Arquivo do autor:Sergio Neto

Spurs (42-13) @ Pacers (29-26) – Reencontrando a vitória

 110×106

Dois dias depois de perder para o New York Knicks, o San Antonio Spurs conseguiu se recuperar e reencontrar o caminho das vitórias na sequência de jogos que faz longe do AT&T Center. A equipe texana enfrentou o Indiana Pacers, nessa segunda-feira (13), e contou com Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge para derrotar os adversários pelo placar de 110 a 106 em partida equilibrada. Confira, a seguir, os destaques do confronto:

David Lee tem tido boas atuações pelo Spurs (NBAE/Getty Images)

David Lee tem tido boas atuações pelo Spurs (NBAE/Getty Images)

Equilíbrio

Vista como uma das equipes mais fortes da temporada por conta das contratações que fez, o Pacers não vendeu barato a derrota. O jogo foi disputado do começo ao fim, com parciais de 31 a 26 para os mandantes, 23 a 18 e 34 a 30 para o Spurs e 27 a 27 na última etapa.

O duelo só foi decidido no fim, marcado por várias trocas de liderança no placar. O time da casa chegou a errar cinco lances livres restando 5:17 para o fim. Depois, Myles Turner roubou a bola e deixou a diferença em apenas quatro pontos com 29 segundos restantes. Paul George também tentou e converteu uma bola de três pontos a 21 segundos do fim, deixando o placar em 107 a 104. Mas os lances livres convertidos pelo time de Spurs ajudaram a colocar números finais na partida. Foi a quarta derrota seguida do Pacers, a terceira em casa.

Saldo positivo, por enquanto

Leonard levou a melhor no duelo contra George (NBAE/ Getty Images)

Leonard levou a melhor no duelo contra George (NBAE/ Getty Images)

O jogo dessa segunda no Bankers Life Fieldhouse marcou o quinto de oito duelos que o Spurs faz longe de casa na anual Rodeo Road Trip. Historicamente, o saldo é positivo: são 85 vitórias e 37 derrotas em 15 anos – já contando com o triunfo sobre o time de Indianápolis. Nesta temporada, já foram cinco partidas, com três vitórias e duas derrotas, e o alvinegro ainda tem pela frente Orlando Magic, Los Angeles Clippers e Los Angeles Lakers até voltar para o AT&T Center, no dia 1º de março quando encara o mesmo Pacers.

No total, são aproximadamente 11.804 quilômetros percorridos nesta sequência de jogos fora de casa. É de se esperar que alguns jogadores sintam o peso das cansativas viagens, e é possível que um rodízio seja implantado. LaMarcus Aldridge, por exemplo, aparentou certo desgaste físico, apesar de ter sido um dos destaques do jogo, com 19 pontos e sete rebotes em 36 minutos. Sua pontaria não foi das melhores, já que ele acertou somente sete dos 22 arremessos de quadra que tentou durante a partida.

O ala-pivô teve alguns momentos de descanso durante a temporada, e não será estranho se Gregg Popovich optar por deixá-lo de fora nos próximos duelos – o que também pode acontecer também com outros integrantes do elenco ao longo da Road Trip.

Duelo de gente grande

“Às vezes, você se pega assistindo aqueles caras marcando um ao outro e fazer o que eles fazem lá, porque eles são muito divertidos de assistir”, disse Gregg Popovich, técnico do Spurs, sobre o duelo entre os oponentes Kawhi Leonard e Paul George.

Os astros estão facilmente entre os melhores alas dos últimos anos. No jogo dessa segunda, o que se viu foi exatamente isso. Leonard levou a melhor, com 32 pontos, seis rebotes, quatro roubos e três assistências. Já George obteve 27 pontos, seis rebotes e três assistências.

“Bom amigo, boa briga”, disse o ala do Pacers. Os dois estarão em quadra neste domingo quando irão defender suas respectivas conferências no All-Star Game.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 32 pontos, 6 rebotes, 4 roubos e 3 assistências

LaMarcus Aldridge – 19 pontos e 7 rebotes

David Lee – 12 pontos e 11 rebotes

Danny Green – 12 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Tony Parker – 12 pontos e 4 assistências

Indiana Pacers

Paul George – 27 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Myles Turner – 22 pontos e 6 rebotes

Jeff Teague – 15 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Rodney Stuckey – 13 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Spurs (41-13) @ Pacers (29-25) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Indiana Pacers – Temporada Regular

Data: 13/02/2017

Horário: 22h (Horário de Brasília)

Local: Bankers Life Fieldhouse

Onde assistir: NBA League Pass

Após perder para o New York Knicks no domingo, o San Antonio Spurs continua a sua sequência de jogos fora de casa pela tradicional Rodeo Road Trip. O adversário da vez é o Indiana Pacers, no quinto de oito duelos que a equipe texana faz longe do AT&T Center até voltar ao Texas somente no dia 1º de março, coincidentemente contra o mesmo oponente. Este será a primeira partida entre os times das duas previstas na temporada.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge/David Lee

C – Dewayne Dedmon

Fique de Olho – David Lee é mais um jogador que, ao passar pelas mãos do técnico Gregg Popovich, retoma a boa forma. O ala-pivô chegou a ser All-Star quando defendia as cores do Knicks. Depois, transferiu-se para o Golden State Warriors, onde foi perdendo espaço aos poucos por conta de seguidas lesões. Passou ainda por Boston Celtics e Dallas Mavericks até chegar ao Spurs e voltar a jogar bem. Com a lesão de Pau Gasol, o jogador tem tido bastante tempo de quadra e tem sido um dos poucos que tem feito duplos dígitos de pontuação frequentemente, além de contribuir com rebotes dos dois lados da quadra.

PG – Jeff Teague

SG – C.J. Miles

SF Paul George

PF – Lavoy Allen

C – Myles Turner

Fique de Olho – Não tem como falar de Pacers sem falar de Paul George. Afinal, o atleta estava no auge quando sofreu séria fratura na perna em jogo com a seleção americana. Ficou mais de um ano fora, voltou e retomou o protagonismo do time. Na temporada vigente, suas médicas são de cerca de 22 pontos, seis rebotes e três assistências por jogo.

Spurs (39-12) @ Grizzlies (32-22) – Pé esquerdo

 74×89

Todo ano, o San Antonio Spurs realiza o Rodeo Road Trip, tradicional série de jogos fora de casa por conta da utilização do AT&T Center para um rodeio. Abrindo a sequência desta temporada, a equipe viajou até o Tennessee e foi derrotada pelo Memphis Grizzlies, na madrugada desta segunda-feira (6), por 89 a 74. Com uma contusão no quadril, Kawhi Leonard não pôde jogar, e sua ausência foi claramente sentida. Saiba como foi o duelo:

Sem Leonard, a equipe estava claramente perdida em quadra (Joe Murphy/NBAE/ Getty Images)

Sem Leonard, a equipe estava claramente perdida em quadra (Joe Murphy/NBAE/ Getty Images)

Kawhidependência

Que Kawhi Leonard vem se destacando pelo alvinegro nos últimos tempos não é novidade para ninguém. Porém, nesta temporada, com a aposentadoria de Tim Duncan, o Spurs vem dependendo mais do que o normal do ala. O astro tem sido a principal peça defensivamente e ofensivamente no time, e sua ausência foi claramente sentida no primeiro duelo da temporada com o Grizzlies. Prova disso foi a baixa produtividade do ataque, que, somada à intensa defesa do rival, resultou em uma das piores partidas recentes do alvinegro.

Ginobili e Aldridge bem que tentaram (Joe Murphy/NBAE/Getty Images)

Ginobili e Aldridge bem que tentaram (Joe Murphy/NBAE/Getty Images)

Justiça seja feita: em momento nenhum do jogo o Spurs deixou o Grizzlies deslanchar no placar. Foram 14 mudanças de liderança e seis empates. O primeiro quarto acabou em 17 a 14 para o time de Memphis, depois 26 a 23 para a equipe de San Antonio. Na volta do intervalo, 29 a 25 para os donos da casa. Aí que a situação complicou, e a diferença chegou pela primeira vez nos dois dígitos. A parcial do último quarto foi de 20 a nove para os mandantes. Isso mesmo. O alvinegro anotou apenas nove pontos no período final. Os números refletiram o baixo rendimento dos visitantes na noite. Apenas oito jogadores pontuaram – já registramos incontáveis ocasiões em que este foi o total de atletas com duplos dígitos de pontuação.

Voltando à situação de Leonard, a contusão no quadril do ala não foi algo repentino, de acordo com as informações oficiais do time. Gregg Popovich, comandante da equipe, disse que a lesão ocorreu na vitória sobre o Oklahoma City Thunder, dia 31 de janeiro, e foi se desgastando dia após dia. Ainda não há maiores informações sobre a gravidade e as providências a serem tomadas a respeito.

Mão torta

Outro motivo para o baixo rendimento do Spurs no jogo desta segunda-feira foi a falta de pontaria. O time texano teve aproveitamento de 37% dos arremessos de quadra e de 21% nos chutes de longa distância. Ambos são os piores números da equipe na temporada. David Lee liderou o Spurs com 14 pontos, convertendo todos os seus seis arremessos. LaMarcus Aldridge acrescentou 13 pontos, acertando apenas apenas quatro das suas 19 tentativas. Danny Green e Manu Ginobili terminaram com 12 pontos cada.

O time de San Antonio havia chegado a pelos menos 100 pontos em 27 jogos seguidos. O Spurs interrompeu uma série de três vitórias consecutivas e, para efeitos de comparação, seu último jogo com tão poucos pontos neste campeonato foi de 83, dia 29 de novembro, na derrota para o Orlando Magic. Os nove pontos do último quarto representam o pior desempenho para o alvinegro em toda temporada em uma única parcial.

Pé na estrada

Esta foi a primeira parada do 15º Rodeo Road Trip do Spurs, quando o evento San Antonio Stock Show & Rodeo assume o AT&T Center anualmente. Este ano, os Spurs jogarão oito partidas em sete cidades, viajando aproximadamente 11.804 quilômetros (7,378 milhas) a partir desta segunda-feira (6) até o dia 26 de fevereiro. A campanha do time é de 82 vitórias e 36 derrotas somando todas as temporadas de viagem anual.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

David Lee – 14 pontos

LaMarcus Aldridge – 13 pontos e 10 rebotes

Danny Green – 12 pontos e 8 rebotes

Manu Ginobili – 12 pontos e 3 assistências

Memphis Grizzlies

Marc Gasol – 15 pontos e 8 rebotes

Zach Randolph – 15 pontos e 6 rebotes

Mike Conley – 12 pontos e 9 assistências

Spurs (39-11) @ Grizzlies (31-22) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Memphis Grizzlies – Temporada Regular

Data: 07/02/2017

Horário: 00h30 (Horário de Brasília)

Local: FedExForum

Onde assistir: SporTV2 e NBA League Pass

Após vencer o Denver Nuggets em casa, o San Antonio Spurs dá início a uma série de oito partidas como visitante contra o Memphis Grizzlies, na madrugada desta segunda para terça-feira. No último jogo, Gregg Popovich se tornou o técnico com mais vitórias por uma franquia na NBA. Agora, o treinador pretende expandir ainda mais a sua marca. O alvinegro só volta ao AT&T Center dia 1º de março, para encarar o Indiana Pacers. Antes, ainda visita Philadelphia 76ers, Detroit Pistons, New York Knicks, Indiana Pacers, Orlando Magic, Los Angeles Clippers e Los Angeles Lakers. É o primeiro duelo entre os dois times nesta temporada.

PG – Tony Parker/Patty Mills

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Dewayne Dedmon

Fique de Olho – Levando em consideração o forte garrafão que o Grizzlies vem impondo nos últimos anos sobre o Spurs, nada mais correto que voltar às atenções para o perímetro. Explosivo, podendo tanto organizar a equipe como converter chutes a longa distância, Patty Mills é uma boa aposta de jogador que pode dar trabalho ao oponente. Por conta da maratona fora de casa, a tendência é que Tony Parker seja mais poupado e o australiano ponha ordem na casa. Suas médias na temporada são de cerca de dez pontos e três assistências por jogo.

PG – Mike Conley

SG – Andrew Harrison/Tony Allen

SF – James Ennis

PF – JaMychal Green/Marc Gasol

C – Zach Randolph

Fique de Olho – Poupado nos dois últimos jogos, Marc Gasol deve voltar ao quinteto titular do Grizzlies. Afinal, a equipe volta a jogar em casa após seis duelos fora. Historicamente, a dupla de pivôs formada pelo espanhol e Zach Randolph dá trabalho para o Spurs. Sem seu irmão mais velho do outro lado para duelar, o astro deve se soltar, uma vez que o alvinegro varia o companheiro de LaMarcus Aldridge no garrafão. Defensor da Conferência Oeste no All-Star Game, o jogador tem médias de cerca de 21 pontos e seis rebotes por jogo na temporada.

Spurs (36-10) @ Pelicans (19-28) – La décima

 103×119

Em sua última partida da série fora de casa, o San Antonio Spurs visitou o New Orleans Pelicans no Smoothie King Center e perdeu o confronto por 119 a 103, nesta sexta-feira (27). Mesmo com as voltas de Kawhi Leonard e Tony Parker, o time texano não evitou sua décima derrota na temporada regular. Confira abaixo os destaques do duelo:

Davis alcançou double-double com 16 pontos e 22 rebotes (Layne Murdoch/NBAE/Getty Images)

Titular no ASG, Davis alcançou double-double com 16 pontos e 22 rebotes (Layne Murdoch/NBAE/Getty Images)

Surpresa

Mesmo com o cansaço de uma sequência fora de casa, era de se esperar que o Spurs fosse conquistar mais essa vitória para a conta. Não desmerecendo o time do Pelicans, mas até o técnico da equipe mandante, Alvin Gentry, pareceu não acreditar no que estava vendo. Foi o segundo triunfo sobre uma potência da temporada até em cinco dias para os mandantes, que ainda brigam por uma vaga nos playoffs. Na última segunda, o time de New Orelans venceu o Cleveland Cavaliers mesmo sem contar com o astro Anthony Davis.

“Somos capazes de bater em qualquer um. Obviamente, esta semana temos provado que com vitórias sobre os campeões do mundo e, em seguida, uma equipe que vai ter uma oportunidade de ganhar um campeonato mundial. Isso diz muito, mas continuamos voltando àquela palavra, ‘consistência'”, disse Gentry, confiante, após a vitória sobre o alvinegro.

Para triunfar, o Pelicans teve seis jogadores chegando aos dígitos duplos, além de ter vencido o primeiro, o terceiro e o último quartos, conseguindo a maior vantagem no último. Jrue Holiday foi o cestinha do jogo ao lado de Kawhi Leonard com 23 pontos e 11 assistências. Terrence Jones anotou 21 pontos e sete rebotes, Anthony Davis 16 pontos e 22 rebotes, Solomon Hill 16 pontos, E’Twaun Moore 13, Tyreke Evans 11, e Donatas Motiejunas dez.

Queda de rendimento

Apesar da derrota, Aldridge conseguiu um double-double com xxxxxx (Layne Murdoch/NBAE via Getty Images)

Aldridge fez duplo-duplo (Layne Murdoch/NBAE via Getty Images)

Levando em conta os quatro jogos fora de casa e as constantes lesões, era de se esperar uma queda de rendimento por parte do Spurs. Patty Mills, por exemplo, vinha sendo um dos principais pontuadores, principalmente após a lesão de Tony Parker – ficou de fora por quatro jogos por conta de uma lesão no pé esquerdo. Porém, contra o Pelicans, o australiano fez apenas três pontos em 22 minutos. Por falar na armação, o francês retornou às quadras e contribuiu com apenas sete pontos e três assistências em 22 minutos. Jogando como titular nos últimos jogos e agradando com o trabalho apresentado, o novato Dejounte Murray mal foi aproveitado no jogo e zerou nos dois minutos em que esteve em quadra.

Kyle Anderson também teve bastante tempo para mostrar serviço, mas em 18 minutos ajudou com apenas quatro pontos e dois rebotes. Manu Ginobili, veterano bastante solicitado em jogos com desfalques, atuou por 15 minutos e fez sete pontos. Destaque positivo para Davis Bertans, que, vindo do banco de reservas, computou 17 pontos, com aproveitamento quase impecável nos arremessos de quadra.

“Nós ficamos sem gasolina, a equipe de New Orleans foi agressiva, eles jogaram muito bem por 48 minutos, movimentaram a bola e jogaram duro nas tabelas pegando os rebotes. Kawhi fez um bom trabalho. Tony, novamente, não jogou em 10 dias”, disse Gregg Popovich, técnico do Spurs, referindo-se aos jogadores que voltaram após lesões.

8 ou 80

Quem acompanha o Spurs há algum tempo sabe que a equipe é de sofrer certos apagões e que essas quedas de rendimento costumam acontecer no segundo e/ou terceiro quartos. Mas contra o Pelicans foi diferente. Isso porque Leonard afirmou-se ofensivamente na segunda etapa, quando seus 14 pontos ajudaram a alimentar um período de 37 pontos para o time. David Lee também foi ativo no primeiro tempo, anotando dez pontos.

“Tivemos um grande primeiro tempo. No segundo, eles estavam arremessando muito bem. Eles fizeram um monte de cestas de três, por isso temos de dar-lhes crédito”, opinou Parker.

Com a derrota, o Spurs chega à marca de vinte vitórias e cinco derrotas na estrada. A partida marcou a primeira vez em seis jogos que Kawhi Leonard fez menos de 30 pontos.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 23 pontos, 6 rebotes e 6 assistências

Davis Bertans – 17 pontos

LaMarcus Aldridge – 14 pontos e 14 rebotes

David Lee – 13 pontos e 10 rebotes

New Orleans Pelicans

Jrue Holiday – 23 pontos, 11 assistências e 4 rebotes

Terrence Jones – 21 pontos e 7 rebotes

Anthony Davis – 16 pontos e 22 rebotes

Solomon Hill – 16 pontos e 6 rebotes