Arquivo mensal: agosto 2019

Belinelli inicia Copa do Mundo com vitória; Metu perde

Neste sábado (31), a Copa do Mundo de basquete começou com resultados diferentes para os representantes do San Antonio Spurs que entraram em quadra. Marco Belinelli saiu vitorioso de seu primeiro compromisso no torneio, e Chimezie Metu não teve a mesma sorte.

Belinelli em ação pela Itália contra Filipinas (Reprodução/fiba.basketball)

Com Belinelli como titular, a Itália não teve dificuldades para vencer a seleção de Filipinas pelo placar de 108 a 62. O ala-armador do Spurs precisou jogar apenas 19:34 minutos e deixou a quadra com nove pontos (4-6 FG, 0-2 3 PT, 1-2 FT), quatro assistências e três rebotes.

Por outro lado, a Nigéria de Chimezie Metu começou a Copa do Mundo com derrota por 82 a 77 para a Rússia, em partida decidida apenas nos minutos finais. Saindo do banco, o ala-pivô registrou 10 pontos (3-8 FG, 0-2 3 PT, 4-4 FT), seis rebotes e uma assistência em 20:42 minutos.

Os demais representantes do Spurs estreiam neste domingo (1º). Às 4h30 (de Brasília), a Austrália de Patty Mills mede forças com o Canadá. Cinco horas mais tarde, a seleção americana de Gregg Popovich e Derrick White duela com a República Tcheca.

Também neste domingo, o Brasil estreia contra a Nova Zelândia, às 5h (de Brasília).

Anúncios

Derrick White é confirmado na Copa do Mundo

Neste sábado (23), Derrick White, armador do San Antonio Spurs, foi confirmado no elenco da seleção americana que disputará a Copa do Mundo de basquete deste ano. O anúncio foi dado momentos depois da derrota dos Estados Unidos para a Austrália, em Melbourne, em jogo amistoso que teve Patty Mills, outro armador da franquia texana, como destaque.

White em ação contra a Austrália (Reprodução/usab.com)

Titular, Mills registrou 30 pontos e três assistências em 33:12 minutos na vitória da sua seleção por 98 a 94 no Marvel Stadium, em Melbourne, diante de 52.079 pessoas. White, por sua vez, saiu do banco para anotar oito pontos e três rebotes em 9:14 minutos para os americanos.

Comandada por Gregg Popovich, técnico do Spurs, a seleção americana chegou ao amistoso com 13 jogadores, um a mais do que o permitido para a Copa do Mundo. Após o jogo, foi comunicado que Kyle Kuzma, que não entrou em quadra na partida, tem uma lesão no tornozelo e teve de ser cortado. Com isso, White foi confirmado no elenco ao lado dos armadores Donovan Mitchell, do Utah Jazz, e Kemba Walker e Marcus Smart, do Boston Celtics; dos alas Harrison Barnes, do Sacramento Kings, Joe Harris, do Brooklyn Nets, Khris Middleton, do Milwaukee Bucks, e Jayson Tatum e Jaylen Brown, do Boston Celtics, e dos pivôs Brook Lopez, do Milwaukee Bucks, Mason Plumlee, do Denver Nuggets, e Myles Turner, do Indiana Pacers.

Além de Pop, White e Mills, devem representar o Spurs na Copa do Mundo o ala-armador Marco Belinelli, pela seleção da Itália, e o ala-pivô Chimezie Metu, pela seleção da Nigéria.

Os americanos estreiam na Copa do Mundo dia 1º de setembro, contra a República Tcheca.

Derrick White é “promovido” para seleção americana

O San Antonio Spurs pode ter um representante no elenco de jogadores da seleção americana que disputará a Copa do Mundo de basquete neste ano. De acordo com reportagem de Ric Bucher, dos veículos americanos Bleacher Reporter e Fox Sports 1, Derrick White foi promovido ao elenco principal do Team USA e vai brigar por uma vaga na competição.

White (acima, à esquerda) com jovens promessas americanas (Reprodução/usab.com)

Comandada por Gregg Popovich, técnico do Spurs, a seleção se apresentou nessa segunda-feira (5) composta pelos armadores Donovan Mitchell, do Utah Jazz, Kyle Lowry, do Toronto Raptors, e Kemba Walker e Marcus Smart, do Boston Celtics, pelos alas Harrison Barnes, do Sacramento Kings, Khris Middleton, do Milwaukee Bucks, Kyle Kuzma, do Los Angeles Lakers, P.J. Tucker, do Houston Rockets, Thaddeus Young, do Chicago Bulls, e Jaylen Brown e Jayson Tatum, do Boston Celtics, e pelos pivôs Bam Adebayo, do Miami Heat, Brook Lopez, do Milwaukee Bucks, Mason Plumlee, do Denver Nuggets, e Myles Turner, do Indiana Pacers.

White fazia parte de um elenco de jovens convidados para as atividades preparatórias para a Copa do Mundo. Na mesma situação, estavam os armadores De’Aaron Fox, do Sacramento Kings, Jalen Brunson, do Dallas Mavericks, e Trae Young, do Atlanta Hawks, os alas Jaren Jackson Jr, do Memphis Grizzlies, Joe Harris, do Brooklyn Nets, Jonathan Isaac, do Orlando Magic, Mikal Bridges, do Phoenix Suns, Pat Connaughton, do Milwaukee Bucks, e Torrey Craig, do Denver Nuggets, e os pivôs Jarrett Allen, do Brooklyn Nets, John Collins, do Atlanta Hawks, Marvin Bagley III, do Sacramento Kings, e Mitchell Robinson, do New York Knicks.

Porém, de acordo com Bucher, as boas atuações de White fizeram com que o representante do Spurs fosse promovido. Assim, o armador deve fazer parte do elenco principal entre os dias 13 e 15 de agosto, quando a seleção dará sequência à sua fase de preparação na Califórnia. Vale lembrar que Pop pode levar apenas 12 jogadores em sua lista final para o torneio.

Os americanos estreiam na Copa do Mundo dia 1º de setembro, contra a República Tcheca.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Derrick White is being invited to LA when Team USA reconvenes there next week, a program official told me, which essentially means he has been promoted from the select practice squad to the World Cup roster. (Look for Marvin Bagley to be promoted as well.) One coach told me White was the best player on either team in the Day 2 scrimmages and on Day 3 I saw him damn near replicate that with my own eyes as the select squad played the World Cup squad to a draw in consecutive 10-minute scrimmages. With that, I owe one of my Twitter followers an apology. Last season he touted White as one of the league’s next superstars and I scoffed at the time; I thought he was good but I hadn’t seen anything that merited all that. I have now. He still has to develop a 3-pt shot but his vision and court savvy were on full display as he either hit guys even before they knew they were open or created space to get his own; all that with + defense if not ++ defense. As a Spurs beat writer said to me, “The Spurs found another one.” Indeed they have. Let’s be clear: this isn’t a star-studded camp and White is far from a finished product. But he has elements you can’t teach and the physical tools to utilize them. Do not be surprised if he is both on this summer’s World Cup squad AND next summer’s Olympic squad — in part because the program intends to go young with the team playing back-to-back summers, in part because White has been that good. If I sound hyped, it’s because I am. I love both surprises and players who dominate simply by seeing what’s there a half-second before everybody else. That’s DW.

Uma publicação compartilhada por Ric (@ric_bucher) em