Arquivo do autor:Lucas Pastore

Spurs quer manter Leonard e trazer Aldridge

De acordo com reportagem de Adrian Wojnarowski, colunista do Yahoo! Sports, o San Antonio Spurs, mesmo vivo nos playoffs, já começou a planejar suas ações para a próxima offseason. Segundo o relato, a franquia texana pretende renovar o contrato de Kawhi Leonard e investir na contratação de LaMarcus Aldridge, ala-pivô do Portland TrailBlazers.

Leonard disputa rebote com Aldridge (Reprodução/nbadestiny.com)

Ao fim do campeonato, Leonard se tornará agente livre restrito. O ala tem uma cláusula de qualifying offer de US$ 4.268.608,00. Isso significa que o Spurs tem direito de cobrir qualquer proposta feita pelo jogador e, se ele não receber nenhuma oferta, seu vínculo é automaticamente renovado por mais uma temporada por este valor. Um ano depois, na offseason de 2016, ele seria, então, agente livre irrestrito.

Porém, segundo Wojnarowski, o Spurs não pretende dar sopa para o azar e planeja oferecer um contrato máximo para Leonard assim que as negociações com agentes livres forem liberadas. MVP das finais do ano passado, o camisa #2 acaba de ser eleito o melhor defensor da temporada. O ala apresentou médias de 16,5 pontos, 7,2 rebotes e 2,3 roubadas de bola em 31,8 minutos por partida na temporada regular, liderando a liga no último fundamento. Nos primeiros três jogos da série contra o Los Angeles Clippers, válida pela primeira rodada dos playoffs da Conferência Oeste, o jogador sustenta 24,3 pontos, 6,3 rebotes e 2,7 roubadas de bola em 33,5 minutos por exibição, ajudando o alvinegro a abrir 2 a 1.

Caso consiga renovar com Leonard, o Spurs pretende usar seu forte elenco como atrativo para contratar Aldridge, que será agente livre irrestrito. O ala-pivô do Blazers é natural do Texas: nasceu em Dallas e jogou basquete universitário em Austin.

Na temporada regular, Aldridge teve médias de 23,4 pontos e 10,2 rebotes em 35,4 minutos por jogo. Nos playoffs, apesar de seu time estar perdendo por 3 a 0 para o Memphis Grizzlies, o ala-pivô sustenta bons 25,7 pontos e 11,7 rebotes em 42,9 minutos por partida.

Popovich e Ginobili são lembrados em prêmios individuais

Representantes do San Antonio Spurs, o ala-armador Manu Ginobili e o treinador Gregg Popovich aparecem nos dois primeiros resultados das eleições de prêmios individuais da temporada 2014/2015 divulgados pela NBA. O primeiro foi lembrado entre os melhores reservas, enquanto o segundo recebeu votos entre os melhores técnicos.

Sai daí Barnes, sério mesmo ( Mark J. Terrill/AP)

Na eleição para o sexto homem da temporada, divulgada nesta segunda-feira (20) com Lou Williams como vencedor, Ginobili terminou em nono. Na votação, cada participante indicava três jogadores, em ordem: o primeiro recebia cinco pontos, o segundo três e o terceiro, um. O argentino somou 12 pontos, enquanto o atleta do Raptors fez 502.

Já na eleição para o treinador da temporada, que divulgada nesta terça-feira (21) com o ex-Spur Mike Budenholzer como vencedor, Popovich ficou em quinto. Na votação, realizada nos mesmos moldes da do sexto homem, o treinador da equipe de San Antonio somou 38 pontos, enquanto o comandante do Atlanta Hawks obteve 513.

Bertans visita médico especialista em San Antonio

De acordo com reportagem do site americano Project Spurs, Davis Bertans, prospecto ligado ao San Antonio Spurs, está na cidade texana para visitar um especialista em joelho de olho em sua recuperação. O ala rompeu o ligamento anterior cruzado do joelho direito no fim de março.

Bertans é uma das apostas para o futuro do Spurs (Reprodução/baskonia.com)

Segundo postagem feita no site oficial da Liga ACB, o campeonato espanhol de basquete, o médico que Bertans visitou é o mesmo que tratou de sua grave lesão no joelho esquerdo sofrida em 2013. O ala letão joga atualmente no Laboral Kutxa Baskonia, do país ibérico.

Bertans, ala letão de 22 anos de idade e 2,08m de altura, foi selecionado pelo Spurs na 42ª escolha do Draft de 2012 e, desde então, tem seus direitos presos à franquia texana. Na temporada, antes de se lesionar, o prospecto apresentou médias de 11 pontos (38,1% FG, 35,5% 3 PT, 85,3% FT) e 2,9 rebotes em 21:53 minutos por exibição na Euroliga e 11,4 pontos (46,0% FG, 42,0% 3 PT, 83,0% FT) e 2,8 rebotes em 22 minutos por jogo na Liga ACB.

Spurs (55-26) vs Suns (39-42) – Segundo lugar

107×91

O San Antonio Spurs está mais vivo do que nunca na disputa pela segunda colocação da Conferência Oeste. Neste domingo (12), a equipe texana recebeu o Phoenix Suns no AT&T Center e venceu o adversário por 107 a 91, resultado que enfim a colocou na vice-liderança. Agora, caso supere o New Orleans Pelicans, fora de casa, na quarta-feira, em seu último compromisso na temporada regular, o alvinegro tem grandes chances de terminar sua campanha nesta posição. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Tim Duncan fez história mais uma vez (Reprodução/nba.com/spurs)

Fazendo história – I

Nas incansáveis e pouco produtivas discussões para escolher o melhor ala-pivô de todos os tempos, Tim Duncan e Kevin Garnett têm suas legiões de defensores ferrenhos. Pois bem; os que argumentam a favor de The Big Fundamental ganharam mais um trunfo nesta segunda-feira. O astro do Spurs deixou a quadra com 22 pontos (7-11 FG, 8-9 FT), dez pontos, quatro assistências, dois tocos e duas roubadas de bola em 25:51 minutos e chegou à marca de 25.955 pontos na carreira, ultrapassando o ídolo do Minnesota Timberwolves e assumindo a 14ª colocação geral na história da NBA. Uma verdadeira lenda!

Danny Green bateu recorde (Reprodução/nba.com/spurs)

Fazendo história – II

Depois de deixar a quadra zerado na vitória sobre o Houston Rockets, na sexta-feira, Danny Green anotou 12 pontos (3-7 FG, 3-6 3 PT, 3-3 FT) e três assistências em 30:56 minutos no triunfo sobre o Suns. Com as três bolas de longa distância convertidas no confronto, o ala-armador atingiu a marca de 191 neste campeonato, recorde da franquia texana. Boa, garoto!

Voltem, titulares!

Uma das poucas preocupações dos torcedores do Spurs em meio à recente boa fase da equipe em quadra diz respeito à saúde de dois de seus titulares. Tony Parker voltou a ter atuação abaixo do que se espera dele, anotando somente dez pontos (5-10 FG, 0-1 3 PT) e cinco assistências em 26:10 minutos. Tiago Splitter, por sua vez, perdeu seu quinto jogo consecutivo por conta de uma lesão na panturrilha.

O show tem que continuar

Dono da melhor sequência da NBA com vantagem – são 11 triunfos consecutivos, contra cinco de Indiana Pacers e Los Angeles Clippers, vice-líderes na estatística – e vencedor de 21 dos seus últimos 24 compromissos. Mesmo com a grande fase, o Spurs precisa vencer sua partida na quarta-feira, contra o Pelicans, fora de casa, para ter chances de terminar a temporada com a segunda colocação na Conferência Oeste. Terá pernas para isso?

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 22 pontos,10 rebotes, 4 assistências, 2 tocos e 2 roubos de bola

Kawhi Leonard – 18 pontos e 9 rebotes

Cory Joseph – 13 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

Marco Belinelli – 13 pontos e 4 rebotes

Danny Green – 12 pontos e 3 assistências

Tony Parker – 10 pontos e 5 assistências

Phoenix Suns

Gerald Green – 23 pontos e 4 rebotes

Eric Bledsoe – 20 pontos, 10 assistências e 4 rebotes

Markieff Morris – 12 pontos e 5 rebotes

Archie Goodwin – 11 pontos e 4 rebotes

Spurs (54-26) vs Suns (39-41) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Phoenix Suns – Temporada Regular

Data: 12/04/2015

Horário: 20h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: Sports+

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,03 (favorito) vs Suns 13,01

Após bater o Houston Rockets, o San Antonio Spurs entrou de vez na briga pelo título da Divisão Sudoeste e pela vice-liderança da Conferência Oeste. A equipe texana agora está na terceira posição, com meio jogo de desvantagem para o Memphis Grizzlies, que aparece em segundo. Para tentar manter a melhor sequência atual da NBA e chegar à 11ª vitória seguida, o alvinegro recebe o Phoenix Suns sem Tiago Splitter, machucado, e Kyle Anderson, que retornou ao Austin Spurs para jogar os playoffs da D-League. Matt Bonner, outro lesionado, também pode ficar fora. Já os visitantes têm Brandon Knight, Kendall Marshall e Alex Len como baixas, e Gerald Green e Reggie Bullock como dúvidas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (2-1)

31/10/2014 – Spurs 89 @ 94 Suns

Em sua segunda partida no campeonato, o Spurs sofreu sua primeira derrota ao perder para o Suns na casa do adversário no primeiro duelo entre as duas equipes na temporada. Tony Parker, com 19 pontos e seis assistências, se destacou pelo alvinegro na ocasião.

09/01/2015 – Spurs 100 x 95 Suns

No primeiro confronto entre as duas equipes no AT&T Center nesta temporada, o Spurs superou sua própria má atuação no terceiro quarto para superar o Suns. Danny Green, com 20 pontos e quatro rebotes, foi o principal jogador da equipe de San Antonio na partida.

01/03/2015 – Spurs 101 @ 74 Suns

Na partida que encerrou a participação do Spurs na Rodeo Road Trip desta temporada, a equipe texana venceu tranquilamente o Suns, em confronto que marcou o início da volta do bom basquete ao alvinegro. O destaque do time de San Antonio no jogo foi Kawhi Leonard, com 22 pontos, dez rebotes, três roubadas de bola e dois tocos.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Aron Baynes

Fique de Olho – Cestinha do Spurs em um dos confrontos com o Suns nesta temporada, Danny Green tem a chance de se redimir após deixar a quadra zerado no jogo contra o Rockets, errando os sete arremessos de quadra que tentou, sendo cinco deles da linha dos três pontos. No campeonato, o ala-armador tem médias de 11,8 pontos e 4,3 rebotes em 28,6 minutos por exibição, com aproveitamento de 41,7% nas bolas de longa distância.

PG – Eric Bledose

SG – PJ Tucker

SF – Marcus Morris

PF – Markieff Morris

C – Brendan Wright

Fique de Olho – Com a lista de baixas no perímetro do Suns, pode sobrar para Marcus Morris a ingrata missão de acompanhar Kawhi Leonard enquanto os titulares estiverem em quadra. Na temporada, o jogador tem médias de 10,5 pontos e 4,7 rebotes em 25,2 minutos por jogo.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 56 outros seguidores