Spurs (25-34) vs Pacers (37-24) – Situação complicada

111×116

Depois de vencer o Orlando Magic por um placar apertado, o San Antonio Spurs novamente fez uma exibição decidida somente nos instantes finais, mas desta vez acabou superado pelo Indiana Pacers por 116 a 111, em partida disputada no AT&T Center na noite desta segunda-feira (2). Confira, a seguir, os destaques do confronto.

Trey Lyles foi bem mais uma vez, mas não foi o bastante (Foto: NBA/Getty Images)

Recorde ameaçado

São duas décadas marcando presença na pós-temporada, sendo que cinco terminaram com título. Mas desta vez parece que a vaga entre os oito primeiros da Conferência Oeste está distante. Com mais uma derrota, a oitava nos últimos 11 compromissos, o Spurs agora fica a cinco vitórias de distância do Memphis Grizzlies, oitavo colocado. Ainda estão na briga Portland Trail Blazers, New Orleans Pelicans e Sacramento Kings.

Por entre os dedos, de novo

O Spurs perdia por 84 a 69 com 4:30 por jogar no terceiro quarto antes de se reabilitar. O time da casa buscou um placar de 102 a 98 restando 6:44 para o fim da partida graças a bolas de três pontos de Patty Mills e Lonnie Walker IV e uma jogada enfática do ala-armador.

Porém, após liderar por 15 pontos e ter um apagão, o Pacers voltou ao jogo no último quarto. No lance decisivo do duelo, perdendo por três pontos, o Spurs teve a sua chance com Mills achando Trey Lyles debaixo do garrafão. O pivô subiu, mas a arbitragem deu apenas toco do jogador adversário. Assim se desenhou o resultado final.

Loonie Skywalker

Quem acompanhou o jogo pela transmissão americana se empolgou como o narrador com o desempenho de Loonie Walker IV. O jovem de cabelos estilosos mostrou que tem a tal da ‘nasty‘ que Gregg Popovich pediu há alguns anos aos seus comandados ao insistir em um roubo de bola que culminou em assistência. Pura garra.

Em outro lance, Walker levantou a torcida com a enterrada que empatou o jogo em 96 pontos com 7:51 restantes. “Você tem que ter essa mentalidade de ser apenas um assassino. Tentar dominar e fazer o que puder. Se eu tenho uma cabeça cheia de vapor e ninguém está realmente comigo, nove em cada dez vezes eu posso pular com o melhor deles. Então, boa sorte tentando me bloquear”, declarou o camisa #1.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Patty Mills – 24 pontos e 3 roubos de bola

Trey Lyles – 20 pontos e 6 rebotes

Bryn Forbes – 14 pontos

Rudy Gay – 13 pontos e 4 rebotes

Dejounte Murray – 11 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Indiana Pacers

Malcolm Brogdon – 26 pontos, 7 assistências e6 rebotes

T.J. Warren – 23 pontos e 7 rebotes

Myles Turner – 17 pontos, 5 rebotes e 4 tocos

Domantas Sabonis – 14 pontos, 11 rebotes e 5 assistências

Doug McDermott – 14 pontos e 5 rebotes

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Ex-redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 03/03/2020, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.