Arquivo do autor:Juliano Medeiros

Spurs (6-2) @ Blazers (4-5) – Voltou e venceu!

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif113×101

Liderado por LaMarcus Aldridge, o San Antonio Spurs conseguiu seu terceiro triunfo consecutivo na temporada ao vencer o Portland Trail Blazers pelo placar de 113 a 101, fora de casa, na noite desta quarta-feira (11). O ala-pivô retornou para sua antiga casa e foi responsável por 23 pontos na vitória do alvinegro. Veja, a seguir, os destaques da partida:

Photos: Portland vs Spurs

O Spurs conseguiu superar o Blazers na casa do adversário (Bruce Ely/Getty Images)

São tantas emoções…

O jogo era muito importante para Aldridge. Logo em sua apresentação, foram ouvidos gritos de pessoas apoiando e de outras vaiando o jogador.

“Definitivamente ouvi pessoas torcendo por mim, o que mostra que ainda me amam e apoiam. E ouvi pessoas com raiva também, com razão. Acho que foi 70% apoio e 30% vaias”, disse.

Apesar das emoções, o ala-pivô fez ótima partida, com 23 pontos, seis rebotes e duas assistências. O jogador afirmou ainda que estranhou ir para o vestiário do time visitante.

Photos: Portland vs Spurs

Leonard fez mais uma boa partida |Foto: Bruce Ely, Getty Images

Jogo 

O Blazers começou melhor, saltando na frente e chegando a liderar por oito pontos. Mas o domínio dos donos da casa não durou muito tempo. O Spurs finalizou o primeiro quarto com uma sequência de 14 pontos feitos e só quatro sofridos, terminando a parcial na liderança. O alvinegro continuou melhor no segundo período, com aproveitamento de 69% nos tiros de quadra e 50% na linha de três pontos, e foi para o intervalo com 12 pontos de vantagem.

No terceiro quarto, no entanto, o Blazers acordou e até conseguiu empatar o jogo por 66 a 66. Porém, o time da casa perdeu Meyers Leonard, que teve de deixar a quadra com um ombro deslocado, e não conseguiu insistir na reação. O Spurs se acertou e passou na frente, vencendo com certa tranquilidade no fim.

Força coletiva

Seis jogadores do Spurs ficaram com dois dígitos de pontuação. Tim Duncan chegou aos 12 pontos, enquanto Danny Green e Tony Parker adicionaram 11.

Vindo do banco, Manu Ginobili foi bem, contribuindo com 14 pontos. Além deles e de Aldridge, Kawhi Leonard fez outra boa partida, anotando 20 pontos.

Mais um recorde

Já virou tradição colocar um tópico para algum recorde quebrado por Tim Duncan em casa jogo do time de San Antonio. Desta vez foi nos rebotes. Ele coletou seu ressalto de número 14.716 e agora é o sétimo na história da NBA no fundamento, passando Robert Parish.

Em seguida

O Spurs volta às quadras apenas no sábado, quando retorna ao AT&T Center para receber o Philadelphia 76ers. O Blazers, por sua vez, visita o Memphis Grizzlies na sexta-feira.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 23 pontos e 6 rebotes

Kawhi Leonard – 20 pontos e 7 rebotes

Manu Ginobili – 14 pontos e 5 rebotes

Tim Duncan – 12 pontos e 6 rebotes

Tony Parker – 11 pontos e 5 assistências

Danny Green – 11 pontos e 4 rebotes

Portland Trail Blazers

Demian Lillard – 22 pontos, 6 rebotes e 9 assistências

CJ McCollum – 21 pontos

Al-Farouq Aminu – 11 pontos e 4 assistências

Ed Davis – 11 pontos

Spurs (5-2) @ Blazers (4-4) – Temporada Regular

San Antonio Spurs @ Portland Trail Blazers – Temporada Regular

Data: 12/11/2015

Horário: 01h30 (Horário de Brasília)

Local: Moda Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,33 (favorito) @ Blazers 3,33

Após uma boa vitória sobre o Sacramento Kings na Califórnia, o San Antonio Spurs segue viagem e vai até o Oregon para enfrentar o Portland TrailBlazers. O jogo é importante em especial para LaMarcus Aldridge, que volta à casa do seu antigo time. Após sua saída, a recepção pode não ser das melhores, já que os fãs da equipe local esperavam que o ala-pivô, que havia passado nove anos na franquia, renovasse o seu contrato.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Tim Duncan

Fique de olho – LaMarcus Aldridge é o personagem da partida. Todos os olhares estarão voltados para a sua atuação contra o seu ex-time. O jogador ainda não está totalmente adaptado ao Spurs, mas uma boa atuação nesta quarta-feira faria bem para o ala-pivô.

PG – Damian Lillard

SG – CJ McCollum

SF – Al-Farouq Aminu

PF – Meyers Leonard

C – Mason Plumlee

Fique de olho – Completamente dono do time após a saída de Aldridge, Damian Lillard carrega o Blazers nas costas nas ações ofensivas. Na última partida do time, na derrota para o Denver Nuggets, o armador foi responsável por 30 pontos e sete assistências.

Spurs (3-2) @ Wizards (3-1) – Decepção no fim

https://i2.wp.com/content.sportslogos.net/logos/6/233/thumbs/827.gif99×102

Depois de conseguir três triunfos seguidos, o San Antonio Spurs caiu diante do Washington Wizards nesta quarta-feira (4) graças a uma bola convertida no segundo final por Bradley Beal. O alvinegro texano falhou diversas vezes nos minutos finais e teve de se contentar com o placar adverso de 102 a 99 para os donos da casa. Kawhi Leonard liderou a equipe texana com 23 pontos, enquanto o ala-armador do time da capital foi o cestinha da partida com 25. Vamos, a seguir, aos principais pontos do confronto.

Beal foi o responsável pela derrota do Spurs (Reprodução/Monumental Network)

Fim desastroso

Mesmo de forma irregular, o Spurs chegou ao fim do confronto com boas chances de levar a vitória para casa. No entanto, uma sequência de erros tornou essa missão mais difícil. Após ter a posse da bola no minuto final com apenas um ponto atrás, o time texano falhou em conseguir os pontos que o colocariam na liderança. Os comandados de Gregg Popovich precisaram estar atrás no placar por três pontos para acordar. Tony Parker empatou o jogo em 99 com uma bola de três, apenas para depois ver o ala-armador adversário Bradley Beal matar o jogo no segundo final com uma cesta de mesmo valor.

Spurs terminou o terceiro quarto na frente (Reprodução/Monumental Network)

Jogo inconstante

O Spurs mostrou que ainda precisa melhorar, tendo de novo vez oscilado durante o jogo. Logo no início, o time se colocou em um buraco fundo, ficando 17 pontos atrás. Após ajustar sua defesa e começar a acertar algo no ataque, a equipe voltou para a disputa. Foi preciso uma sequência de 21 a 3 para passar no marcador. No total, foram 22 turnovers para os visitantes, que resultaram em 27 pontos do Wizards no confronto desta quarta.

Esperança

Nem tudo foi ruim para o Spurs. Parker fez uma ótima partida, marcando 17 pontos e mostrando mais segurança no ataque. Apesar dos erros no final, Kawhi Leonard também teve mais uma atuação boa, com 23 pontos e nove rebotes. Manu Ginobili é outro que tem mostrado mais confiança, e suas bolas têm caído com mais frequência. O argentino acertou duas de três em quatro tentativas, terminando o jogo com 12 pontos.

Mais um recorde

Tim Duncan fez o seu jogo número 1.336 na carreira. O ala-pivô passou Gary Payton e agora é o décimo da história com mais partidas disputadas. O jogador arremessou apenas cinco vezes durante todo jogo, acertando três bolas. Foram apenas oito pontos para ele, que tem se acostumado com um papel menor no ataque da equipe de San Antonio.

Em seguida

O Spurs volta às quadras apenas no sábado, quando retorna ao AT&T Center para receber o Charlotte Hornets. O Wizards, por sua vez, sai da capital e visita o Boston Celtics um dia antes.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 23 pontos e 9 rebotes

Tony Parker – 17 pontos e 4 assistências

Danny Green – 12 pontos e 3 rebotes

Manu Ginobili – 12 pontos

LaMarcus Aldridge – 10 pontos e 14 rebotes

Washington Wizards

Bradley Beal – 25 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Otto Porter – 19 pontos e 7 rebotes

John Wall – 17 pontos e 13 assistências

Marcin Gortat – 10 pontos e 8 rebotes

Spurs (3-1) @ Wizards (2-1) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs Washington Wizards – Temporada regular

Data: 04/11/2015

Horário: 22h00 (Horário de Brasília)

Local: Verizon Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,56 (favorito) @ Wizards 3,65

Após perder na estreia para o Oklahoma City Thunder, o San Antonio Spurs acumulou três vitórias seguidas – sobre Brooklyn Nets, Boston Celtics e New York Knicks – e, nesta quarta-feira, tem a chance de aumentar esse número para quatro. O adversário será o Washington Wizards, que venceu o último duelo entre os times, na temporada passada, por 101 a 93. No atual campeonato, no entanto, as equipes possuem resultados opostos. Enquanto em sua última partida o time texano triunfou, a equipeoda capital vem de revés o nova iorquino.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – LaMarcus Aldridge

C – Tim Duncan

Fique de olho – Dando tocos e crescendo no ataque, Kawhi Leonard é referência do time na temporada. São 21,3 pontos por jogo para o ala, sendo o líder da equipe no quesito.

PG – John Wall

SG – Bradley Beal

SF – Otto Porter

PF – Kris Humphries

C – Marcin Gortat

Fique de olho – Bradley Beal fez 26 pontos no último jogo do Wizards. Foram 22 no segundo tempo e 11 no último quarto. Foi a terceira vez seguido com ao menos 24 pontos do astro.

Spurs (2) vs Clippers (2) – Derrota em casa e série empatada

105×114

O Los Angeles Clippers conseguiu se recuperar da sua pior derrota na história dos playoffs, ocorrida no jogo 3 da série contra o San Antonio Spurs, em grande estilo. Com ótimas atuações de Chris Paul e Blake Griffin, o time californiano empatou a série em 2 a 2, mesmo jogando no AT&T Center, casa do alvinegro e voltou a ter a vantagem no mando de quadra. Vamos, a seguir, aos destaques do duelo disputado neste domingo (26):

Spurs vs. Clippers 4/26/15

Não deu para o San Antonio Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Números

Apesar da derrota, Kawhi Leonard voltou a ter um bom jogo, com 26 pontos. Tim Duncan voltou a pontuar bem, com 22. E Tony Parker ressuscitou e contribuiu com 18. Mesmo com tudo isso, o time do Texas não conseguiu a vitória. Chris Paul, com uma atuação brilhante, foi o responsável pelo empate na série. Foram 34 pontos e sete assistências. Ele acertou 11 arremessos em 19 tentativas, além de ter convertido todos os seus dez lances livres.

Spurs vs. Clippers 4/26/15

Leonard acertou três bolas do perímetro (Reprodução/nba.com/spurs)

Banco

Uma das vantagens do Spurs na série é ter um banco melhor e que contribuiu mais, certo? Não dessa vez. O filho do treinador Doc Rivers, o armador Austin Rivers, resolveu que ia mostrar que sabe jogar. O garoto segurou bem o time enquanto Chris Paul estava no banco. Foram 16 pontos para ele. Jamal Crawford também entrou para fazer 15 pontos. Glen Davis fez dois. Ou seja, três jogadores fizeram 33 pontos. O banco do Spurs até fez mais, 39, mas distribuído em cinco atletas. Em suma, o Clippers precisou substituir pouco para descansar os seus titulares, e quando o fez a segunda unidade deu conta do recado.

Bolas de três

Os arremessos do perímetro não caíram como de costume pelo Spurs. Foram apenas seis em 25 tentativas. O recurso é muitas vezes usado pelo time. Só Kawhi Leonard foi responsável por metade dos acertos do time no quesito durante o confronto.

Astro renascido?

O francês Tony Parker tinha feito 17 pontos na soma dos três primeiro jogos. Só no jogo 4, ele fez 18. Isso mostra uma grande evolução. O armador está se sentindo melhor em quadra e já não é mais tanto uma fraqueza para o time tê-lo por muitos minutos como titular. Obviamente, ainda é preciso fazer ajustes para que o camisa #9 não encare Chris Paul na defesa.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 26 pontos, 7 rebotes e 5 assitências

Tim Duncan – 22 pontos e 14 rebotes

Tony Parker – 18 pontos

Patty Mills – 14 pontos e 3 rebotes

Manu Ginobili – 10 pontos e 3 assistências

Boris Diaw – 10 pontos e 3 assistências

Los Angeles Clippers

Chris Paul – 34 pontos e 7 assistências

Blake Griffin – 20 pontos, 19 rebotes e 7 assistências

JJ Redick – 17 pontos e 3 rebotes

 Austin Rivers – 16 pontos

Jamal Crawford – 15 pontos

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 71 outros seguidores