Arquivo do autor:Lucas Pastore

Ginobili não deve disputar a Copa América

De acordo com reportagem do site americano Project Spurs, Manu Ginobili não deve defender a seleção da Argentina na Copa América deste ano. A competição será disputada em Monterrey, no México, entre os dias 25 de agosto e 6 de setembro, e vai dar duas vagas para a Olimpíada do Rio de Janeiro, que acontecerá em 2016.

Ginobili em ação na Olimpíada de 2016 (Reprodução/london2012.fiba.com)

Segundo o site argentino Telediario Digital, a informação da ausência de Ginobili na competição internacional foi dada por Sergio Hernandez, técnico da seleção dos hermanos.

“Ginobili não vai para Monterrey. Tenho autoridade para dizer que ele não fará parte deste torneio. Ele está atravessando uma longa temporada na NBA, e esse é um momento importante na carreira dele”, disse Hernandez, a um programa de rádio.

Esse será o segundo ano consecutivo em que Ginobili não atua pela seleção. Em 2014, ele foi desfalque após veto do Spurs e não pôde disputar a Copa do Mundo masculina.

Spurs (46-26) vs Mavericks (45-28) – Revanche

94×76

Somente três dias depois de perder para o Dallas Mavericks, fora de casa, o San Antonio Spurs voltou a enfrentar o rival nesta sexta-feira (27), dessa vez no AT&T Center, e dessa vez saiu de quadra vitorioso. Com o resultado, a série entre os texanos na temporada regular terminou empatada por 2 a 2, e o alvinegro abriu 1,5 jogos de vantagem sobre o oponente na sexta colocação da Conferência Oeste. Confira o que de principal aconteceu no duelo.

Diaw foi o destaque da partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Gordinho saliente

Com grande eficiência nos arremessos, um ala-pivô europeu foi o cestinha de Spurs x Mavs. Mas se engana quem pensa que falo de Dirk Nowitzki. Com 19 pontos (8-11 FG, 3-4 3 PT), três rebotes e três assistências, Boris Diaw deu mais uma prova de que voltou a jogar em alto nível e foi o destaque da partida. Enquanto isso, o alemão deixou a quadra com apenas sete pontos (3-9 FG, 1-1 3 PT e 0-1 FT), cinco rebotes e quatro assistências.

Kawhi manteve a rotina de ladrão (Reprodução/nba.com/spurs)

Mãos para o alto, novinha!

Talvez o melhor jogador do Spurs na temporada, superando a importância do Big Three, Kawhi Leonard deixou a quadra com 12 pontos (4-13 FG, 1-4 3 PT, 3-4 FT), seis rebotes, três assistências e uma roubada de bola em 31:42 minutos. Como isso, o ala chegou a 17 partidas seguidas com pelo menos um roubo de bola. O jogador é o líder da NBA no fundamento, com média de 2,2 por exibição.

Lesão do algoz

Um dos maiores carrascos do Spurs na temporada, Monta Ellis teve de deixar o jogo mais cedo. Restando 6:43 para o fim do terceiro período, o ala-armador do Mavs foi para os vestiários com dor no joelho direito e não retornou mais para a partida. O astro da equipe de Dallas deixou a quadra com somente dez pontos (5-10 FG, 0-3 3 PT) em 23:07 minutos.

Sem descanso

Se engana quem pensa que a sequência de pedreiras do Spurs acabou. A equipe agora enfrenta o Memphis Grizzlies, segundo colocado na Conferência Oeste, no domingo, com transmissão ao vivo do Sports+, e o Miami Heat, que briga por uma vaga nos playoffs do Leste, na terça-feira, com transmissão ao vivo do Space. Vale lembrar que o confronto marca a reedição da última final da NBA.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Boris Diaw – 19 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Danny Green – 14 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

Tiago Splitter – 13 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Kawhi Leonard – 12 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Tony Parker – 12 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Dallas Mavericks

Tyson Chandler – 10 pontos e 14 rebotes

Monta Ellis – 10 pontos

Spurs (45-26) vs Mavericks (45-27) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Dallas Mavericks – Temporada Regular

Data: 27/03/2015

Horário: 21h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,20 (favorito) vs Mavs 4,56

Sexta-feira de revanche para o San Antonio Spurs! Três dias após perder para o Dallas Mavericks, o alvinegro volta a enfrentar o rival, dessa vez no AT&T Center, em confronto direto pela sexta posição na Conferência Oeste. Para embalar os mandantes, a equipe da cidade do Álamo vem de vitória por 39 pontos de diferença sobre o Oklahoma City Thunder, talvez em sua melhor exibição na temporada. Os donos da casa têm Kyle Anderson, que voltou para o Austin Spurs, como desfalque, e o lesionado Aron Baynes como dúvida. Os visitantes, por sua vez, têm os machucados J.J. Barea e Richard Jefferson como possíveis baixas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-2)

28/11/2014 – Spurs 101 vs 100 Mavs

Em sua primeira partida na temporada, o Spurs teve de suar para vencer o Mavs, em jogo que marcou a entrega dos aneis de campeão para os jogadores do alvinegro. Tony Parker, com 23 pontos, três assistências e três rebotes, foi o destaque do time.

20/12/2014 – Spurs 93 @ 99 Mavs

Sem poder contar com Tony Parker, Patrick Mills, Manu Ginobili, Danny Green, Kawhi Leonard, Tim Duncan e Tiago Splitter, o Spurs quase arrancou uma vitória na casa do rival, que promoveu a estreia de Rajon Rondo na partida. Marco Belinelli, com 21 pontos e três rebotes, foi o destaque da equipe de San Antonio no confronto.

24/03/2015 – Spurs 94 @ 101 Mavs

No mais recente duelo, o Spurs começou bem e terminou o primeiro tempo vencendo por 12 pontos de diferença, mas não conseguiu manter o bom nível e acabou derrotado. Kawhi Leonard, com 19 pontos, nove rebotes e quatro roubadas de bola, se destacou.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho - Tony Parker entrou em ação duas vezes contra o Mavs na temporada. Na primeira, anotou 23 pontos, três assistências e três rebotes, e o Spurs venceu o rival. Na segunda, deixou a quadra com apenas oito pontos, três assistências e um rebote, e o alvinegro acabou derrotado. Qual atuação será repetida nesta sexta? Na temporada, o armador francês tem médias de 14,9 pontos e 4,9 assistências em 29,2 minutos por exibição.

PG – Rajon Rondo

SG – Monta Ellis

SF – Chandler Parsons

PF – Dirk Nowitzki

C – Tyson Chandler

Fique de Olho - Monta Ellis tem se notabilizado como um dos maiores carrascos do Spurs da NBA. No campeonato, o ala-armador anotou, em média, 34 pontos e quatro assistências em 39,1 minutos por exibição nos três duelos que travou com o rival. No geral da temporada, o astro do Mavs sustenta 19,3 pontos e 4,2 assistências em 33,9 minutos por jogo.

Bertans sofre grave lesão na Espanha

Segundo reportagem do site americano Project Spurs, Davis Bertans, prospecto ligado ao San Antonio Spurs, rompeu o ligamento anterior cruzado do joelho direito nesta quinta-feira (26), no duelo do Laboral Kutxa, seu time, com o Emporio Armani Milano. A lesão ocorreu no primeiro quarto do jogo, válido pela Euroliga, que acabou com vitória italiana por 99 a 85.

Bertans teve de ser carregado para fora da quadra (Reprodução/es.eurosport.yahoo.com)

De acordo com o site italiano Sportando, Bertans, sentindo muita dor após arriscar uma infiltração, foi levado imediatamente para o vestiário. De lá, foi direto para o hospital. Nesta sexta-feira, a página oficial do clube espanhol confirmou a lesão.

Esta não é a primeira lesão grave da carreira de Bertans. O ala letão usou a sua conta pessoal no Twitter nesta sexta-feira para se manifestar sobre o ocorrido.

Bertans, ala letão de 22 anos de idade e 2,08m de altura, foi selecionado pelo Spurs na 42ª escolha do Draft de 2012 e, desde então, tem seus direitos presos à franquia. Na temporada, o prospecto tem médias de 11 pontos (38,1% FG, 35,5% 3 PT, 85,3% FT) e 2,9 rebotes em 21:53 minutos por exibição na Euroliga e 11,4 pontos (46,0% FG, 42,0% 3 PT, 83,0% FT) e 2,8 rebotes em 22 minutos por jogo na Liga ACB, o campeonato espanhol de basquete.

Spurs (43-25) vs Celtics (30-38) – Susto e vitória

101×89

O San Antonio Spurs deu um susto em sua torcida, mas venceu o Boston Celtics por 101 a 89, na noite desta sexta-feira (20), em jogo disputado no AT&T Center. No quarto período, a equipe texana chegou perto de desperdiçar uma grande vantagem no placar construída ao longo da partida antes de confirmar seu triunfo. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto:

Kawhi Leonard foi o destaque do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Que susto!

Dominando a partida desde o começo, especialmente graças às boas atuações dos seus titulares, o Spurs chegou a abrir 25 pontos de vantagem sobre o Celtics em determinados momentos do primeiro e do último períodos. Porém, no último quarto, já com os reservas em quadra, a equipe texana chegou a ceder uma corrida de 16 a 0 para o adversário, que se empolgou, gostou do jogo cortou a diferença para sete pontos: 91 a 84. Diante da ameaça iminente, Gregg Popovich teve de colocar a “tropa de choque” para confirmar o triunfo.

Tiago Splitter teve ótima exibição (Reprodução/nba.com/spurs)

Os titulares

Cinco jogadores do Spurs chegaram aos dígitos duplos. Foram os cinco titulares: Kawhi Leonard (22 pontos, sete rebotes e três roubadas de bola), Tiago Splitter (18 pontos, seis rebotes, três assistências e duas roubadas de bola), Tony Parker (15 pontos e sete assistências), Danny Green (dez pontos, oito rebotes, quatro assistências, duas roubadas de bola e dois tocos) e Tim Duncan (dez pontos, seis rebotes, três assistências e duas roubadas de bola).

Golpe baixo

Restando nove minutos para o fim da partida, o armador titular do Boston Celtics, Marcus Smart, protagonizou uma cena lamentável. O jovem novato, de apenas 21 anos de idade, acertou um soco bem nos “países baixos” de Matt Bonner, que havia estabelecido um corta-luz para contê-lo. O golpe foi tão desleal que o ala-pivô do Spurs teve de ser acalmado por seus colegas e por Pop para que uma confusão generalizada não se instaurasse em quadra.

O jogador da equipe de Boston, obviamente, foi excluído da partida pelos juízes.

Boa corrida

Com a vitória, a sétima seguida do Spurs sobre o Celtics, a equipe texana acumula dez triunfos nos últimos doze jogos. A corrida colocou de vez o alvinegro na briga por uma melhor colocação na Conferência Oeste: o time texano passou mais uma vez o rival Dallas Mavericks, assumiu a sexta colocação e está a apenas um jogo do Los Angeles Clippers, quinto.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 22 pontos, 7 rebotes e 3 roubos de bola

Tiago Splitter – 18 pontos, 6 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Tony Parker – 15 pontos e 7 assistências

Danny Green – 10 pontos, 8 rebotes, 4 assistências, 2 roubos de bola e 2 tocos

Tim Duncan – 10 pontos, 6 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Boston Celtics

Evan Turner – 17 pontos e 4 assistências

Avery Bradley – 16 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Jae Crowder – 14 pontos e 6 rebotes

Marcus Smart – 10 pontos e 4 assistências

Brandon Bass – 10 pontos e 4 rebotes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 52 outros seguidores