Spurs (11-13) x Jazz (12-13) – Inconstante

105×139

Após vencer o Portland Trail Blazers, o San Antonio Spurs voltou para quadra na madrugada de terça para quarta-feira (5). Mais uma vez, o time texano sofreu uma derrota por mais de trinta pontos e segue em uma montanha russa na temporada. Vamos aos destaques do confronto.

Aldridge e companhia seguem com problemas (Reprodução/twitter.com/spurs)

Defesa é um problema

Quem acompanha o Spurs há muito tempo sabe que a defesa é um fator crucial na filosofia da franquia e que o time se manteve forte no quesito mesmo com muitos problemas que enfrentou na última temporada. Porém, nesta campanha o alvinegro vem sofrendo demais com a deficiência na marcação, principalmente na hora que acontecem trocas. Essa foi a terceira derrota por mais de trinta pontos da equipe no período de uma semana, o que não acontecia desde que o Portland TrailBlazers vivenciou a situação em 2005/2006. Além disso é a primeira vez que isso acontece em San Antonio com Gregg Popovich no comando.

Aldridge e DeRozan perdidos

Juntos, DeMar DeRozan e LaMarcus Aldridge combinaram para só 32 pontos contra o Jazz. Os astros até tentaram, mas nada puderam fazer em meio a um time que sofre muito sem seu armador principal, Dejounte Murray, e que pouco melhora na defesa. O banco ainda teve atuações interessantes, como a de Jakob Poeltl, que quebrou seu recorde de pontos com 20.

Coadjuvantes sumidos

Rudy Gay e Bryn Forbes pouco fizeram contra o Jazz. O primeiro não marcou pontos mesmo começando como titular, e o segundo, que tem sido uma referência nas bola de três pontos, acertou um arremesso em cinco tentados. Se o Spurs quer playoffs, precisa de mais do que isso. Além disso Patty Mills, Davis Bertans e Marco Belinelli ficaram devendo na partida. O italiano vem tendo atuações bem questionáveis desde a sua volta.

Esperança?

Se em uma derrota só se aponta os defeitos, ainda há algumas notícias interessantes, Poeltl teve uma boa partida com 20 pontos e 81% de aproveitamento nos arremessos de quadra e foi uma grata surpresa. Além dele, o pivô recém draftado Chimezie Metu anotou dez pontos, além de roubar duas bolas, e mostrou que pode ser útil ao longo da temporada.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

Jakob Poeltl – 20 pontos e 7 rebotes

DeMar DeRozan – 16 pontos e 7 assistências

LaMarcus Aldridge – 16 pontos e 3 rebotes

Chimezie Metu – 10 pontos e 2 roubos de bola

Utah Jazz

Donovan Mitchell – 20 pontos e 2 roubos de bola

Rudy Gobert – 18 pontos, 10 rebotes e 4 assistências

Derrick Favors – 14 pontos e 5 rebotes

Ricky Rubio – 12 pontos, 7 assistências e 5 rebotes

Anúncios

Sobre augustoedr

Gaúcho, 18 anos. Acompanho todo tipo de esporte, desde o basquete até o beisebol universitário. Colunista e redator.

Publicado em 05/12/2018, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s