Spurs (29-38) vs Nuggets (45-23) – Azedou

126×132

Depois de sofrer uma dura derrota para o Philadelphia 76ers, o San Antonio Spurs tropeçou novamente na tarde desta quarta-feira (5). Os comandados de Gregg Popovich sofreram novo revés na bolha da NBA, desta vez para o Denver Nuggets, por 132 a 126. Confira, a seguir, os destaques do duelo.

Rudy Gay saiu do banco para ser o cestinha da equipe (Foto: Reprodução/twitter.com/spurs)

Vai e vem

O jogo desta quarta-feira teve lideranças curtas e longas para ambos os lados. Ainda no segundo quarto, o Nuggets chegou a disparar com 12 pontos de frente, mas o time texano correu atrás com uma boa sequência, que contou com quatro bolas de três pontos, e a partida foi para o intervalo com o alvinegro vencendo por 65 a 62

O início do terceiro quarto também foi bom para o Spurs, que chegou a ampliar para nove pontos sua vantagem, mas, assim como foi a reação alvinegra no primeiro tempo, o time de Denver correu atrás e conseguiu cortar a diferença. Com chutes precisos e calibrados, a equipe do Colorado aplicou sequência de 13 a 4 para voltar à frente no marcador por 110 a 101 com apenas 5:42 para o fim.

Os bancários

Um ponto positivo do Spurs no jogo foram os reservas, que fizeram nada menos do que 70 pontos combinados. Enquanto isso, os suplentes do Nuggets ficaram com a soma de 43. Rudy Gay – que está em brilhante fase na bolha – foi o maior pontuador com 24 pontos, seguido por Keldon Johnson com 20, Patty Mills com 14 e Drew Eubanks com 12. Apenas o jovem Quinndary Weatherspoon, que jogou somente nove minutos, não pontuou.

Problemas sérios

Todo adversário que enfrente o Spurs já sabe o caminho ideal para desestabilizar os texanos: o garrafão. Com o Sixers foi assim, com Joel Embiid sendo abastecido de bolas debaixo da cesta, e o Nuggets repetiu a estratégia com Nikola Jokic, que terminou o jogo com 25 pontos e 11 assistências. Além do pivô sérvio, o time do Colorado ainda contou com mais uma brilhante atuação de Michael Porter Jr, que anotou pelo menos 30 pontos pelo segundo jogo seguido. Ele converteu as três primeiras bolas de três pontos que tentou e foi responsável por dez dos 16 primeiros pontos da equipe no Jogo. Além disso, conquistou 15 rebotes.

Como se não bastasse a falta de defesa no garrafão, o ataque também deixa a desejar no setor. Jakob Poeltl foi anotar seus dois primeiros – e únicos – pontos no jogo restando 8:49 para o estouro final.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Rudy Gay – 24 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Derrick White – 23 pontos, 7 assistências e 3 rebotes

Keldon Johnson – 20 pontos e 6 rebotes

DeMar DeRozan – 18 pontos, 8 assistências e 5 rebotes

Patty Mills – 14 pontos, 3 rebotes e 3 assistências

Drew Eubanks – 12 pontos e 5 rebotes

Denver Nuggets

Michael Porter Jr. – 30 pontos e 15 rebotes

Nikola Jokic – 25 pontos, 11 assistências e 4 rebotes

Jerami Grant – 22 pontos

Monte Morris – 19 pontos e 4 assistências

P.J. Dozier – 12 pontos, 8 assistências e 5 rebotes

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Ex-redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 05/08/2020, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.