Arquivo do autor:Lucas Pastore

Williams assina até o fim da temporada

Na sexta-feira (20), o San Antonio Spurs anunciou que Reggie Williams assinou contrato até o fim da temporada. Por política da franquia, os termos do vínculo não foram divulgados.

Williams fica no Spurs (Soobum Im/USA Today)

Williams chegou ao Spurs no dia 28/01, quando assinou por dez dias. Depois de renovar seu vínculo com novo documento desta duração, acertou até o fim da temporada.

Até aqui, Williams disputou quatro jogos com o Spurs e apresentou médias de 2,3 pontos, 0,8 assistências e 0,5 rebotes em 5,7 minutos por exibição.

Splitter é personagem de documentário

Pivô do San Antonio Spurs, Tiago Splitter foi personagem do documentário “Bola ao Cesto – O resgate de uma história”, que conta a trajetória da Seleção Brasileira de basquete desde a década de 1950 até hoje. A produção do filme foi até o Texas para poder entrevistar o jogador.

Splitter foi entrevistado para o documentário (Reprodução/facebook.com/bolaaocesto)

O documentário está disponível por meio de seu site oficial, além de ter canais no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube. Neste último, está disponível material sobre Splitter.

Veja, abaixo, o trailer do documentário:

Spurs tem interesse em Stoudemire, diz site

De acordo com reportagem do site americano Project Spurs, o San Antonio Spurs tem interesse na contratação de Amare Stoudemire. O ala-pivô, de 32 anos de idade, 2,08m de altura e 111kg, acaba de acertar a rescisão de seu contrato com o New York Knicks.

Stoudemire em ação contra o Spurs (Robert Sabo/New York Daily News)

Segundo Adrian Wojnarowski, colunista do Yahoo! Sports, Dallas Mavericks e Los Angeles Clippers têm forte interesse em Stat, e o Spurs é apontado como “azarão” na disputa.

Relatos de outros jornalistas americanos, como Marc Stein e Ramona Shelburne, da ESPN, ainda colocam o Phoenix Suns como candidato a novo destino de Stoudemire e tiram Golden State Warriors, Memphis Grizzlies e Portland TrailBlazers da briga.

Ao longo desta temporada, Stat disputou 36 partidas com a camisa do Knicks e apresentou médias de 12 pontos e 6,8 rebotes em 24 minutos por exibição.

Spurs (34-19) @ Pistons (21-33) – Nosso Spurs

104×87

Na noite desta quarta-feira (11), o San Antonio Spurs conseguiu seu melhor resultado na Rodeo Road Trip até aqui. Depois de perder para o Toronto Raptors e suar para vencer o Indiana Pacers, a equipe texana bateu tranquilamente um Detroit Pistons que tem complicado a vida de muita gente ultimamente. Confira, a seguir, os principais pontos do confronto.

Parker fez boa partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Armadores em alta

A dupla titular de armadores do Spurs se destacou junta na partida contra o Pistons, o que não acontecia há um bom tempo. Tony Parker, apesar dos cinco turnovers, deixou a quadra com 17 pontos (6-10 FG, 5-5 FT), seis assistências e três rebotes em 32:05 minutos, e Danny Green anotou 19 pontos (7-13 FG, 5-10 3 PT), oito rebotes, quatro assistências, duas roubadas de bola e dois tocos em 31:27 minutos.

Baynes foi titular de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

Pivô titular?

Mais uma vez, Aron Baynes foi o escolhido para começar o jogo como pivô titular ao lado de Tim Duncan no garrafão do Spurs. O australiano parece mesmo ter conquistado a predileção de Gregg Popovich e, com seu estilo físico e atlético, pode ser útil para combater os jovens grandalhões que costumam complicar a vida do time texano. Contra o Pistons, o camisa #16 anotou 12 pontos (6-8 FG) e quatro rebotes em 24:05 minutos e ajudou a limitar Andre Drummond a dez pontos (4-10 FG, 2-6 FT), nove rebotes e dois tocos em 34:08 minutos.

Tiago Splitter, por sua vez, tem estilo mais técnico e parece combinar mais com a segunda unidade, focada na movimentação de bola – o brasileiro é um passador acima da média para a posição. Contra o Pistons, o camisa #22, mais uma vez saindo do banco de reservas, deixou a quadra com seis pontos (3-6 FG), sete rebotes e uma assistência em 16:39 minutos.

Aprendeu com os erros?

A vitória do Spurs foi construída principalmente no terceiro quarto, parcial em que o time apresenta mais dificuldades no campeonato. Contra o Pistons, a equipe texana anotou 34 pontos e permitiu apenas 24 no período, encaminhando assim seu 34ª triunfo na temporada.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 19 pontos, 8 rebotes, 4 assistências, 2 roubos de bola e 2 tocos

Tony Parker – 17 pontos, 6 assistências e 3 rebotes

Manu Ginobili – 13 pontos

Aron Baynes – 12 pontos e 4 rebotes

Marco Belinelli – 10 pontos e 3 assistências

Detroit Pistons

D.J. Augustin – 22 pontos, 6 assistências e 3 rebotes

Kentavious Caldwell-Pope – 20 pontos e 3 rebotes

Andre Drummond – 10 pontos, 9 rebotes e 2 tocos

Spurs (33-19) @ Pistons (21-32) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Detroit Pistons – Temporada Regular

Data: 11/02/2015

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: Palace of Auburn Hills

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,41 (favorito) vs Pistons 2,93

O San Antonio Spurs visita o Detroit Pistons em seu terceiro jogo na Rodeo Road Trip de 2015. Até aqui, na viagem, a equipe texana perdeu para o Toronto Raptors e bateu o Indiana Pacers, no jogo que marcou a milésima vitória do técnico Gregg Popovich em sua carreira na NBA. O alvinegro deve ter todo o elenco à disposição, enquanto os donos da casa têm Brandon Jennings como baixa e Caron Butler e Cartier Martin como dúvidas.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (0-1)

06/01/2015 – Spurs 104 vs 105 Pistons

Após duas vitórias seguidas no AT&T Center, o Spurs recebeu o Pistons e perdeu a chance de embalar ao desperdiçar uma grande vantagem construída durante o jogo. O surpreendente Jeff Ayres foi o destaque do time texano no jogo ao anotar 16 pontos e quatro rebotes.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green/Manu Ginobili

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho - De volta após ficar fora da partida contra o Pacers, Manu Ginobili precisa jogar bem e desequilibrar o jogo enquanto os reservas estiverem em quadra para aumentar as chances de vitória do Spurs. Até aqui, na temporada, o ala-armador argentino tem médias de 12 pontos, 4,8 assistências e três rebotes em 24,8 minutos por exibição.

PG – DJ Augustin

SG – Kentavious Caldwell-Pope

SF – Kyle Singler

PF – Greg Monroe

C – Andre Drummond

Fique de Olho - Em sua carreira, Andre Drummond disputou três jogos contra o Spurs e obteve 14,3 rebotes por jogo nestes duelos. É a maior média da história contra o alvinegro, o que coloca o pivô do Pistons à frente de Dwight Howard (13,5), Kevin Love (13,5), Dennis Rodman (12,7) e Shaquille O’Neal (12,1). Nesta temporada, o jogador da equipe de Detroit tem médias de 12,6 pontos e 12,9 rebotes em 29,4 minutos por exibição.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 51 outros seguidores