Arquivo diário: 27/01/2020

Spurs (20-25) vs Bulls (18-30) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Chicago Bulls – Temporada regular

Data: 27/01/2020

Horário: 22h (Horário de Brasília)

Local: United Center

Onde assistir: NBA League Pass

O San Antonio Spurs cai na estrada para o segundo jogo de um back-to-back um dia depois de perder para o Toronto Raptors no domingo do acidente que vitimou Kobe Bryant. Tentando a recuperação, o alvinegro visita o Chicago Bulls de Zach LaVine sem LaMarcus Aldridge, que tem um problema no pé e será desfalque.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Trey Lyles

C – Jakob Poeltl

Fique de Olho – Dejounte Murray será fundamental para o Spurs contra o Bulls. Sem Aldridge, o armador ganha ainda mais importância, assim como DeMar DeRozan. Com 10,2 pontos e 5,8 rebotes por jogo na temporada, o camisa #5 precisa estar em noite inspirada para o alvinegro sonhar com a vitória.

PG – Kris Dunn

SG – Zach LaVine

SF – Tomas Satoransky

PF – Thaddeus Young

C – Luke Kornet

Fique de Olho – O grande destaque do Bulls é obviamente Zach LaVine, que em mais uma temporada tenta provar que pode ser o franchise player e líder desse jovem time do Bulls. Com 25,3 pontos e 4,9 rebotes por jogo, ele é uma arma perigosa e precisa ser contido.

Spurs (20-25) x Raptors (32-14) – Noite de tristeza

106×110

Neste domingo (26), o San Antonio Spurs recebeu o Toronto Raptors e perdeu para o adversário por 110 a 106, em mais um jogo válido pela temporada regular da NBA. Minutos antes de a partida começar, o mundo do esporte foi bombardeado pela trágica notícia da morte de Kobe Bryant. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

DeRozan reencontrou o ex-time (Reprodução/nba.com/spurs)

O jogo

A partida foi marcada pelo domínio da equipe canadense. Com exceção ao terceiro período, no qual o Spurs teve uma superioridade considerável, o time de Paskal Siakam e companhia foi absoluto.

O ala-pivô do Raptors se destacou com 35 pontos, oito rebotes, três assistências e uma roubada de bola. Do lado do Spurs, o principal jogador foi DeMar DeRozan. Depois de se mostrar bem abatido no começo do jogo, o ala-armador deixou a quadra com 14 pontos, oito rebotes e sete assistências.

Ao longo do jogo, o Spurs converteu 41,5% dos seus arremessos de quadra, 43,2% dos seus tiros de três e 91,7% dos seus lances livres. Além disso, registrou 48 rebotes, 27 assistências, oito tocos, cinco roubadas de bola, 16 turnovers e 15 faltas.

Já o Raptors acertou 41,4% dos seus arremessos de quadra, 32% dos seus tiros de três e 80% dos seus lances livres. Além disso, registrou 50 rebotes, 31 assistências, dois tocos, 11 roubadas de bola, oito turnovers e 22 faltas.

Homenagens a Kobe

Koe Bryant marcou história na NBA atuando pelo Los Angeles Lakers. O jogador foi um divisor de etapas no crescimento da liga e, como recompensa, suas camisas 8 e 24 foram aposentadas pela franquia da Califórnia.

Em homenagem ao grande jogador, as equipes estouraram o limite dos 24 segundos na primeira posse de bola de cada time. Além disso, o Coyote, mascote do Spurs, distribuiu camisas com os números 8 e 24 para a torcida.

Ao longo da rodada, a NBA prestou homenagens merecidas ao grande Kobe Bryant. Técnico do Spurs, Gregg Popovich deu entrevista após o jogo e lamentou a fatalidade.

“Todos nós sabemos como ele era um grande jogador, mas ele foi além do ótimo jogo. Ele era um competidor incomparável, e foi isso que o tornou um jogador tão atraente para todos: esse foco, essa competitividade, essa vontade de vencer. Todos sentimos uma profunda perda pelo que ele significava para todos nós de muitas maneiras, e tantos milhões de pessoas o amavam por muitas razões diferentes. É apenas uma coisa trágica. Não há palavras que possam descrever como todos se sentem”, declarou.

Outro que também se pronunciou sobre a tragédia foi DeRozan, que disse que Kobe foi a grande inspiração da sua carreira.

“Palavras não podem expressar como eu me sinto. Pessoalmente, tudo o que sei sobre basquete aprendi com Kobe. Ele representou muitas coisas para esse esporte e inspirou muitas pessoas no mundo. E não é só isso, também há a filha dele. Sou pai e nem consigo imaginar essas coisas acontecendo comigo. É triste, muito triste. Realmente, ele me ensinou tudo o que sei. Sem Kobe, eu não estaria aqui. Eu não gostaria de basquete, não teria essa paixão. Tudo veio dele”, afirmou.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 14 pontos, 7 assistências e 6 rebotes

Derrick White – 14 pontos, 4 assistências, 4 rebotes e 4 tocos

Dejounte Murray – 13 pontos, 6 rebotes e 2 tocos

Bryn Forbes – 13 pontos e 3 rebotes

Marco Belinelli – 12 pontos e 5 assistências

Jakob Poeltl – 11 pontos, 7 rebotes e 2 tocos

LaMarcus Aldridge – 10 pontos e 10 rebotes

Toronto Raptors

Pascal Siakam – 35 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Kyle Lowry – 16 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

Fred VanVleet – 13 pontos, 7 assistências, 4 rebotes e 4 roubos de bola

Serge Ibaka – 12 pontos, 10 rebotes, 4 assistências e 2 roubos de bola

OG Anunoby – 10 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Marc Gasol – 8 pontos, 12 rebotes e 5 assistências