Spurs (22-17) vs Raptors (28-12) – A lei do ex

 

125×107

Após bater o Boston Celtics no último dia de 2018, o San Antonio Spurs começou o ano com o pé direito em uma das partidas mais esperadas pelos torcedores. O alvinegro recebeu o Toronto Raptors, de Danny Green e Kawhi Leonard, nessa quinta-feira (3) e não tomou conhecimento dos adversários, vencendo por 125 a 107. Vamos aos destaques do duelo.

DeRozan fez história e anotou seu primeiro triple-double na carreira (Reprodução/twitter.com/spurs)

Sem respiro

A noite começou com uma homenagem da franquia texana a Danny Green e Kawhi Leonard. O telão do ginásio exibiu um vídeo com lances e outros momentos do jogadores vestindo a camisa do Spurs. A torcida presente no AT&T Center aplaudiu o tributo, mas mudou de ideia na apresentação dos jogadores do Raptors. O ala-armador foi ovacionado, mas quando locutor anunciou o nome do ala logo em seguida, os aplausos deram lugar a fortes vaias, o que foi uma breve introdução de como o camisa #2 seria tratado em sua antiga casa até o estouro final.

Se fora das quatro linhas a torcida demonstrou um sentimento de rancor, dentro de quadra o reencontro com Leonard se tornou incentivo. Desde cedo, o time de San Antonio tomou liderança no placar, e foram raros os momentos em que a equipe permitiu uma reação dos visitantes, com momentos ruins sendo logo freados por pedidos de tempo de Gregg Popovich. A defesa foi descrita por muitos comentaristas como sufocante do início ao fim. O primeiro tempo acabou com 26 pontos de vantagem para o Spurs, que, ainda não satisfeito com a larga vantagem, abriu o terceiro quarto com uma sequência de 12 a 0, abrindo 79 a 51 no marcador. Deste ponto até o fim do jogo, não houveram grandes ameaças vindo dos canadenses, que encerraram uma sequência de três vitórias seguidas e tiveram Kyle Lowry como baixa de novo.

DeMar DeRozan faz história

Como o título do texto indica, de um lado ou de outro haveria a lei do ex. Para sorte do Spurs, a “regra” esteve a favor dos texanos. Ou melhor, sorte não. Graças a DeMar DeRozan. O ala-armador se empolgou com o desafio de rever sua ex-equipe, que resolveu enviá-lo em troca de Leonard, e colocou isso em quadra. Assim, terminou a partida com seu primeiro triple-double da carreira, além de ser também o primeiro da franquia a conseguir o geito no AT&T Center desde Tim Duncan em 2003. A décima assistência, o que sacramentou a marca, foi para um arremesso de LaMarcus Aldridge, que converteu a bola e comemorou efusivamente com o companheiro.

“Você tem que prosperar em momentos como esse. Você tem que amar para jogar nesse tipo de atmosfera, seja em casa ou fora dela. Isso meio que te alimenta, meio que faz você continuar. Isso é o que tornou tudo tão divertido, disse DeRozan, após a partida.

Papel de pai

Logo após as homenagens do início de jogo, Danny Green correu para o banco do Spurs e abraçou Gregg Popovich, em um claro sinal de gratidão por todos os anos que ele passou San Antonio. De fato, o ala-armador ainda poderia estar ali se não fosse a novela do pedido de saída de Leonard, que acabou envolvendo-o na troca com o Raptors.

Já com Leonard foi diferente. Vaiado durante todo o tempo que esteve no AT&T Center, o candidato a MVP da temporada se mostrou incomodado com a reação da torcida. “A mídia faz uma grande ideia para agitar a mente das pessoas e influenciá-las a pensar de uma determinada maneira. Então, eu já sabia como seria a maneira como a mídia era”, afirmou o ala.

Contudo, ao fim do jogo, Leonard se direcionou a Popovich e o abraçou, mostrando claramente que o eventual desentendimento entre os dois já está no passado. “Eu me senti mal com isso”, disse o técnico, se referindo às vaias e aos gritos de “traidor” que o camisa 2 ouviu durante toda a partida. “Kawhi é um cara de alta personalidade. Nós todos tomamos decisões em nossas vidas sobre o que vamos fazer com o nosso futuro, e ele tem o mesmo direito que qualquer um de nós. Então, eu me senti mal, honestamente”, completou.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 23 pontos e 5 assistências

DeMar DeRozan – 21 pontos, 14 rebotes, 11 assistências e 2 roubos de bola

Bryn Forbes – 20 pontos, 3 assistências e 3 rebotes

Derrick White – 19 pontos e 4 assistências

Rudy Gay – 13 pontos, 7 rebotes e 3 assistências

Patty Mills – 12 pontos

Toronto Raptors

Kawhi Leonard – 21 pontos, 5 assistências e 2 roubos de bola

Delon Wright – 15 pontos e 4 rebotes

Serge Ibaka – 14 pontos e 6 rebotes

Norman Powell – 14 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Greg Monroe – 12 pontos e 6 rebotes

Fred VanVleet – 12 pontos e 5 rebotes

Pascal Siakam – 10 pontos, 7 assistências e 6 rebotes

Anúncios

Sobre Sergio Neto

Jornalista esportivo desde 2012, ano em que passou a integrar a equipe do Spurs Brasil. Tem passagens por ESPN, Band e Estadão Esportes. Fanático por basquete desde criança e pelo San Antonio Spurs desde a era das "Torres Gêmeas". Também é redator de NBA no The Playoffs (theplayoffs.com.br/nba).

Publicado em 04/01/2019, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Pra quem achava que havia a possibilidade de ”tank” pra pegar uma melhor pick , fica o consolo de ver a solidez do time ultimamente . Talvez tenham se esquecido quantos jogadores gregg ja pegou da fase sem nada a ofertar e passando a ser um jogador excelente , visto que não era nada alem de um cone .
    Forbes ,White ,Bertans e Poeltl , jogadores que pouca gente investiria , dando resultados melhores do que referentes à suas posições na liga .
    Uma aula de conversa tecnica , um massacre coletivo ,sem perder os valores individuais .
    Tem gente lendo falando que ”é sonho” :Não é sonho , é Spurs .

  1. Pingback: Spurs (22-17) vs Grizzlies (18-20) – Temporada Regular | Spurs Brasil

  2. Pingback: Spurs (23-17) vs Grizzlies (18-21) – Sem amolecer | Spurs Brasil

  3. Pingback: Spurs (24-18) @ Grizzlies (19-22) – Irreconhecível | Spurs Brasil

  4. Pingback: Spurs (25-20) x Hornets (20-23) – Homenagens e decepções | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s