Arquivo do autor:Lucas Pastore

Spurs (32-25) x Blazers (33-21) – Ainda zerados

 118×127

Nessa quinta-feira (8), o San Antonio Spurs visitou o Portland TrailBlazers e perdeu para os mandantes pelo placar de 127 a 118, sofrendo sua terceira derrota nos três primeiros jogos da Rodeo Road Trip deste ano. O alvinegro lutou e chegou a ensaiar uma virada no terceiro quarto, mas não teve fôlego para vencer. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

McCollum guiou o Blazers à vitória (twitter.com/trailblazers)

Faltou pouco

Quanto o Blazers abriu 21 pontos de vantagem no começo do terceiro quarto, parecia que o jogo já estava decidido. Foi aí que o Spurs lutou, conseguindo até mesmo arrancar um empate de 88 a 88. No entanto, o time da casa garantiu a vitória comandado por um inspirado CJ McCollum, que deixou a quadra com 30 pontos, nove rebotes, duas roubadas de bola e dois tocos em 34 minutos e converteu sete bolas de três, igualando seu recorde pessoal. Com a grande exibição do ala-armador, ficou difícil para o alvinegro roubar a vitória na estrada.

Se reforçar é importante

Se o Spurs entrou no quarto período perdendo por apenas 96 a 90 e viu o jogo ser decidido a favor do adversário, muito se deve a Rodney Hood. O ala do Blazers anotou 14 pontos e três rebotes em 25 minutos, saindo do banco de reservas, e converteu a bola de três que fez com que os mandantes abrissem 125 a 110 restando pouco menos de dois minutos, praticamente garantindo a vitória. O jogador foi uma das duas novidades que a franquia conseguiu na última semana de trocas – a outra é Skal Labissiere. O alvinegro, por sua vez, segue sem reforços.

Baixa

Mais uma vez, o Spurs entrou em quadra sem Derrick White. Com uma fascite plantar, o armador deve voltar às quadras somente depois a pausa para o All-Star Game – ao menos, é o que o técnico Gregg Popovich disse após a partida. Davis Bertans começou a partida em seu lugar e registrou somente dois pontos, cinco rebotes, uma assistência e um toco em 24 minutos.

Saudades de casa

A derrota foi a 18ª do Spurs em 28 jogos que a equipe fez longe de sua casa na temporada. Antes de voltar para o AT&T Center, o alvinegro ainda visita Utah Jazz, Memphis Grizzlies, Toronto Raptors, New York Knicks e Brooklyn Nets enquanto seu ginásio recebe um rodeio.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 35 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Rudy Gay – 25 pontos e 3 rebotes

LaMarcus Aldridge – 17 pontos e 10 rebotes

Bryn Forbes – 11 pontos e 3 rebotes

Portland TrailBlazers

CJ McCollum – 30 pontos, 9 rebotes, 2 roubos de bola e 2 tocos

Damian Lillard – 24 pontos, 9 assistências e 5 roubos de bola

Jusuf Nurkic – 22 pontos, 6 assistências, 3 rebotes e 2 tocos

Rodney Hood – 14 pontos e 3 rebotes

Jake Layman – 13 pontos e 3 rebotes

Al-Farouq Aminu – 11 pontos e 8 rebotes

Anúncios

Spurs (32-22) x Pelicans (23-30) – Que susto!

 113×108

Nesse sábado (2), o San Antonio Spurs caminhava para o que parecia ser uma vitória fácil sobre o New Orleans Pelicans no AT&T Center, mas sofreu um susto nos minutos finais da partida. Mesmo assim, conseguiu sobreviver e bateu o adversário pelo placar de 113 a 108, chegando ao seu quinto triunfo consecutivo. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge se destacou contra o Pelicans (Reprodução/twitter.com/spurs)

Noite de terror

Não, o susto não veio por conta do morcego que entrou no ginásio e fez com que os torcedores do Spurs tivessem ainda mais saudade de Manu Ginobili. O alvinegro abriu 106 a 84, o que fez com que o técnico Gregg Popovich tirasse seus titulares de quadra com o intuito de poupá-los. No entanto, o jogo quase sofreu grande reviravolta no garbage time, já que o Pelicans conseguiu uma incrível corrida de 25 a 4 e encostou no placar. Felizmente, não era tarde demais, e o quinteto inicial voltou para a partida e garantiu a vitória nos segundos derradeiros.

Decisivo

Em algumas partidas desta temporada, DeMar DeRozan teve grande exibição, mas falhou na hora decisiva. Contra o Pelicans, foi o contrário. O ala-armador deixou a quadra com 13 pontos, seis rebotes e cinco assistências, convertendo somente três dos dez arremessos de quadra que tentou. No entanto, o astro serviu para matar o jogo depois que os reservas do Spurs quase colocaram tudo a perder. Quando o placar mostrava 111 a 108 a favor do time texano, Tim Frazier errou bola de três pontos restando apenas 4,4 segundos. Foi aí que o camisa #10 do alvinegro converteu os dois lances livres que deram números finais à partida.

Noite histórica para os pivôs 

LaMarcus Aldridge mostrou porque foi eleito para o All-Star Game e foi o destaque da vitória do Spurs sobre o Pelicans, deixando a quadra com 25 pontos e 14 rebotes e convertendo 12 dos 20 arremessos de quadra que tentou. Assim, o ala-pivô chegou aos 18.013 pontos na carreira e é o único jogador da NBA com 18 mil pontos e 7,5 mil rebotes desde 2006, ano em que foi draftado. Pau Gasol, por sua vez, registrou seis pontos, quatro rebotes e quatro assistências e chegou aos 20.882 pontos, superando Bob Pettit e se tornando o 37º maior cestinha da história da liga.

Agora é na estrada

Com o resultado, o Spurs chegou ao seu 22º triunfo em 29 jogos no AT&T Center. O desafio agora é melhorar como visitante, já que o alvinegro venceu só dez das 25 partidas que fez na estrada. Após bater o Pelicans, o time agora parte para a tradicional Rodeo Road Trip, série de compromissos que a equipe faz pelo país enquanto seu ginásio recebe um rodeio. Os oponentes de 2019 são Sacramento Kings, Golden State Warriors, Portland TrailBlazers, Utah Jazz, Memphis Grizzlies, Toronto Raptors, New York Knicks, Brooklyn Nets e Detroit Pistons.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 25 pontos e 14 rebotes

Rudy Gay – 17 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Marco Belinelli – 17 pontos

DeMar DeRozan – 13 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Bryn Forbes – 12 pontos e 4 assistências

Patty Mills – 12 pontos

New Orleans Pelicans

Frank Jackson – 25 pontos

Jrue Holiday – 15 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Ian Clark – 15 pontos

Cheick Diallo – 13 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Kenrick Williams – 12 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Darius Miller – 11 pontos

Spurs (31-22) x Pelicans (23-29) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x New Orleans Pelicans – Temporada regular

Data: 02/02/2018

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,20 (favorito) x 5,10 Pelicas

Vindo de quatro vitórias consecutivas, o San Antonio Spurs recebe o New Orleans Pelicans para tentar manter a boa fase. Depois de sofrer com lesões de jogadores importantes, como DeMar DeRozan e Rudy Gay, o alvinegro deve ter quase todo o elenco à disposição – as exceções são Dejounte Murray, fora da temporada, e Dante Cunningham, que pode desfalcar o time após machucar o tornozelo. Os visitantes, por sua vez, entrarão em quadra sem os lesionados Elfrid Payton, E’Twaun Moore, Trevon Bluiett, Nikola Mirotic, Julius Randle e Anthony Davis.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (2-1)

03/11/2018 – Spurs 109 x 95 Pelicans

No primeiro confronto da temporada, disputado no AT&T Center, o Spurs venceu o Pelicans pelo placar de 109 a 95. DeMar DeRozan, com 26 pontos, se destacou na ocasião.

21/11/2018 – Spurs 126 @ 140 Pelicans

Um dia depois de vencer o Golden State Warriors em casa, o Spurs visitou o Pelicans e acabou derrotado por 140 a 126, perdendo a chance de embalar. Novamente DeRozan, dessa vez com 21 pontos, seis rebotes e cinco assistências, foi o destaque da equipe texana.

27/01/2019 – Spurs 126 @ 114 Pelicans

Sem DeRozan, o Spurs foi até a Luisiana para enfrentar um Pelicans já desfalcado de Anthony Davis e conseguiu a única vitória como visitante da série na temporada até aqui. LaMarcus Aldridge, com 28 pontos e 12 rebotes, foi o comandante do triunfo do alvinegro.

PG – Derrick White

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Rudy Gay

C – LaMarcus Aldridge

Fique de Olho – Janeiro foi o mês da explosão de Derrick White, que registrou médias de 15,3 pontos, 4,2 rebotes e 3,9 assistências em 30,9 minutos por exibição no mês, marcando jogadores de perímetro de alto nível e conseguindo o absurdo aproveitamento de 59,5% nos arremessos de quadra no período. Agora, o jovem armador do Spurs terá o desafio de se manter em alta com as defesas adversárias cada vez mais acostumadas com o seu jogo.

PG – Frank Jackson

SG – Jrue Holiday

SF – Solomon Hill

PF – Darius Miller

C – Jahlil Okafor

Fique de Olho – Os problemas no garrafão do Pelicans fazem com que Jahlil Okafor tenha mais uma chance de provar seu valor na NBA. Nos nove jogos que fez como titular na temporada, o pivô apresentou médias de 15,8 pontos e 8,7 rebotes em 26,8 minutos por exibição.

Spurs (29-22) x Wizards (21-28) – Aldridge é o cara

 132×119

Um dia depois de bater o New Orleans Pelicans na estrada, o San Antonio Spurs voltou ao AT&T Center nesse domingo (27) e venceu o Washington Wizards pelo placar de 132 a 119. Na ausência de DeMar DeRozan, com dores no joelho esquerdo, LaMarcus Aldridge assumiu as rédeas do ataque da equipe texana com excelência. Vamos aos destaques do confronto.

Spurs levou a melhor sobre o Wizards (Reprodução/twitter.com/spurs)

Franchise player

Na ausência de DeRozan, Aldridge mostrou sua capacidade de liderar um ataque. Aproveitando-se do espaçamento que Pau Gasol oferece no time titular, o ala-pivô anotou 30 pontos, nove rebotes, seis assistências e dois tocos e foi o cestinha do jogo. Assim, o camisa #12 liderou o esforço ofensivo do alvinegro, que teve sete jogadores chegando aos dígitos duplos em pontuação e passou da marca dos 130 pontos pela quinta vez na temporada.

Treinador de elite

Os primeiros segundos da vitória sobre o Wizards mostraram a importância de Gregg Popovich. Logo na primeira posse de bola da partida, Thomas Bryant conseguiu uma enterrada livre, e o técnico do Spurs resolveu pedir tempo. A conversa funcionou, e os visitantes acertaram somente um dos oito arremessos de quadra que tentaram na sequência. Ainda no primeiro quarto, o alvinegro conseguiu corridas de 11 a 2 e 15 a 2 e aumentou sua vantagem para 13 pontos. Na volta do intervalo, a equipe de casa mostrou que aprendeu a lição e, com atenção desde a primeira posse de bola, segurou o time de Washington a 17 pontos no terceiro período, com somente sete arremessos de quadra convertidos em 27 tentados.

Ganhando espaço

De volta após desfalcar a equipe por duas partidas por conta de problemas pessoais, Davis Bertans mostrou sua importância. Ganhando minutos devido à ausência de DeRozan, o letão marcou 21 pontos contra o Wizards, seu recorde na temporada, e ainda contribuiu com três rebotes. Além disso, converteu cinco dos oito arremessos de três pontos que tentou e se manteve como o jogador com melhor aproveitamento no quesito em toda a NBA.

Novidades sobre os armadores

Por vezes alvo de críticas, Patty Mills chegou ao seu 500º jogo com a camisa do Spurs e se tornou o 13º jogador da história da franquia texana a fazê-lo. A importância do australiano aumentou com a ausência de Dejounte Murray, que já aparece em vídeo postado por ele no Twitter treinando na quadra sem qualquer tipo de proteção no joelho. Mesmo assim, Pop mantem a versão de que a chance de o jovem armador voltar ainda nesta temporada é “zero”.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 30 pontos, 9 rebotes, 6 assistências e 2 tocos

Davis Bertans – 21 pontos e 3 rebotes

Derrick White – 16 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Bryn Forbes – 16 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

Patty Mills – 15 pontos, 7 assistências e 2 roubos de bola

Marco Belinelli – 13 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Rudy Gay – 11 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Washington Wizards

Tomas Satoransky – 21 pontos, 9 rebotes e 8 assistências

Bradley Beal – 21 pontos, 7 assistências, 4 roubos de bola e 4 rebotes

Trevor Ariza – 20 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Thomas Bryant – 15 pontos e 10 rebotes

Jeff Green – 15 pontos e 3 assistências

Otto Porter Jr. – 13 pontos, 4 rebotes e 3 roubos de bola

Chasson Randle – 11 pontos e 5 assistências

Spurs (28-22) x Wizards (21-27) – Temporada Regular

San Antonio Spurs x Washington Wizards – Temporada regular

Data: 27/01/2018

Horário: 23h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,38 (favorito) x Wizards 3,25

Um dia depois de vencer o New Orleans Pelicans na estrada, o San Antonio Spurs, sexto colocado na Conferência Oeste, volta ao AT&T Center para receber o Washington Wizards, nono colocado na Conferência Leste. Sem Dejounte Murray até o fim da temporada, equipe texana deve continuar com os desfalques de DeMar DeRozan, com dores no joelho esquerdo, e Davis Bertans, liberado para resolver problemas pessoais. Os visitantes, por sua vez, têm John Wall, Markieff Morris e Dwight Howard como baixas e Devin Robinson e Ian Mahinmi como dúvidas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Derrick White

SG – Bryn Forbes

SF – Rudy Gay

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Sem DeMar DeRozan, Pau Gasol, que chegou a ficar fora da rotação recentemente, herda a vaga no quinteto titular graças à sua capacidade de espaçar a quadra, o que faz com que LaMarcus Aldridge tenha espaço para operar no poste baixo. Nessa função, o pivô espanhol anotou 13 pontos, nove rebotes e quatro assistências em 22 minutos na vitória sobre o Pelicans, no que provavelmente foi sua melhor partida na temporada. Nesta campanha, o europeu tem médias de 4,8 pontos e 5,4 rebotes em 14,4 minutos por exibição.

PG – Tomas Satoransky

SG – Bradley Beal

SF – Trevor Ariza

PF – Jeff Green

C – Thomas Bryant

Fique de Olho – As ausências de Markieff Morris e, principalmente, Dwight Howard fazem com que Thomas Bryant finalmente tenha espaço para mostrar serviço na NBA. Até aqui, na temporada, o jovem pivô tem médias de 9,2 pontos e 5,6 rebotes em 18,7 minutos por exibição, com direito a 37,5% de aproveitamento nos arremessos de três pontos.