Spurs (6-13) x Wolves (10-8) – Deprimente

101×113

Sem resposta para o desempenho ruim que vem apresentando, o San Antonio Spurs segue com um dos começos de temporada mais deprimentes da sua história recente. Nessa quarta-feira (27), a equipe texana recebeu o Minnesota Timberwolves e perdeu para o adversário pelo placar de 113 a 101, chegando à sua 13ª derrota nos primeiros 19 jogos que fez no campeonato. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Atuação de Aldridge não foi o bastante (Reprodução/nba.com/spurs)

Sem ajuda

Os dois maiores astros do Spurs tiveram atuações honestas contra o Wolves. LaMarcus Aldridge anotou 22 pontos e seis rebotes em 33 minutos, convertendo dez dos 19 arremessos de quadra que tentou. DeMar DeRozan, por sua vez, deixou a quadra com 20 pontos, sete rebotes, cinco assistências e duas roubadas de bola, acertando oito dos 16 arremessos de quadra que tentou. Mas a equipe fez somente cinco cestas de três pontos em 29 tentativas, registrando péssimo aproveitamento de 17,2% no fundamento.

Após o jogo, DeRozan admitiu que o Spurs tem problemas defensivos e que o time está se perdendo deste lado da quadra. “Estamos sendo pegos na rotação, não ajudando o próximo. Precisamos ajudar uns aos outros. Os caras são bons demais nessa liga para a gente depender de um jogador para parar outro”, disse o ala-armador, que recentemente deletou todo o conteúdo de seu Instagram. A ação gerou rumores de troca, mas o camisa #10 minimizou e disse que fez isso somente porque odeia redes sociais.

Esperança?

No terceiro período, o Timberwolves recebeu três faltas técnicas seguidas por reclamar da arbitragem. Ali começou uma corrida do Spurs surpreendentemente comandada por Lonnie Walker, que não vinha recebendo minutos relevantes de Gregg Popovich, mas foi acionado e correspondeu. O alvinegro chegou a assumir a liderança ao fazer 92 a 91, mas os visitantes responderam com sete pontos seguidos e não olharam mais para trás. Ao menos, o segundanista foi elogiado pelo treinador ao fim da partida.

Fim da freguesia

O Spurs não perdia para o Wolves no AT&T Center desde o dia 17 de abril de 2013, quando Andrew Wiggins ainda estava no colegial. Neste meio tempo, o alvinegro venceu o adversário 11 vezes em sua casa. A campanha do time texano como mandante na temporada é historicamente ruim: são somente quatro triunfos em dez partidas.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 22 pontos e 6 rebotes

DeMar DeRozan – 20 pontos, 7 rebotes, 5 assistências e 2 roubos de bola

Lonnie Walker – 11 pontos

Rudy Gay – 10 pontos, 11 rebotes e 4 assistências

Minnesota Tiimberwolves

Andrew Wiggins – 26 pontos, 8 rebotes e 2 tocos

Karl-Anthony Towns – 23 pontos, 14 rebotes e 6 assistências

Keita Bates-Diop – 16 pontos e 4 rebotes

Josh Okogie – 11 pontos, 8 rebotes e 3 assistências

Gorgui Dieng – 10 pontos, 5 rebotes e 4 assistências

Jarrett Culver – 10 pontos e 5 assistências

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor assistente do UOL Esporte. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 28/11/2019, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s