Arquivo do autor:Lucas Santos

Spurs (9-6) @ Wolves (9-5) – Nova derrota na estrada

86×98min

Após vencer oDallas Mavericks em clássico texano, o San Antonio Spurs embarcou para seu segundo compromisso fora de casa em dois dias. Na partida, contra o Minnesota Timberwolves, o alvinegro até começou bem, mas vários erros e a falta de gás durante o jogo prejudicaram time, que saiu derrotado por 98 a 86. Veja, a seguir, os destaques do confronto:

San Antonio Spurs v Minnesota Timberwolves

Spurs não conseguiu vencer o Wolves (David Sherman/NBAE via Getty Images)

Bom Início

O Spurs começou bem o jogo e, apesar de alguns erros, venceu o primeiro quarto, e parecia destinado a mais uma vitória. A partir daí, uma série de erros e a aparente falta de gás prejudicaram a equipe, que saiu de quadra derrotada pelo Timberwolves.

Aldridge em ação (Jordan Johnson/NBAE via Getty Images)

Padrão de erros

As derrotas do Spurs na temporada 2017/2018 da NBA parecem seguir sempre um mesmo padrão. Quase todas vieram fora de casa, em jogos com bastante erros por parte dos texanos, tanto no ataque quanto na defesa. Dessa vez não foi diferente: o time de San Antonio desperdiçou muitas bolas ofensivas contra o Timberwolves e não se comunicou bem defensivamente, possibilitando assim a vitória dos adversários no fim.

Faltou gás

A partida foi definida no segundo quarto, quando o Spurs perdeu por 20 pontos. No terceiro, as duas equipes foram bem parelhas. Porém, no último, os texanos pareciam, em diversos momentos, prestes a iniciar uma sequência para retomar a liderança e sair com a vitória. Porém, para cada boa jogada no ataque havia uma ruim na defesa; Assim, o time cansou e teve pernas o bastante para ir atrás do resultado.

Destaques da partida:

San Antonio Spurs:

LaMarcus Aldridge – 15 pontos, 10 rebotes e 3 assistências

Pau Gasol – 13 pontos, 8 rebotes e 4 assistências

Patty Mills – 13 pontos e 5 assistências

Bryn Forbes – 8 pontos

Minnesota Timberwolves

Karl-Anthony Towns – 26 pontos, 16 rebotes e 2 tocos

Jeff Teague – 16 pontos e 6 assistências

Nemanja Bjelica – 11 pontos, 4 rebotes e 2 assistências

Anúncios

Spurs (9-5) @ Timberwolves (8-5) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Minnesota Timberwolves – Temporada Regular

Data: 15/11/2017

Horário: 23h00 (Horário de Brasília)

Local: Target Center

Onde assistir: NBA League Pass

Após encerrar série de seis jogos em casa com quatro vitórias, o San Antonio Spurs venceu o Dallas Mavericks na casa do rival nessa terça-feira. Nesta quarta, a equipe viaja para enfrentar o Minnesota Timberwolves e busca encerrar o back-to-back longe do AT&T Center com o resultado positivo.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

18/10/2017 – Spurs 107 x 99 Timberwolves

Na estreia pela temporada 2017-18, o Spurs recebeu o Timberwolves e venceu o oponente por 107 a 99. A partida marcou a estréia de Rudy Gay pela equipe e viu Kyle Anderson e DeJounte Murray como titulares. LaMarcus Aldridge, com 28 pontos e dez rebotes, foi o líder do time, que ainda viu outros quatro jogadores chegarem aos dois dígitos na pontuação.

 

aldridge

PG – Patty Mills

SG – Danny Green

SF – Kyle Anderson

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – LaMarcus Aldridge segue com suas boas atuações. Na vitória sobre o Dallas Mavericks, o ala-pivô teve seu maior registro de pontos na temporada, com 32. Na segunda partida contra o Wolves, o camisa #12 deve ser mais uma vez o principal jogador do Spurs no ataque. Até aqui, são 22,5 pontos e 8,2 rebotes em 33 minutos por exibição.

min202710

PG – Jeff Teague

SG -Andrew Wiggins

SF – Jimmy Butler

PF – Taj Gibson

C – JKarl-Anthony Towns

Fique de Olho – Jimmy Butler teve um início fraco no Timberwolves, e era até considerado por alguns como uma decepção. Porém, o ala-armador parece ter mudado sua postura, e nos últimos dois jogos da equipe de Minnesota contribuiu com mais de 20 pontos. Até aqui, suas médias são de 16,2 pontos, 5,1 rebotes e 4,2 assistências em 36,3 minutos por exibição.

Spurs (7-5) x Bucks (5-6) – Erros

87×94mil

Após vencer três partidas, o San Antonio Spurs continuou sua série de jogos em casa e recebeu o Milwaukee Bucks, liderado por Giannis Antetokounmpo. Apesar de um jogo equilibrado em sua maior parte, os texanos tiveram muitos desperdícios e um terceiro período para se esquecer. Com isso, acabaram saindo derrotados por 94 a 87. Veja, a seguir, os destaques do confronto.

O Spurs tentou, mas não conseguiu vencer o Bucks em casa (Reprodução/NBA/Twitter)

A partida

O Spurs começou bem o jogo e abriu uma boa vantagem durante o primeiro tempo. Após alguns desperdícios, o Bucks encostou, mas o jogo ainda estava bom para a equipe de San Antonio, que foi para o intervalo vencendo. Na segunda metade, a equipe de Milwaukee tomou a liderança e não perdeu mais graças a uma série de erros do alvinegro texano.

Aldridge de novo

LaMarcus Aldridge, mais uma vez, foi destaque para os texanos. Em uma partida difícil, fez o seu melhor para marcar Giannis Antetokounmpo no começo do jogo, foi atrás de rebotes e se aproveitou ofensivamente de sua habilidade no jogo de costas para a cesta e abusou dos pivôs adversários, principalmente nos momentos em que era marcado por Thon Maker.

Patty Thrills

Patty Mills é um nome amado por uns e odiado por outros. Após um início horrível na temporada 2017/2018, o armador parece finalmente ter se encontrado, com boas atuações nos últimos jogos. Contra o Bucks, o australiano deixou a quadra com 14 pontos, registrando aproveitamento de 36,4% nos arremessos de três pontos. O único defeito do camisa #8 na partida foi ter forçado um chute nos momentos finais, mas, no geral, foi uma boa partida.

Defesa problemática

A defesa do Spurs sempre é um ponto de destaque e, no geral, está frequentemente entre as melhores da liga. Porém, contra o Bucks, a marcação teve problemas e, com muito foco em Antetokounmpo, acabou cometendo erros bobos graças à falta de comunicação ou a falhas na hora da cobertura. Várias vezes sobraram adversários livres para cestas fáceis.

Erros

O Spurs vencia a partida por um ponto, mas, no terceiro quarto, pareceu desinteressado. Foram erros atrás de erros, tanto na defesa quanto no ataque. Passes preguiçosos e telegrafados, falta de comunicação na hora de marcar e arremessos precipitados ou atrasados deram a chance para o adversário vencer a partida. Gregg Popovich certamente terá muito a trabalhar na sala de vídeo com os jogadores após o desempenho no início do segundo tempo.

Destaques da partida:

San Antonio Spurs:

LaMarcus Aldridge – 20 pontos, 12 rebotes e 4 assistências

Manu Ginobili – 18 pontos e 2 roubos de bola

Kyle Anderson – 10 pontos, 10 rebotes e 4 assistências

Patty Mills – 14 pontos e 3 assistências

Milwaukee Bucks

Giannis Antetokounmpo – 28 pontos, 12 rebotes, 5 assistências e 4 tocos

Eric Bledsoe – 13 pontos, 7 assistências e 4 rebotes

Khris Middleton – 13 pontos e 8 rebotes

Spurs (7-4) vs Bucks (4-6) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Milwaukee Bucks – Temporada Regular

Data: 11/11/2017

Horário: 00h00 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Depois de sofrer quatro derrotas seguidas, o San Antonio Spurs voltou ao rumo das vitórias e, graças a uma série de partidas em casa, foi capaz de embalar três triunfos consecutivos. Na madrugada de sexta-feira para sábado, a franquia texana recebe o Milwaukee Bucks com a intenção de fazer o mando de quadra valer e ampliar o seu recorde na temporada.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

danny-green

PG – Patty Mills

SG – Danny Green

SF – Kyle Anderson

PF – LaMarcus Aldridge

C – Pau Gasol

Fique de Olho – Danny Green treinou bastante na intertemporada e, na atual campanha, mostrou uma grande evolução em seu jogo, não sendo mais apenas um jogador 3&D. Com a ausência de Kawhi Leonard, o ala-armador foi um dos responsáveis por assumir um trabalho maior no lado ofensivo e, até aqui, apresenta média de 11,6 pontos por exibição, com 44,6% de aproveitamento nos arremessos de quadra. Como tarefa defensiva difícil para a partida, o camisa #14 pode ser um dos fatores decisivos no resultado, pois deve ser um dos encarregados de marcar Giannis Antetokounmpo, astro da equipe de Milwaukee, durante o jogo.

mil203507

PG – Eric Bledsoe

SG – Tony Snell

SF – Khris Middleton

PF – Giannis Antetokounmpo

C – John Henson

Fique de Olho – Com um começo de temporada impressionante, Giannis Antetokounmpo saiu na frente na corrida para o MVP. Com grandes atuações nos dois lados da quadra, o ala elevou o patamar da equipe e foi o responsável por suas vitórias. Com a recente troca, na qual a equipe adquiriu Eric Bledsoe, o Spurs tem mais uma preocupação, pois agora há outro jogador capaz de produzir ofensivamente e aliviar a pressão sobre o colega. Para o Greek Freak, são impressionantes 31,9 pontos, 9,8 rebotes e 4,8 assistências por partida, com absurdos 60% de aproveitamento nos arremessos de quadra, em 37,2 minutos por exibição.

Spurs (4-4) x Warriors (6-3) – Derrota em casa

92×112gsw

Após encerrar uma sequência de quatro partidas fora de casa, o San Antonio Spurs retornou ao AT&T Center tentando voltar a vencer, após três derrotas consecutivas. No jogo, contra o Golden State Warriors, os texanos começaram bem, mas não conseguiram administrar a vantagem e acabaram derrotados pelo placar de 112 a 92. Veja, a seguir, os destaques do confronto:

Aldridge foi bem, mas Spurs não foi páreo para o Warriors (Mark Sobhani/nba.com/spurs)

A partida

O Spurs entrou em quadra muito bem e, com aproveitamento excelente no ataque e boa marcação, chegou a liderar por 31 a 12. Porém, com os lados ofensivo e defensivo dos texanos caindo de produção, os adversários encontraram seu jogo e, ao fim do primeiro quarto, já haviam cortado a vantagem para nove pontos. A partir do segundo período, o Warriors passou a dominar o jogo e terminou todas as parciais com vantagem, sacramentando assim sua vitória.

Anderson foi bem (Darren Carroll/NBAE via Getty Images)

Aldridge líder

Coube, mais uma vez, a LaMarcus Aldridge liderar a equipe do Spurs. Após uma noite discreta na derrota para o Boston Celtics, o ala-pivô foi o principal jogador dos texanos na partida. O jogador contribuiu muito bem dos dois lados da quadra, sendo o cestinha da equipe, mesmo com aproveitamento ruim nos arremessos.

Slow Mo

Kyle Anderson é odiado por uns e amado por outros, mas, contra o Warriors, o ala foi um dos poucos jogadores do Spurs a ter uma contribuição sólida e o único a ter um bom aproveitamento em suas tentativas de arremessos de quadra. Além de contribuir com um pouco de tudo, o jogador teve, durante grande parte da partida, uma boa participação na defesa.

Defesa preocupante

A defesa do Spurs, apesar de ter começado bem e forçado vários desperdícios dos jogadores do Warriors, não foi capaz de segurar o ataque dos californianos.

Faltou, muitas vezes, comunicação e vontade para atravessar tantos bloqueios dos adversários. O time sente muita falta de Kawhi Leonard nesse setor, e espera ansiosamente pela sua volta.

Mills ainda sumido

Patrick Mills foi, surpreendentemente, o titular na partida contra o Warriors. Apesar de ter iniciado muito bem a partida, seu bom momento não durou muito, e o armador teve mais um jogo ruim: forçou arremessos e errou passes, além de ter sido um dos mais discretos na defesa.

Problemas de execução

O Spurs perdeu a vantagem construida no primeiro quarto, e muito disso se deve à falta de vontade em executar certas jogadas. Defensivamente, a equipe sofreu bastante com trocas e falta de comunicação, enquanto no ataque, passes preguiçosos e telegrafados e arremessos forçados foram os problemas. Equipes como o Warriors não perdoam erros assim, e os texanos registraram mais uma derrota, a quarta seguida na temporada 2017/2018 da NBA.

Destaques da partida:

San Antonio Spurs:

LaMarcus Aldridge – 24 pontos, 10 rebotes e 2 tocos

Kyle Anderson – 16 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Golden State Warriors

Klay Thompson – 27 pontos

Kevin Durant – 24 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Stephen Curry – 21 pontos, 8 rebotes e 4 assistências