Spurs (25-18) vs Thunder (25-16) – Só para os fortes

 

154×147

Após perder para o Memphis Grizzlies na última quarta-feira (9), o San Antonio Spurs voltou a entrar em quadra no dia seguinte – mais precisamente na madrugada de quinta para sexta-feira no Brasil – para receber o Oklahoma City Thunder em um dos melhores jogos da temporada. Os texanos precisaram de duas prorrogações, mas conseguiram vencer os visitantes por 154 a 147 com atuação história de LaMarcus Aldridge. Confira, a seguir, os destaques do confronto.

DeRozan dá banho em Aldridge após partida histórica (Reprodução/San Antonio Spurs Twitter)

Chove no Texas

Após uma atuação atípica diante do Grizzlies, o Spurs voltou para o AT&T Center para duelar com uma das melhores equipes da Conferência Oeste até agora, e o saldo não podia ser outro. Quem ficou acordado até tarde – o duelo começou às 00h30 desta sexta-feira (11) – foi recompensado com uma exibição de tirar o fôlego. O time de San Antonio começou quente, convertendo suas 14 primeiras tentativas de três pontos – recorde da franquia -, sendo dez destas no primeiro tempo, o que rendeu vantagem de 16 pontos no intervalo.

Ao todo, o Spurs converteu 16 dos 19 arremessos tentados de longa distância. Marco Belinelli acertou todas as suas cinco tentativas do perímetro, sendo que três delas caíram em menos de um minuto de intervalo ainda no quarto inicial. Outros dois texanos que obtiveram 100% de aproveitamento no quesito foram Bryn Forbes, com três, e Davis Bertans, com quatro.

Haja coração!

Apesar da chuva de três pontos por parte do Spurs, o OKC não veio para brincar, especialmente Russell Westbrook, que terminou o confronto com um triplo-duplo. O time visitante apertou o ritmo no último período regulamentar e conseguiu sequências que empataram o placar em 114 pontos restando seis minutos para o estouro final. O pivô Steven Adams foi de grande contribuição na ocasião, mas teve de ir para o banco com o tornozelo torcido. Melhor para LaMarcus Aldridge, que anotou oito pontos consecutivos sem o neozelandês. Contudo, bolas de três seguidas de Terrance Ferguson deixaram novamente as equipes empatados no marcador.

Mesmo após o Spurs ter “abandonado” os chutes de longe, Derrick White acertou bola que abriu 129 a 126. Com o alvinegro na frente por 130 a 128, Belinelli cometeu turnover no meio da quadra, que gerou bandeja do Thunder a 5,6 segundos do fim. Na tentativa final, DeMar DeRozan errou arremesso do perímetro, e a partida foi para o tempo extra.

Hora de brilhar

Se por um lado o Spurs abandonou a estratégia de chutar de três quando o placar estava apertado, por outro jogar com Aldridge é quase uma aposta certa. O ala-pivô anotou 16 pontos no terceiro período, os últimos 12 da equipe no último quarto e sete na segunda prorrogação, o que foi decisivo. White também ajudou com quatro pontos, um roubo de bola e um toco crucial em Jerami Grant quando o alvinegro vencia por 148 a 144 restando menos de dois minutos.

Aldridge terminou a partida com 56 pontos, seu recorde na carreira, e teve aproveitamento de 20-33 nos arremessos de quadra e 16-16 nos lances livres. Sua antiga marca que foi superada havia sido de 45 pontos, anotados em vitória sobre o Utah Jazz no dia 23 de março de 2018.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 56 pontos, 9 rebotes, 4 assistências e 4 tocos

Derrick White – 23 pontos, 8 assistências e 5 rebotes

Marco Belinelli – 19 pontos

DeMar DeRozan – 16 pontos, 11 assistências e 8 rebotes

Patty Mills – 14 pontos, 6 assistências e 3 rebotes

Bryn Forbes – 14 pontos e 8 rebotes

Davis Bertans – 12 pontos e 4 rebotes

Oklahoma City Thunder

Paul George – 30 pontos, 8 rebotes e 3 roubos de bola

Jerami Grant – 25 pontos, 12 rebotes e 3 tocos

Russell Westbrook – 24 pontos, 24 assistências e 13 rebotes

Terrance Ferguson – 21 pontos

Steven Adams – 19 pontos e 7 rebotes

Dennis Schroder – 14 pontos e 4 assistências

Anúncios

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Também é redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 11/01/2019, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. (cade as pessoas que não lembram que isso aqui é spurs? tão bem,kiridus?)
    Sobre esse jogo , é o seguinte :
    “É lindo ter o dom da palavra , mas o silencio é uma sabedoria perfeita.”
    Qualquer adjetivo com comentario pode estragar o brilhantismo preto e prata .
    Todos nós testemunhamos . É real . Ponto .

  1. Pingback: Spurs (25-18) @ Thunder (25-16) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (25-19) @ Thunder (26-16) – Oscilação fora de casa | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s