Spurs (4-2) x Mavericks (2-5) – Vitória no clássico

 113×108

Nessa segunda-feira (29), o San Antonio Spurs recebeu o Dallas Mavericks e venceu o adversário pelo placar de 113 a 108 no primeiro clássico texano da temporada. Foi o segundo triunfo do alvinegro em duas prorrogações nesta campanha, já que a equipe já havia batido o Los Angeles Lakers no tempo extra. Vamos, a seguir, aos destaques do confronto.

DeRozan comandou o Spurs (Reprodução/twitter.com/spurs)

Sempre ele

Como de costume na temporada, DeMar DeRozan foi o destaque do Spurs. Adquirido por meio da troca que enviou Kawhi Leonard para o Toronto Raptors, o ala-armador rapidamente tomou conta do ataque do time texano, carente de armadores. Contra o Mavericks, o camisa #10 deixou a quadra com 34 pontos, nove assistências, seis rebotes e três roubadas de bola em 43 minutos, convertendo 12 dos 21 arremessos de quadra que tentou e todos os dez lances livres que cobrou. Depois de errar a bola que poderia ter dado a vitória à equipe no tempo normal, venceu a batalha pessoal com Luka Doncic na prorrogação para garantir o triunfo do alvinegro.

Experimentando

Gregg Popovich mandou à quadra seu quarto quinteto titular diferente em seis jogos na temporada. Dessa vez, iniciaram a partida Bryn Forbes, DeMar DeRozan, Rudy Gay, Dante Cunningham e LaMarcus Aldridge. Surpreendentemente, Jakob Poeltl continuou sem minutos, mesmo com o Spurs duelando com DeAndre Jordan. Os testes do treinador devem se intensificar quando Lonnie Walker e, principalmente, Derrick White retornarem de contusão.

Defesa melhorando

Com Cunningham crescendo em importância e Quincy Pondexter ganhando alguns minutinhos competitivos vindo do banco pela primeira vez na temporada, o Spurs permitiu apenas 18 pontos para o Mavericks no primeiro quarto, repetindo a melhor marca do time de San Antonio nesta campanha. A equipe texana também havia permitido somente 18 pontos para o Los Angeles Lakers no último quarto do jogo desse sábado, também vencido pelo alvinegro.

Bom ambiente

Gay deixou a quadra com 15 pontos, 11 rebotes, seis roubadas de bola e quatro assistências, conseguindo dois duplo-duplos seguidos pela primeira vez na carreira. Ao saber disso, Aldridge brincou com o colega durante entrevista coletiva e perguntou o que ele tem feito durante toda a sua carreira. “É questão de oportunidades. Neste ano, não tenho Dejounte Murray e LaMarcus Aldridge roubando meus rebotes, então posso fazer um duplo-duplo toda noite”, rebateu o bem-humorado ala, de acordo com reportagem da emissora americana ESPN.

Destaques da partida 

San Antonio Spurs

DeMar DeRozan – 34 pontos, 9 assistências, 6 rebotes e 3 roubos de bola

LaMarcus Aldridge – 20 pontos, 6 rebotes e 4 assistências

Rudy Gay – 15 pontos, 11 rebotes, 6 roubos de bola e 4 assistências

Marco Belinelli – 13 pontos, 3 rebotes e 2 roubos de bola

Bryn Forbes – 12 pontos

Patty Mills – 10 pontos e 3 rebotes

Dallas Mavericks

Luka Doncic – 31 pontos, 8 rebotes e 4 assistências

Dennis Smith Jr. – 22 pontos e 4 assistências

Harrison Barnes – 18 pontos e 7 rebotes

DeAndre Jordan – 8 pontos e 18 rebotes

Anúncios

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é redator do UOL. Cobriu o basquete olímpico na Olimpíada de 2016 pelo LANCE!. Trabalhou também para Basketeria e mob36.

Publicado em 30/10/2018, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s