Arquivo do autor:Sergio Neto

Spurs (27-36) vs Mavericks (39-27) – Redenção

119×109

Depois de perder para o Cleveland Cavaliers, o San Antonio Spurs quase viu o Dallas Mavericks completar a varrida na noite desta terça-feira (10). A partida se desenhava para mais uma derrota do alvinegro, mas o coletivo falou mais alto no fim, e os comandados de Gregg Popovich conseguiram reagir e vencer o duelo por 119 a 109. Confira, a seguir, os destaques da noite.

Ao todo, sete jogadores do Spurs fizeram duplo dígitos (Foto: Reprodução/Facebook/Spurs)

Bem-vindo de volta

LaMarcus Aldridge retornou ao Spurs após seis jogos. Sua última aparição havia sido dia 23 de fevereiro, e parece que o hiato das quadras o afetaria de imediato. Bobagem. Após converter apenas dois dos seus sete primeiros arremessos de quadra, o ala-pivô consegui corrigir a mão torta e terminou a partida com importantes 24 pontos, errando somente três das últimas 12 bolas que tentou.

“Ainda não parece 100%, mas eu superei. Fiz alguns arremessos para nós no fim do jogo, mas definitivamente não parece voltar atrás, com certeza”, disse o camisa #12, sobre a lesão no seu ombro direito.

O Spurs que a gente conhece

O Mavericks é um adversário forte – tanto que a partida só foi resolvida no fim. Porém, o coletivo do Spurs acabou falando mais alto, e o time se empolgou a ponto de sete jogadores do elenco fazer duplos dígitos de pontuação.

“Eu acho que todo mundo quis jogar agressivamente, e eles foram atrás e buscaram o resultado”, disse Pop.

O Spurs conseguiu sua primeira liderança na partida com uma bola de três pontos de Rudy Gay no primeiro minuto do último quarto. A partir daí, a equipe estendeu a liderança para sete pontos no minuto seguinte. Uma bola longa de Marco Belinelli fez o time abrir 101 a 90 com 7:24 por jogar. O alvinegro segurou o rival a cinco pontos e sofreu somente uma cesta nos oito arremessos de quadra do oponente nos cinco primeiros minutos da parcial final.

Ainda dá?

Quatro jogos separam o Spurs do oitavo colocado da Conferência Oeste, o Memphis Grizzlies. De qualquer forma, será histórico. Conseguirá o time de Pop uma recuperação incrível e se classificar para a pós-temporada pela 23ª vez consecutiva? Ou ficará fora dos playoffs da liga após mais de duas décadas? De qualquer forma, a vitória sobre o Mavs deu motivos para a torcida comemorar depois de uma das piores campanhas dos últimos 20 anos.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 24 pontos e 3 roubos de bola

Rudy Gay – 17 pontos e 4 rebotes

Marco Belinelli – 16 pontos e 4 rebotes

Derrick White – 14 pontos, 9 assistências, 7 rebotes e 4 tocos

Trey Lyles – 14 pontos e 11 rebotes

DeMar DeRozan – 13 pontos e 12 assistências

Patty Mills – 12 pontos e 3 assistências

Dallas Mavericks

Luka Doncic – 38 pontos, 8 assistências e 7 rebotes

Tim Hardaway Jr – 20 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Dorian Finney-Smith – 15 pontos e 4 rebotes

Maxi Kleber – 12 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Spurs (26-36) vs Mavericks (39-26) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Dallas Mavericks – Temporada Regular

Data: 10/03/2020

Horário: 21h (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Depois da derrota melancólica para o Cleveland Cavaliers, o San Antonio Spurs entra em quadra para encarar o Dallas Mavericks pela quarta e última vez na temporada. Os comandados de Gregg Popovich começam a correr contra o tempo, e a preocupação é uma constante, já que a equipe corre risco de ficar de fora dos playoffs da Conferência Oeste depois de duas décadas. A diferença para o Memphis Grizzlies, oitavo colocado da chave, é de cinco jogos. Para o confronto com o rival texano, o alvinegro terá como baixas LaMarcus Aldridge, Jakob Poeltl, Marco Belinelli e Lonnie Walker IV.

Confrontos na Temporada (0-3)

18/11/2019 – Spurs 117 @ 110 Mavericks

Deu Mavs no primeiro dos quatro encontros entre os rivais texanos previstos para a temporada. DeMar DeRozan teve atuação de gala pelo Spurs com 36 pontos, oito rebotes e quatro assistências, mas viu Luka Doncic brilhar ainda mais para a equipe de Dallas com 42 pontos, 12 assistências e 11 rebotes.

26/12/2019 – Spurs 98 @ 102 Mavericks

Após vencer o Memphis Grizzlies, o Spurs acabou caindo para o Mavericks no dia posterior à rodada de Natal. DeMar DeRozan foi o destaque do alvinegro com 21 pontos, cinco rebotes e quatro assistências, enquanto Luka Doncic foi o carrasco da noite com 24 pontos, dez rebotes e oito assistências.

27/02/2020 – Spurs 103 x 109 Mavericks

No retorno ao AT&T Center após o término da tradicional Rodeo Road Trip, o Spurs acabou caindo novamente para o Mavs. DeMar DeRozan foi o destaque alvinegro com 27 pontos, nove assistências e oito rebotes, enquanto Kristaps Porzingi registrou 28 pontos, 12 rebotes e três tocos.

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Drew Eubanks

CTrey Lyles

Fique de Olho – Com a lesão de dois dos homens de garrafão do Spurs, Trey Lyles vem ganhando confiança e tempo de quadra. Nos últimos dez jogos, tem médias de 11,7 pontos e 5,8 rebotes por exibição. Na vitória sobre o Orlando Magic, foi o cestinha da equipe alvinegra com 20 pontos. Na Rodeo Road Trip, liderou a equipe na derrota para o Portland Trail Blazers com 23 tentos.

PG – Luka Doncic

SGTim Hardaway Jr.

SF – Courtney Lee

PF – Maxi Kleber

C – Kristaps Porzingis

Fique de Olho – É evidente que a dupla Doncic e Porzingis é uma das melhores da NBA e responsável direta pela fase da equipe rumo aos playoffs, mas é bom ficar de olho também nos coadjuvantes. Tim Hardaway Jr, por exemplo, deixou 30 pontos e quatro rebotes no último compromisso dos Mavs, em que a equipe acabou perdendo para o Indiana Pacers com o pivô letão marcando apenas nove pontos em 38 minutos.

Spurs (25-34) vs Pacers (37-24) – Situação complicada

111×116

Depois de vencer o Orlando Magic por um placar apertado, o San Antonio Spurs novamente fez uma exibição decidida somente nos instantes finais, mas desta vez acabou superado pelo Indiana Pacers por 116 a 111, em partida disputada no AT&T Center na noite desta segunda-feira (2). Confira, a seguir, os destaques do confronto.

Trey Lyles foi bem mais uma vez, mas não foi o bastante (Foto: NBA/Getty Images)

Recorde ameaçado

São duas décadas marcando presença na pós-temporada, sendo que cinco terminaram com título. Mas desta vez parece que a vaga entre os oito primeiros da Conferência Oeste está distante. Com mais uma derrota, a oitava nos últimos 11 compromissos, o Spurs agora fica a cinco vitórias de distância do Memphis Grizzlies, oitavo colocado. Ainda estão na briga Portland Trail Blazers, New Orleans Pelicans e Sacramento Kings.

Por entre os dedos, de novo

O Spurs perdia por 84 a 69 com 4:30 por jogar no terceiro quarto antes de se reabilitar. O time da casa buscou um placar de 102 a 98 restando 6:44 para o fim da partida graças a bolas de três pontos de Patty Mills e Lonnie Walker IV e uma jogada enfática do ala-armador.

Porém, após liderar por 15 pontos e ter um apagão, o Pacers voltou ao jogo no último quarto. No lance decisivo do duelo, perdendo por três pontos, o Spurs teve a sua chance com Mills achando Trey Lyles debaixo do garrafão. O pivô subiu, mas a arbitragem deu apenas toco do jogador adversário. Assim se desenhou o resultado final.

Loonie Skywalker

Quem acompanhou o jogo pela transmissão americana se empolgou como o narrador com o desempenho de Loonie Walker IV. O jovem de cabelos estilosos mostrou que tem a tal da ‘nasty‘ que Gregg Popovich pediu há alguns anos aos seus comandados ao insistir em um roubo de bola que culminou em assistência. Pura garra.

Em outro lance, Walker levantou a torcida com a enterrada que empatou o jogo em 96 pontos com 7:51 restantes. “Você tem que ter essa mentalidade de ser apenas um assassino. Tentar dominar e fazer o que puder. Se eu tenho uma cabeça cheia de vapor e ninguém está realmente comigo, nove em cada dez vezes eu posso pular com o melhor deles. Então, boa sorte tentando me bloquear”, declarou o camisa #1.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Patty Mills – 24 pontos e 3 roubos de bola

Trey Lyles – 20 pontos e 6 rebotes

Bryn Forbes – 14 pontos

Rudy Gay – 13 pontos e 4 rebotes

Dejounte Murray – 11 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Indiana Pacers

Malcolm Brogdon – 26 pontos, 7 assistências e6 rebotes

T.J. Warren – 23 pontos e 7 rebotes

Myles Turner – 17 pontos, 5 rebotes e 4 tocos

Domantas Sabonis – 14 pontos, 11 rebotes e 5 assistências

Doug McDermott – 14 pontos e 5 rebotes

Spurs (25-33) vs Pacers (36-24) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Indiana Pacers – Temporada Regular

Data: 02/03/2020

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: SporTV e NBA League Pass

Após vencer o Orlando Magic por apenas um ponto, o San Antonio Spurs recebe o Indiana Pacers no AT&T Center. Em busca por uma vaga entre os oito primeiros colocados da Conferência Oeste, o time texano continua atrás de vitórias para bater mais um recorde de participação na pós-temporada da NBA. Caso concretizem sua aparição nos playoffs, é bem capaz que Gregg Popovich e campanha olhem para trás e vejam o resultado sobre a equipe da Flórida como determinante para este objetivo. Mas, por agora, é conquistar um triunfo de cada vez, começando pela franquia de Indianápolis. Esta é a primeira vez que os adversários se enfrentam nesta temporada.

PG – Dejounte Murray/ Derrick White

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Rudy Gay

C – Trey Lyles

Fique de Olho – Derrick White é um consistente jogador vindo do banco. Seu mês de fevereiro foi muito bom, uma vez que o camisa #4 vinha de sequência de cinco jogos com duplos dígitos na pontuação antes das derrotas para Oklahoma City Thunder e Dallas Mavericks, que encerraram esta série. Contra o Magic, voltou a se destacar com 11 pontos, cinco rebotes e três assistências em 25 minutos.

PG – Malcolm Brogdon

SG – Victor Oladipo

SF – T.J. Warren

PFDomantas Sabonis

C – Myles Turner

Fique de Olho – Sem LaMarcus Aldridge e possivelmente sem Jakob Poeltl, o Spurs pode ter um problema no garrafão. Domantas Sabonis é, assim como Derrick White, alguém que soube aproveitar fevereiro, que foi seu melhor mês na carreira. O lituano, que participou do All-Star Game deste ano, somou médias de 19,7 pontos, 11,4 rebotes e 6,3 assistências por exibição no período em questão.

Spurs (24-33) vs Mavericks (36-23) – Retorno amargo

103×109

Depois de perder para o Oklahoma City Thunder, o San Antonio Spurs finalmente voltou ao AT&T Center com o fim da Rodeo Road Trip deste ano. Porém, mesmo diante da sua torcida, os alvinegros foram superados pela terceira vez na temporada pelo Dallas Mavericks, novamente por um placar apertado, que nessa quarta-feira (26) foi de apenas seis pontos de diferença. Confira, a seguir, os destaques do duelo:

Spurs perdeu a terceira seguida para o rival na temporada (Foto: Reprodução/twitter.com/dallasmavs)

Chance desperdiçada

O Spurs teve talvez a melhor chance do jogo. O duelo foi para o último quarto com o Mavericks vencendo por 88 a 69, mas o time visitante simplesmente teve um apagão no início da última parcial. A equipe de Dallas fez apenas um ponto nos primeiros seis minutos da etapa em questão, ameaçando seu recorde negativo de dois pontos marcados em um quarto em 1997. Uma bola de três pontos de Trey Lyles com 6:16 para o fim colocou o alvinegro à frente com 90 a 89, na primeira liderança da equipe mandante desde o primeiro minuto.

Mas as oportunidades de segurar o resultado correram pelos dedos. O Mavericks aplicou uma sequência de 18 a 7 nos quatro minutos seguintes e recuperou o controle do embate, impondo assim ao Spurs a sétima derrota nos últimos nove jogos. Luka Doncic e Kristaps Porzingis combinaram para 11 pontos, cinco assistências e dois rebotes nos seis minutos finais.

Mão torta

O Spurs teve aproveitamento de 29% dos arremessos de quadra no primeiro quarto e terminou três pontos abaixo de seu pior placar nas etapas de abertura desta temporada. O Mavericks levou a melhor nesse quesito e faturou a primeira parcial por 36 a 20. O resultado finai quebra o jejum que durava desde 29 de janeiro de 2017, a última vitória do time de Dallas em San Antonio.

Deixa o menino jogar

Depois de jogar limitados minutos no começo da temporada, Loonie Walker IV fez sua quarta partida como titular. Ele começou o duelo marcando Doncic, que se limitou a fazer apenas nove pontos no primeiro quarto.

“Ele está ganhando minutos e descobrindo as coisas. Ele está entendendo mais e mais o que precisa ser feito, sendo mais sólido mais do que tudo nas duas extremidades da quadra. Isso leva tempo, mas ele está na cola de um sr. Doncic esta noite. Todas essas são ótimas lições para ele”, elogiou Gregg Popovich.

Walker começou a partida no lugar de LaMarcus Aldridge, que não foi a combate devido a dores no ombro direito.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 27 pontos, 9 assistências e 8 rebotes

Marco Belinelli – 14 pontos e 8 rebotes

Loonie Walker IV – 12 pontos, 3 rebotes e 3 tocos

Dallas Mavericks

Kristaps Porzingis – 28 pontos, 12 rebotes e 3 tocos

Luka Doncic – 26 pontos, 14 assistências e 10 rebotes

Tim Hardaway Jr. – 17 pontos

Dorian Finney-Smith – 14 pontos e 4 rebotes