Arquivo do autor:Juliano Medeiros

Spurs (2) vs Clippers (1) – Primeira fase dos playoffs

San Antonio Spurs vs Los Angeles Clippers – Primeira fase dos playoffs

Data: 26/04/2015

Horário: 16h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: Sports+

Cotação no Apostas Online: Clippers 3,03 @ Spurs 1,39 (favorito)

O San Antonio Spurs atropelou o Los Angeles Clippers no primeiro encontro entre as equipes no Texas nesta série. A defesa forte – o time californiano terminou o jogo com o recorde negativo de pontos em playoffs, 73 – e o ala Kawhi Leonard – em uma noite histórica no ataque – deram a vitória aos texanos. A equipe angelina deve tentar mudar algo para não voltar para casa perdendo a série por 3 a 1. Já o alvinegra aguarda uma melhora física de Tony Parker e Tiago Splitter. A ausência dos dois por tantos minutos é prejudicial ao time.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na série (2-1)

19/04/2015 – Spurs 92 @ 107 Clippers

Com grande atuação de seus astros, o Clippers não tomou conhecimento dos atuais campeões da NBA e impôs uma dolorosa derrota na primeira partida da série.

22/04/2015 – Spurs 111 @ 107 Clippers

Contando com atuação espetacular do veterano Tim Duncan, o Spurs conseguiu levar o jogo à prorrogação e venceu, empatando a série e roubando o mando de quadra do Clippers.

24/04/2015 – Spurs 100 vs 73 Clippers

Com 32 pontos de Kawhi Leonard, o Spurs conseguiu uma ótima vitória sobre o Clippers. A defesa teve um grande papel também, permitindo somente 73 pontos do adversário.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho  Danny Green acertar suas bolas de três será de extrema importância para o Spurs. Mas ainda mais vital que isso é a sua defesa. O técnico do Clippers, Doc Rivers, assumiu que a exibição ruim de Chris Paul de jogo 3 foi devido à marcação bem feita pelo camisa #14. O armador adversário só acertou três arremessos de quadra em 11 tentativas.

PG – Chris Paul

SG – J.J. Redick

SF – Matt Barnes

PF – Blake Griffin

C – DeAndre Jordan

Fique de Olho – O armador do time angelino Chris Paul possuía 24 pontos em seus últimos cinco encontros com o Spurs prévios ao jogo 3. O péssimo desempenho em San Antonio deve estar martelando na cabeça do craque, que vai fazer de tudo para se redimir.

Spurs (42-25) @ Bucks (34-34) – Estamos de volta!

114×103

Na noite desta quarta-feira (18), o San Antonio Spurs visitou o Milwaukee Bucks e venceu o adversário por 114 a 103. Com o resultado, a equipe texana se recuperou da derrota para o New York Knicks do dia anterior, impondo aos donos da casa sua quarta derrota seguida. Os dois times voltam a jogar na sexta-feira. O alvinegro recebe o Boston Celtics, e a franquia do Wisconsin visita o Brooklyn Nets. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Marco Belinelli também jogou bem pelo Spurs (Reprodução/Fox Sports)

Jogo

O Spurs teve domínio de toda a partida. Liderando por nove pontos no intervalo, o alvinegro iniciou bem o segundo tempo e obteve uma liderança confortável. Os comandados de Gregg Popovich conseguiram acertar os seis primeiros arremessos de quadra que arriscaram após a volta do vestiário, em uma sequência de 13 a 3 que encaminhou o triunfo.

Game Action - Bucks vs Spurs - 3/18/15

A forte defesa também foi importante na vitória (Reprodução/NBA)

Equipe

Esse foi mais um daqueles jogos em que todos se envolveram no ataque e jogaram bem para o time de San Antonio. Com seis jogadores anotando duplos dígitos de pontuação contra o Bucks, o Spurs completou 44 jogos em que cinco ou mais atletas conseguem dez pontos ou mais. A equipe é a quarta da NBA neste quesito na temporada.

Recuperado

Após os percalços contra o Knicks, o Spurs voltou a se encontrar com a vitória. Se uma noite antes o time teve grande dificuldade contra a equipe de pior recorde da liga, no dia seguinte a partida foi relativamente fácil contra uma provável equipe de playoff.

“Eu já desisti faz tempo de tentar entender o basquete. É estranho. Nós apenas fizemos um melhor trabalho hoje em arremessar a bola”, disse o armador Tony Parker, em entrevista concedida após o jogo.

Diferença de conferências

Spurs e Bucks estão em posições parecidas em suas tabelas. O time de Milwaukee é o sexto na Conferência Leste, enquanto o alvinegro é o sétimo na Oeste. Mas a campanha texana se destaca mais, com 42 vitórias e 25 derrotas, contra 34 triunfos e 34 reveses do adversário. Outra diferença é que a equipe texana está com uma sequência de oito vitórias e apenas duas derrotas nos últimos dez jogos, contra dois triunfos e oito reveses do oponente.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 20 pontos e 8 rebotes

Tim Duncan – 19 pontos, 5 rebotes e 7 assistências

Boris Diaw – 18 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Tony Parker – 15 pontos

Kawhi Leonard – 14 pontos

Marco Belinelli – 11 pontos

Milwaukee Bucks

Giannis Antetokounmpo – 19 pontos e 9 rebotes

Ersan Ilyasova – 17 pontos e 6 rebotes

Khris Middleton – 15 pontos

Jerryd Bayless – 12 pontos

Michael Carter-Williams – 11 pontos e 6 assistências

Zaza Pachulia – 10 pontos e 7 rebotes

Spurs (41-25) @ Bucks (34-33) – Temporada Regular

 

San Antonio Spurs vs Milwaukee Bucks – Temporada Regular

Data: 18/03/2015

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: BMO Harris Bradley Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,39 (favorito) vs Bucks 3,02

O San Antonio Spurs encara fora de casa o Milwaukee Bucks após uma derrota desagradável para o New York Knicks. O time vinha em boa fase até cair para a pior equipe da temporada na noite de terça-feira. O jogo desta quarta é importante para recuperar a confiança do elenco. Uma vitória ajudaria a esquecer o revés. Manu Ginobili e Aron Baynes, machucados, continuam sendo desfalques. O retrospecto contra a equipe da casa é bastante positivo, já que o alvinegro venceu nove dos últimos dez encontros. Os mandantes também não passam por grande fase: perderam dez dez dos últimos 13 compromissos. Mas os nova-iorquinos também não estavam bem e deu no que deu…

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

25/01/15 – Spurs 101 vs 95 Bucks

Com uma ótima partida de Kawhi Leonard, o Spurs conseguiu uma boa vitória. O ala deixou a quadra com 19 pontos, 14 rebotes e três roubos de bola em 36:20 minutos.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Tiago Splitter, sem render em quadra, viu seu posto titular ser tomado por Aron Baynes. Mas, se recuperando dos problemas físicos e pegando ritmo de jogo, o brasileiro voltou a apresentar bons números. Os minutos voltaram a crescer, e o pivô voltou a pontuar bem. Foram 24 pontos nos últimos dois jogos, com direito a duplo-duplo na derrota para o Knicks, com 12 pontos e 13 rebotes. Com o australiano machucado, a tendência é que o camisa #22 tenha ainda mais espaço para mostrar sua melhora.

PG – Michael Carter-Williams

SG – Khris Middleton

SF – Giannis Antetokounmpo

PF – Ersan Ilyasova

C – Zaza Pachulia

Fique de Olho – Michael Carter-Williams quase fez um triplo-duplo contra o Spurs em dezembro, quando ainda jogava pelo Philadelphia 76ers. Ele anotou 24 pontos, 11 rebotes e sete assistências na partida. Desde que chegou no Bucks, ele está com média de 14 pontos e 5,7 assistências por exibição. É bom ficar de olho para ele não ter outro jogo daquele…

Spurs (41-25) @ Knicks (14-53) – Derrota dolorosa

100×104

“Foi uma atuação patética, e eu espero que cada atleta esteja envergonhado. Não porque ‘nós devemos ganhar a partida’, mas é sobre como você jogou o jogo”. Essa foi a declaração do técnico Gregg Popovich após o duelo desta terça-feira (17) entre San Antonio Spurs e New York Knicks. Dá para imaginar que as coisas não saíram como esperado, não é? O time texano, atual campeão da NBA, realmente não fez uma boa partida e perdeu para a equipe de pior campanha na temporada, que saiu vitoriosa apenas pela 14ª vez na temporada 2014/2015. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Não deu para o Spurs no Madison Square Garden (Foto: Jim McIsaac)

Mudança repentina

Quem viu só o primeiro tempo pode ter se surpreendido com o desfecho. O Spurs foi ao vestiário vencendo por dez pontos – 52 a 42. Mas, no segundo tempo, o alvinegro deixou o Knicks se aproximar. No último quarto, os donos da casa chegaram até a virar o jogo após anotarem oito pontos seguidos. A impressão era que o time texano estava relaxado, só esperando algumas bolas de três caíram para matar o jogo e ficar com a vitória.

“Nós não respeitamos o jogo, não respeitamos nosso oponente”, afirmou Popovich, após o confronto. E é mais ou menos por aí. A vitória que deveria vir com facilidade não aconteceu por vários erros e falta de precisão nos arremessos, principalmente nos lances livres.

O Knicks conseguiu levar o jogo para a prorrogação e foi bem melhor durante este período. Coube ao Spurs ficar no minuto final tentando tirar da cartola um milagre para vencer, o que não aconteceu. Nenhuma das bolas decisivas que empatariam ou virariam o jogo tiveram sucesso. Tim Duncan ainda desferiu um péssimo passe nos segundos finais e foi interceptado. E provavelmente a derrota mais humilhante da temporada aconteceu…

Duncan fez 17 pontos, mas no fim do jogo não foi bem (Foto: Foto: Jim McIsaac)

Caminho certo?

O Spurs parecia ter reencontrado o basquete que o levou ao título na temporada passada. Com sete vitórias nos últimos oito duelos, o time se apresentou bem até na derrota, quando fez um jogo digno de playoffs, mas acabou perdendo para o Cleveland Cavaliers. O escorregão é aceitável, acontece. Mas os erros e a falta de segurança para matar o jogo não podem se manter na pós-temporada. Era também uma grande chance de melhorar a posição na tabela, mas, com a derrota, a equipe de San Antonio continua em sétimo na Conferência Oeste. A próxima apresentação do alvinegro texano será já nesta quarta-feira, contra o Milwaukee Bucks.

Histórico 

O campeão não voltou… Segundo o ESPN Stats and Info, esta foi a primeira vez na história da liga que uma equipe com aproveitamento abaixo de 20% em uma temporada ganha do atual campeão.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 21 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Tim Duncan – 17 pontos e 8 rebotes

Kawhi Leonard – 13 pontos e 5 rebotes

Tiago Splitter – 12 pontos e 13 rebotes

Marco Belinelli – 12 pontos e 4 rebotes

New York Knicks

Langston Galloway – 22 pontos e 4 rebotes

Alexey Shved – 21 pontos e 7 assistências

Andrea Bargnani – 16 pontos e 10 rebotes

Lou Amudson – 12 pontos  e 17 rebotes

Jason Smith – 11 pontos e 5 rebotes

Spurs (41-24) @ Knicks (13-53) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ New York Knicks – Temporada Regular

Data: 17/03/2015

Horário: 20h30 (Horário de Brasília)

Local: Madison Square Garden

NA TV: SPORTS +

Após vencer o Minnesota Timberwolves, o San Antonio Spurs cai na estrada para encarar o New York Knicks. O time texano passa por ótimo momento, tendo vencido sete dos últimos oito jogos. O único revés foi para o Cleveland Cavaliers, na prorrogação. O alvinegro acertou 53,1% dos seus arremessos de quadra durante os últimos seis compromissos (5-1), tendo margem de mais 16 pontos de vantagem nos cinco triunfos. Manu Ginobili e Aron Baynes, contundidos, são baixas para o os visitantes. Por isso, Kyle Anderson foi resgatado da D-League para se juntar ao elenco. Já nos mandantes, a situação é oposta. São 15 derrotas nos últimos 18 duelos. Os nova-iorquinos possuem o pior recorde da NBA, com 13 vitórias.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

10/12/2014 – Spurs 109 vs 95 Knicks

Spurs e Knicks fizeram um dos jogos com mais baixo nível desta temporada na NBA. Enquanto do lado texano Tony Parker, Manu Ginobili, Kawhi Leonard e Tim Duncan foram poupados, os nova-iorquinos não mandaram para quadra Carmelo Anthony, seu principal jogador e cestinha. Marco Belinelli, com 22 pontos, foi o destaque do alvinegro.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Um dos melhores jogadores do time na temporada, Kawhi Leonard tem carregado o time nas costas durante muitos jogos. Nas últimas sete aparições em quadra, o ala tem apresentado uma média de 21,6 pontos e acertado 55,4% dos arremessos de quadra.

PG – Langston Galloway

SG – Alexey Shved

SF – Lance Thomas

PF – Lou Amundson

C – Andrea Bargnani

Fique de Olho – Apesar da campanha horrorosa do Knicks, jogadores como Andrea Bargnani conseguem fazer uma pontuação boa em alguns jogos. Por exemplo, nos último sete jogos o italiano atingiu dois dígitos de pontuação. Nos últimos dois, o pivô fez 18 pontos em cada.