Arquivo do autor:augustoedr

Spurs acerta com Metu por três anos

O San Antonio Spurs acertou a contratação de Chimezie Metu, ala-pivô selecionado pela franquia texana na 49ª escolha do Draft deste ano, com vínculo válido por três temporadas. Shams Charania, do site The Athletic, deu a notícia nesta quinta-feira (30).

Metu em ação pelo Spurs na Summer League (Reprodução/nba.nbcsports.com)

Metu apareceu em cinco jogos do Spurs nas Summer Leagues deste ano antes de sofrer uma lesão no pulso, apresentando médias de 11,4 pontos e 7,6 rebotes por jogo. Como Charania observa, isso parece ter sido suficiente para o Spurs ver algo especial nele.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Após a contratação de Quincy Pondexter, o acerto com Metu empurra o plantel do Spurs para 15 jogadores, número máximo permitido para as franquias na temporada regular da NBA.

Vaivém: Veja quem chega, quem sai e rumores envolvendo o Spurs

Anúncios

Spurs (1-4) x Suns (4-1) – Até logo Summer League

55×90

Nesta sexta-feira (13), dia nacional do rock, o San Antonio Spurs entrou em quadra em sua rodada de consolação na Summer League de Las Vegas após ser eliminado da disputa pelo título na noite anterior, com derrota para o Milwaukee Bucks na prorrogação. A despedida aconteceu com novo revés, dessa vez pelo placar de 90 a 55 para o Phoenix Suns. Sem Derrick White, Lonnie Walker e Chimezie Metu, machucados, o alvinegro pouco apresentou no jogo. Mesmo assim, ainda temos algumas coisas para destacar –  ou quase isso… Vamos lá.

Blossomgame

Blossomgame segue ajudando da sua maneira (Reprodução/nba.com/spurs)

Ataque nulo

Mesmo que Jaron Blossomgame não tenha feito um jogo ruim, o ataque em geral foi muito fraco. Maverick Rowan foi o grande destaque ofensivo com apenas 11 pontos. Amida Brimah também fez das suas e anotou oito pontos. Por fim, Trey McKinney-Jones ajudou com sete pontos. Em uma partida em que o ataque foi mal e acertou apenas 31,4% de seus arremessos de quadra, o Spurs parou em um jogo inspirado de Javonte Green, que brilhou pelo time de Phoenix.

Não mostrou ao que veio

London Perrantes, que veio como um dos destaques do time de verão do Spurs depois de integrar o elenco profissional do Cleveland Cavaliers na última temporada, sairá em baixa após a competição. A apresentação contra o Suns foi mais uma para o armador esquecer. Tentou apenas cinco arremessos de quadra, acertou dois e também distribuiu quatro assistências. Vamos ver como ele vai lidar com isso no restante da temporada se conseguir novas chances.

Será que chegou sua hora?

Selecionado na penúltima escolha do Draft de do ano passado, Jaron Blossomgame disputou as Summer Leagues da última temporada, levou sua bagagem também para G-League e agora parece estar pronto para a última etapa: a NBA. O ala vem apresentando bons números tanto ofensivamente quanto defensivamente, além de conseguir se manter consistente, algo que tem ser levado em conta quando se ingressa na liga profissional americana de basquete. Fiquem de olho, pois o técnico Gregg Popovich pode começar a dar chances ao garoto.

Tem mais

Além de Derrick White e Lonnie Walker IV, o já citado Jaron Blossomgame pode ser chamados para integrar o elenco principal, haja visto que Kawhi Leonard tem seu futuro incerto, e o ala se sente confortável jogando justamente na posição três. Além deles, o bom ala-pivô Chimezie Metu também pode ganhar mais oportunidades. Olivier Hanlan também merece destaque.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Maverick Rowan – 11 pontos e 2 rebotes

Phoenix Suns

Javonte Green –  20 pontos e 5 rebotes

Alec Peters – 17 pontos e 4 rebotes

Shaquille Harrison – 13 pontos, 7 assistências, 6 rebotes e 3 tocos

Spurs (0-1) x Pacers (1-0) – Chegamos em Las Vegas

76×86

Neste sábado (07), o San Antonio Spurs começou sua jornada na Summer League de Las Vegas com revés. A equipe texana foi derrotada pelo Indiana Pacers pelo placar de 86 a 76. Mais uma vez, o destaque ficou para Derrick White e Lonnie Walker, embora o segundo ainda esteja forçando muitos arremessos. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Derrick White é destaque de novo (Reprodução/nba.com/spurs)

A molecada até tentou

Na derrota, White mostrou de novo como pode ajudar no elenco principal, contribuindo não só nos números, mas também rodando a bola. O armador segue se destacando não só ofensivamente, mas na defesa, nos rebotes e roubando a bola. Sobrou até um toco no meio disso tudo. Já Lonnie Walker segue sem achar os tempo certo para arremessar, mesmo problema que o colega enfrentou no jogo. Mesmo assim, ambos combinaram para 34 pontos.

Walker vem se esforçando (Reprodução/nba.com/spurs)

O que há com Walker?

Sabemos que adaptação vem com o tempo, e mesmo que Walker ainda venha julgando mal o momento de arremessar e tentando chutar muito bem contestado, o ala-armador tenta compensar defensivamente e até imprimindo mais agressividade para pontuar dentro da área pintada. Contra o Pacers, foi mais consistente. Tentou muito, é verdade e aproveitamento nos arremessos de quadra beirou os 33,3%, mas o jogador contribuiu com quinze pontos e quatro rebotes. Aguardamos as próximas apresentações.

Não é só de armador de que se vive

Outros jogadores merecem reconhecimento e seguem mostrando bom desempenho nas Summer Leagues. Jaron Blossomgame e Chimezie Metu, o segundo oriundo do draft de 2018, combinaram para 15 rebotes e seguem se destacando defensivamente. O ala já foi citado na vitória sobre o Memphis Grizzlies, e o pivô vem mostrando regularidade e números muito consistentes, o que pode levá-lo mais cedo para a NBA.

Fiquem atentos

Cory Jefferson estava com a mão quente e, mesmo que tenha feito somente nove pontos, contribuiu toda vez que foi acionado e colocado em posição de anotar. Converteu todos os arremessos de quadra que tentou e se mostrou um gatilho bom que deve ser mais acionado nas próximas partidas. Olivier Hanlan, por sua vez, não contribuiu tanto ofensivamente como na partida anterior, registrando dois rebotes e três assistências, Jeff Ledbetter também fez das suas, mas foi outro que ficou bastante apagado, anotando dois pontos e quatro rebotes.

Teve até técnico da NBA

Nate McMillan, técnico do Indiana Pacers, esteve presente no jogo. Ele falou sobre a ida de LeBron James para o Los Angeles Lakers e elogiou a última temporada de Victor Oladipo, que rendeu o prêmio de jogador que mais evoluiu. O treinador até deu boas gargalhadas com algumas piadas que o narrador e o comentarista fizeram e saiu feliz com o que viu.

O que vem por aí

Neste domingo, o Spurs mede forças com o Washington Wizards, e na terça-feira encerra sua participação na primeira fase da Summer League de Las Vegas em duelo com o Portland TrailBlazers. Depois disso, começam os playoffs, que vão definir o campeão do torneio.

Destaques da partida:

San Antonio Spurs

Derrick White – 19 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Lonnie Walker – 15 pontos e 4 rebotes

Chimezie Metu – 12 pontos e 5 rebotes

Jaron Blossomgame – 8 pontos e 10 rebotes

Indiana Pacers

TJ Leaf – 17 pontos

Aaron Holiday – 10 pontos, 7 assistências e 7 rebotes

Alize Johnson – 10 pontos e 9 rebotes

Adeus e boa sorte! Parker assina com o Hornets

Um MVP das finais e quatro títulos da NBA. Esse é o currículo de Tony Parker, que chegou ao San Antonio Spurs em 2001. Por isso, a sexta-feira (6) é um dia triste para a torcida da franquia, já que após longos dezessete anos o armador deixa o alvinegro rumo ao Charlotte Hornets.

TP9O

Parker em ação pelo Spurs (Reprodução/Sporting News)

Parker acertou contrato de duas temporadas no valor de US$ 10 milhões. A informação foi publicada em primeira mão por Adrian Wojnarowski, jornalista da ESPN americana.

“Parker ligou para Gregg Popovich para avisar a ele de sua decisão de aceitar a proposta de Charlotte. O Spurs queria Parker de volta, mas Parker vai pegar um papel significativo no Hornets atrás de Kemba Walker”, disse Wojnarowski, sobre a decisão tomada pelo armador.

Vaivém: Veja quem chega, quem sai e rumores envolvendo o Spurs

Green exerce opção e renova contrato com o Spurs

O ala-armador Danny Green vai exercer sua opção unilateral para renovar contrato com o San Antonio Spurs para a temporada 2018/2019 por US$ 10 milhões de dólares. A informação foi publicada por Jabari Young, jornalista do jornal americano San Antonio Express-News.

Green fica no Spurs por mais um ano (Reprodução/news4sanantonio.com)

Green acaba de completar 31 anos e está saindo de mais um ano ruim nas bolas de perímetro, o que pôde ser decisivo na sua decisão de renovar em vez de testar o mercado. Da temporada 2011/2012 até a temporada 2014/2015, o ala-armador converteu 42,3% de seus chutes de três. Nas últimas três campanhas, esse número caiu para 35,7%.

Resta saber qual será o impacto da decisão de Green nos minutos do novato Lonnie Walker e do segundo-anista Derrick White, que também podem atuar na posição 2.