Arquivo mensal: fevereiro 2019

Spurs (34-29) x Pistons (29-33) – Lar, doce lar

115×93

Após perder para o Brooklyn Nets na última partida da Rodeo Road Trip, o San Antonio Spurs finalmente voltou ao caminho das vitórias nesta quinta-feira (27) ao bater o Detroit Pistons por 115 a 93 em sua volta para o AT&T Center. Vamos aos destaques do confronto.

2

Poeltl teve outra boa atuação na noite de ontem (Reprodução/twitter.com/Spurs)

O banco é uma arma fundamental

Foram seis jogadores com dígito duplo de pontuação contra o Pistons. Entre eles, esteve Jacob Poeltl que geralmente é reserva, mas começou como titular com a difícil tarefa de marcar Andre Drummond. O pivô do Spurs ele se saiu muito bem, limitando o astro adversário a apenas dez pontos. Além de contribuir com 11, pontos o austríaco ainda pegou 14 rebotes e foi fundamental.

Sem Forbes, mas com Belinelli

Não é novidade para ninguém que Bryn Forbes não vinha bem. Porém, contra o Pistons, o ala-armador sofreu uma lesão ainda no primeiro quarto e deixou o jogo. Com isso a minutagem, de Marco Belinelli aumentou. E o italiano ajudou muito, com 17 pontos e cinco rebotes.

LaMarcus + DeRozan

Se nas últimas partidas o protagonismo tinha ficado com DeMar DeRozan, nessa LaMarcus Aldridge decidiu voltar a dividir a responsabilidade. Foram 41 pontos para a dupla, com 24 do ala-pivô e 17 do ala-armador. Por duas assistências, o camisa #10 não conseguiu seu segundo triple-double da carreira. O camisa #12, por sua vez, ainda registrou cinco rebotes e dois tocos.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 24 pontos, 5 rebotes e 2 tocos

DeMar DeRozan – 17 pontos, 10 rebotes e 8 assistências

Marco Belinelli – 17 pontos e 5 rebotes

Jacob Poeltl – 11 pontos e 14 rebotes

Detroit Pistons

Reggie Jackson – 22 pontos

Blake Griffin – 17 pontos, 7 rebotes e 7 assistências

Andre Drummond – 10 pontos e 17 rebotes

Anúncios

Spurs (33-29) x Pistons (29-30) – Temporada regular

Detroit Pistons vs San Antonio Spurs – Temporada regular

Data: 27/02/2019

Horário: 22h30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Onde assistir: NBA League Pass

Após conseguir apenas uma vitória nos oito jogos em sua famosa Rodeo Road Trip, o San Antonio Spurs volta para sua casa na noite desta quarta-feira busca de uma vitória para recuperar-se na briga pelos playoffs. O time não deve ter mudanças em relação às últimas partidas, mas espera-se que a postura, principalmente na defesa, melhore.

Confrontos na temporada (1-0)

07/01/2019 – Spurs 119 x 107 Pistons

Após início problemático, o Spurs conseguiu vencer o Pistons em Detroit. DeMar DeRozan, com 26 pontos, nove assistências e sete rebotes, se destacou pelo alvinegro na ocasião.

8

PG – Derrick White

SG – Bryn Forbes

SF – DeMar DeRozan

PF – Rudy Gay

C – LaMarcus Aldridge

Fique de olho – Mesmo com resultados negativos nas duas últimas partidas, DeMar DeRozan vem produzindo muito bem, obrigado. E é o que se espera dele contra o Pistons. O ala-armador tem médias de cerca de 21 pontos, seis rebotes e seis assistências por jogo na temporada.

det

PG – Reggie Jackson

SG – Wayne Ellington

SF – Bruce Brown

PF – Blake Griffin

C – Andre Drummond

Fique de olho – Com média de 15 rebotes por partida, Andre Drummond tem sido um companheiro e tanto para Blake Griffin. Desde que o ala-pivô chegou de Los Angeles, além de dividir o protagonismo, o pivô tem sido um reboteiro nato e pode complicar a vida do Spurs.

Spurs (33-29) @ Nets (32-30) – Para esquecer

 

85×101

Após perder para o New York Knicks, o San Antonio Spurs à quadra nesta segunda-feira (25) para o seu último jogo na Rodeo Road Trip deste ano. O adversário foi o Brooklyn Nets, que bateu os visitantes texanos por 101 a 85 e aplicou a sétima derrota em oito partidas do time de Gregg Popovich na tradicional viagem. Vamos, a seguir, aos destaques do duelo.

D’Angelo Russell foi a pedra no sapato da defesa do Spurs (Foto: Reprodução/Brooklyn Nets Twitter)

Recordes negativos

A temporada 2018/2019 da NBA não está sendo nem um pouco boa para o Spurs. Afinal, o time texano corre reais riscos de ficar de fora dos playoffs pela primeira vez em mais de duas décadas. Além disso, a franquia registrou o pior desempenho desde que começou a fazer a Rodeo Road Trip, com apenas uma vitória em oito compromissos. Como se não bastasse, perdeu para o Nets anotando sua pontuação mais baixa desde que a atual campanha começou.

No compromisso anterior, contra o Knicks, o Spurs não conseguiu fazer valer de sua forte defesa, que sempre foi uma das principais características da equipe. Contra o Nets, não conseguiu fazer seu ataque funcionar e ficou limitado aos 85 pontos. Os tiros de três pontos representaram a pior marca de toda a liga, com apenas 16,7% de aproveitamento. O técnico Gregg Popovich ainda tentou ver o lado positivo de mais um tropeço do time fora de casa.

“Eu estava muito bravo depois do jogo da outra noite. Eu estou muito satisfeito sobre esse jogo, pois nós seguramos um ótimo time a apenas 101 pontos, e se nós continuarmos a fazer isso estaremos em boas condições. Você não pode controlar se as bolas caem ou não, então eu acho que foi uma boa noite para nós”, disse o treinador, após a derrota para o Nets.

Sinal de alerta ligado

Como já relatado no item anterior, as chances do Spurs ficar fora dos playoffs são reais e não são baixas. O time de San Antonio fez 21 aparições consecutivas na pós-temporada da NBA, empatado com a maior sequência da história da liga. Hoje, os texanos estariam se classificando no limite, empatados com o Los Angeles Clippers nas duas vagas restantes da Conferência Oeste. O Sacramento Kings, na nona posição, segue no retrovisor alvinegro.

Esforço não faltou

O Spurs cedeu ao menos 30 pontos em cada quarto contra o Knicks, que teve sua pior sequência de derrotas quebrada. Os texanos, porém, tentaram mudar a postura contra o Nets e anotaram 20 pontos no primeiro quarto, ficando para trás por apenas oito quando a parcial terminou. A equipe chegou a se acertar no segundo período, mas não conseguiu fazer suas bolas caírem, perdendo todas as seis tentativas de três pontos e sofrendo corrida de 15 a 4 para ir para os vestiários com os donos da casa abrindo 52 a 38. Ali o duelo foi decidido.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 26 pontos, 10 rebotes e 3 tocos

DeMar DeRozan – 23 pontos e 5 rebotes

Rudy Gay – 13 pontos e 3 rebotes

Brooklyn Nets

D’Angelo Russell – 23 pontos, 8 assistências e 7 rebotes

Caris LeVert – 15 pontos, 7 assistências e 5 rebotes

Joe Harris – 15 pontos e 3 assistências

Spurs (33-28) @ Knicks (12-48) – Noite ruim

118×130

Ainda sem embalar depois do All-Star Weekend, o San Antonio Spurs foi até Nova York e perdeu para o New York Knicks pelo placar de 130 a 118, em jogo disputado neste domingo (24). A derrota mostra o péssimo momento da equipe, que teve a vitória nas mãos na sexta-feira, contra o Toronto Raptors, mas também deixou a quadra com o revés. Com isso, o alvinegro passou a ter 33 vitórias e 28 derrotas na temporada. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

Jogadores do Knicks comemoram a vitória sobre o Spurs (Reprodução/facebook.com/NYKnicks)

A equipe

A formação titular escalada por Gregg Popovich teve Bryn Forbes, DeMar DeRozan, Rudy Gay, Davis Bertans e LaMarcus Aldridge. Além deles, o Spurs usou os reservas Patty Mills, Marco Bellinelli, Jacob Poltl, Dante Cunningham, Quincy Pondexter, Pau Gasol e Chimezu Metu.

O jogo

O primeiro tempo não teve muitas emoções. As equipes atacavam com qualidade, mas as defesas não vieram para o jogo. A exceção aconteceu nos minutos finais, quando os donos da casa encontraram um equilíbrio e terminaram o primeiro tempo vencendo por 62 a 53.

O segundo tempo do Spurs foi pra esquecer. O terceiro quarto foi um passeio do lanterna da Conferência Leste. A defesa era facilmente batida, e o ataque era um monólogo de DeMar DeRozan. Com esse cenário, a equipe não mostrou o poder necessário para reagir, e o fim do jogo foi um treino para os reservas, que apenas diminuíram um pouco a trágica derrota.

Samba de uma nota só

DeRozan foi o cara pelo lado ds Spurs, fechando a partida como líder nos pontos, nas assistências e nos rebotes. O ala-armador fechou o jogo com 32 pontos, acertando 12 dos 22 arremessos de quadra que tentou e oido dos dez lances livres que tentou, além de nove rebotes e quatro assistências. Pelo Knicks, o destaque foi Damyean Dotson, com 27 pontos.

Próxima parada

A equipe de Popovich volta à quadra já nesta segunda-feira, ainda em Nova York, onde visita o Brooklyn Nets. Será a última partida do alvinegro na Rodeo Road Trip desta temporada.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 32 pontos, 9 rebotes e 4 assistências

LaMarcus Aldridge – 18 pontos, 3 rebotes e 2 tocos

Bryn Forbes – 15 pontos, 6 rebotes e 3 assistências

Jakob Poeltl – 12 pontos e 9 rebotes

Rudy Gay – 10 pontos e 5 rebotes

New York Knicks

Damyean Dotson – 27 pontos e 5 rebotes

Dennis Smith Jr. – 19 pontos, 13 assistências, 6 rebotes e 2 roubos de bola

Kevin Knox – 19 pontos e 10 rebotes

Emanuel Mudiay – 19 pontos

Lance Thomas – 16 pontos e 7 rebotes

Mitchell Robinson – 15 pontos, 14 rebotes e 5 tocos

Com Aldridge, Team LeBron vence o All-Star Game

Nesse domingo (17), o Team LeBron venceu o Team Giannis pelo placar de 178 a 164, em Charlotte, na edição de 2019 do All-Star Game. O ala-pivô LaMarcus Aldridge representou o San Antonio Spurs como reserva da equipe que deixou a quadra com o triunfo.

LaMarcus Aldridge cumprimenta o lendário Bill Russell (Reprodução/twitter.com/spurs)

Aldridge teve atuação discreta e, vindo do banco, registrou dois pontos, quatro rebotes e uma assistência em 11 minutos, acertando um dos dois arremessos de quadra que tentou. O destaque da vitória foi Kevin Durant, que registrou 31 pontos e sete rebotes e foi eleito MVP.

Do outro lado, o destaque foi Giannis Antetokounmpo, capitão da equipe derrotada. O grego deixou a quadra com 38 pontos, 11 rebotes e cinco assistências.

Após a pausa para o All-Star Weekend, o Spurs volta à quadra na sexta-feira, quando visita o Toronto Raptors no retorno de DeMar DeRozan ao Canadá. A equipe ainda enfrenta New York Knicks e Brooklyn Nets na estrada antes do fim da Rodeo Road Trip deste ano.