Spurs (26-34) @ Hornets (21-40) – Ave, Duncan

104×103

Sem Gregg Popovich, fora por motivos pessoais, o San Antonio Spurs teve Tim Duncan como técnico na vitória por 104 a 103 sobre o Charlotte Hornets, nessa terça-feira (3), em jogo disputado na Carolina do Norte. Com o resultado, o alvinegro fica a 3,5 jogos de distância do Memphis Grizzlies, oitavo colocado na Conferência Oeste. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

DeRozan observado de perto por Duncan (Reprodução/nba.com/spurs)

Terno e gravata

A ausência de Pop fez com que Duncan fosse nomeado treinador principal do Spurs na partida contra o Hornets. Depois da partida, o ídolo da franquia texana dividiu os méritos do resultado com os assistentes Becky Hammon, Will Hardy e Mitch Johnson.

“Verdade seja dita: eu não estava no lugar principal. Temos Becky, Will e Mitch. Mitch fez a preleção para nós, Becky e Will estavam fazendo todos os ajustes, e eu era o único que só estava lá de pé gritando com as pessoas”, afirmou Duncan, após a partida.

Suado

O Spurs começou o jogo perdendo por 12 a 2 e chegou a estar 17 pontos atrás do Hornets em determinado momento da partida. Aos poucos, o alvinegro foi entrando no jogo até que conseguiu virar, entrando no último quarto vencendo por 77 a 76. O time texano abriu seis pontos, mas permitiu uma pequena reação dos mandantes. A equipe da casa ainda teve a chance de dar o último arremesso, mas sem sucesso.

Chamou a responsabilidade

Em uma noite em que o Spurs não contou com LaMarcus Aldridge, Jakob Poeltl e Marco Belinelli, coube a Dejounte Murray chamar a responsabilidade e comandar a vitória do time. O jovem armador deixou a quadra com 21 pontos, seis assistências, cinco rebotes e duas roubadas de bola, sendo assim o cestinha da partida.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Dejounte Murray – 21 pontos, 6 assistências, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Bryn Forbes – 15 pontos

Patty Mills – 13 pontos e 2 roubos de bola

DeMar DeRozan – 12 pontos, 10 assistências e 5 rebotes

Derrick White – 12 pontos, 2 roubos de bola e 2 tocos

Rudy Gay – 10 pontos e 7 rebotes

Charlotte Hornets

Terry Rozier – 20 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

PJ Washington – 19 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Miles Bridges – 15 pontos e 7 rebotes

Cody Martin – 13 pontos, 5 rebotes, 4 assistências e 2 roubos de bola

Caleb Martin – 12 pontos e 3 rebotes

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 04/03/2020, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.