Arquivo mensal: julho 2019

Spurs contrata Dedric Lawson

O San Antonio Spurs terá mais uma cara nova quando se reapresentar para a pré-temporada que antecede sua campanha em 2019/2020. De acordo com Jabari Young, jornalista do site americano The Athletic, a franquia assinou contrato semi-profissional com Dedric Lawson.

Lawson em ação por Kansas (Reprodução/247sports.com)

Ala-pivô de 21 anos de idade e 2,06m de altura, Lawson acaba de concluir sua quarta e última temporada no basquete universitário americano, na qual apresentou médias de 19,4 pontos (49% FG, 39,3% 3 PT, 81,5% FT) e 10,3 rebotes em 32,6 minutos por exibição por Kansas. Apesar dos números impressionantes, a natureza de seu contrato e a composição do elenco do Spurs fazem com que seja difícil para o jogador cavar um lugar para a temporada regular.

Isso porque a franquia de San Antonio já ocupou as 15 vagas permitidas pela NBA durante os compromissos oficiais com DeMar DeRozan, LaMarcus Aldridge, Rudy Gay, Patty Mills, DeMarre Carroll, Marco Belinelli, Trey Lyles, Jakob Poeltl, Bryn Forbes, Lonnie Walker, Luka Samanic, Dejounte Murray, Keldon Johnson, Derrick White e Chimezie Metu. Até mesmo as duas vagas two-way já foram preenchidas com Drew Eubanks e Quinndary Weatherspoon.

Além disso, o contrato de Lawson com o Spurs é semi-profissional e não garantido.

Durante a pré-temporada, uma franquia da NBA pode ter até 20 jogadores sob contrato, três a mais do que o permitido durante os compromissos oficiais. Assim, o ala-pivô deve ajudar na fase de preparação e pode reforçar o Austin Spurs para a temporada 2019/2020 da G-League.

Anúncios

Spurs anuncia mudanças na diretoria

O San Antonio Spurs anunciou, nesta terça-feira (23), mudanças em sua diretoria. O antes gerente geral RC Buford passa ao cargo de CEO a partir do dia 3 de setembro. O dirigente, eleito duas vezes Executivo do Ano da NBA, tem 29 anos de serviços prestados ao alvinegro.

RC Buford é o novo CEO do San Antonio Spurs (Foto: Reprodução/Youtube)

Buford chegou ao Spurs como assistente técnico na equipe de Larry Brown em 1988. Depois, passou por Los Angeles Clippers e pela Universidade da Flórida antes de retornar ao Texas em 1994 como membro do estafe de Gregg Popovich – na época, o hoje técnico era gerente geral.

Então, o dirigente foi promovido a diretor de scout do Spurs em 1997 e assumiu o cargo de vice-presidente e assistente de gerente geral em 1999. Buford foi nomeado gerente geral do Spurs em 2002 e foi promovido a Presidente de Franquias de Esportes em 2008.

A franquia ainda aproveitou para anunciar que Brian Wright foi promovido ao cargo de gerente geral que antes pertencia a Buford. Lori Warren e Bobby Perez também subiram e agora são vice-presidentes executivos. Ambos irão liderar o lado “de negócios” do Spurs.

Wright, que administrará as operações cotidianas de operações de basquete, passou dez temporadas trabalhando com o Orlando Magic e com o Detroit Pistons. Acumulou experiência na NBA antes de ser nomeado gerente geral assistente do Spurs em 2016.

Warren, que está na franquia de San Antonio há 26 anos, atuou mais recentemente como vice-presidente sênior de finanças corporativas e estratégia de marca da empresa.

Por fim, Perez, que é natural de San Antonio, juntou-se à franquia alvinegra em 2013 como conselheiro geral e relações corporativas do vice-presidente sênior da organização.

Tim Duncan volta ao Spurs como assistente técnico

Um dos maiores ídolos da história do San Antonio Spurs voltou. Nessa segunda-feira (22), a franquia anunciou a contratação de Tim Duncan, novo assistente técnico de Gregg Popovich.

Duncan volta a trabalhar no Spurs (Reprodução/skysports.com)

Selecionado pelo Spurs na primeira escolha do Draft de 1997, Duncan defendeu as cores da equipe texana por 19 temporadas seguidas até se aposentar. Pelo time, foi pentacampeão da NBA, sendo eleito MVP das finais três vezes e MVP da temporada regular duas vezes. Entre outras honrarias, disputou o All-Star Game em 15 oportunidades. No anúncio oficial da contratação, Pop mostrou a irreverência que sempre pautou sua relação com o ex-jogador.

“Depois de eu servir lealmente por 19 anos como assistente de Duncan, é adequado que ele retribua o favor”, brincou o treinador, em comunicado publicado no site oficial do Spurs.

Além da contratação de Duncan, o Spurs ainda anunciou a promoção de Will Hardy. O profissional, que chegou à franquia como estagiário em 2010, também será assistente técnico.

“Will Hardy tem uma mente de basquete jovem e talentosa que ganhou muito respeito de todos na organização graças ao seu conhecimento, sua alma e sua personalidade”, elogiou Pop.

Assim, Duncan e Hardy ocupam as vagas deixadas pelos ex-assistentes do Spurs Ime Udoka, que trocou a franquia pelo Philadelphia 76ers, e Ettore Messina, novo técnico do Milan. Eles formarão o trio de principais assistentes técnicos de Pop ao lado de Becky Hammon.

Walker é eleito para o segundo time ideal de Vegas

Nessa segunda-feira (15), a NBA anunciou os jogadores eleitos para os times ideais da Summer League de Las Vegas, que terminou com título do Memphis Grizzlies. Ala-armador do San Antonio Spurs, Lonnie Walker representou a franquia texana na segunda equipe.

Walker em ação pelo time de verão do Spurs (Reprodução/nba.com/spurs)

Walker disputou duas partidas em Vegas, apresentando médias de 30 pontos e quatro rebotes em 27,3 minutos por exibição. Antes disso, em duas apresentações na Summer League de Utah, sustentou médias de 19,5 pontos e 7,5 rebotes em 29,2 minutos por jogo.

O primeiro time ideal da Summer League de Las Vegas teve os ala-armadores Nickeil Alexander-Walker, do New Orleans Pelicans, e Kendrick Nunn, do Miami Heat, os pivôs Jarrett Allen, do Brooklyn Nets, e Mitchell Robinson, do New York Knicks, e o ala-pivô Brandon Clarke, do Memphis Grizzlies. O último foi eleito MVP da competição de verão.

No segundo time, fazem companhia a Lonnie Walker o ala-armador Anfernee Simons, do Portland TrailBlazers, o ala Rui Hachimura, do Washington Wizards, e os alas-pivôs Chris Boucher, do Toronto Raptors, e Jaxson Hayes, do New Orleans Pelicans.

Spurs (2-3) x Hawks (2-3) – Revés na despedida

72×80

O San Antonio Spurs encerrou sua participação na Summer League de Las Vegas com derrota. Fora da disputa pelo título, a equipe texana poupou seus principais jogadores no jogo contra o Atlanta Hawks, disputado nessa sexta-feira (12), válido pelo Consolation Bracket, e acabou perdendo pelo placar de 80 a 72. Vamos, a seguir, aos destaques da partida.

Terry Larier teve chance de mostrar serviço (Reprodção/twitter.com/spurs)

Poucas atrações

No encerramento de uma maratona de jogos nas Ligas de Verão e já sem chances de título, o Spurs resolveu preservar todos os jogadores que possuem contrato profissional com a franquia. Assim, Lonnie Walker, Drew Eubanks, Luka Samanic, Keldon Johnson e Quinndary Weatherspoon nem sequer entraram em quadra. O mesmo pode ser dito de Chimezie Metu, que, em reta final de recuperação de uma lesão no pé direito, foi desfalque em toda a campanha nas Summer Leagues. Assim, o confronto foi pouco atrativo para a torcida do alvinegro.

Rosto conhecido

O único rosto familiar para a torcida do Spurs em quadra foi Ben Moore, que fez parte do elenco profissional na temporada passada em contrato two-way e ficou desempregado após a franquia texana contratar Weatherspoon. Jogando como titular, o ala acertou três dos oito arremessos de quadra que tentou e deixou a quadra com oito pontos, oito rebotes e três tocos em 23 minutos.

Veterano em ação

Selecionado pelo Sacramento Kings na quinta escolha do Draft de 2012, Thomas Robinson está fora da NBA desde 2017. Na última temporada, vestiu a camisa do Maine Rad Claws, time da G-League. Nas Ligas de Verão, tentou mostrar serviço pelo Spurs na tentativa de conseguir retornar à liga profissional americana de basquete. Contra o Hawks, conseguiu mais uma atuação sólida, registrando dez pontos e 11 rebotes em apenas 17 minutos.

Ajuda do banco

Em situação semelhante à de Robinson, o armador Darius Morris, fora da NBA desde a temporada 2014/2015, encerrou a Summer League com boa atuação. Vindo do banco, registrou 12 pontos e quatro assistências em 15 minutos, terminando como cestinha do Spurs no jogo.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Darius Morris – 12 pontos e 4 assistências

Thomas Robinson – 10 pontos e 11 rebotes

Darel Poirier – 10 pontos e 3 rebotes

Atlanta Hawks

Matt Mooney – 17 pontos e 3 rebotes

Nick Ward – 16 pontos, 13 rebotes e 3 tocos

Sedrick Barefield – 12 pontos

Charles Brown – 10 pontos e 2 roubos de bola

Jaylen Adams – 10 pontos