Arquivo do autor:1996pedro

Spurs (9-14) vs Kings (8-13) – Nova vitória na prorrogação

105×104

Na noite dessa sexta-feira (6), o San Antonio Spurs recebeu o Sacramento Kings, e a sina da jornada anterior seguiu no AT&T Center: partida difícil, recuperação no quatro período e alívio na prorrogação. Foi assim no triunfo sobre o Houston Rockets e na vitória por 105 a 104 sobre os californianos. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Belinelli fez cesta decisiva (Reprodução/nba.com/spurs)

O jogo

O cestinha do Spurs foi LaMarcus Aldridge, com 19 pontos, mas a estrela da partida foi DeMar DeRozan. O camisa #10 pontuou, deu assistências e participou bem ao longo dos 40 minutos em que esteve na quadra. Mais do que números, o ala-armador saiu do lugar comum: chutou da linha dos 3 e foi um líder para a equipe no momento em que ela mais precisou.

Gregg Popovich utilizou 11 jogadores ao longo da partida. Derrick White, Bryn Forbes e Rudy Gay completaram o quinteto titular ao lado de DeRozan e Aldridge. Do banco de reservas, saíram Dejounte Murray, Patty Mills, Lonnie Walker, Marco Belinelli, Trey Lyles e Jakob Poeltl.

A equipe de Sacramento, por sua vez, contou com três peças para pontuar em larga escala: Buddy Hield, Yogi Ferrell e a estrela do time, Harrison Barnes, que em 43 minutos produziu 21 pontos e dez assistências.

O momento chave do jogo aconteceu quando faltava 1:50 para o fim do jogo. O Spurs conseguiu apagar vantagem adversária de nove pontos e levou a bola para a prorrogação graças a arremesso convertido por Belinelli com somente quatro segundos pela frente. No tempo extra, a defesa agressiva do alvinegro ajudou a garantir o triunfo.

O que eles disseram

Após o jogo, DeRozan comemorou a vitória, mas alertou para os buracos em que o time tem caído na temporada.

“É definitivamente dramático, mas uma vitória é uma vitória. Acho que é a melhor maneira de entendermos como precisamos encerrar o jogo, que erros nos levam a um buraco em que temos que lutar tanto. Na maioria das vezes, desde que consigamos a vitória, isso é tudo que importa”, afirmou.

Popovich, por sua vez, exaltou a cesta decisiva de Belinelli e o tempo para treinar a equipe, que só volta à quadra na próxima quinta-feira (12) para receber o Cleveland Cavaliers.

“Eles executaram a jogada muito bem, e Belinelli ficou bem livre e a derrubou. Ele ama essas situações. Ele sempre gostou de toda a sua carreira, então fomos até ele e ele entregou. Vamos dar a eles mais alguns dias de folga, como fizemos antes deste jogo. Porque esses 34 dias, jogando todos os dias, foram realmente difíceis para eles. Esta é uma boa pausa para que possamos treinar nas segundas e terças-feiras e ter um bom trabalho e partir daí”, projetou.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 25 pontos, 10 rebotes e 7 assistências

LaMarcus Aldridge – 19 pontos e 13 rebotes

Dejounte Murray – 14 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Patty Mills – 13 pontos e 5 assistências

Jacob Poltl – 13 pontos e 3 rebotes

Sacramento Kings

Buddy Hield – 23 pontos e 7 rebotes

Harrison Barnes – 21 pontos, 10 rebotes e 5 assistências

Yogi Ferrell – 17 pontos e 3 assistências

Richaun Holmes – 13 pontos e 14 rebotes

Spurs (8-14) vs Kings (8-12) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Sacramento Kings – Temporada regular

Data: 06/12/2019

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Vindo de um triunfo incrível sobre o Houston Rockets após duas prorrogações, o San Antonio Spurs volta ao AT&T Center para receber o Sacramento Kings.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – LaMarcus Aldridge

C – Jakob Poeltl

Fique de olho – Em meio a rumores de troca que citam interesse do Kings, Aldridge volta de lesão com muito a mostrar.

PG – Cory Joseph

SG – Buddy Hield

SF – Harrison Barnes

PF – Nemanja Bjelica

C – Richaun Holmes

Fique de olho – Recuperado de lesão, o ex-Spur Cory Joseph volta ao Kings em mais um retorno ao AT&T Center. O armador canadense defendeu a franquia texana entre 2011 e 2015 e fez parte do elenco campeão da NBA em 2014.

Spurs (2) @ Nuggets (3) – Primeiro match point

90×108

O Denver Nuggets lidera a série contra o San Antonio Spurs pela primeira vez. Com grande atuação de de Jamal Murray, os mandantes venceram o jogo 5 nessa terça-feira (23) pelo placar de 108 a 90, abrindo 3 a 2 e tendo dois match points. O primeiro nesta quinta, às 21h, no AT&T Center, e o segundo novamente no Colorado. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Atuação de DeRozan não foi o bastante (Reprodução/nba.com/spurs)

Equipe Inicial

Para a partida dessa terça, Gregg Popovich utilizou quinteto titular com Derrick White, Bryn Forbes, DeMar DeRozan, LaMarcus Aldridge e Jakob Poeltl. Do banco de reservas, vieram Patty Mills, Marco Bellinelli, Rudy Gay, Davis Bertans, Lonnie Walker, Donatas Motiejunas, Dante Cunningham e Quincy Pondexter, já com garbage time nos minutos finais.

Os visitantes utilizaram como titulares Jamal Murray, Gary Harris, Torrey Craig, Paul Millsap e Nikola Jokic. Os jogadores que saíram do banco de reservas da equipe do Colorado foram Will Barton, Malik Beasley, Monte Morris, Mason Plumlee e Juan Hernangomez.

Resumo do jogo

O jogo foi controlado pelo Nuggets. O fator casa fez a diferença, e a equipe sobrou no quinto duelo da série. O time de Denver encaixou a defesa com mais solidez, e o ataque baseado em Jokic e Murray fez a diferença – os dois jogadores combinaram para 39 pontos.

Assim, o Nuggets venceu o primeiro quarto por 26 a 19, o segundo por 27 a 23 e o terceiro por 32 a 21. A última parcial, já com a turma do terrão em quadra, foi a única vencida pelo Spurs, com placar de 27 a 23. A equipe texana converteu somente 41,1% de seus arremessos de quadra e 29,2% das suas bolas de três pontos durante a partida.

Próximo jogo

A série retorna para San Antonio, e o jogo 6 ocorre nesta quinta-feira, às 21h (de Brasília).

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge –  17 pontos, 10 rebotes e 2 roubos de bola

DeMar DeRozan – 17 pontos e 4 rebotes

Jakob Poltl – 12 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Derrick White – 12 pontos

Denver Nuggets

Jamal Murray – 23 pontos, 7 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Will Barton – 17 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Nikola Jokic – 16 pontos, 11 rebotes, 8 assistências e 2 roubos de bola

Gary Harris – 15 pontos

Paul Millsap – 14 pontos e 6 rebotes

Malik Beasley – 11 pontos

Monte Morris – 10 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Spurs (2) @ Nuggets (2) – Show de Jokic

103×117

Desde 2012, o Denver Nuggets não conseguia uma vitória no AT&T Center. Bem no jogo 200 do San Antonio Spurs em seu ginásio, o tabu foi quebrado. Com grande atuação de de Nikola Jokic, os visitantes triunfaram nesse sábado (20) pelo placar de 117 a 103, recuperaram o mando de quadra e empatam a série em 2 a 2. O próximo jogo é na próxima terça-feira, às 22h30 (de Brasília), no Colorado. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Spurs não foi páreo para o Nuggets (Reprodução/twitter.com/Spurs)

Equipe Inicial

Para a partida desse sábado, Gregg Popovich utilizou quinteto titular com Derrick White, Bryn Forbes, DeMarDeRozan, LaMarcus Aldridge e Jakob Poeltl. Do banco de reservas, vieram Davis Bertans, Rudy Gay, Patty Mills, Marco Belinelli, Donatas Motiejunas, Lonnie Walker, Dante Cunningham e Quincy Pondexter, já com garbage time nos minutos finais.

Os visitantes utilizaram como titulares Jamal Murray, Gary Harris, Torrey Craig, Paul Millsap e Nikola Jokic. Os jogadores que saíram do banco de reservas foram Malik Beasley, Monte Morris, Will Barton, Mason Plumlee, Juan Hernangomez e Jarred Vanderblit.

Resumo do jogo

Em busca de abrir vantagem no confronto, o Spurs começou em alto nível no primeiro quarto, abrindo 34 a 22. Nesse momento de pequena vantagem, LaMarcus Aldridge foi o cara do time, tanto na defesa de Jokic dentro do garrafão quanto com cestas importantes no ataque.

A partir do segundo quarto, vencido pelos visitantes por 32 a 20, o que se viu no Texas foi um domínio da equipe de Denver. Jokic e Murray chamaram a responsabilidade e comandaram o time. O terceiro o período foi o com maior vantagem, finalizado em 37 a 25 a favor do Nuggets, com atuação apagada de duas peças chave para o jogo do Spurs, White e DeRozan.

O último quarto foi protocolar, e a partir da metade do período Popovich utilizou o famoso terrão, aproveitando para dar ritmo a todo o seu elenco. Importante ressaltar dois jogadores importantes na rotação que foram muito mal no jogo: Belinelli, que converteu apenas um dos cinco arremessos de quadra que arriscou, e Gay, que errou todos os sete que arriscou.

Próximo jogo

A série retorna para Denver, e o jogo 5 ocorre na próxima terça-feira, às 22h30 (de Brasília).

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge –  24 pontos, 9 rebotes e 2 roubos de bola

DeMar DeRozan – 19 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Patty Mills – 12 pontos e 3 assistências

Bryn Forbes – 10 pontos e 4 rebotes

Denver Nuggets

Nikola Jokic – 29 pontos, 12 rebotes e 8 assistências

Jamal Murray – 24 pontos e 6 assistências

Torrey Craig – 18 pontos, 8 rebotes e 2 roubos de bola

Will Barton – 12 pontos e 4 rebotes

Monte Morris – 11 pontos e 5 rebotes

Spurs (47-34) @ Cavs (19-62) – Adeus à estrada

112×90

Já pensando nos playoffs, o San Antonio Spurs visitou o Cleveland Cavaliers nesse domingo (7) para sua última partida fora de casa na temporada regular. Apesar de utilizar peças que não vinham atuando muito como, Lonnie Walker IV, Quincy Pondexter e Dante Cunningham, Gregg Popovich não tirou DeMar DeRozan e LaMarcus Aldridge do jogo – o ala-armador jogou 32 minutos, contra 30 do ala-pivô. Assim, a vitória por 112 a 90 veio com certa tranquilidade, e o camisa #12 foi cestinha com 18 pontos. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Com Gay, Spurs levou a melhor sobre o Cavs (Reprodução/twitter.com/spurs)

Campanha

Com o resultado, o Spurs pula para 47 vitórias e 34 derrotas. São 16 vitorias e 25 derrotas fora de casa, e 31 vitorias e nove derrotas no AT&T Center. Na temporada, o alvinegro tem 58% de aproveitamento, número que sobe para 60% contando apenas os últimos dez jogos.

Escalação

Popovich mandou à quadra o quinteto inicial formado por Derrick White, Bryn Forbes, DeMar DeRozan, LaMarcus Aldridge e Jakob Poeltl. O camisa #12 foi o cestinha da equipe com 18 pontos, convertendo seis dos seus 14 arremessos de quadra e todos os seus seis lances livres. Do banco, o treinador utilizou Rudy Gay, Patty Mills, Davis Bertans, Marco Bellinelli, Dante Cunningham, Lonnie Walker, Donatas Motiejunas e Quincy Pondexter. Entre os reservas, os principais pontuadores foram Mills e Bertans, que registraram 14 pontos cada.

O jogo

O confronto começou equilibrado. A maior vantagem durante o primeiro período foi de seis pontos adquirida pelo Spurs quanto restavam pouco mais de seis minutos para o fim da parcial. Porém , a desvantagem foi recuperada pelos mandantes, e o quarto acabou 24 a 24.

A defesa do alvinegro apareceu no segundo período, e o ataque comandado pelos arremessos de três certeiros de Bertans deu ampla vantagem para o Spurs. Nesse momento, apesar de os playoffs já estarem batendo à porta, Popovich manteve seus principais jogadores em quadra, e a vantagem ao fim do quarto já era de 16 pontos: 62 a 46 para os visitantes.

A dinâmica do terceiro período foi de melhora dos Cavs, com o Spurs administrando. Collin Sexton e Brandon Knight até ensaiaram uma reação. Mas não adiantou muito, uma vez que o resultado da parcial foi 17 a 17. Assim, a vantagem de 16 pontos continuou.

O ultimo quarto serviu para Popovich dar oportunidade a galera do “terrão”, mandando para a quadra Loonie Walker IV. O novato contribuiu com sete pontos e duas assistências e definiu a vitória do Spurs por 112 a 90 no último jogo do time como visitante na temporada.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 18 pontos e 13 rebotes

DeMar DeRozan – 14 pontos, 9 rebotes e 3 assistências

Patty Mills – 14 pontos e 4 assistências

Davis Bertans – 14 pontos

Bryn Forbes – 13 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Cleveland Cavaliers

Collin Sexton – 16 pontos e 4 assistências

Brandon Knight – 16 pontos e 3 roubos de bola

Ante Zizic – 14 pontos e 6 rebotes

Cedi Osman – 12 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Larry Nance Jr. – 11 pontos, 11 rebotes, 5 assistências e 4 roubos de bola