Spurs (24-31) @ Jazz (36-19) – Folia do Dejounte

113×104

O Carnaval começou bem para o torcedor do San Antonio Spurs. Isso porque a franquia texana venceu o Utah Jazz por 113 a 104, nessa sexta-feira (21), na casa do adversário, graças principalmente à grande atuação do armador Dejounte Murray. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Murray se destacou contra o Jazz (Reprodução/nba.com/jazz)

Estandarte

Seja porque recebeu mais liberdade ofensiva ou porque está mais confiante, Dejounte Murray se tornou a principal referência ofensiva do Spurs nos últimos jogos. Contra o Jazz, foram 23 pontos, que o transformaram em cestinha da partida, além de sete rebotes, quatro assistências e quatro roubadas de bola. Foi a segunda vez seguida que o jovem jogador superou a marca dos 20 pontos. Além disso, nos últimos quatro compromissos, o armador converteu 60% dos arremessos de quadra que tentou.

Ataque balanceado

Além de Murray, outros cinco jogadores passaram da marca dos dez pontos, o que ajudou o armador a ter mais espaço para operar. O Spurs acertou dez das vinte bolas de três pontos que arriscou e converteu 46% dos arremessos que tentou fora do garrafão. Destaque para DeMar DeRozan, com 18 pontos, sete assistências e cinco rebotes, LaMarcus Aldridge, com 15 pontos, oito rebotes e quatro assistências, e Patty Mills, com 15 pontos. O armador australiano converteu os sete lances livres que cobrou, estabelecendo um novo recorde pessoal na temporada.

Jogo de corridas

O Spurs começou o jogo quente e contou com uma corrida de 14 a 5 para abrir 24 a 15. O alvinegro converteu os seis primeiros arremessos de quadra que tentou no segundo período e fez 38 pontos na parcial, estabelecendo um novo recorde na temporada. Mas o Jazz respondeu guiado por Rudy Gobert e chegou a encostar, mas o time texano marcou 17 pontos seguidos no segundo tempo e enterrou qualquer chance de reação dos mandantes.

Sonho vivo

O Spurs é o atual décimo colocado na Conferência Oeste. Nessa sexta-feira, Memphis Grizzlies, oitavo e Portland TrailBlazers, nono tropeçaram. Os resultados deixaram o alvinegro a 3,5 jogos da zona de classificação para os playoffs. O sonho ainda está vivo?

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Dejounte Murray – 23 pontos, 7 rebotes, 4 assistências e 4 roubos de bola

DeMar DeRozan – 18 pontos, 7 assistências e 5 rebotes

LaMarcus Aldridge – 15 pontos, 8 rebotes e 4 assistências

Patty Mills – 15 pontos

Derrick White – 14 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Bryn Forbes – 13 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola

Utah Jazz

Rudy Gobert – 18 pontos e 14 rebotes

Emmanuel Mudiay – 18 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Bojan Bogdanovic – 15 pontos e 6 rebotes

Jordan Clarkson – 15 pontos e 3 assistências

Donovan Mitchell – 12 pontos e 4 assistências

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 22/02/2020, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.