Spurs (13-18) x Pistons (12-21) – Bolas de 3

136×109

Nesse sábado (28), o San Antonio Spurs recebeu o Detroit Pistons e venceu o adversário por 136 a 109. Para conseguir o triunfo, o alvinegro texano contou com grande desempenho nos arremessos de três pontos. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Aldridge se destacou nas bolas de 3 (Reprodução/nba.com/spurs)

Força do perímetro

Para construir a vitória, o Spurs converteu 18 bolas de três pontos, seu recorde na temporada até aqui. A equipe tentou 35 arremessos do tipo, apenas um a menos do que sua maior marca nesta edição do campeonato. Chamou atenção a atuação de LaMarcus Aldridge, que começa a se destacar no fundamento e converteu cinco cestas do tipo, auge pessoal de toda a sua carreira.

“Queremos que ele arremesse mais desses. Se ele arremessar dez por jogo, tudo bem por mim. Ele tem que ser mais egoísta. Arremesse essa maldita bola. Coloque seu nome no papel”, disse Gregg Popovich, após a partida. O treinador ganhou apoio de DeMar DeRozan e Rudy Gay, que também gostaram de ver Aldridge brilhando nos arremessos de três.

“Não é como se eu e LaMarcus fossemos Kyle Korver e Dirk Nowitzki. A gente apenas tenta ir lá e aproveitar nossas oportunidades, e acho que estamos nos sentindo melhor com isso”, afirmou o camisa #10, que chegou à marca de 400 jogos com ao menos 20 pontos na carreira.

“É como a liga é, e jogadores como eu e Aldridge têm que simplesmente entender como espaçar a quadra e ajudar seu time desse jeito. Você tem que infiltrar, passar a bola para os arremessadores e manter uma defesa honesta. É o que estamos tentando fazer”, reforçou o ala reserva.

Corrida fundamental

O Spurs chegou a abrir dez pontos de vantagem no primeiro quarto, mas viu o Pistons reagir e empatar o jogo no segundo. Porém, na terceira parcial, a equipe texana conseguiu uma corrida de 25 a 9, marcando 42 pontos, seu recorde na temporada, e não olhou mais para trás. Derrick White, Bryn Forbes e Rudy Gay foram importantes com cestas de três pontos neste momento decisivo do duelo.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 29 pontos, 8 assistências e 5 rebotes

LaMarcus Aldridge – 25 pontos, 12 rebotes e 2 tocos

Bryn Forbes – 18 pontos, 3 assistências e 3 rebotes

Rudy Gay – 16 pontos e 7 rebotes

Dejounte Murray – 13 pontos, 5 assistências, 4 rebotes e 2 roubos de bola

Detroit Pistons

Derrick Rose – 24 pontos, 4 assistências, 4 roubos de bola e 3 rebotes

Andre Drummond – 21 pontos, 18 rebotes, 4 tocos e 3 assistências

Langston Galloway – 15 pontos e 3 rebotes

Blake Griffin – 12 pontos

Bruce Brown – 11 pontos, 4 rebotes, 3 assistências e 2 roubos de bola

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 30/12/2019, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.