Spurs (18-15) x Wolves (14-18) – Nosso território

 124×98

De volta ao AT&T Center após bater o Orlando Magic na estrada, o San Antonio Spurs teve relativa facilidade e venceu o Timberwolves por 124 a 98, nessa sexta-feira (21). Destaque para Bryn Forbes com 22 pontos, sete rebotes e quatro assistências. O alvinegro teve vantagem na pontuação em três dos quatro períodos da partida. A exceção foi no terceiro, vencido pelos visitantes por 27 a 25, o que não atrapalhou o triunfo tranquilo. Vamos aos destaques do jogo.

Spurs levou a melhor em casa (Reprodução/twitter.com/spurs)

Equipes

Para enfrentar o Wolves, o técnico Gregg Popovich escalou o time titular com Derrick White, Bryn Forbes, DeMar DeRozan, Rudy Gay e LaMarcus Aldridge. Além disso, utilizou os reservas Davis Bertans, Marco Belinelli, Jakob Poeltl, Patty Mills, Quincy Pondexter e Dante Cunningham. Ao todo, o quinteto inicial conseguiu 65 pontos, e o banco contribuiu com mais 59.

Do lado do adversário, a equipe titular foi escalada pelo treinador Tim Thibodeau com Derrick Rose, Andrew Wiggins, Robert Covington, Taj Gibson e Karl-Anthony Towns, que juntos marcaram 54 pontos. Saíram do banco de reservas Tyus Jones, Josh Okogie, Dario Saric, Gorgui Dieng, Jarryd Bayless, Anthony Tolliver e James Nunnally, que contribuíram com mais 44.

O jogo

Durante toda a partida, o que se viu foi um domínio do Spurs sobre o Wolves. Ofensivamente, a equipe de San Antonio continua a produzir pontos com facilidade, e a defesa parece ter encontrado um ritmo, se tornando a melhor da liga estatisticamente nos últimos dez jogos.

O primeiro período foi marcado por duas corridas de sete pontos do Spurs, mas ambas foram recuperadas rapidamente pelo Timberwolves. Foi nesse momento que o banco da equipe texana começou a aparecer. Em um primeiro momento, Bellinelli, com bolas de três, fez a diferença e abriu vantagem para a equipe, que venceu a parcial por 29 a 21.

O segundo quarto foi uma repetição do que se viu no começo do jogo: vantagem do Spurs, com tentativas do Wolves de voltar para o jogo e Bellinelli acabando com o perigo com seus arremessos de três. Houve um momento de distúrbio que gerou até um tempo pedido por Pop após cestas seguidas de Covington, mas nada suficiente para gerar perigo para o controle do jogo. Com isso, o alvinegro foi para o intervalo vencendo por 62 a 44.

O terceiro período começou com cestas de Aldridge e Forbes. O Wolves tentou cortar a diferença, que batia a casa dos 18 pontos, com Gibson e Wiggins, mas sem sucesso. No fim do quarto, Aldridge matou uma bola no estouro do cronometro dando vantagem de 16 pontos para os mandantes, que entraram na parcial final vencendo por 87 a 71.

No último quarto, a equipe utilizada foi basicamente a reserva, e nesse momento Bellinelli e Bertans conduziram o time. Nesse momento o jogo já estava ganho, e bastou cadenciar a partida, uma vez que os adversários também lançaram os reservas para a quadra.

Próximo jogo

O Spurs enfrenta neste sábado o Houston Rockets, fora de casa, às 23h (de Brasília).

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Bryn Forbes – 22 pontos, 7 assistências e 4 rebotes

Marco Bellinelli – 17 pontos e 6 rebotes

Davis Bertans – 15 pontos e 5 rebotes

Rudy Gay – 14 pontos e 5 rebotes

DeMar DeRozan – 12 pontos, 8 assistências e 5 rebotes

Minnesota Timberwolves

Andrew Wiggins – 15 pontos e 6 rebotes

Robert Covington – 13 pontos e 7 rebotes

Karl-Anthony Towns – 13 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Tyus Jones  – 10 pontos e 3 assistências

Anúncios

Publicado em 22/12/2018, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s