Arquivo da categoria: All-Star 2014

Parker tem atuação discreta e Leste vence o All-Star Game

assinatura SA Br

Depois de Marco Belinelli brilhar no Torneio de Três Pontos, no sábado à noite, foi a vez de Tony Parker representar o San Antonio Spurs no 66º All-Star Game da NBA, em New Orleans, neste domingo (16). Em sua sexta participação no evento, o francês esteve em quadra pelo time da Conferência Oeste por apenas 11 minutos e teve atuação discreta na derrota por 163 a 155 para o Leste. O destaque dos vencedores foi o armador Kyrie Irving, do Cleveland Cavaliers, que faturou o MVP, em partida marcada pela queda de vários recordes e por um último quarto acirrado, com boa dose de intensidade.

Parker em ação no seu sexto All-Star Game (NBAE/Getty Images)

Tony Parker, que vem sendo poupado em algumas partidas do Spurs por problemas nas costas e na perna, foi pouco utilizado pelo treinador do Oeste, Scott Brooks, e saiu de quadra com apenas quatro pontos (2-5 FG), dois rebotes e uma assistência. O francês está confirmado para o jogo com o Los Angeles Clippers, na terça-feira (18), no Staples Center.

Se o camisa #9 do Spurs não teve grande atuação, o espetáculo foi garantido pelas demais estrelas, que deram ao público um festival de belos lances e enterradas dos mais diversos tipos – melhores, inclusive, que no Torneio de Enterradas do dia anterior. Só no primeiro quarto, pelo Oeste, Blake Griffin (Los Angeles Clippers) deu oito cravadas, marcando os primeiros 18 dos seus 38 pontos na partida, ficando, junto com Kevin Durant, a quatro pontos da maior marca da história, de Wilt Chamberlein, que fez 42 em 1962.

Mas o jogo foi mesmo marcado pela quebra de recordes do evento. As duas equipes proporcionaram a maior pontuação da história do All-Star Game, ao combinarem para 318 pontos, superando os 303 de 1987. Com os 163 pontos anotados, o Leste ainda superou a melhor marca, que era de 155, feita pelo time do Oeste de 2003.

Irving foi o MVP (NBAE/Getty Images)

Outro fato que marcou o jogo foi a intensidade das equipes no quarto derradeiro, após o Leste recuperar 18 pontos de desvantagem para o adversário no terceiro período. O principal responsável por isso foi Kyrie Irving, do Cleveland Cavaliers, que não estava para brincadeiras e quebrou outro recorde ao anotar 28 pontos só no segundo tempo, comandando a virada da sua equipe e garantindo o prêmio de MVP em seu primeiro ano como titular do All-Star Game. O jovem armador, que é companheiro de equipe do brasileiro Anderson Varejão, terminou a partida festiva com 31 pontos, 14 assistências e cinco rebotes.

Quem também se destacou foi Carmelo Anthony, que terminou com 30 pontos e determinou o novo recorde de bolas de três pontos do evento ao converter oito. Duas vezes MVP do All-Star Game, LeBron James terminou com 22 pontos, sete rebotes e sete assistências.

Assista às dez melhores jogadas do All-Star Game 2014:

Anúncios

Belinelli é campeão do Torneio de Três Pontos

assinatura SA Br

OH MAMMA MIA! Após bater na trave no ano passado, o San Antonio Spurs deixou sua marca no All-Star Weekend de New Orleans. O italiano Marco Belinelli venceu o Torneio de Três Pontos, disputado neste sábado (16), ao superar, na final, o ala-armador Bradley Beal, do Washington Wizards, pelo placar de 24 a 18. Desta forma, o camisa #3 se tornou o primeiro jogador do time texano a levar o concurso, que acontece desde a temporada 1985/1986.

Belinelli com o troféu do Torneio de Três Pontos (Reprodução Twitter)

A primeira etapa do torneio, apenas entre jogadores da mesma conferência, começou complicada para Belinelli, com apenas um acerto no primeiro carrinho e com direito a dois airballs. Porém, o bom aproveitamento no último carrinho (4/5), que continha apenas as moneyballs (que valem o dobro), fez o italiano somar 19 pontos, o suficiente para superar Kevin Love (Minnesota Timberwolves) e Stephen Curry (Golden State Warriors), ambos com 16 pontos, e Damien Lillard (Portland Trail Blazers), que chegou a 18.

Como representante da Conferência Oeste na etapa final, Belinelli encarou Bradley Beal, do Washington Wizards, que teve o melhor desempenho da primeira parcial, com 21 pontos, superando os concorrentes do Leste, Joe Johnson (Brooklyn Nets), Arron Affalo (Orlando Magic) e Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers), que era o atual campeão e fez só 17.

Na final, ocorreu um empate entre os dois competidores, com ambos terminando com 21 pontos. Já no tiebreak, o gatilho italiano acertou a pontaria e anotou 24 pontos, contra 18 do ala-armador da equipe da capital, e assegurou o título do Torneio de Três Pontos, justificando porque é um dos melhores chutadores da atual temporada da NBA.

Assista à sequência que rendeu o título a Belinelli, no tiebreak:

NBA confirma Belinelli no Torneio de Três Pontos

*por Renan Belini

Gatilho texano em NOLA (NBAE/Getty Images)

Conforme informações que já circulavam na imprensa americana, Marco Belinelli será representante do San Antonio Spurs no All-Star Weekend, que acontecerá na Nova Orleans, entre os dias 14 e 16 de fevereiro. O italiano disputará o torneio de três pontos, no sábado à noite, e tentará obter mais sucesso que Matt Bonner em 2013, quando o ala-pivô ficou com o vice-campeonato. O ala-armador  junta-se a Tony Parker, que foi escolhido como reserva do time do Oeste no All-Star Game, que fechará o fim de semana festivo no domingo à noite.

Terceiro melhor chutador de três pontos da NBA na atual temporada, com 44.4% de aproveitamento, o ala-armador alvinegro terá como concorrentes, pelo time da Conferência Leste, Aaron Afallo (Orlando Magic), Bradley Beal (Washington Wizards), Joe Johnson (Brooklyn Nets) e o defensor do título, Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers). Já no time do Oeste, Stephen Curry (Golden State Warriors), Damian Lillard (Portland TrailBlazers) e Kevin Love (Minnesota Timberwolves) ao lado de Belinelli.

Nesta edição, a disputa terá uma novidade: os jogadores poderão escolher um dos cinco carrinhos ao redor do arco  para conter apenas “money balls“, as bolas coloridas que valem o dobro da pontuação. De resto, o formato é igual ao do ano passado, com os jogadores separados por suas respectivas conferências. Todos terão 60 segundos para disparar seus chutes. Os dois melhores de cada conferência avançam e disputam a final em mais uma série.

Reforço Feminino

Becky Hammon, armadora do San Antonio Stars, da WNBA, participará pela quinta vez do Arremesso das Estrelas, evento que também ocorre no sábado e reúne quatro equipes, formadas por um jogador em atividade e uma lenda da NBA, além de uma estrela da WNBA. No desafio, vence quem completa em menos tempo um circuito de arremessos, que termina com um chute do meio da quadra. O confronto também será divido entre as conferências. Os dois melhores times avançam à final.

Nesse ano, Hammon terá como companheiros de um dos times do Oeste o armador Stephen Curry, do Golden State Warriors, e o pai dele, o ex-ala-armador Dell Curry, que fez sucesso no Charlotte Hornets, de 1988 a 1998, sendo até hoje o maior cestinha da franquia que se mudou para New Orleans. Completam o desafio a outra equipe do Oeste, formada por Kevin Durant (Oklahoma Thunder), Karl Malone e Skylar Diggins (Tulsa Shock), e as duas equipes do Leste. Uma composta por Tim Hardaway Jr. (New York Knicks), Tim Hardaway e Elena Delle Donne (Chicago Sky), e a outra sendo formada pelos atuais campeões Chris Bosh (Miami Heat), Dominique Wilkins e Swin Cash (Chicago Sky).

Parker é selecionado para ser reserva do All-Star Game

Tony Parker será o representante do San Antonio Spurs no All-Star Game desta temporada. O armador francês foi selecionado pelos treinadores da liga e começará a partida do próximo dia 16 de fevereiro no banco de reservas do time da Conferência Oeste.

Parker representa o Spurs no All-Star Game (NBAE/Getty Images)

Essa será a sexta participação do armador no jogo festivo, sendo a terceira seguida. Em nenhuma delas Parker foi titular – a escolha do quinteto inicial leva em conta votos populares.

As outras participações de Parker foram em 2005, 2007, 2009, 2012 e 2013. Nessas cinco partidas, ele tem médias de 9,9 pontos e 5,1 assistências por jogo, tento sua melhor participação em seu segundo evento, com oito pontos e dez assistências em 23 minutos.