Arquivo diário: 11/07/2019

Morris vai para o Knicks, e Spurs fecha com Lyles

Depois de o free agent Marcus Morris voltar atrás em seu acordo verbal para assinar com o San Antonio Spurs, a franquia texana não perdeu tempo, retirou a oferta feita ao ala-pivô e assinou um acordo de duas temporadas com o também ala-pivô Trey Lyles, ex-Denver Nuggets. As informações são do jornalista Adrian Wojnarowski, da emissora americana ESPN.

Trey Lyles assina com o Spurs por duas temporadas (Reprodução/instagram.com/treylyles)

Morris tinha firmado compromisso verbal para um contrato de dois anos de US$ 20 milhões com o Spurs, o que lhe deu mais de dois dias para reconsiderar a anulação do contrato antes de a equipe fechar um acordo com Lyles, segundo as fontes ouvidas por Wojnarowski.

O jogador que estava no Celtics preferiu assinar contrato de um ano e US$ 15 milhões com o New York Knicks, oferta que fez com que Morris desistisse de seu acordo com o Spurs. RC Buford, gerente geral do alvinegro, estava trabalhando para fechar o negócio, mas acabou voltando as atenções para Lyles, que se tornou agente livre irrestrito após o Nuggets rescindir sua qualifying offer para abrir espaço para Jerami Grant, ex-Oklahoma City Thunder.

Lyles dividiu suas quatro primeiras temporadas entre o Denver Nuggets e o Utah Jazz. Aos 23 anos, é mais jovem e mais alto que Morris, mas certamente não possui carreira tão consolidada quanto a do novo reforço do Knicks. Além disso, também não é considerado um bom defensor.

Por outro lado, Lyles poderia ser um jogador melhor a longo prazo para o Spurs, já que Morris considera este contrato como uma ponte para um maior acordo na free agency em 2020.

Na última temporada, Lyles teve médias de 8,5 pontos, 3,8 rebotes em 12 minutos por exibição.

Spurs (2-2) x Suns (2-1) – Flashes de Luka

78×79

Sem Lonnie Walker, poupado, o San Antonio Spurs encerrou sua participação na primeira fase da Summer League de Las Vegas com derrota por 79 a 78 para o Phoenix Suns, em partida disputada na noite dessa quarta-feira (10). Apesar do revés, o alvinegro viu Luka Samanic dar mostra empolgante do seu potencial. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Spurs acabou derrotado pelo Suns (Reprodução/twitter.com/Suns)

Qual é o teto?

De frente para o aro, na altura do perímetro, usou a mão esquerda para passar a bola por trás das costas enquanto infiltrava, tirando o marcador da jogada e concluindo com uma bandeja. A jogada soa como algo que Manu Ginobili faria, mas dessa vez o autor foi Luka Samanic. Aproveitando-se da ausência de Lonnie Walker, o novato pôde ter mais a bola e deu mostras de seu potencial, fruto de sua combinação de tamanho, mobilidade e agilidade. A facilidade com que encontrava arremessadores livres após bater para dentro impressionou. Ao fim, somou 11 pontos, 11 rebotes, três assistências e três roubadas de bola em pouco menos de 22 minutos.

Os outros novatos

Sem Walker, Quinndary Weatherspoon teve a chance de começar como titular e não decepcionou. Foram 19 pontos, seis rebotes e três assistências em 24 minutos para o cestinha do Spurs no jogo, que vem se tornando um dos queridinhos da torcida. Keldon Johnson, por sua vez, estava com a pontaria descalibrada e acertou somente três dos nove arremessos de quadra que arriscou, terminando com sete pontos e dois rebotes em pouco menos de 25 minutos.

Referência

As ausências dos segundanistas Lonnie Walker, poupado, e Chimezie Metu, baixa confirmada até o fim da Summer League, fazem com que Drew Eubanks seja o jogador ligado ao Spurs mais experiente do time de verão. Contra o Suns, o pivô se mostrou ciente do status com atuação sólida, registrando 16 pontos e nove rebotes em 24 minutos.

E agora?

Com duas vitórias e duas derrotas, o Spurs aguarda o encerramento da primeira fase da Summer League de Las Vegas para ver se consegue classificação para o mata-mata que define o campeão da competição. A definição sai ao fim dos seis jogos marcados para esta quinta-feira.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Quinndary Weatherspoon – 19 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Drew Eubanks – 16 pontos e 9 rebotes

Luka Samanic – 11 pontos, 11 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola

Phoenix Suns

Jalen Lecque – 14 pontos

James Palmer Jr. – 11 pontos, 4 rebotes e 2 roubos de bola