Arquivo mensal: janeiro 2020

Spurs (21-26) x Jazz (32-15) – Voltando a vencer

127×120

Após três derrotas seguidas, San Antônio voltou à sua casa nessa quarta-feira (29) e consequentemente reencontrou o caminho para a vitória. Em um jogo seguro, onde o time texano dominou do início ao fim e bateu o Utah Jazz por 127 a 120. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

DeRozan fez mais um grande jogo (Reprodução/nba.com/spurs)

DeRozan demais

Na última partida do Spurs, DeMar DeRozan fez 36 pontos, mas o time deixou a quadra com a dolorosa derrota para o Chicago Bulls. Contra o Jazz, a noite foi novamente toda do ala-armador, que marcou 38 pontos em mais uma grande atuação. A temporada do astro tem sido muito regular em alto nível.

Mills em alta

A vitória sobre o Jazz foi marcada por mais uma grande atuação de Patty Mills. O armador já foi alvo de reclamações acerca de uma suposta falta de proatividade no Spurs em comparação ao seu desempenho na seleção australiana. Mas nessa temporada, não há o que reclamar. Um dos pilares do time dentro de quadra, o jogador marcou 18 pontos e se destacou novamente.

Banco ajudando

Além de Mills, mais três jogadores atingiram o dígitos duplos de pontuação que foram oriundos do banco. Derrick White, Marco Belinelli e Rudy Gay combinaram para 30 pontos e foram fundamentais para a vitória texana.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 38 pontos, 5 assistências e 5 rebotes

Patty Mills – 18 pontos e 2 roubos de bola

Dejounte Murray – 16 pontos, 4 assistências, 3 rebotes e 3 roubos de bola

Rudy Gay – 10 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Derrick White – 10 pontos

Marco Belinelli – 10 pontos

Utah Jazz

Donovan Mitchell – 31 pontos e 4 assistências

Jordan Clarkson – 20 pontos e 2 roubos de bola

Rudy Gobert – 17 pontos e 19 rebotes

Bojan Bogdanović – 17 pontos, 9 rebotes e 4 assistências

Mike Conley – 12 pontos

Publicidade

Spurs (20-26) x Jazz (32-14) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Utah Jazz – Temporada regular

Data: 29/01/2020

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Cotação no Apostas Online: Spurs 3.05 x Jazz 1.42 (favorito)

Após perder três partidas seguidas, sendo a última para o Chicago Bulls, o San Antonio Spurs volta às quadras ainda sem LaMarcus Aldridge para buscar uma remontada. O adversário do alvinegro é o embalado Utah Jazz.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Trey Lyles

C – Jakob Poeltl

Fique de Olho – Vindo de partida de 36 pontos, na derrota para o Bulls. DeMar DeRozan vem sendo, por vezes, o melhor jogador da equipe e, por outras, deixa o protagonismo de lado e tentando servir melhor seus companheiros. Contra o Jazz, o ala-armador tem a chance de fazer mais uma boa partida, ainda mais com a ausência de Aldridge.

PG – Donovan Mitchell

SG – Joe Ingles

SF – Bojan Bogdanovic

PF – Royce O’Neale

C – Rudy Gobert

Fique de Olho – Exímio defensor e com boas atuações ofensivas, Rudy Gobert é um dos pilares do Jazz. Com ele em quadra, Jakob Poeltl e Trey Lyles terão bastantes dificuldades dentro do garrafão nos dois lados da quadra. Com essa qualidade, o francês ode forçar o Spurs a experimentar arremessos de longa distância.

Spurs (20-26) vs Bulls (19-30) – Terceira seguida

109×110

Após perder dois jogos seguidos, sendo o último para o Toronto Raptors, o San Antonio Spurs voltou para a quadra na noite dessa segunda-feira (27), ainda no clima de luto por Kobe Bryant, e amargou sua terceira derrota consecutiva, dessa vez fora de casa para o Chicago Bulls. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

Atuação de DeRozan não foi o bastante (Reprodução/nba.com/spurs)

Atuação de DeRozan não foi o bastante (Reprodução/nba.com/spurs)

DeRozan dependência

A derrota veio, mas não apaga o grande desempenho de DeMar DeRozan. Foram 36 pontos para o ala-armador, que sempre puxou o jogo para si, como durante toda a temporada. O astro ainda pegou dez rebotes e anotou mais um double-double na carreira. Com intensidade e sempre persistindo, parecia que tinha algo de especial a mostrar.

Os homens grandes

Trey Lyles e Jakob Poeltl foram muito bem contra o Bulls. Os dois combinaram juntos para 26 pontos e ajudaram muito um garrafão que não contava com LaMarcus Aldridge. O austríaco ainda contribuiu com 13 rebotes, e o canadense com mais oito.

Austrália no comando

Patty Mills não só se tornou o segundo jogador na história do Spurs com mais bolas de três pontos como também ajudou o time com seus 25 pontos vindo do banco. Em certo momento, parecia até que tudo que ele arremessasse iria cair. Mais uma grande atuação do armador, que está fazendo uma ótima temporada.

Mais homenagens

Kobe Bryant, Gianna Bryant e mais sete pessoas nos deixaram no domingo, em acidente trágico de helicóptero. No jogo contra o Bulls, DeRozan fez uma homenagem no seu tênis. Em vários jogos da NBA, os times estouraram o relógio de posse de 24 segundos e depois os oito segundos para passar do meio da quadra. Gestos nobres, que fazem menção aos números utilizados pelo ala-armador em seus tempos de Los Angeles Lakers.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 36 pontos, 10 rebotes e 3 assistências

Patty Mills – 25 pontos e 2 roubos de bola

Jakob Poeltl – 16 pontos, 13 rebotes e 3 tocos

Trey Lyles – 10 pontos e 8 rebotes

Chicago Bulls

Zach LaVine – 23 pontos e 6 rebotes

Denzel Valentine – 16 pontos, 4 rebotes e 3 assistências

Thaddeus Young – 13 pontos e 9 rebotes

Tomas Satoransky – 13 pontos, 6 assistências, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Luke Kornet – 12 pontos, 9 rebotes e 3 assistências

Coby White – 11 pontos e 6 rebotes

Kris Dunn – 10 pontos, 8 assistências, 6 rebotes e 3 roubos de bola

Spurs (20-25) vs Bulls (18-30) – Temporada regular

San Antonio Spurs vs Chicago Bulls – Temporada regular

Data: 27/01/2020

Horário: 22h (Horário de Brasília)

Local: United Center

Onde assistir: NBA League Pass

O San Antonio Spurs cai na estrada para o segundo jogo de um back-to-back um dia depois de perder para o Toronto Raptors no domingo do acidente que vitimou Kobe Bryant. Tentando a recuperação, o alvinegro visita o Chicago Bulls de Zach LaVine sem LaMarcus Aldridge, que tem um problema no pé e será desfalque.

Clique aqui e compre seus ingressos para o jogo

PG – Dejounte Murray

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Trey Lyles

C – Jakob Poeltl

Fique de Olho – Dejounte Murray será fundamental para o Spurs contra o Bulls. Sem Aldridge, o armador ganha ainda mais importância, assim como DeMar DeRozan. Com 10,2 pontos e 5,8 rebotes por jogo na temporada, o camisa #5 precisa estar em noite inspirada para o alvinegro sonhar com a vitória.

PG – Kris Dunn

SG – Zach LaVine

SF – Tomas Satoransky

PF – Thaddeus Young

C – Luke Kornet

Fique de Olho – O grande destaque do Bulls é obviamente Zach LaVine, que em mais uma temporada tenta provar que pode ser o franchise player e líder desse jovem time do Bulls. Com 25,3 pontos e 4,9 rebotes por jogo, ele é uma arma perigosa e precisa ser contido.

Spurs (20-25) x Raptors (32-14) – Noite de tristeza

106×110

Neste domingo (26), o San Antonio Spurs recebeu o Toronto Raptors e perdeu para o adversário por 110 a 106, em mais um jogo válido pela temporada regular da NBA. Minutos antes de a partida começar, o mundo do esporte foi bombardeado pela trágica notícia da morte de Kobe Bryant. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

DeRozan reencontrou o ex-time (Reprodução/nba.com/spurs)

O jogo

A partida foi marcada pelo domínio da equipe canadense. Com exceção ao terceiro período, no qual o Spurs teve uma superioridade considerável, o time de Paskal Siakam e companhia foi absoluto.

O ala-pivô do Raptors se destacou com 35 pontos, oito rebotes, três assistências e uma roubada de bola. Do lado do Spurs, o principal jogador foi DeMar DeRozan. Depois de se mostrar bem abatido no começo do jogo, o ala-armador deixou a quadra com 14 pontos, oito rebotes e sete assistências.

Ao longo do jogo, o Spurs converteu 41,5% dos seus arremessos de quadra, 43,2% dos seus tiros de três e 91,7% dos seus lances livres. Além disso, registrou 48 rebotes, 27 assistências, oito tocos, cinco roubadas de bola, 16 turnovers e 15 faltas.

Já o Raptors acertou 41,4% dos seus arremessos de quadra, 32% dos seus tiros de três e 80% dos seus lances livres. Além disso, registrou 50 rebotes, 31 assistências, dois tocos, 11 roubadas de bola, oito turnovers e 22 faltas.

Homenagens a Kobe

Koe Bryant marcou história na NBA atuando pelo Los Angeles Lakers. O jogador foi um divisor de etapas no crescimento da liga e, como recompensa, suas camisas 8 e 24 foram aposentadas pela franquia da Califórnia.

Em homenagem ao grande jogador, as equipes estouraram o limite dos 24 segundos na primeira posse de bola de cada time. Além disso, o Coyote, mascote do Spurs, distribuiu camisas com os números 8 e 24 para a torcida.

Ao longo da rodada, a NBA prestou homenagens merecidas ao grande Kobe Bryant. Técnico do Spurs, Gregg Popovich deu entrevista após o jogo e lamentou a fatalidade.

“Todos nós sabemos como ele era um grande jogador, mas ele foi além do ótimo jogo. Ele era um competidor incomparável, e foi isso que o tornou um jogador tão atraente para todos: esse foco, essa competitividade, essa vontade de vencer. Todos sentimos uma profunda perda pelo que ele significava para todos nós de muitas maneiras, e tantos milhões de pessoas o amavam por muitas razões diferentes. É apenas uma coisa trágica. Não há palavras que possam descrever como todos se sentem”, declarou.

Outro que também se pronunciou sobre a tragédia foi DeRozan, que disse que Kobe foi a grande inspiração da sua carreira.

“Palavras não podem expressar como eu me sinto. Pessoalmente, tudo o que sei sobre basquete aprendi com Kobe. Ele representou muitas coisas para esse esporte e inspirou muitas pessoas no mundo. E não é só isso, também há a filha dele. Sou pai e nem consigo imaginar essas coisas acontecendo comigo. É triste, muito triste. Realmente, ele me ensinou tudo o que sei. Sem Kobe, eu não estaria aqui. Eu não gostaria de basquete, não teria essa paixão. Tudo veio dele”, afirmou.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 14 pontos, 7 assistências e 6 rebotes

Derrick White – 14 pontos, 4 assistências, 4 rebotes e 4 tocos

Dejounte Murray – 13 pontos, 6 rebotes e 2 tocos

Bryn Forbes – 13 pontos e 3 rebotes

Marco Belinelli – 12 pontos e 5 assistências

Jakob Poeltl – 11 pontos, 7 rebotes e 2 tocos

LaMarcus Aldridge – 10 pontos e 10 rebotes

Toronto Raptors

Pascal Siakam – 35 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Kyle Lowry – 16 pontos, 4 assistências e 4 rebotes

Fred VanVleet – 13 pontos, 7 assistências, 4 rebotes e 4 roubos de bola

Serge Ibaka – 12 pontos, 10 rebotes, 4 assistências e 2 roubos de bola

OG Anunoby – 10 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Marc Gasol – 8 pontos, 12 rebotes e 5 assistências