Arquivo do autor:Sergio Neto

Spurs (33-26) @ Grizzlies (23-35) – Demorou, mas veio

 

108×107

Depois de ser derrotado pelo Utah Jazz, o San Antonio Spurs voou até o Tennessee, onde encarou o Memphis Grizzlies na noite dessa terça-feira (12) e conquistou a sua primeira vitória na Rodeo Road Trip desta temporada. Contando com ótimas atuações de Patty Mills e LaMarcus Aldridge e com um fim dramático, os comandados de Gregg Popovich derrotaram os anfitriões no limite, pelo placar de 108 a 107. Confira, a seguir, os destaques do confronto.

LaMarcus Aldridge fechou a noite com double-double (Foto: Reprodução/twitter.com/spurs)

Conquistando seu espaço

Depois de vivenciar uma noite de sucesso das bolas de três pontos do Spurs, LaMarcus Aldridge decidiu assumir o protagonismo do jogo, no fim, dentro do garrafão. O ala-pivô anotou os sete últimos pontos da equipe, todos em bolas feitas próximas à cesta, contrariando uma exibição construída até então em chutes de fora. Afinal, foram 13 bolas de três pontos de 21 tentadas, sendo que as treze foram convertidas em 16 tentativas nos três primeiros quartos.

“Quando meus companheiros estão derrubando arremessos desse tipo, isso me dá espaço para jogar um-contra-um no garrafão, e então posso fazer meus movimentos”, disse Aldridge, após o duelo. E foi exatamente o que aconteceu. Avery Bradley, que anotou seu recorde na carreira com 33 pontos, colocou o Grizzlies à frente por 102 a 101 restando quatro minutos. Foi então que o camisa #12 assumiu a responsabilidade e fez os pontos finais do time.

Aldridge converteu um par de lances-livres a 51,1 segundos do fim, dando a liderança de 108 a 106 para o Spurs. Com a apenas um segundo no relógio, Jaren Jackson Jr. também foi para a linha dos lances livres, mas acabou errando o primeiro e convertendo o segundo, o que colocou números finais na primeira vitória texana nesta Rodeo Road Trip.

Explicações

A vitória é um alívio para o Spurs. A Rodeo Road Trip está sendo particularmente dura este ano, já que a equipe perdeu seus quatro primeiros jogos por uma média de 21 pontos. Parte da queda de rendimento do time de San Antonio passa pela lesão de Derrick White. O armador tem ficado de fora dos jogos da equipe por conta de dores no calcanhar direito.

“É difícil perder seu armador. Como você sai de casa para uma longa sequência fora, você tem que reconstruir quase tudo. Você não pode executar as coisas como antes, ninguém sabe exatamente para onde ir e o que fazer. Isso tem complicado um pouco para nós”, disse Pop.

Sequência

Após perder para Sacramento Kings, Golden State Warriors, Portland Trail Blazers e Utah Jazz, e vencer o Memphis Grizzlies, o Spurs ainda tem pela frente o Toronto Raptors, dia 22, o New York Knicks, dia 24 e, por fim, o Brooklyn Nets, dia 25 antes de enfim voltar ao AT&T Center.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 22 pontos, 11 rebotes e 4 tocos

Patty Mills – 22 pontos e 3 assistências

Davis Bertans – 17 pontos e 3 rebotes

Rudy Gay – 15 pontos, 12 rebotes e 8 assistências

DeMar DeRozan – 12 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Marco Belinelli – 11 pontos

Memphis Grizzlies

Avery Bradley – 33 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Jonas Valanciunas – 23 pontos e 10 rebotes

Justin Holiday – 11 pontos e 4 rebotes

CJ Miles – 10 pontos e 4 rebotes

Anúncios

Spurs (32-26) @ Grizzlies (23-34) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Memphis Grizzlies – Temporada regular

Data: 12/02/2019

Horário: 23h (Horário de Brasília)

Local: FedExForum

Onde assistir: NBA League Pass

Após ser derrotado pelo Utah Jazz e estender a sequência negativa na Rodeo Road Trip, o San Antonio Spurs chega na sua segunda metade de compromissos longe do AT&T Center e encara o Memphis Grizzlies. A defesa vai ser fundamental para o alvinegro sair do FedExForum com um resultado positivo, afinal, os comandados de Gregg Popovich sofreram, em média, 130 pontos dos adversários nas últimas quatro derrotas, a pior sequência do time na temporada. É também o pior início da tradicional viagem que os texanos fazem há 17 anos.

Confrontos na temporada (1-2)

21/11/2018 – Spurs 103 vs 104 Grizzlies

No primeiro confronto entre os times na temporada, disputado no AT&T Center, o Spurs perdeu para o Grizzlies no último lance em partida com polêmicas de arbitragem. DeMar DeRozan, com 25 pontos, cinco assistências e cinco rebotes, se destacou na ocasião.

05/01/2019 – Spurs 108 vs 88 Grizzlies

O Spurs recebeu o Grizzlies e chegou a assustar a torcida com um início ruim, mas depois deslanchou e contou com grandes atuações do armador Derrick White e do ala-pivô LaMarcus Aldridge, com 19 pontos e quatro rebotes e 18 pontos e sete assistências, respectivamente.

09/01/2019 – Spurs 86 @ 96 Grizzlies

O duelo marcou a segunda vez que as equipes se encontraram em menos de cinco dias. Por falar em cinco, o triunfo do Grizzlies marcou o fim de uma sequência de cinco vitórias seguidas do time texano. Bryn Forbes e Marco Belinelli fizeram 14 pontos cada, enquanto Marc Gasol foi o grande destaque da noite com 26 pontos, 14 rebotes e três assistências.

PG – Bryn Forbes

SGDeMar DeRozan

SF – Davis Bertans

PF – LaMarcus Aldridge

C – Jakob Poeltl

Fique de olho – Apesar da maré negativa que o Spurs tem enfrentado nos últimos compromissos, ao menos um ponto positivo merece destaque. DeMar DeRozan tem tido êxito em suas tentativas de cestas, tendo feito 23 pontos contra o Jazz, e apresentou média de 27,3 pontos, convertendo 34 dos 62 arremessos de quadra que tentou, nos últimos três jogos.

PG – Mike Conley

SG – Avery Bradley

SF – Justin Holiday

PF – Jaren Jackson Jr.

C – Ivan Rabb/Joakim Noah

Fique de olho – A troca de Marco Gasol favoreceu Joakim Noah, que depois de um longo tempo está aos poucos voltando a apresentar um bom nível. Contra o New Orleans Pelicans, em jogo que o Grizzlies venceu por 99 a 90, o pivô anotou 19 pontos e 14 rebotes vindo do banco. Detalhe: contra um forte garrafão composto por nomes como Anthony Davis e Julius Randle.

Spurs (32-23) @ Kings (28-25) – Pé esquerdo

 

112×127

Após vencer o New Orleans Pelicans, o San Antonio Spurs embarcou rumo à Califórnia onde enfrentou, nessa segunda-feira (4), seu primeiro adversário na Rodeo Road Trip deste ano: o Sacramento Kings. O time da casa venceu sua sétima partida seguida no Golden 1 Center e ampliou a campanha ruim dos texanos longe do AT&T Center. O alvinegro foi batido por 127 a 122, seu 16º revés em 26 jogos na estrada. Veja, a seguir, os destaques do duelo.

Ferrell teve aproveitamento impecável contra o Spurs (Foto: Reprodução/Sacramento Kings Twitter)

Começou mal

Quem acompanha o Spurs há um bom tempo sabe que a equipe faz, todo ano, uma série de jogos fora de casa enquanto o AT&T Center é utilizado para outro eventos chamada Rodeo Road Trip. Mas, nesta temporada, esta sequência não veio em boa hora, já que os comandados por Gregg Popovich não somam bons resultados como visitantes. Ao todo, contando com a partida contra o Kings, são apenas dez vitórias, contra 16 tropeços.

Por falar nos mandantes, o time de Sacramento entrou embalado e disposto a tomar a liderança desde o início. O técnico Dave Joerger até apostou em uma eventual “ressaca” dos seus jogadores após dramática vitória sobre o Philadelphia 76ers, mas não foi isso que o time mostrou. O ritmo intenso foi visto na boa atuação de Marvin Bagley III, segunda escolha do último Draft, que teve seu melhor desempenho na temporada com 24 pontos e 12 rebotes.

Ausência

Foi anunciado que Derrick White não estaria entre os titulares para a partida devido devido a dores no calcanhar direito. Não estava claro quando o armador tinha sofrido a contusão ou o quão severa era. Por conta disso, o camisa #4 tinha sido listado como dúvida para os duelos seguintes. Segundo informações do jornalista Jeff McDonald, do San Antonio Express-News, White está lidando com fascite plantar no calcanhar de seu pé direito.

Vale lembrar que o armador perdeu os nove primeiros jogos do Spurs na temporada por conta de uma ruptura plantar no pé esquerdo. Mesmo que as lesões não tenham relação aparente, uma ausência semelhante pode estar reservada para o jovem, já que Pop notou que os resultados da recente ressonância magnética do seu comandado não eram bons. “Ele estará fora por um tempo. A ressonância não foi muito boa. Então, vamos ver”, afirmou o treinador.

Assim sendo, o Spurs já o eliminou dos próximos dois jogos – quarta-feira, contra o Golden State Warriors, e quinta-feira, contra o Portland Trail Blazers -, e parece provável que White também fique afastado dos dois últimos jogos antes do intervalo do All-Star Weekend, contra Utah Jazz e Memphis Grizzlies. Bryn Forbes servirá como principal armador da equipe durante sua ausência. Contra o Kings, Pop optou por usar Davis Bertans na vaga aberta entre os titulares.

Pé na estrada

Passado o Kings, o Spurs ainda tem muito chão pela frente até voltar ao Texas. A equipe alvinegra terá pela frente, a partir de agora, os seguinte compromissos: Golden State Warriors (dia 6), Portland Trail Blazers (dia 7), Utah Jazz (dia 9), Memphis Grizzlies (dia 12), Toronto Raptors (dia 22), New York Knicks (dia 24) e Brooklyn Nets (dia 25).

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 24 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

LaMarcus Aldridge – 22 pontos e 9 rebotes

Bryn Forbes – 12 pontos e 7 rebotes

Patty Mills – 12 pontos e 3 rebotes

Davis Bertans – 11 pontos e 8 rebotes

Rudy Gay – 11 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Sacramento Kings

Marvin Bagley III – 24 pontos, 12 rebotes, 4 assistências e 3 tocos

De’Aaron Fox – 20 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Yogi Ferrell – 19 pontos

Buddy Hield – 18 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Iman Shumpert – 13 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Harry Giles – 11 pontos e 6 rebotes

Spurs (32-22) @ Kings (27-25) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Sacramento Kings – Temporada Regular

Data: 05/02/2019

Horário: 01h (Horário de Brasília)

Local: Golden 1 Center

Onde assistir: NBA League Pass

Após vencer o New Orleans Pelicans, o San Antonio Spurs enfrenta o Sacramento Kings fora de casa na madrugada de segunda para terça-feira pelo horário de Brasília. O confronto marca o início da tradicional Rodeo Road Trip, viagem que a equipe faz todo ano para realizar jogos longe do Texas enquanto o AT&T Center é utilizado para outros fins. Depois da partida, os comandados de Gregg Popovich encaram, daqui para frente, Golden State Warriors, Portland Trail Blazers, Utah Jazz, Memphis Grizzlies, Toronto Raptors, New York Knicks, Brooklyn Nets e Detroit Pistons, todos em suas respectivas arenas. O time californiano pode muito bem aproveitar da fragilidade do alvinegro fora de casa nesta temporada para tentar surpreender e beliscar uma vitória importante na busca por uma vaga nos playoffs da Conferência Oeste. Vale destacar que Derrick White não jogará devido a dores no calcanhar direito. Ainda não está claro quando o armador sofreu a contusão ou o quão severa ela é. Devido à maratona fora de casa, é bem possível que ele fique listado como “questionável” para enfrentar os atuais campeões na quarta-feira. Em sua ausência, Patty Mills e Loonie Walker podem ganhar tempo de quadra.

Confrontos na temporada (0-1)

13/11/2018 – Spurs 99 @ 104 Kings

No primeiro duelo entre as equipes na temporada, o Spurs visitou o Kings e acabou derrotado por 104 a 99. O revés marcou o fim da sequência de 14 triunfos seguidos dos comandados de Gregg Popovich sobre a equipe da Califórnia. DeMar DeRozan fez, na ocasião 23 pontos e oito assistências, e LaMarcus Aldridge anotou 14 pontos, 18 rebotes e três tocos.

PG – Patty Mills

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Rudy Gay

CLaMarcus Aldridge

Fiquei de Olho – Com a recente eleição para mais um All-Star Game, motivos não faltam para apostar em uma boa exibição de LaMarcus Aldridge. O ala-pivô teve ótimo rendimento no confronto anterior contra o Kings e pode muito bem causar estragos de novo. No duelo de novembro foi responsável por 14 pontos, 18 rebotes e três tocos.

PG – De’Aaron Fox

SGBuddy Hield

SF – Iman Shumpert

PF – Nemanja Bjelica

C – Willie Cauley-Stein

Fiquei de Olho –  Buddy Hield é um jogador que o Spurs tem que ficar de olho. O ala-armador foi o cestinha do Kings com 34 pontos e seis rebotes, além de converter sete bolas de três pontos, na vitória sobre o Philadelphia 76ers, no último compromisso da equipe californiano. No primeiro jogo contra o alvinegro desta temporada, o time de Sacramento abusou dos chutes e teve bom aproveitamento. O ala-armador deve ser uma real ameaça no quesito.

Spurs (25-18) vs Thunder (25-16) – Só para os fortes

 

154×147

Após perder para o Memphis Grizzlies na última quarta-feira (9), o San Antonio Spurs voltou a entrar em quadra no dia seguinte – mais precisamente na madrugada de quinta para sexta-feira no Brasil – para receber o Oklahoma City Thunder em um dos melhores jogos da temporada. Os texanos precisaram de duas prorrogações, mas conseguiram vencer os visitantes por 154 a 147 com atuação história de LaMarcus Aldridge. Confira, a seguir, os destaques do confronto.

DeRozan dá banho em Aldridge após partida histórica (Reprodução/San Antonio Spurs Twitter)

Chove no Texas

Após uma atuação atípica diante do Grizzlies, o Spurs voltou para o AT&T Center para duelar com uma das melhores equipes da Conferência Oeste até agora, e o saldo não podia ser outro. Quem ficou acordado até tarde – o duelo começou às 00h30 desta sexta-feira (11) – foi recompensado com uma exibição de tirar o fôlego. O time de San Antonio começou quente, convertendo suas 14 primeiras tentativas de três pontos – recorde da franquia -, sendo dez destas no primeiro tempo, o que rendeu vantagem de 16 pontos no intervalo.

Ao todo, o Spurs converteu 16 dos 19 arremessos tentados de longa distância. Marco Belinelli acertou todas as suas cinco tentativas do perímetro, sendo que três delas caíram em menos de um minuto de intervalo ainda no quarto inicial. Outros dois texanos que obtiveram 100% de aproveitamento no quesito foram Bryn Forbes, com três, e Davis Bertans, com quatro.

Haja coração!

Apesar da chuva de três pontos por parte do Spurs, o OKC não veio para brincar, especialmente Russell Westbrook, que terminou o confronto com um triplo-duplo. O time visitante apertou o ritmo no último período regulamentar e conseguiu sequências que empataram o placar em 114 pontos restando seis minutos para o estouro final. O pivô Steven Adams foi de grande contribuição na ocasião, mas teve de ir para o banco com o tornozelo torcido. Melhor para LaMarcus Aldridge, que anotou oito pontos consecutivos sem o neozelandês. Contudo, bolas de três seguidas de Terrance Ferguson deixaram novamente as equipes empatados no marcador.

Mesmo após o Spurs ter “abandonado” os chutes de longe, Derrick White acertou bola que abriu 129 a 126. Com o alvinegro na frente por 130 a 128, Belinelli cometeu turnover no meio da quadra, que gerou bandeja do Thunder a 5,6 segundos do fim. Na tentativa final, DeMar DeRozan errou arremesso do perímetro, e a partida foi para o tempo extra.

Hora de brilhar

Se por um lado o Spurs abandonou a estratégia de chutar de três quando o placar estava apertado, por outro jogar com Aldridge é quase uma aposta certa. O ala-pivô anotou 16 pontos no terceiro período, os últimos 12 da equipe no último quarto e sete na segunda prorrogação, o que foi decisivo. White também ajudou com quatro pontos, um roubo de bola e um toco crucial em Jerami Grant quando o alvinegro vencia por 148 a 144 restando menos de dois minutos.

Aldridge terminou a partida com 56 pontos, seu recorde na carreira, e teve aproveitamento de 20-33 nos arremessos de quadra e 16-16 nos lances livres. Sua antiga marca que foi superada havia sido de 45 pontos, anotados em vitória sobre o Utah Jazz no dia 23 de março de 2018.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 56 pontos, 9 rebotes, 4 assistências e 4 tocos

Derrick White – 23 pontos, 8 assistências e 5 rebotes

Marco Belinelli – 19 pontos

DeMar DeRozan – 16 pontos, 11 assistências e 8 rebotes

Patty Mills – 14 pontos, 6 assistências e 3 rebotes

Bryn Forbes – 14 pontos e 8 rebotes

Davis Bertans – 12 pontos e 4 rebotes

Oklahoma City Thunder

Paul George – 30 pontos, 8 rebotes e 3 roubos de bola

Jerami Grant – 25 pontos, 12 rebotes e 3 tocos

Russell Westbrook – 24 pontos, 24 assistências e 13 rebotes

Terrance Ferguson – 21 pontos

Steven Adams – 19 pontos e 7 rebotes

Dennis Schroder – 14 pontos e 4 assistências