Arquivo do autor:Lucas Pastore

Leonard e Aldridge são eleitos para os All-NBA Teams

Nessa quinta-feira (9), a NBA divulgou os resultados das eleições para os quintetos ideais da temporada 2015/2016 com dois representantes do San Antonio Spurs. O ala Kawhi Leonard aparece no First Team, enquanto o ala-pivô LaMarcus Aldridge ficou no Third Team.

Astros estão nas seleções da temporada (Reprodução/bballbreakdown.com)

Cada participante da eleição, promovida oficialmente pela NBA, escolhia três jogadores para cada posição, em ordem de preferência: o primeiro ganhava cinco pontos, o segundo três e o terceiro dois. Leonard recebeu 94 votos para o First Team e 35 votos para o Second Team, terminando com 575 pontos. Aldridge, por sua vez, levou três votos para o First Team, 11 para o Second Team e 55 para o Third Team, acumulando assim 103 pontos.

Ficaram ao lado de Leonard no First Team da temporada 2015/2016 da NBA Stephen Curry, do Golden State Warriors; Russell Westbrook, do Oklahoma City Thunder; LeBron James, do Cleveland Cavaliers; e DeAndre Jordan, do Los Angeles Clippers.

O Second Team, único sem ninguém do Spurs, tem Chris Paul, do Los Angeles Clippers; Damian Lillard, do Portland TrailBlazers; Kevin Durant, do Oklahoma City Thunder; Draymond Green, do Golden State Warriors; e DeMarcus Cousins, do Sacramento Kings.

Third Team tem ainda Kyle Lowry, do Toronto Raptors; Klay Thompson, do Golden State Warriors; Paul George, do Indiana Pacers; e Andre Drummond, do Detroit Pistons.

Spurs (2) vs (3) Thunder – Complicou

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif91×95

Ficou difícil para o San Antonio Spurs. Nessa terça-feira (10), a equipe texana, jogando em casa, perdeu para o Oklahoma City Thunder por 95 a 91 e viu o adversário abrir 3 a 2 na série, válida pelas semifinais da Conferência Oeste. Agora, o alvinegro precisa vencer os dois jogos que restam, sendo um com mando do oponente. Vamos aos destaques da partida.

Hora de buscar soluções (Reprodução/nba.com/spurs)

Problema I – arbitragem

Após protagonizar um conturbado fim no jogo 2, a arbitragem voltou a ser alvo de protestos dos torcedores do Spurs. Primeiro quando Steven Adams passou o pé sob Danny Green, que tropeçou e acertou Kevin Durant no ato do arremesso – foi marcada falta para o Thunder. Depois, quando, nos segundos finais, quando o jogo marcava 92 a 91 para os visitantes, os juízes não darem clara falta de Kawhi Leonard sobre Russell Westbrook, permitindo com que o armador infiltrasse, fizesse a bandeja e ainda fosse atingido por LaMarcus Aldridge, ganhando o direito de cobrar um lance livre extra. A jogada definiu a partida.

Nem Manu salva (Reprodução/nba.com/spurs)

Problema II – rebotes

Mais uma vez, o Spurs foi completamente dominado pelo Thunder nos rebotes. A equipe texana coletou apenas 36, contra 54 do adversário. O time de Oklahoma ainda coletou 15 na tábua ofensiva, com destaque para Enes Kanter, com cinco, e Russell Westbrook e Steven Adams, com quatro cada.

Adeus à lenda?

O jogo pode ter sido o último de Tim Duncan em San Antonio, já que existe a possibilidade do ala-pivô se aposentar ao fim da temporada. Na série, o astro mostrou que tem sofrido como nunca com a idade. Aos 40 anos, o #camisa 21 acertou uma enterrada faltando 2:58 para terminar o segundo quarto, marcando seus primeiros pontos desde o segundo tempo do jogo 3. Vale lembrar que, no jogo 4, ele passou em branco em um duelo de playoff pela primeira vez. The Big Fundamental fez 250 partidas de pós-temporada e venceu 157, atrás só dos 259 e 161 de Derek Fisher.

Inspiração

Nos playoffs de 2008, o Spurs foi derrotado fora de casa pelo New Orleans Hornets de David West pelo placar de 101 a 79, em jogo válido pelas semifinais da Conferência Oeste, e ficou a um revés de ser eliminado. Porém, venceu o jogo 6 em casa por 99 a 80, e o 7 na estrada por 91 a 82. Placares que mostram que ainda é possível eliminar o Thunder. Eu acredito!

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 26 pontos, 6 rebotes, 5 roubos de bola e 4 assistências

LaMarcus Aldridge – 20 pontos, 9 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Danny Green – 20 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Oklahoma City Thunder

Russell Westbrook – 35 pontos, 11 rebotes, 9 assistências e 2 roubos de bola

Kevin Durant – 23 pontos, 6 rebotes, 5 assistências e 2 roubos de bola

Steven Adams – 12 pontos e 11 rebotes

Buford é eleito o executivo do ano

Nessa segunda-feira (9), a NBA anunciou que R.C. Buford, General Manager do San Antonio Spurs, foi eleito o executivo do ano da liga profissional americana de basquete. O dirigente, que está na franquia desde 1988, levou a honraria também na temporada 2013/2014.

Buford ao lado de Tony Parker (Reprodução/nba.com.spurs)

Na votação, cada eleitor podia indicar três executivos, na ordem de sua preferência. O primeiro colocado ganhava cinco pontos, o segundo três e o terceiro um. Burford levou nove dos 29 votos possíveis para a primeira posição e acabou a eleição com 77 pontos, contra 63 de Neil Olshey, do Portland TrailBlazers, e 38 de Bob Myers, do Golden State Warriors.

A principal movimentação de Buford para a temporada foi a contratação de LaMarcus Aldridge, feita graças ao gerenciamento da folha salarial do elenco. Além do ala-pivô, também chegaram ao Spurs David West, Boban Marjanovic e Jonathon Simmons.

Este foi o segundo prêmio individual da temporada 2015/2016 vencido por um representante do Spurs. Antes de Buford, Kawhi Leonard levou o prêmio de melhor defensor do ano.

Spurs (2) @ (2) Thunder – Virou melhor de três

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif97×111

A série está empatada novamente. Nesse domingo (8), jogando na casa do adversário, o San Antonio Spurs foi derrotado pelo Oklahoma City Thunder por 111 a 97, e o confronto, válido pela semifinal da Conferência Oeste, agora está 2 a 2. Com isso, quem vencer dois dos próximos três duelos avança para a decisão. Vamos aos destaques da partida.

Vamos para o próximo (Reprodução/nba.com/spurs)

Crédito para o adversário

Mais do que um dia ruim do Spurs, a partida desse domingo foi marcada pela excelência de Kevin Durant. Mesmo bem marcado – muitas vezes por Kawhi Leonard – o ala anotou 41 pontos, igualando seu recorde em jogos de playoffs, além de cinco rebotes e quatro assistências. 29 desses pontos vieram no segundo tempo, quando o astro errou só três dos 13 arremessos de quadra que tentou, e 17 apenas no quarto período, quando o alvinegro anotou somente 16. Quando um jogador desse nível esquenta assim, não há muito o que fazer.

Leonard fez mais um bom jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

Vantagens demolidas

O Spurs não fez um jogo ruim. Claro que existe muita coisa para melhorar. Porém, antes de Durant entrar em modo demolidor, o time texano teve boas vantagens. Chegou a estar vencendo por 11 pontos no segundo período e entrou no quarto quarto vencendo por 81 a 77 após Boris Diaw acertar um arremesso de três da zona morta para fechar o terceiro. Pena que não foi o bastante diante do ímpeto do astro adversário.

Números incomuns

Com aproveitamento de 43,9% nas bolas de três na série antes do jogo, o Spurs acertou apenas duas das 12 que tentou no domingo, o que corresponde a 16,7%. Além disso, obteve somente 12 assistências em seus 40 arremessos de quadra convertidos, o que mostra a insistência na jogada individual. O Thunder, conhecido por centrar seu ataque em Russell Westbrook e Kevin Durant, teve 23 assistências.

Hora de respirar

Nessa série, o Spurs venceu os dois jogos em que teve três ou mais dias de descanso. O Thunder, por sua vez, triunfou nas duas partidas em que teve dois dias de descanso. E o jogo 5 é na terça-feira, dois dias após o 4… Vale lembrar que as duas equipes se enfrentam pela terceira vez nos playoffs, e os dois confrontos anteriores também estiveram empatados por 2 a 2. Quem levou a quinta partida se classificou vencendo também a sexta. Hora da decisão!

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 22 pontos e 3 assistências

Kawhi Leonard – 21 pontos, 6 rebotes e 4 roubos de bola

LaMarcus Aldridge – 20 pontos e 6 rebotes

Boris Diaw – 11 pontos e 3 rebotes

Oklahoma City Thunder

Kevin Durant – 41 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Dion Waiters – 17 pontos, 3 assistências e 3 rebotes

Steven Adams – 16 pontos, 11 rebotes e 2 tocos

Russell Westbrook – 14 pontos, 15 assistências, 7 rebotes e 3 roubos de bola

Enes Kanter – 11 pontos e 8 rebotes

Spurs (2) @ (1) Thunder – Semifinal do Oeste

San Antonio Spurs @ Oklahoma City Thunder – Semifinal da Conferência Oeste

Data: 08/05/2016

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: Chesapeake Energy Arena

Na TV: ESPN

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,89 (favorito) @ Thunder 1,92

Após vencer o jogo 3 e recuperar o mando de quadra, o San Antonio Spurs segue na estrada para encarar o Oklahoma City Thunder. Uma vitória deixaria o alvinegro perto da classificação para a final da Conferência Oeste. Os dois elencos devem vir completos.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na série (2-1)

30/04/2016 – Spurs 124 x 92 Thunder

Um verdadeiro atropelamento. Com 38 pontos e seis rebotes de LaMarcus Aldridge, o Spurs não tomou conhecimento do Thunder e venceu o primeiro jogo da série, no AT&T Center.

02/05/2016 – Spurs 97 x 98 Thunder

LaMarcus Aldridge deu novo show no AT&T Center, com 41 pontos, 8 rebotes e três assistências, mas dessa vez o Thunder levou a melhor após fim conturbado.

06/05/2016 – Spurs 100 @ 96 Thunder

Em dia decisivo de Kawhi Leonard, que anotou 31 pontos, 11 rebotes – um deles fundamental na reta final – e três assistências, o Spurs venceu em Oklahoma e retomou o mando.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Tim Duncan

Fique de Olho – A atuação de Tony Parker no jogo 3 foi a mais relevante do armador francês nos playoffs desta temporada. Foram 19 pontos, oito rebotes e cinco assistências, números que ele só havia obtido uma vez na carreira em partidas de pós-temporada: em 2013, contra o Golden State Warriors. Suas médias na série contra o Thunder até o momento são de 9,3 pontos, 7,7 assistências e 4,3 rebotes em 29,3 minutos por exibição.

PG – Russell Westbrook

SG – Andre Roberson

SF – Kevin Durant

PF – Serge Ibaka

C – Steven Adams

Fique de Olho – Nestes três primeiros jogos da série, Russell Westbrook apresentou médias de 24,7 pontos, nove assistências e seis rebotes em 35,3 minutos por exibição. Porém, se engana quem pensa que a defesa do Spurs tem feito um trabalho ruim sobre o armador, já que ele converteu apenas 34,7% dos arremessos de quadra que tentou na semifinal da Conferência Oeste. Como deter Kevin Durant é tarefa quase impossível, limitar a produção ofensiva do camisa #0 pode ser o caminho para o time texano encaminhar a sua classificação.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 74 outros seguidores