Arquivo do autor:Sergio Neto

Spurs (35-24) @ Nuggets (31-26) – Novo dia, novo revés

 

109×117

Em seu último jogo antes do All-Star Weekend, o San Antonio Spurs foi até o Colorado para visitar o Denver Nuggets e acabou sendo derrotado por 117 a 109, na madrugada dessa quarta-feira (14). Pela segunda partida seguida, o alvinegro não teve LaMarcus Aldridge, poupado após sentir dores em seu joelho esquerdo. Confira, a seguir, os destaques do duelo:

Pouco utilizado na temporada, Lauvergne foi o destaque do Spurs na partida (NBA/Getty Images)

O fim de uma era

Quem lembra qual havia sido a última derrota do Spurs para o Nuggets? Pois é, foram 15 triunfos consecutivos dos comandados de Gregg Popovich, totalizando quatro temporadas. O tão esperado triunfo para os adversários veio, mas não foi tão fácil assim.

A partida foi equilibrada por boa parte do tempo, com o Spurs à frente no marcador sem abrir grandes distâncias. No entanto, o último quarto foi decisivo para o resultado final. Os mandantes venceram a parcial final por 30 a 19, o que foi determinante para concretizar a vitória. “Nós fizemos algumas escolhas pobres ofensivamente. Nós tivemos dois turnovers seguidos, e eles concretizaram facilmente em transição. Foi quando abriram”, explicou Pau Gasol.

A bruxa está solta

Parker saiu do banco e foi importante (NBA/Getty Images)

Não dá pra atribuir a culpa toda na ausência de Manu Ginobili no último quarto, mas foi justamente quando a equipe perdeu a mão, sofrendo sua quinta derrota em seis jogos antes do All-Star Weekend. O argentino foi para o banco de reservas no terceiro quarto e não voltou mais. “Ele sentiu algo no fundo do pé e ele não queria arriscar. É uma torção”, disse Pop.

Além de Ginobili, outras importantes ausências foram LaMarcus Aldridge e Kawhi Leonard. O ala ainda se recupera de uma lesão que o deixou de fora pela maior parte da temporada. Enquanto isso, o camisa #12 foi poupado pelo segundo compromisso consecutivo por conta de seu joelho esquerdo, que deve ser constantemente examinado devido ao histórico de lesões. No entanto, o ala-pivô está confirmado para o All-Star Game, que acontece neste domingo (18).

Revanche

O Spurs bateu o Nuggets nos dois compromissos anteriores que teve contra o oponente na temporada 2017/2018, ambos disputados no AT&T Center em janeiro.

Com a conquista, a equipe do Colorado deixa a série em 2 a 1, com o próximo encontro das equipes marcado logo após do fim de semana festivo da NBA. Enquanto o alvinegro não tem nenhum compromisso até o duelo, o adversário ainda tem mais um desafio antes de reencontrar Popovich companhia. O time encara o Milwaukee Bucks fora de casa, nesta quinta-feira.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Joffrey Lauvergne – 26 pontos e 11 rebotes

Tony Parker – 17 pontos e 4 assistências

Davis Bertans – 12 pontos e 4 rebotes

Dejounte Murray – 12 pontos e 3 tocos

Denver Nuggets

Nikola Jokic – 23 pontos, 13 rebotes e 11 assistências

Will Barton – 20 pontos, 6 assistências e 5 rebotes

Wilson Chandler – 17 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Jamal Murray – 17 pontos e 5 rebotes

Gary Harris – 15 pontos e 3 assistências

Trey Lyles – 11 pontos

Anúncios

Spurs (35-23) @ Nuggets (30-26) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Denver Nuggets – Temporada Regular

Data: 13/02/2018

Horário: 01h30

Local: Pepsi Center

Onde assistir: NBA League Pass

Dando sequência à Rodeo Road Trip, o San Antonio Spurs encara o Denver Nuggets na madrugada de terça-feira para quarta-feira em seu último compromisso antes do All-Star Weekend. A equipe texana está com saldo negativo na viagem, já que venceu o Phoenix Suns e perdeu para o Golden State Warriors e para o Utah Jazz. A série de jogos fora de casa passou a ficar mais desafiante com a ausência de LaMarcus Aldridge, que estará afastado até depois da pausa para as festividades da NBA. A baixa do ala-pivô seria apenas para o duelo em Salt Lake City, no entanto, a franquia divulgou que o astro ficará mais um tempo de molho por conta de dores no joelho esquerdo. Ainda assim, o camisa #12 deve participar do All-Star Game.

Confrontos na temporada (2-0)

13/01/2018 – Spurs 112 x 80 Nuggets

Em rara partida em que jogou com o time completo nesta temporada, o Spurs atropelou o Nuggets. Kawhi Leonard foi o cestinha do time na partida com 19 pontos.

30/01/2018 – Spurs 106 vs 104 Nuggets

O segundo duelo entre as equipes foi mais acirrado que o primeiro. O Spurs contou com a altura de sua equipe para decretar a vitória. Destaque para LaMarcus Aldridge, com 30 pontos e cinco rebotes, e Pau Gasol com 18 pontos, oito rebotes e quatro assistências.

PG – Dejounte Murray

SG – Danny Green

SF – Kyle Anderson

PF – Davis Bertans

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Sem LaMarcus Aldridge contra o Utah Jazz, Pau Gasol fez uma de suas atuações mais sólidas com a camisa do Spurs. O experiente pivô espanhol foi responsável por 15 pontos, 15 rebotes e seis assistências no duelo em Salt Lake City.

PG – Jamal Murray

SG – Gary Harris

SF – Will Barton

PF – Wilson Chandler

C – Nikola Jokic

Fique de Olho – Gary Harris foi decisivo para o Nuggets em partidas recentes, o que pode ser uma pedra no sapato do Spurs se levado em conta o fim apertado da equipe texana contra o Jazz. No último jogo do seu time, o ala-armador foi responsável por 13 pontos e cinco rebotes.

Spurs (35-21) @ Suns (18-38) – Vitória maiúscula

 

129×81

O San Antonio Spurs começou a Rodeo Road Trip de 2018 com o pé direito e uma vitória maiúscula. O time texano visitou o Phoenix Suns nessa quarta-feira (7) e não tomou conhecimento do oponente, vencendo-o 129 a 81. Confira, a seguir, os destaques do duelo.

Aldridge comandou mais uma vitória do Spurs com double-double (NBA/Getty Images)

O que deu certo

Antes do início da viagem, Gregg Popovich pegou a equipe pela primeira vez em 55 dias para treinar certos fundamentos que, até então, vinham sendo menos trabalhados. O resultado foi visto no Arizona, com a terceira maior vitória da história da franquia. Apenas um triunfo de 51 pontos sobre o Philadelphia 76ers em 7 de dezembro de 2015 e uma explosão de 49 pontos sobre o então Vancouver Grizzlies em 5 de novembro de 1995 foram maiores.

“Nós criamos arremessos. Você arremessa, as coisas ficam mais fáceis”, disse Pop, após o jogo.

De fato, os chutes foram um dos trunfos do Spurs na partida dessa quarta-feira. A intensidade inicial também foi fundamental para a construção do placar final. O time de San Antonio dominou desde o primeiro pulo-bola e já liderava por 69 a 31 no fim do primeiro tempo. A margem parcial de 38 pontos nesta altura foi a maior da história da franquia texana. A equipe de Phoenix nunca alcançou mais de 36 pontos no segundo tempo e seguiu perdendo por 53 no último quarto. A diferença entre os times só não ficou na casa dos 50 pontos porque o Suns marcou por meio de cesta do ala-armador Danuel House restando apenas seis segundos para o apito final.

Sem Murray, Parker ganhou minutos (NBA/Getty Images)

CPF na nota?

Sabe aquela velha história de “tá em crise? Chama o Chile”? Pois é, o Suns tem mais ou menos esse efeito quando o assunto é Spurs. A equipe do Arizona não sabe o que é vencer os rivais texanos há um longo tempo. Só nesta temporada, foram quatro duelos, todos vencidos pelo time San Antonio. Dos últimos 14 encontros entre as franquias, o alvinegro venceu 13. Nada como um bom triunfo sobre um rival favorável para levantar a moral, não é mesmo?

Uns entram, outros saem

O jogo contra o Suns marcou o retorno de Davis Bertans à equipe titular do Spurs. É a quinta partida nesta temporada em que o ala-pivô letão é escalado entre os inciantes. Desta vez, “roubou” a vaga de Pau Gasol. Por falar em titulares, Dejounte Murray deu lugar a Tony Parker e Patty Mills logo na primeira metade de duelo. O camisa #5 rumava para mais uma boa atuação, mas contundiu sua perna esquerda restando aproximadamente cinco minutos para a ida aos vestiários.

O jovem armador ainda arremessou um par de lances livres antes de deixar a partida.

Murray foi mais tarde diagnosticado com torção no tornozelo esquerdo, mas a gravidade da contusão pode não ser conhecida até que o Spurs tenha a chance de enviá-lo para uma ressonância magnética. No momento, o jovem armador parece altamente questionável – na melhor das hipóteses – para o jogo de sábado contra o Golden State Warriors. Sua ausência por algum período de tempo abriria mais minutos na armação para Parker e Mills.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 23 pontos, 13 rebotes e 4 assistências

Patty Mills – 18 pontos

Danny Green – 17 pontos

Dejounte Murray – 14 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Phoenix Suns

Alex Len – 14 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Josh Jackson – 13 pontos e 6 rebotes

Dragan Bender – 12 pontos e 6 rebotes

TJ Warren – 11 pontos

Spurs (34-21) @ Suns (18-37) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Phoenix Suns – Temporada Regular

Data: 08/02/2018

Horário: 01h30

Local: Talking Stick Resort Arena

Onde assistir: ESPN e NBA League Pass

Na madrugada de quarta para quinta-feira, se inicia para o San Antonio Spurs a Rodeo Raod Trip, tradicional viagem em que a equipe faz diversos jogos longe do Texas enquanto o AT&T Center é utilizado para eventos culturais. O compromisso de abertura desta temporada é contra o Phoenix Suns, adversário que os comandados de Gregg Popovich já enfrentaram três vezes nesta temporada, vencendo as três. De acordo com o jornal San Antonio Express-News, o treinador colocou o time para um treino completo nessa segunda-feira pela primeira vez em 55 dias após as recentes derrotas em casa para Houston Rockets e Utah Jazz.

Confrontos na temporada (3-0)

05/11/2017 – Spurs 112 vs 95 Suns

Os jogadores vindos do banco de reservas do Spurs fizeram a diferença, junto com a forte marcação no segundo tempo, e levaram a equipe texana à vitória. O triunfo colocou Gregg Popovich em sexto lugar entre os técnicos mais vitoriosos da história da NBA.

09/12/2017 – Spurs 104 @ 101 Suns

Ainda sem Kawhi Leonard, o Spurs conseguiu mais uma boa vitória, encerrando desgastante sequência de cinco partidas em sete noites com quatro triunfos e só uma derrota.

05/01/2018 – Spurs 103 vs 89 Suns

O Spurs sofreu, mas conseguiu o triunfo sobre o Suns no último quarto. Kawhi Leonard foi o destaque do time texano na partida com 21 pontos, quatro roubos de bola e três tocos.

PG – Dejounte Murray

SG – Danny Green

SF – Kyle Anderson

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Desde que assumiu a condição de titular no lugar de Tony Parker, Dejounte Murray tem mostrado evolução em seu jogo, mas que ainda há muito que melhorar. O camisa #5 é um dos armadores que mais pegam rebotes na liga, mas ainda pode aprimorar mais sua contribuição na pontuação. Ainda há muito tempo para que o jovem cresça em seu corpo e papel, mas o Spurs poderia se beneficiar desse processo se ele acontecesse mais rapidamente.

PG – Tyler Ulis

SG – Josh Jackson

SF – TJ Warren

PF – Dragan Bender

C – Tyson Chandler

Fique de Olho – Com Devin Booker, principal jogador do Suns, fora pelo segundo jogo consecutivo por conta de uma lesão no quadril, TJ Warren passou a ser o regente do time do Arizona enquanto o ala-armador não volta. Nos dois últimos jogos da equipe, o ala anotou 45 pontos – 24 contra o Los Angeles Lakers e 21 contra o Charlotte Hornets.

Spurs (24-11) vs Nets (12-21) – Atingindo expectativas

 

109×97

Após bater o Sacramento Kings, o San Antonio Spurs recebeu o Brooklyn Nets nesta terça-feira (26), no AT&T Center, e derrotou os visitantes por 109 a 97. Com direito a Tim Duncan nas arquibancadas, o alvinegro teve pela primeira vez todos os jogadores à disposição, contando com Kawhi Leonard, o grande nome da noite. Confira, a seguir, os destaques do jogo:

Kawhi Leonard foi o cestinha da noite com 21 pontos (NBA/Getty Images)

Como tudo deve ser

Após longo e tenebroso inverno, é possível dizer que o Spurs estreou na temporada 2017/2018 da NBA. Isso porque a equipe não tinha atuado com elenco completo nesta campanha até agora. A partida contra o Nets ficou marcada por todos os jogadores estarem à disposição do técnico Gregg Popovich. Uns menos, outros mais, mas todos entraram em quadra.

O destaque fica para Kawhi Leonard que, após se recuperar de grave lesão que o tirou de 30 partidas, voltou a ser protagonista. O camisa #2 ficou em quadra por 26 minutos e anotou 21 pontos, dois rebotes e duas assistências. Antes do confronto contra o Nets, o ala só havia participado de outros quatro jogos desde o seu retorno, que aconteceu em derrota para o Dallas Mavericks. Popovich optou por utilizá-lo alternadamente desde então para não forçá-lo.

A notícia boa ficou por conta de LaMarcus Aldridge. Muito se especulava sobre o rendimento do ala-pivô quando Kawhi Leonard e Tony Parker voltasse do departamento médico. No entanto, o camisa #12 conseguiu manter o alto nível de desempenho e não se tornou coadjuvante com o retorno dos companheiros e terminou a noite com 20 pontos e nove rebotes.

Aldridge segue regendo a equipe (NBA/Getty Images)

Alguns tropeços

É possível dizer que a equipe estranhou ao jogar com todo o elenco disponível. O time demorou a engrenar, cometendo alguns erros e turnovers logo no início da noite, mas logo tudo começou a entrar nos eixos. Tentar envolver todas as opções de pontuação fez com que o time anotasse apenas 19 pontos no primeiro quarto.

“É muito incomum para nós. Mas ainda temos um mês e meio pela frente até a Rodeo Road Trip começar. Este é um bom momento para que todos joguem e que todos se sintam bem. Fazer com que Kawhi e Tony voltem ao seu habitual, voltem ao seu ritmo, se sentindo bem, e acho que estamos conseguindo fazer isso. Lentamente, pois eles não atuaram por muito tempo, mas realmente estão mostrando progresso”, disse o argentino Manu Ginobili, ala-armador do alvinegro, após a partida

O Spurs teve nove de seus 12 turnovers no primeiro tempo, mas compensou segurando o Nets, que converteu só 36% de seus arremessos de quadra.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 21 pontos

LaMarcus Aldridge – 20 pontos e 9 rebotes

Pau Gasol – 15 pontos, 12 rebotes e 5 assistências

Tony Parker – 14 pontos e 4 rebotes

Brooklyn Nets

Caris LeVert – 18 pontos e 5 assistências

Allen Crabbe – 15 pontos e 5 rebotes

Rondae Hollis-Jefferson – 13 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Spencer Dinwiddie – 12 pontos e 7 assistências

Jarrett Allen – 12 pontos e 9 rebotes