Arquivo diário: 07/03/2020

Spurs (26-35) @ Nets (28-34) – Constrangedor

120×139

Nessa sexta-feira (6), o San Antonio Spurs visitou o Brooklyn Nets e foi atropelado pelo adversário, perdendo por 139 a 120. O único lado bom de assistir ao jogo foi finalmente poder ver os novatos da franquia texana em ação. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Atuação de DeRozan não foi o bastante (Reprodução/nba.com/spurs)

Nem deu para sonhar

O primeiro quarto não estava nem na metade quando Gregg Popovich gastou seu segundo tempo técnico, já que o Spurs perdia por 20 a 6. A estratégia não funcionou, e o Nets venceu a primeira parcial por 41 a 22. O time da casa chegou a abrir 33 pontos de vantagem a marcou 45 pontos no terceiro período, estabelecendo um novo recorde da franquia e impedindo qualquer chance de reação do alvinegro. Após o jogo, o técnico da equipe texana criticou a postura dos seus comandados na defesa.

Mais raro que cometa

O único lado bom da acachapante derrota foi a rara oportunidade de ver os novatos do Spurs em ação. O destaque foi Keldon Johnson, que registrou 13 pontos e cinco rebotes nos 21 minutos em que esteve em quadra. Luka Samanic atuou por 12 minutos e obteve três assistências e dois rebotes, e Quinndary Weatherspoon jogou 11 minutos e anotou uma assistência e um rebote.

Plantão médico

O Spurs voltou a entrar em quadra sem LaMarcus Aldridge, Jakob Poeltl e Marco Belinelli, todos machucados. Desfalque mais sentido, o camisa #12 foi vítima do azar. Segundo Pop, o ala-pivô estava perto de voltar após sofrer uma lesão no ombro direito, mas se enroscou na rede da cesta durante um treino e voltou a sentir o problema.

Virou piada

Tim Duncan voltou ao cargo de assistente técnico após estrear como treinador principal na vitória sobre o Charlotte Hornets, substituindo Pop, liberado para resolver problemas pessoais. Os torcedores do Nets aproveitaram-se das ausências de Aldridge e Poeltl e fizeram piada com o assunto, gritando em coro “Vá para o jogo, Timmy”.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 24 pontos, 9 assistências e 5 rebotes

Derrick White – 19 pontos e 3 tocos

Dejounte Murray – 19 pontos

Rudy Gay – 15 pontos e 6 rebotes

Keldon Johnson – 13 pontos e 5 rebotes

Brooklyn Nets

Caris LeVert – 27 pontos, 11 rebotes e 10 assistências

Joe Harris – 20 pontos e 4 rebotes

Spencer Dinwiddie – 19 pontos e 9 assistências

Timothe Luwawu-Cabarrot – 19 pontos

Chris Chiozza – 13 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Taurean Prince – 13 pontos e 5 rebotes

DeAndre Jordan – 12 pontos e 10 rebotes

Jarrett Allen – 12 pontos e 8 rebotes