Arquivo do autor:Renan Belini

Spurs (44-8) @ Heat (29-24) – Aperitivo para o futuro

assinatura SA Br''

SanAntonioSpurs119×101

O San Antonio Spurs venceu nessa terça-feira (9) o Miami Heat, fora de casa, por 119 a 101, no primeiro compromisso desta edição da tradicional Rodeo Road Trip. Ainda sem contar com Tim Duncan e Manu Ginobili, machucados, o time alvinegro conseguiu sua 44ª vitória na competição após grande atuação da dupla LaMarcus Aldridge e Kawhi Leonard, que combinou para 51 pontos. Sem tempo para descanso, os texanos permanecem na Flórida, onde nesta quarta encaram o Orlando Magic. Vamos, na sequência, aos destaques da partida:

Cestinha, Aldridge manteve o nível das últimas atuações (Reprodução/nba.com/spurs)

Pegou no breu

Após ser metralhado nas redes sociais graças à má atuação na derrota para o Golden State Warriors, LaMarcus Aldridge se calou e começou a responder em quadra. Contra o Heat, o ala-pivô esteve imparável, saindo de quadra como o cestinha da partida, com 28 pontos (10-16 FG e 8-8 FT), além de quatro rebotes e quatro assistências. Nos últimos sete jogos, o camisa #12 sustenta média de 24,5 pontos por partida e vem sendo o All-Star que a franquia buscava para tentar suprir a iminente aposentadoria de Tim Duncan.

Photos: Spurs at Heat

Kawhi fez grande partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Dominante

A supremacia na área pintada foi determinante para o time de San Antonio sair com a vitória em Miami. Nenhum defensor foi capaz de segurar o ataque alvinegro, que somou nada menos do que 58 pontos no garrafão, contra apenas 42 dos donos da casa. Além disso, o Spurs também levou larga vantagem nos rebotes ofensivos (11, contra somente um do Heat), que resultaram em vários pontos de segunda chance. Ao todo, a equipe de Gregg Popovich apanhou 43 ressaltos durante o confronto, contra só 31 do adversário.

A frustração dos homens de garrafão do Heat transpareceu em Hassan Whiteside, que passou longe de suas grandes atuações defensivas e acabou sendo expulso do duelo durante o terceiro período após acertar uma cotovelada no rosto do servio Boban Marjanovic – outro que levou vantagem em cima do pivô do time de Miami, anotando 11 pontos e pegando seis ressaltos.

Em casa

Para o azar do Heat, Kawhi Leonard sente-se em casa no tablado da American Airlines Arena. Em 2014, o camisa #2 sagrou-se MVP das Finais após duas atuações magistrais na Flórida. Já nessa terça, agora como protagonista do Spurs, a história não foi diferente. Abrindo seu arsenal de jogadas, o ala converteu 11 dos 17 arremessos que tentou e anotou 23 pontos, além de apanhar nove ressaltos e distribuir quatro assistências. Na defesa, The Klaw também se destacou, conseguindo três roubos de bola e um bloqueio, sendo um dos principais responsáveis pelos 18 turnovers cometidos pelos donos da casa durante o confronto.

Esquentou?

Arma importantíssima do ataque alvinegro, Danny Green vem somando nessa temporada as piores médias desde que entrou efetivamente na rotação da equipe. Porém, parece que aos poucos sua pontaria vem voltando ao normal. Contra o Heat, o camisa #14 mais uma vez se mostrou afiado e contribuiu com 15 pontos, acertando seis disparos em dez tentativas, sendo duas delas da linha dos três pontos – somando os últimos sete compromissos, o aproveitamento de Green do perímetro é de 46%. O ala-armador também mostrou disposição defensivamente, saindo de quadra com três roubos de bola, além de sete rebotes.

Destaques da partida:

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 28 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Kawhi Leonard – 23 pontos, 9 rebotes, 4 assistências e 3 roubos de bola

Danny Green – 15 pontos, 7 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola

Boban Marjanovic – 11 pontos e 6 rebotes

Jonathon Simmons – 10 pontos e 8 rebotes.

Miami Heat

Dwyane Wade – 20 pontos e 5 assistências

Chris Bosh – 18 pontos, 5 rebotes e 2 assistências

Anúncios

Spurs (43-8) @ Heat (29-23) – Temporada Regular

assinatura SA Br'

San Antonio Spurs @ Miami Heat – Temporada Regular

Data: 09/02/2016

Horário: 23h00 (Horário de Brasília)

Local: American Airlines Arena, Miami, FL.

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,33 (favorito) @ Heat 3,34

Após vencer o Los Angeles Lakers e se manter invicto como mandante na temporada, com 28 triunfos em 28 partidas, o San Antonio Spurs inicia nesta terça-feira a sua anual Rodeo Road Trip – sequência de jogos que o time tem de fazer como visitante por conta de uma competição de rodeio no AT&T Center. Ainda sem Tim Duncan, com problemas no joelho direito, e Manu Ginobili, que se recupera de uma cirurgia nos testículos, o alvinegro encara um inconstante Miami Heat, quarto colocado na Conferência Oeste e que também deverá ter desfalques importantes, como o pivô Hassan Whiteside, que será avaliado nos vestiários, além de Tyler Johnson e Chris Andersen, ausências confirmadas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – David West

Fique de olho – Eleito melhor jogador da semana da Conferência Oeste, LaMarcus Aldridge vem em ótima sequência pelo alvinegro, registrando nos últimos seis jogos médias de 24 pontos e seis rebotes por exibição. Após péssima exibição na derrota para o Golden State Warriors, o camisa #12 parece ter voltado à velha forma dos tempos de Portland TrailBlazers.

Justise Winslow

PG – Goran Dragic

SG – Dwayne Wade

SF – Luol Deng/Justice Winslow

PF – Chris Bosh

C – Amar’e Stoudemire

Fique de olho – Considerado uma das jóias do último Draft, o calouro Justice Winslow vem fazendo boa temporada de estreia pelo Miami Heat. Tendo como principal qualidade a defesa, o ala soma, nos últimos cinco jogos, médias de sete pontos, oito rebotes e um roubo de bola por partida. Com Luol Deng voltando de contusão, o jovem deve ter bons minutos de quadra.

Spurs (39-8) @ Cavaliers (34-12) – Outro tombo

assinatura SA Br''

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif103×117

O San Antonio Spurs terminou a semana quase da mesma forma que começou: jogando pouco e caindo de forma dura para um candidato ao título. Dominado na maior parte do duelo, o alvinegro perdeu para o Cleveland Cavaliers por 117 a 103 na noite deste sábado (30), fora de casa, e somou sua oitava derrota na temporada. O próximo compromisso dos texanos será na segunda-feira, no AT&T Center, contra o Orlando Magic. Vamos aos destaques da partida:

LeBron James não perdoou as falhas do Spurs e foi o cestinha da partida (NBAE/Getty Images)

Fez falta

Após ser o cestinha da equipe na vitória sobre o Houston Rockets, LaMarcus Aldridge iniciou a partida muito bem, conferindo quatro dos cinco primeiros arremessos tentados. Porém, para a tristeza do torcedor alvinegro, o ala-pivô rapidamente cometeu três faltas no primeiro período e forçou o técnico Gregg Popovich a tirá-lo de quadra. Com o camisa #12 fora até o início do segundo tempo, o time de San Antonio perdeu a sua referência ofensiva e, na sequência, começou a sofrer com problemas do outro lado da quadra.

Kawhi foi o melhor spur da noite (Reprodução/nba.com/spurs)

Volta, Timmy!

Quase quarentão, Tim Duncan continua sendo essencial na rotação de Pop. Fora pelo terceiro jogo seguido por conta de dores no joelho, o camisa #21 assistiu do banco uma partida fraca da sua equipe na defesa, onde ele faz tão bem o seu trabalho. Mal na tábua – 32 rebotes, contra 43 do Cavs – e com pouca proteção no aro, o Spurs não conseguiu evitar que o time da casa anotasse 52 pontos dentro da área pintada, comandado por LeBron James e Kyrie Irving, com 29 e 21 pontos, respectivamente.

Outro que se aproveitou da noite ruim da equipe de San Antonio foi Kevin Love. Agressivo e, várias vezes, sem muita marcação, o ala-pivô foi decisivo nos primeiros dois quartos, quando anotou 18 dos seus 21 pontos (8-13 FG e 3-6 3 PT) no jogo e ajudando o Cavs a alcançar 66 pontos no primeiro tempo (pior marca sofrida pelo Spurs na temporada) e ir para os vestiários com uma vantagem de 17 pontos, que seria bem administrada no resto do embate.

Valeu a tentativa

Tentando trazer algo diferente para o segundo tempo, Gregg Popovich passou a usar mais uma defesa por zona 2-3. No princípio ela até funcionou, diminuindo a superioridade do Cavs no garrafão e cortando a diferença para 11 pontos, mas logo a tática foi desarmada pelo adversário, que aproveitou o “cobertor curto” para castigar da linha dos três pontos – quase sempre sem contestação – e recuperar o controle da partida.

Nem tudo foi ruim…

Grande surpresa do Spurs na temporada 2015/2016, Jonathon Simmons segue acumulando boas atuações nos minutos em que permanece em quadra. Após ter sido o único defensor a incomodar Steph Curry na última segunda-feira, dessa vez o ala-armador mais uma vez mostrou seu potencial e vigor defensivo, fazendo um bom trabalho em cima de Kyrie Irving e, ainda, aplicando um toco sensacional em cima de LeBron James (clique aqui e veja o vídeo). O camisa #17 também contribuiu com oito pontos e foi o destaque positivo dos visitantes junto com Kawhi Leonard (24 pontos). Com Danny Green medíocre ofensivamente no campeonato, a chance de vermos o calouro no quinteto titular é cada vez mais plausível.

Destaques da partida:

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 24 pontos e 6 rebotes

LaMarcus Aldridge – 15 pontos

Tony Parker – 13 pontos, 6 assistências e 4 rebotes

Kyle Anderson – 10 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Cleveland Cavaliers

LeBron James – 29 pontos, 7 assistências, 5 rebotes, 2 roubos de bola e 2 tocos

Kevin Love – 21 pontos e 11 rebotes

Kyrie Irving – 21 pontos, 6 assistências e 2 roubos de bola

Spurs (39-7) @ Cavaliers (33-12) – Temporada Regular

assinatura SA Br'

San Antonio Spurs @ Cleveland Cavaliers – Temporada Regular

Data: 30/01/2016

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: Quicken Loans Arena, Cleveland, OH.

Na tv: Sportv

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,75 (favorito) @ Cavaliers 2,09

Após atropelar o Houston Rockets na última quarta-feira, se recuperando da desastrosa derrota para o Golden State Warriors dois dias antes, o San Antonio Spurs encara outra pedreira na noite deste sábado. Ainda sem Tim Duncan, com dores no joelho direito, o alvinegro reencontra, agora fora de casa, o Cleveland Cavaliers, líder da Conferência Leste, que vem de vitória na noite sobre o Detroit Pistons na noite anterior, a terceira consecutiva sob o comando de seu novo treinador Tyronn Lue. As ausências dos donos da casa para o duelo de logo mais serão os lesionados Anderson Varejão e Mo Williams.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

14/01/16 – Spurs 99 vs 95 Cavaliers

No primeiro grande teste desta temporada, o Spurs contou com grandes atuações do armador Tony Parker e do ala Kawhi Leonard para reverter uma desvantagem que chegou à marca de 15 pontos e vencer o Cavaliers, mantendo a invencibilidade dentro do AT&T Center.

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – David West

Fique de olho – Convocado pela quinta vez consecutiva – a primeira como spur – para o All-Star GameLaMarcus Aldridge deixou para trás a noite terrível em Oakland e foi o destaque do Spurs na última vitória sobre o Rockets, anotando 25 pontos e pegando dez ressaltos. Contra um garrafão de Cleveland fraco defensivamente, o camisa #12 tem tudo para fazer outra boa atuação e ser a referência do ataque alvinegro.

Kevin Love

PG – Kyrie Irving

SG – J.R. Smith

SF – LeBron James

PF – Kevin Love

C – Tristan Thompson

Fique de olho – Em Cleveland, Kevin Love ainda passa longe daquele jogador espetacular que surgiu no Minnessota Timberwolves, mas nem por isso deixa de contribuir. Com médias de double-double (15 pontos e dez rebotes), o ala-pivô vem motivado após superar a marca dos 20 pontos nos últimos dois jogos, sendo cestinha contra o Pistons com 29 pontos.

 

Spurs (23-5) vs Clippers (16-11) – Aperitivo para abril

assinatura SA Br''

115×107

Em jogo com cara de playoffs, o San Antonio Spurs bateu o Los Angeles Clippers por 115 a 107, nessa sexta-feira (18), e manteve sua invencibilidade como mandante na atual temporada. A 15ª vitória dentro do AT&T Center veio após atuações inspiradas de LaMarcus Aldridge e Tony Parker, que combinaram para 47 pontos. O próximo compromisso dos texanos será na segunda-feira, contra o Indiana Pacers, fechando uma sequência de quatro confrontos seguidos em casa. Vamos, a seguir, aos destaques da partida:

Photos: Spurs vs Clippers

Tony Parker brilhou e foi decisivo para o Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Pegada de playoffs e ataques soberanos

Após protagonizarem talvez a melhor série de mata-mata do campeonato passado, que acabou com vitória dos californianos por 4 a 3 pela primeira rodada da Conferência Oeste, Spurs e Clippers se reencontraram pela primeira vez e fizeram uma partida bastante intensa, marcada pelo equilíbrio na maior parte do tempo e pelo domínio dos ataques.

Com basquete coletivo – todos os titulares alcançaram dígitos duplos de – e mostrando a movimentação de bola cada vez mais eficiente, o Spurs manteve-se com 50% aproveitamento nos chutes por todo o duelo, com direito a dez bolas de três. O Clippers, por sua vez, abusou do pick-and-roll com os inspirados Chris Paul (27 pontos e dez assistências) e Blake Griffin (25 pontos, cinco rebotes e cinco assistências) e chegou a converter 56% de seus tiros no primeiro tempo, 16% a mais do que os texanos vinham cedendo na temporada.

O melhor LaMarcus

Photos: Spurs vs Clippers

LaMarcus foi o cestinha do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

No primeiro grande teste do Spurs na temporada regular, LaMarcus Aldridge jogou como All-Star durante todo o duelo e fez sua melhor partida com a camisa alvinegra até aqui. Sendo agressivo contra Blake Griffin no ataque, o camisa #12 castigou os californianos com sua tradicional bola de média distância e fechou o jogo com 26 pontos, convertendo 11 de 18 arremessos. O ala-pivô ainda conferiu 13 rebotes, saindo de quadra com mais um double-double. Engrenando!

Reservas do barulho

Após três quartos, o placar seguia parelho, com os visitantes liderando por apenas três pontos. Porém, no início do período final, com quintetos predominantemente reservas em quadra, David West (quatro pontos), Patty Mills (oito pontos) e companhia comandaram uma corrida de 11 a 0 dos donos da casa, dando a liderança no marcador que não seria mais perdida até o fim.

Hack-a-Jordan

Na sequência, para desespero dos comentaristas de TV (e de Twitter), o técnico Gregg Popovich abusou de ordenar faltas propositais para mandar DeAndre Jordan para a linha de lance-livre, ainda no início do último quarto. O recurso, que já tinha sido utilizado na parcial anterior, rendeu 12 erros em 20 tentativas do pivô angelino e quebrou o ritmo das duas equipes, em especial dos visitantes, que começaram a cometer erros bobos e só conseguiram converter cinco arremessos de quadra nos 12 minutos finais.

MVParker e Kawhi

Tony Parker mostrou mais uma vez que está retornando à boa forma após um início ruim de campeonato. Com agressividade e pontaria afiada – do perímetro, inclusive (3-3 3 PT) -, o astro francês da franquia de San Antonio fez um ótimo segundo tempo e foi decisivo no quarto derradeiro, quando anotou dez dos seus 21 pontos na partida, um deles no minuto final, que praticamente sacramentou a 23ª vitória dos texanos na temporada.

Kawhi Leonard, por sua vez, mais uma vez foi importante nos dois lados da quadra. Na defesa, cumpriu seu papel, em muitos momentos sendo um carrapato para o astro Chris Paul. No ataque, o camisa #2 superou a ótima marcação do ala camaronês Mbah a Moute e contribuiu com 19 pontos, além de apanhar nove ressaltos e distribuir duas assistências.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 26 pontos, 13 rebotes e 3 assistências

Tony Parker – 21 pontos e 3 assisências

Kawhi Leonard – 19 pontos e 9 rebotes

Tim Duncan – 14 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Danny Green – 10 pontos e 4 rebotes

Los Angeles Clippers

Chris Paul – 27 pontos, 10 assistência e 3 roubos de bola

Blake Griffin – 25 pontos, 5 rebotes e 5 assistências

DeAndre Jordan – 16 pontos e 17 rebotes