Spurs (6-2) vs Pelicans (4-5) – Acertando na defesa

109×95

Nesse sábado (03), o San Antonio Spurs recebeu o New Orleans Pelicans e venceu o adversário pelo placar de 109 a 95. Vamos, a seguir aos destaques do confronto.

Cunningham vem sendo destaque defensivo (Reprodução: nba.com)

Cunningham vem sendo destaque defensivo (Reprodução: nba.com)

Defesa que ninguém passa

Se o Spurs vinha sofrendo nos primeiros jogos por conta de uma marcação que ainda não é a ideal, a partida contra o Pelicans mostrou que o alvinegro pode voltar a ter uma boa defesa. Perdendo por 17 a 10 no primeiro quarto, a equipe texana se acertou, comandada pela dedicação Dante Cunningham, fez uma corrida de 14 a 0, e terminou os 12 primeiros minutos ganhando por 24 a 17. Vale destacar o ótimo trabalho realizado por LaMarcus Aldridge contra o excepcional Anthony Davis. O ala-pivô, além de ter conseguido outro duplo-duplo ao anotar 22 pontos. 12 rebotes e seis assistências, ainda limitou o astro de New Orelans a 17 pontos e oito rebotes – ele tem médias de 23,8 pontos e 12,2 rebotes por exibição na temporada.

Segundo time

Os reservas do Spurs poderiam ser titulares em muitas outras equipes. Se na temporada passada o time do Texas sofreu principalmente por conta da falta de competitividade do seu banco, essa temporada promete ser diferente. Contando com jogadores como Patty Mills, Marco Belinelli e Pau Gasol, a segunda unidade sempre entra e mantém a dinâmica do quinteto inicial. Algumas vezes, até melhora, como foi o caso da partida desse sábado. Com o começo do jogo marcado por muitas tentativas individuais, principalmente de Rudy Gay e LaMarcus Aldridge, resultando em ataques não muito efetivos, as entradas de Mills e Belinelli fizeram com que os comandados de Gregg Popovich voltassem a utilizar do DNA do treinador, passando melhor a bola e conseguindo tranquilizar a partida para os donos da casa.

Destaque especial

Mesmo colocado na fogueira, Bryn Forbes vem correspondendo bem. O atleta não tem o mesmo potencial de jogadores como Dejounte Murray e Lonnie Walker, mas vem mostrando grande esforço defensivo, culminando em certas roubadas de bola e compensando sua falta de força contra armadores mais altos e fortes. Além disso, tem boa pontaria no ataque, ajudando na dinâmica do time titular. A volta dos dois citados, mais Derrick White, pode fazer com que o camisa #11 perca espaço no time, uma vez que os três lesionados têm capacidade de evoluir muito maior. Mas um jogador como o camisa #11 é sempre uma ótima opção.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 26 pontos

LaMarcus Aldridge – 22 pontos, 12 rebotes e 6 assistências

Patty Mills – 15 pontos, 8 rebotes e 7 assistências

Dante Cunningham – 15 pontos e 7 rebotes

New Orleans Pelicans

Jrue Holiday – 29 pontos e 8 assistências

Nikola Mirotic – 22 pontos e 16 assistências

Anthony Davis.- 17 pontos e 8 rebotes

Anúncios

Sobre Vinicius Nordi Esperança

Mestrando da UFSCar. Desenvolvedor web. Spursnático e Palmeirense sofredor. email: viniciusnordiesperanca@gmail.com

Publicado em 04/11/2018, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s