs tinha a opção unilateral de renovar com Anderson por US$ 2.151.704,00 para a temporada 2017/2018 – nesta, o ala vai receber US$ 1.192.080,00. A franquia texana ainda pode novamente se movimentar para igualar qualquer proposta que o jogador receber antes da temporada 2018/2019.

Na última temporada, Anderson teve médias de 4,5 pontos e 3,1 rebotes em 16 minutos por jogo na fase de classificação e 2,3 pontos e 2,4 rebotes em 12,9 minutos por exibição nos playoffs. Nesta pré-temporada, tem 5,8 pontos e 3,8 rebotes em 19,8 minutos por partida.