Arquivo da categoria: Notícias

Aldridge é eleito para segundo time ideal da NBA

Nessa quinta-feira (24), a NBA anunciou que LaMarcus Aldridge foi eleito para o segundo time ideal da NBA na temporada 2017/2018. Foi a quinta honraria do tipo para o ala-pivô, que começou sua carreira no Portland Trailblazers e chegou à franquia texana em 2015. O camisa #12 também foi eleito para o segundo time em 2015 e para o terceiro em 2011, 2014 e 2016.

Aldridge fez grande temporada pelo Spurs (Soobum Im/USA TODAY Sports)

Na temporada, a sexta em que Aldridge foi para o All-Star Game, o ala-pivô teve médias de 23,1 pontos e 8,5 rebotes em 33,4 minutos por partida, convertendo 51% dos seus arremessos de quadra e 83,7% dos seus lances livres. O jogador foi o único do Spurs com mais de 12 pontos por jogo e com pelo menos dez partidas disputadas, o que aconteceu pela primeira vez na NBA desde o Minneapolis Lakers da temporada 1953/1954 com George Mikan.

Aldridge fez dez ou mais pontos 73 vezes na temporada e liderou o time no quesito em 59 jogos. Com isso, se tornou o quinto jogador da história do Spurs a ser cestinha de 50 ou mais jogos em uma campanha, se juntando a George Gervin, David Robinson, Tim Duncan e Kawhi Leonard.

Além de Aldridge, só mais seis jogadores foram eleitos para times ideais da NBA cinco vezes desde 2011: Chris Paul, Stephen Curry, Russell Westbrook, James Harden, LeBron James e Kevin Durant. Assim, o ala-pivô é o único que atua no garrafão a conseguir o feito.

Com a eleição de Aldridge, o Spurs conseguiu emplacar pelo menos um jogador nos times ideais da NBA nos últimos 21 anos, maior sequência ativa da NBA. Em toda a história da franquia texana, foram 44 nomeações: 21 para o primeiro time, 12 para o segundo e 11 para o terceiro.

Entre os honrados a serviço do Spurs, apenas sete o fizeram mais de uma vez: George Gervin, David Robinson, Tim Duncan, Tony Parker, Manu Ginobili, Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge.

O primeiro time ideal da NBA foi formado com Damian Lillard, do Portland Trailblazers, James Harden, do Houston Rockets, LeBron James, do Cleveland Cavaliers, Kevin Durant, do Golden State Warriors, e Anthony Davis, do New Orleans Pelicans. Os companheiros de Aldridge no segundo time são Russell Westbrook, do Oklahoma City Thunder, DeMar DeRozan, do Toronto Raptors, Giannis Antetokounmpo, do Milwaukee Bucks, e Joel Embiid, do Philadelphia 76ers.

Por fim, o terceiro time ideal da NBA na temporada tem Stephen Curry, do Golden State Warriors, Victor Oladipo, do Indiana Pacers, Jimmy Butler, do Minnesota Timberwolves, Paul George, do Oklahoma City Thunder, e Karl-Anthony Towns, do Minnesita Timberwolves.

Anúncios

Murray é eleito para time de defesa e faz história

Nessa quarta-feira (23), a NBA anunciou que Dejounte Murray, armador do San Antonio Spurs, foi eleito para o segundo time ideal de defesa da temporada 2017/2018 da NBA. Com isso, o jogador de 21 anos de idade bateu recorde de Kobe Bryant e se tornou o mais jovem da história a aparecer em um time ideal de defesa da liga profissional americana de basquete.

Dejounte Murray fez história pelo Spurs (Sam Sharpe/USA TODAY Sports)

Na temporada, Murray teve médias de 8,1 pontos, 5,7 rebotes, 1,2 roubos de bola e 0,4 tocos em 21,5 minutos por jogo. Além disso, se tornou o único da NBA a registrar 400 rebotes, 90 roubadas de bola e 30 tocos tendo menos de dois metros de altura. O armador somou 459 rebotes, superando Johnny Morre, que havia coletado 378 na temporada 1984/1985, e se tornando o jogador da posição com mais rebotes em uma temporada a serviço do Spurs. Além disso, o jovem teve 12 duplos-duplos com pontos e rebotes, novo recorde da franquia.

Ganhando a titularidade durante a temporada, Murray foi parte da defesa que segurou adversários a 99,8 pontos por jogo, melhor marca da NBA. Foi o 23º ano seguido que o Spurs não chegou à média de 100 pontos sofridos por jogo. Durante a campanha, a franquia texana levou menos de 100 pontos 42 vezes e liderou a liga no quesito.

Assim, Murray se torna o nono jogador da história do Spurs a ser eleito para um time de defesa. Os outros nove foram George Johnson, Alvin Robertson, David Robinson, Dennis Rodman, Tim Duncan, Bruce Bowen, Kawhi Leonard e Danny Green. Nas últimas 31 temporadas, a franquia texana teve ao menos um representante em um time de defesa em 28.

O primeiro time ideal de defesa foi formado por Jrue Holiday, do New Orleans Pelicans, Victor Oladipo, do Indiana Pacers, Robert Covington, do Philadelphia 76ers, Anthony Davis, do New Orleans Pelicans, e Rudy Gobert, do Utah Jazz. Os colegas de Murray no segundo time são Jimmy Butler, do Minnesota Timberwolves, Draymond Green, do Golden State Warriors, Al Horford, do Boston Celtics, e Joel Embiid, do Philadelphia 76ers. Danny Green, ala-armador do Spurs, e LaMarcus Aldridge, ala-pivô da franquia texana, também receberam votos na eleição.

Assistente técnico deixa o Spurs rumo ao Hornets

O San Antonio Spurs já tem sua primeira baixa para a temporada 2018/2019. De acordo com reportagem de Adrian Wojnarowski, jornalista da ESPN, o assistente técnico James Borrego aceitou proposta para deixar a franquia e se tornar treinador principal do Charlotte Hornets.

Borrego estava no Spurs desde 2015 (Reprodução/clutchpoints.com)

Técnico de 41 anos de idade, Borrego começou sua carreira na função em 2001, quando se tornou assistente da Universidade de San Diego. Três anos depois, foi contratado pelo Spurs para sua primeira passagem pela franquia texana, que durou até 2010.

Depois, Borrego passou por New Orleans Hornets e Orlando Magic, onde chegou a exercer o cargo de interino, até 2015, ano em que voltou ao Spurs. Ele estava na franquia desde então.

Ettore Messina, Ime Udoka e Becky Hammon, outros assistentes do Spurs, também são alvos de franquias que buscam treinador, assim como Monty Williams, vice-presidente de basquete da franquia. Com isso, a comissão de Gregg Popovich para a próxima temporada é um mistério.

Pop chama Kawhi para ciclo olímpico dos Estados Unidos

Nesta sexta-feira (6), a USA Basketball, entidade que gere o basquete americano, anunciou lista com 35 pré-convocados por Gregg Popovich para a seleção para o ciclo olímpico que se encerrará nos Jogos de 2020. Em sua estreia como comandante da equipe nacional, o treinador do San Antonio Spurs incluiu Kawhi Leonard, ala da franquia texana, na relação.

Kawhi Leonard em ação pela seleção americana (Reprodução/usab.com)

Leonard participou de nove dos 79 jogos que o Spurs fez na temporada 2017/2018, apresentando médias de 16,2 pontos, 4,7 rebotes e duas roubadas de bola em 23,3 minutos por exibição. De acordo com relatos da imprensa americana especializada em NBA, um dos problemas do ala, que começou a campanha se recuperando de lesão no quadríceps da perna direita, é a suposta relação ruim sua e de seu estafe com a franquia de San Antonio.

Campeã olímpica em 2016, a seleção americana começou o ciclo com uma equipe formada majoritariamente por jogadores da D-League, vencendo a Copa América de 2017 e seus quatro primeiros compromisso nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019. Na offseason, os jogadores da NBA podem estrear contra o México, dia 28 de junho, e Cuba, dia 1º de julho.

Segundo o comunicado emitido pela USA Basketball, espera-se que a seleção americana seja formada com base nestes 35 jogadores na Copa do Mundo de 2019 e na Olimpíada de 2020.

CONFIRA OS PRÉ-CONVOCADOS POR POP:

Armadores
Chris Paul (Houston Rockets)
Damian Lillard (Portland TrailBlazers)
Isaiah Thomas (Los Angeles Lakers)
John Wall (Washington Wizards)
Kemba Walker (Charlotte Hornets)
Kyle Lowry (Toronto Raptors)
Kyrie Irving (Boston Celtics)
Mike Conley (Memphis Grizzlies)
Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder)
Stephen Curry (Golden State Warriors)

Alas-armadores
Bradley Beal (Washington Wizards)
CJ McCollum (Portland TrailBlazers)
DeMar DeRozan (Toronto Raptors)
Devin Booker (Phoenix Suns)
Eric Gordon (Houston Rockets)
Klay Thompson (Golden State Warriors)
Victor Oladipo (Indiana Pacers)

Alas
Gordon Hayward (Boston Celtics)
Harrison Barnes (Dallas Mavericks)
James Harden (Houston Rockets)
Jimmy Butler (Minnesota Timberwolves)
Kawhi Leonard (San Antonio Spurs)
Kevin Durant (Golden State Warriors)
Khris Middleton (Milwaukee Bucks)
LeBron James (Cleveland Cavaliers)
Paul George (Oklahoma City Thunder)

Alas-pivôs
Anthony Davis (New Orleans Pelicans)
Blake Griffin (Detroit Pistons)
Draymond Green (Golden State Warriors)
Kevin Love (Cleveland Cavaliers)
Tobias Harris (Los Angeles Clippers)

Pivôs
Andre Drummond (Detroit Pistons)
DeAndre Jordan (Los Angeles Clippers)
DeMarcus Cousins (New Orleans Pelicans)
Myles Turner (Indiana Pacers)

Aldridge é eleito o jogador da semana no Oeste

Nesta segunda-feira (26), a NBA anunciou que LaMarcus Aldridge, do San Antonio Spurs, foi eleito o melhor da Conferência Oeste na semana de 19 a 25 de março. Foi a segunda vez que o ala-pivô levou o prêmio desde 2015, ano em que foi contratado, e a décima em sua carreira.

Aldridge em ação durante jogo contra o Wizards (Reprodução/nba.com/spurs)

Aldridge é apenas o terceiro jogador da história do Spurs que jogou na franquia e foi eleito pelo menos dez vezes o melhor jogador da Conferência Oeste. Os outros dois são ídolos da franquia de San Antonio: Tim Duncan, com 23 honrarias, e David Robinson, com 14.

Na semana em questão, Aldridge teve médias de 34,8 pontos, 9,3 rebotes, 2,3 assistências e dois tocos em 34,8 minutos por exibição, convertendo 59,6% nos arremessos de quadra e 86,7% nos lances livres. Com isso, ajudou o Spurs a vencer três dos quatro jogos que fez no período.

O camisa #12 começou a semana anotando 33 pontos, 12 rebotes e dois tocos na vitória sobre o Golden State Warriors. Depois, registrou 27 pontos, nove rebotes, quatro assistências e dois tocos em triunfo sobre o Washington Wizards. Continuando, o ala-pivô somou históricos 45 pontos, nove rebotes e três tocos para ajudar o Spurs a derrotar o Utah Jazz. Por fim, deixou a quadra com 37 pontos e sete rebotes no revés para o Milwaukee Bucks, na única das quatro partidas que a equipe de San Antonio fez fora de casa no período em questão.

LeBron James, do Cleveland Cavaliers, foi eleito o jogador da semana na Conferência Leste.