Arquivo do autor:Lucas Pastore

Spurs (41-8) vs Pelicans (18-30) – Sentimentos mistos

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif110×97

Nessa quarta-feira (3), o San Antonio Spurs venceu, no AT&T Center, o New Orleans Pelicans pelo placar de 110 a 97 em noite de sentimentos mistos para a torcida texana. Se por um lado o alvinegro engatou a segunda vitória seguida e manteve a invencibilidade em casa, por outro perdeu Manu Ginobili, que se lesionou durante a partida e deve ficar no mínimo um mês afastado das quadras. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge foi o cestinha da partida (Reprodução/nba.com/spurs)

Fatalidade

Restando dois minutos e meio para o fim do jogo, Manu Ginobili teve de deixar a quadra rumo aos vestiários depois de ser atingido, bem… nos países baixos por Ryan Anderson. Embora David West e LaMarcus Aldridge tenham até brincado com o ocorrido após a partida, o problema é muito mais sério do que parecia a princípio: o ala-armador teve de operar o testículo nesta quinta e vai ficar pelo menos um mês afastado das quadras. Contra o Pelicans, o argentino obteve seis pontos, quatro assistências e três rebotes em 22:19 minutos.

Manu sofreu lesão grave (Reprodução/nba.com/spurs)

Novos destaques

Se a ausência de Manu Ginobili e Tim Duncan significava muito nas últimas temporadas, agora pode ser que o Spurs saiba se virar bem sem dois dos três membros do lendário Big Three. Isso porque agora a franquia aposta suas fichas em Kawhi Leonard e LaMarcus Aldridge, o que se mostrou acertado contra o Pelicans. Juntos, os novos astros do alvinegro combinaram para 20 pontos no quarto período, acertando seis dos dez arremessos de quadra tentados e decidindo a vitória do time texano.

Aldridge, em especial, fez sua melhor partida com a camisa do Spurs, deixando a quadra com 36 pontos, seis rebotes e três tocos e convertendo oito lances livres na parcial decisiva. Além disso, a defesa do ala-pivô sobre Anthony Davis, que marcou somente três pontos no quarto final, foi elogiada pelo técnico Gregg Popovich. Leonard, por sua vez, contribuiu com mais 26 pontos, cinco rebotes e dois tocos para a vitória.

Fazendo história

O Spurs venceu as 27 partidas que fez em casa na temporada até aqui e agora é líder isolado entre os melhores começos de campeonato como mandante da história da Conferência Oeste. No geral, a equipe texana está atrás apenas do Chicago Bulls de 1995/1996 (37) e do Orlando Magic da mesma temporada (33) e empatada com o Washington Capitols de 1947/1948. Além disso, o time igualou seu melhor recorde da história após 49 jogos, estabelecido em 2011.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 36 pontos, 6 rebotes e 3 tocos

Kawhi Leonard – 26 pontos, 5 rebotes e 2 tocos

Danny Green – 16 pontos e 7 rebotes

David West – 14 pontos, 5 rebotes, 5 assistências e 2 tocos

New Orleans Pelicans

Anthony Davis – 28 pontos, 10 rebotes, 4 assistências, 4 tocos e 4 roubos de bola

Jrue Holiday – 20 pontos, 5 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Norris Cole – 14 pontos, 9 assistências e 4 rebotes

Ryan Anderson – 10 pontos e 10 rebotes

Spurs (40-8) vs Pelicans (18-29) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs New Orleans Pelicans – Temporada Regular

Data: 03/02/2016

Horário: 23h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,07 (favorito) vs Pelicans 9,00

Depois das frustrantes derrotas para Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers, o San Antonio Spurs tenta retomar a boa fase, o que pode ter começado a acontecer na segunda-feira, com a vitória sobre o Orlando Magic, no AT&T Center. Novamente em sua casa, onde ainda não perdeu no campeonato, a equipe texana recebe desta vez o New Orleans Pelicans, que venceu o único confronto disputado na temporada até aqui. O alvinegro continua sem Tim Duncan, afastado por conta de dores no joelho direito. Os visitantes, por sua vez, têm Eric Gordon e Quincy Pondexter como baixas e Tyreke Evans como dúvida.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (0-1)

20/11/2015 – Spurs 90 @ 104 Pelicans

Os 22 pontos e cinco rebotes de Kawhi Leonard não foram suficientes para impedir a derrota do Spurs, que, sem Manu Ginobili, viu sua sequência de seis vitórias ser interrompida.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Boris Diaw

C – LaMarcus Aldridge

Fique de olho – Após testar David West e até Kyle Anderson como titulares na vaga de Tim Duncan, Gregg Popovich apostou em Boris Diaw para a partida contra o Magic. Até aqui, na temporada, suas médias são de 6,9 pontos e 3,3 rebotes em 19 minutos por exibição.

PG – Norris Cole

SG – Bryce Dejean-Jones

SF – Alonzo Gee

PF – Anthony Davis

C – Omer Asik

Fique de olho – Em um time que vem sofrendo muito com lesões nos últimos anos e que mais uma vez tem baixas importantes no perímetro, o recém-contratado Bryce Dejean-Jones vem se mostrando uma aposta interessante. Em seus seis primeiros jogos pelo time, apresenta médias de 5,7 pontos e 3,3 rebotes em 17,1 minutos por exibição.

Aldridge é convocado para o All-Star Game

O San Antonio Spurs terá três representantes no All-Star Game deste ano. Depois de Kawhi Leonard ter sido eleito titular da Conferência Oeste em votação popular e de Gregg Popovich ter se garantido como treinador do time, a NBA anunciou, nessa quinta-feira (28), que LaMarcus Aldridge está entre os sete convocados para o banco de reservas da equipe.

Aldridge é mais um All-Star em San Antonio (Reprodução/nba.com/spurs)

Chris Paul, do Los Angeles Clippers; James Harden, do Houston Rockets; Anthony Davis, do New Orleans Pelicans; DeMarcus Cousins, do Sacramento Kings; e Klay Thompson e Draymond Green, do Golden State Warriors, serão os outros reservas do Oeste. Para o Leste, foram convocados Isaiah Thomas, do Boston Celtics; John Wall, do Washington Wizards; DeMar DeRozan, do Toronto Raptors; Jimmy Butler, do Chicago Bulls; Paul Millsap, do Atlanta Hawks; Chris Bosh, do Miami Heat; e Andre Drummond, do Detroit Pistons.

Os jogadores foram eleitos pelos técnicos da liga, que indicaram dois das posições 1 ou 2, três das posições 3, 4 ou 5 e mais dois adicionais, sem poder votar em seus comandados.

O All-Star Game deste ano será disputado no dia 14 de fevereiro, em Toronto.

Pop será o técnico do Oeste no All-Star Game

O San Antonio Spurs garantiu mais um participante no All-Star Game deste ano. Depois de Kawhi Leonard ter sido eleito titular da Conferência Oeste em votação popular, a NBA anunciou, nessa quarta-feira (27), que Gregg Popovich será o treinador da equipe.

Pop deve levar seus assistentes (Reprodução/nba.com/spurs)

O técnico com o principal recorde de cada conferência a cada temporada se qualifica para treinar seu respectivo time no All-Star Game. Como Steve Kerr, do Golden State Warriors, está inelegível por ter recebido a honraria em 2015, Pop se garantiu como segundo melhor da Conferência Oeste. Tyronn Lue, do Cleveland Cavaliers, será o treinador do Leste.

O All-Star Game deste ano será disputado no dia 14 de fevereiro, em Toronto.

Spurs (38-6) @ Lakers (9-35) – Parabéns, Kobe!

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif108×95

No dia do aniversário de dez anos do lendário jogo de 81 pontos de Kobe Bryant, o San Antonio Spurs frustrou o astro ao vencer o seu Los Angeles Lakers por 108 a 95, mesmo na casa do adversário. Com o resultado, o alvinegro chegou à marca de 13 triunfos consecutivos, melhor sequência da NBA no momento. Vamos, a seguir, aos destaques do duelo.

Ginobili lembrou os velhos tempos (Reprodução/nba.com/spurs)

Retorno dos astros

Após ficarem fora da vitória sobre o Phoenix Suns na noite anterior, Tony Parker e Tim Duncan voltaram ao time titular do Spurs. O armador deixou a quadra com dez pontos em 22:16 minutos, enquanto o ala-pivô contribuiu com quatro pontos, três rebotes e três assistências em 21:10 minutos. Mas foi outro membro do bom e velho Big Three que roubou a cena…

West foi titular de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

Brilho contra o rival

Se as épicas batalhas entre os alas-armadores Manu Ginobili e Kobe Bryant estão perto do fim, o argentino deu ao rival um motivo a mais para dor de cabeça antes da aposentadoria. Em apenas 19:04 minutos, o astro do Spurs anotou 20 pontos, cinco roubadas de bola, quatro assistências, quatro rebotes e dois tocos, deixando a quadra como cestinha da partida e lembrando seus melhores dias. O veterano da franquia angelina, por sua vez, conseguiu somente cinco pontos e seis assistências em 26:34 minutos de ação.

Preservado

Com dores nas costas, LaMarcus Aldridge foi poupado do jogo contra o Lakers. Em seu lugar, David West teve mais uma oportunidade de começar jogando como titular. E não decepcionou, deixando a quadra com oito pontos e sete rebotes em 23:45 minutos.

Chegando a hora!

Vindo de 13 vitórias seguidas, o Spurs se prepara para uma das partidas mais esperados da temporada. Na segunda-feira, a equipe visita o Golden State Warriors no duelo dos dois melhores times do campeonato até aqui. Parker, Aldridge e Duncan, poupados em um dos jogos do back-to-back contra Suns e Lakers, devem estar à disposição.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 20 pontos, 5 roubos de bola, 4 assistências, 4 rebotes e 2 tocos

Kawhi Leonard – 18 pontos, 4 rebotes, 3 tocos e 2 roubos de bola

Patty Mills – 15 pontos e 4 rebotes

Danny Green – 12 pontos, 5 rebotes e 4 tocos

Tony Parker – 10 pontos

Los Angeles Lakers

D’Angelo Russell – 18 pontos e 3 assistências

Louis Williams – 16 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Jordan Clarkson – 16 pontos e 3 rebotes

Julius Randle – 12 pontos e 14 rebotes

Roy Hibbert – 10 pontos e 5 rebotes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 67 outros seguidores