Arquivo do autor:Juliano Medeiros

Spurs (2) vs Clippers (2) – Derrota em casa e série empatada

105×114

O Los Angeles Clippers conseguiu se recuperar da sua pior derrota na história dos playoffs, ocorrida no jogo 3 da série contra o San Antonio Spurs, em grande estilo. Com ótimas atuações de Chris Paul e Blake Griffin, o time californiano empatou a série em 2 a 2, mesmo jogando no AT&T Center, casa do alvinegro e voltou a ter a vantagem no mando de quadra. Vamos, a seguir, aos destaques do duelo disputado neste domingo (26):

Spurs vs. Clippers 4/26/15

Não deu para o San Antonio Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Números

Apesar da derrota, Kawhi Leonard voltou a ter um bom jogo, com 26 pontos. Tim Duncan voltou a pontuar bem, com 22. E Tony Parker ressuscitou e contribuiu com 18. Mesmo com tudo isso, o time do Texas não conseguiu a vitória. Chris Paul, com uma atuação brilhante, foi o responsável pelo empate na série. Foram 34 pontos e sete assistências. Ele acertou 11 arremessos em 19 tentativas, além de ter convertido todos os seus dez lances livres.

Spurs vs. Clippers 4/26/15

Leonard acertou três bolas do perímetro (Reprodução/nba.com/spurs)

Banco

Uma das vantagens do Spurs na série é ter um banco melhor e que contribuiu mais, certo? Não dessa vez. O filho do treinador Doc Rivers, o armador Austin Rivers, resolveu que ia mostrar que sabe jogar. O garoto segurou bem o time enquanto Chris Paul estava no banco. Foram 16 pontos para ele. Jamal Crawford também entrou para fazer 15 pontos. Glen Davis fez dois. Ou seja, três jogadores fizeram 33 pontos. O banco do Spurs até fez mais, 39, mas distribuído em cinco atletas. Em suma, o Clippers precisou substituir pouco para descansar os seus titulares, e quando o fez a segunda unidade deu conta do recado.

Bolas de três

Os arremessos do perímetro não caíram como de costume pelo Spurs. Foram apenas seis em 25 tentativas. O recurso é muitas vezes usado pelo time. Só Kawhi Leonard foi responsável por metade dos acertos do time no quesito durante o confronto.

Astro renascido?

O francês Tony Parker tinha feito 17 pontos na soma dos três primeiro jogos. Só no jogo 4, ele fez 18. Isso mostra uma grande evolução. O armador está se sentindo melhor em quadra e já não é mais tanto uma fraqueza para o time tê-lo por muitos minutos como titular. Obviamente, ainda é preciso fazer ajustes para que o camisa #9 não encare Chris Paul na defesa.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Kawhi Leonard – 26 pontos, 7 rebotes e 5 assitências

Tim Duncan – 22 pontos e 14 rebotes

Tony Parker – 18 pontos

Patty Mills – 14 pontos e 3 rebotes

Manu Ginobili – 10 pontos e 3 assistências

Boris Diaw – 10 pontos e 3 assistências

Los Angeles Clippers

Chris Paul – 34 pontos e 7 assistências

Blake Griffin – 20 pontos, 19 rebotes e 7 assistências

JJ Redick – 17 pontos e 3 rebotes

 Austin Rivers – 16 pontos

Jamal Crawford – 15 pontos

Spurs (2) vs Clippers (1) – Primeira fase dos playoffs

San Antonio Spurs vs Los Angeles Clippers – Primeira fase dos playoffs

Data: 26/04/2015

Horário: 16h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Na TV: Sports+

Cotação no Apostas Online: Clippers 3,03 @ Spurs 1,39 (favorito)

O San Antonio Spurs atropelou o Los Angeles Clippers no primeiro encontro entre as equipes no Texas nesta série. A defesa forte – o time californiano terminou o jogo com o recorde negativo de pontos em playoffs, 73 – e o ala Kawhi Leonard – em uma noite histórica no ataque – deram a vitória aos texanos. A equipe angelina deve tentar mudar algo para não voltar para casa perdendo a série por 3 a 1. Já o alvinegra aguarda uma melhora física de Tony Parker e Tiago Splitter. A ausência dos dois por tantos minutos é prejudicial ao time.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na série (2-1)

19/04/2015 – Spurs 92 @ 107 Clippers

Com grande atuação de seus astros, o Clippers não tomou conhecimento dos atuais campeões da NBA e impôs uma dolorosa derrota na primeira partida da série.

22/04/2015 – Spurs 111 @ 107 Clippers

Contando com atuação espetacular do veterano Tim Duncan, o Spurs conseguiu levar o jogo à prorrogação e venceu, empatando a série e roubando o mando de quadra do Clippers.

24/04/2015 – Spurs 100 vs 73 Clippers

Com 32 pontos de Kawhi Leonard, o Spurs conseguiu uma ótima vitória sobre o Clippers. A defesa teve um grande papel também, permitindo somente 73 pontos do adversário.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho  Danny Green acertar suas bolas de três será de extrema importância para o Spurs. Mas ainda mais vital que isso é a sua defesa. O técnico do Clippers, Doc Rivers, assumiu que a exibição ruim de Chris Paul de jogo 3 foi devido à marcação bem feita pelo camisa #14. O armador adversário só acertou três arremessos de quadra em 11 tentativas.

PG – Chris Paul

SG – J.J. Redick

SF – Matt Barnes

PF – Blake Griffin

C – DeAndre Jordan

Fique de Olho – O armador do time angelino Chris Paul possuía 24 pontos em seus últimos cinco encontros com o Spurs prévios ao jogo 3. O péssimo desempenho em San Antonio deve estar martelando na cabeça do craque, que vai fazer de tudo para se redimir.

Spurs (42-25) @ Bucks (34-34) – Estamos de volta!

114×103

Na noite desta quarta-feira (18), o San Antonio Spurs visitou o Milwaukee Bucks e venceu o adversário por 114 a 103. Com o resultado, a equipe texana se recuperou da derrota para o New York Knicks do dia anterior, impondo aos donos da casa sua quarta derrota seguida. Os dois times voltam a jogar na sexta-feira. O alvinegro recebe o Boston Celtics, e a franquia do Wisconsin visita o Brooklyn Nets. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Marco Belinelli também jogou bem pelo Spurs (Reprodução/Fox Sports)

Jogo

O Spurs teve domínio de toda a partida. Liderando por nove pontos no intervalo, o alvinegro iniciou bem o segundo tempo e obteve uma liderança confortável. Os comandados de Gregg Popovich conseguiram acertar os seis primeiros arremessos de quadra que arriscaram após a volta do vestiário, em uma sequência de 13 a 3 que encaminhou o triunfo.

Game Action - Bucks vs Spurs - 3/18/15

A forte defesa também foi importante na vitória (Reprodução/NBA)

Equipe

Esse foi mais um daqueles jogos em que todos se envolveram no ataque e jogaram bem para o time de San Antonio. Com seis jogadores anotando duplos dígitos de pontuação contra o Bucks, o Spurs completou 44 jogos em que cinco ou mais atletas conseguem dez pontos ou mais. A equipe é a quarta da NBA neste quesito na temporada.

Recuperado

Após os percalços contra o Knicks, o Spurs voltou a se encontrar com a vitória. Se uma noite antes o time teve grande dificuldade contra a equipe de pior recorde da liga, no dia seguinte a partida foi relativamente fácil contra uma provável equipe de playoff.

“Eu já desisti faz tempo de tentar entender o basquete. É estranho. Nós apenas fizemos um melhor trabalho hoje em arremessar a bola”, disse o armador Tony Parker, em entrevista concedida após o jogo.

Diferença de conferências

Spurs e Bucks estão em posições parecidas em suas tabelas. O time de Milwaukee é o sexto na Conferência Leste, enquanto o alvinegro é o sétimo na Oeste. Mas a campanha texana se destaca mais, com 42 vitórias e 25 derrotas, contra 34 triunfos e 34 reveses do adversário. Outra diferença é que a equipe texana está com uma sequência de oito vitórias e apenas duas derrotas nos últimos dez jogos, contra dois triunfos e oito reveses do oponente.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Danny Green – 20 pontos e 8 rebotes

Tim Duncan – 19 pontos, 5 rebotes e 7 assistências

Boris Diaw – 18 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

Tony Parker – 15 pontos

Kawhi Leonard – 14 pontos

Marco Belinelli – 11 pontos

Milwaukee Bucks

Giannis Antetokounmpo – 19 pontos e 9 rebotes

Ersan Ilyasova – 17 pontos e 6 rebotes

Khris Middleton – 15 pontos

Jerryd Bayless – 12 pontos

Michael Carter-Williams – 11 pontos e 6 assistências

Zaza Pachulia – 10 pontos e 7 rebotes

Spurs (41-25) @ Bucks (34-33) – Temporada Regular

 

San Antonio Spurs vs Milwaukee Bucks – Temporada Regular

Data: 18/03/2015

Horário: 21h00 (Horário de Brasília)

Local: BMO Harris Bradley Center

Cotação no Apostas Online: Spurs 1,39 (favorito) vs Bucks 3,02

O San Antonio Spurs encara fora de casa o Milwaukee Bucks após uma derrota desagradável para o New York Knicks. O time vinha em boa fase até cair para a pior equipe da temporada na noite de terça-feira. O jogo desta quarta é importante para recuperar a confiança do elenco. Uma vitória ajudaria a esquecer o revés. Manu Ginobili e Aron Baynes, machucados, continuam sendo desfalques. O retrospecto contra a equipe da casa é bastante positivo, já que o alvinegro venceu nove dos últimos dez encontros. Os mandantes também não passam por grande fase: perderam dez dez dos últimos 13 compromissos. Mas os nova-iorquinos também não estavam bem e deu no que deu…

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

Confrontos na temporada (1-0)

25/01/15 – Spurs 101 vs 95 Bucks

Com uma ótima partida de Kawhi Leonard, o Spurs conseguiu uma boa vitória. O ala deixou a quadra com 19 pontos, 14 rebotes e três roubos de bola em 36:20 minutos.

PG – Tony Parker

SG – Danny Green

SF – Kawhi Leonard

PF – Tim Duncan

C – Tiago Splitter

Fique de Olho – Tiago Splitter, sem render em quadra, viu seu posto titular ser tomado por Aron Baynes. Mas, se recuperando dos problemas físicos e pegando ritmo de jogo, o brasileiro voltou a apresentar bons números. Os minutos voltaram a crescer, e o pivô voltou a pontuar bem. Foram 24 pontos nos últimos dois jogos, com direito a duplo-duplo na derrota para o Knicks, com 12 pontos e 13 rebotes. Com o australiano machucado, a tendência é que o camisa #22 tenha ainda mais espaço para mostrar sua melhora.

PG – Michael Carter-Williams

SG – Khris Middleton

SF – Giannis Antetokounmpo

PF – Ersan Ilyasova

C – Zaza Pachulia

Fique de Olho – Michael Carter-Williams quase fez um triplo-duplo contra o Spurs em dezembro, quando ainda jogava pelo Philadelphia 76ers. Ele anotou 24 pontos, 11 rebotes e sete assistências na partida. Desde que chegou no Bucks, ele está com média de 14 pontos e 5,7 assistências por exibição. É bom ficar de olho para ele não ter outro jogo daquele…

Spurs (41-25) @ Knicks (14-53) – Derrota dolorosa

100×104

“Foi uma atuação patética, e eu espero que cada atleta esteja envergonhado. Não porque ‘nós devemos ganhar a partida’, mas é sobre como você jogou o jogo”. Essa foi a declaração do técnico Gregg Popovich após o duelo desta terça-feira (17) entre San Antonio Spurs e New York Knicks. Dá para imaginar que as coisas não saíram como esperado, não é? O time texano, atual campeão da NBA, realmente não fez uma boa partida e perdeu para a equipe de pior campanha na temporada, que saiu vitoriosa apenas pela 14ª vez na temporada 2014/2015. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Não deu para o Spurs no Madison Square Garden (Foto: Jim McIsaac)

Mudança repentina

Quem viu só o primeiro tempo pode ter se surpreendido com o desfecho. O Spurs foi ao vestiário vencendo por dez pontos – 52 a 42. Mas, no segundo tempo, o alvinegro deixou o Knicks se aproximar. No último quarto, os donos da casa chegaram até a virar o jogo após anotarem oito pontos seguidos. A impressão era que o time texano estava relaxado, só esperando algumas bolas de três caíram para matar o jogo e ficar com a vitória.

“Nós não respeitamos o jogo, não respeitamos nosso oponente”, afirmou Popovich, após o confronto. E é mais ou menos por aí. A vitória que deveria vir com facilidade não aconteceu por vários erros e falta de precisão nos arremessos, principalmente nos lances livres.

O Knicks conseguiu levar o jogo para a prorrogação e foi bem melhor durante este período. Coube ao Spurs ficar no minuto final tentando tirar da cartola um milagre para vencer, o que não aconteceu. Nenhuma das bolas decisivas que empatariam ou virariam o jogo tiveram sucesso. Tim Duncan ainda desferiu um péssimo passe nos segundos finais e foi interceptado. E provavelmente a derrota mais humilhante da temporada aconteceu…

Duncan fez 17 pontos, mas no fim do jogo não foi bem (Foto: Foto: Jim McIsaac)

Caminho certo?

O Spurs parecia ter reencontrado o basquete que o levou ao título na temporada passada. Com sete vitórias nos últimos oito duelos, o time se apresentou bem até na derrota, quando fez um jogo digno de playoffs, mas acabou perdendo para o Cleveland Cavaliers. O escorregão é aceitável, acontece. Mas os erros e a falta de segurança para matar o jogo não podem se manter na pós-temporada. Era também uma grande chance de melhorar a posição na tabela, mas, com a derrota, a equipe de San Antonio continua em sétimo na Conferência Oeste. A próxima apresentação do alvinegro texano será já nesta quarta-feira, contra o Milwaukee Bucks.

Histórico 

O campeão não voltou… Segundo o ESPN Stats and Info, esta foi a primeira vez na história da liga que uma equipe com aproveitamento abaixo de 20% em uma temporada ganha do atual campeão.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 21 pontos, 6 assistências e 6 rebotes

Tim Duncan – 17 pontos e 8 rebotes

Kawhi Leonard – 13 pontos e 5 rebotes

Tiago Splitter – 12 pontos e 13 rebotes

Marco Belinelli – 12 pontos e 4 rebotes

New York Knicks

Langston Galloway – 22 pontos e 4 rebotes

Alexey Shved – 21 pontos e 7 assistências

Andrea Bargnani – 16 pontos e 10 rebotes

Lou Amudson – 12 pontos  e 17 rebotes

Jason Smith – 11 pontos e 5 rebotes

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 57 outros seguidores