Arquivo mensal: agosto 2018

Spurs acerta com Metu por três anos

O San Antonio Spurs acertou a contratação de Chimezie Metu, ala-pivô selecionado pela franquia texana na 49ª escolha do Draft deste ano, com vínculo válido por três temporadas. Shams Charania, do site The Athletic, deu a notícia nesta quinta-feira (30).

Metu em ação pelo Spurs na Summer League (Reprodução/nba.nbcsports.com)

Metu apareceu em cinco jogos do Spurs nas Summer Leagues deste ano antes de sofrer uma lesão no pulso, apresentando médias de 11,4 pontos e 7,6 rebotes por jogo. Como Charania observa, isso parece ter sido suficiente para o Spurs ver algo especial nele.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Após a contratação de Quincy Pondexter, o acerto com Metu empurra o plantel do Spurs para 15 jogadores, número máximo permitido para as franquias na temporada regular da NBA.

Vaivém: Veja quem chega, quem sai e rumores envolvendo o Spurs

Anúncios

Spurs acerta a contratação de Pondexter

O San Antonio Spurs continua trabalhando na reconstrução de seu elenco para a temporada 2018/2019 da NBA. De acordo com reportagem de Chris Hayes, jornalista da ESPN americana, a franquia texana acaba de acertar a contratação do ala Quincy Pondexter.

Pondexter em ação pelo Chicago Bulls (Reprodução/12up.com)

Jogador de 30 anos de idade e 2,01m de altura, Pondexter não jogou entre 2015 e 2017 por conta de lesões no joelho esquerdo e da Staphylococcus aureus, bactéria que chegou a ameaçar sua vida. Voltou às quadras pelo Chicago Bulls na temporada passada, disputando 23 jogos e obtendo médias de dois pontos e 1,2 rebotes em 8,5 minutos por exibição. Está sem clube desde o dia 1º de fevereiro, data em que foi dispensado pela franquia de Illinois.

Com Pondexter, o Spurs passa a ter 15 jogadores sob contrato. Os outros 14 são Dejounte Murray, Derrick White, Patty Mills, Bryn Forbes, Lonnie Walker, Marco Belinelli, DeMar DeRozan, Dante Cunningham, Rudy Gay, Davis Bertans, LaMarcus Aldridge, Pau Gasol, Jakob Poeltl e Drew Eubanks. O último deve ficar na franquia somente durante a pré-temporada.

Na fase de preparação, uma equipe de NBA pode ter até vinte jogadores. Na temporada regular, esse número cai para 17 – 15 com contratos profissionais e mais dois em regime two-way.

Vaivém: Veja quem chega, quem sai e rumores envolvendo o Spurs

Ginobili deixa o Spurs e se aposenta

A vitoriosa era do Big Three do San Antonio Spurs está oficialmente finalizada. Nesta terça-feira (27), Manu Ginobili anunciou sua aposentadoria do basquete profissional. Tim Duncan já havia feito o mesmo, e Tony Parker acaba de acertar sua transferência para o Charlotte Hornets.

Valeu, Manu! (Reprodução/slamonline.com)

Ginobili anunciou a aposentadoria por meio de sua conta pessoal no Twitter. Jogador do Spurs desde 2002, ano em que fez sua estreia na NBA, o ala-armador argentino se sagrou campeão da liga profissional americana pela franquia em 2003, 2005, 2007 e 2014.

Além disso, Ginobili foi eleito o melhor sexto homem da NBA em 2008 e disputou o All-Star Game da liga americana em 2005 e 2011. Entre suas outras conquistas de destaque no basquete, estão o título da Euroliga em 2001 e o ouro olímpico pela Argentina em 2004.

Sem Ginobili, o Spurs fica agora com 14 jogadores sob contrato: Dejounte Murray, Derrick White, Patty Mills, Bryn Forbes, Lonnie Walker, Marco Belinelli, DeMar DeRozan, Dante Cunningham, Rudy Gay, Davis Bertans, LaMarcus Aldridge, Pau Gasol, Jakob Poeltl e Drew Eubanks. O último deve ficar na franquia somente durante a pré-temporada da equipe.

Na fase de preparação, uma equipe de NBA pode ter até vinte jogadores. Na temporada regular, esse número cai para 17 – 15 com contratos profissionais e mais dois em regime two-way.

Vaivém: Veja quem chega, quem sai e rumores envolvendo o Spurs

Novatos mostram que Walker tem moral na classe

Selecionado pelo San Antonio Spurs na 18ª posição do último Draft, Lonnie Walker IV está com moral com os demais jogadores da classe de 2018. Em pesquisa feita pelo site oficial da NBA com os futuros novatos da liga profissional americana, o ala-armador foi eleito a segunda maior steal do recrutamento de calouros, além de ser escolhido o segundo mais atlético.

Lonnie Walker em ação na Summer League (NBAE/Getty Images)

Steal é o termo usado para um jogador draftado em uma posição considerada baixa para o seu talento. Keita Bates-Diop, do Minnesota Timberwolves, ficou em primeiro na eleição com 13% dos votos, seguido por Walker e Michael Porter Jr., do Denver Nuggets, que ficaram com 10%.

Os novatos apontaram ainda Zhaire Smith, do Philadelphia 76ers, como o mais atlético da classe com 24% dos votos. Além de Walker, ficaram na segunda posição Hamidou Diallo, do Oklahoma City Thunder, e Josh Okogie, do Minnesota Timberwolves, lembrados por 15% dos eleitores.

Além disso, Walker ficou em terceiro na votação dos novatos que terão a melhor carreira na NBA. O líder foi Wendell Carter Jr., do Chicago Bulls, com 13% dos votos. Em seguida, aparecem Kevin Knox, do New York Knicks, e Jerome Robinson, do Los Angeles Clippers, com 10%. O ala-armador do Spurs ficou com 7%, assim como DeAndre Ayton e Mikal Bridges, do Phoenix Suns, Mohamed Bamba, do Orlando Magic, e Collin Sexton, do Cleveland Cavaliers.

Walker ainda recebeu votos como favorito a novato do ano e como melhor defensor da classe.

Hilliard deixa o Spurs rumo ao basquete europeu

O San Antonio Spurs tem mais uma baixa confirmada em seu elenco rumo à temporada 2018/2019 da NBA. Nesta segunda-feira (13), o Saski Baskonia, da Espanha, anunciou a contratação do ala Darrun Hilliard, que defendeu as cores da franquia na última campanha.

Hilliard em ação pelo Spurs (Reprodução/youtube/com)

Ala de 25 anos de idade e 1,98m de altura, Hilliard acaba de concluir sua primeira temporada pelo Spurs atuando em regime two-way. Disputou 14 partidas pela equipe de San Antonio, com médias de 1,1 pontos, 0,8 assistências e 0,5 rebotes em 6,8 minutos por exibição.

Além disso, Hilliard fez parte do elenco do Austin Toros que conquistou o título da G-League, registrando 20,7 pontos, 4,5 rebotes e 3,8 assistências em 28,4 minutos por partida.

Como já tem três anos de experiência na NBA, Hilliard não poderia assinar um novo contrato two-way. O Spurs tinha estendido a opção de qualifying offer sobre o jogador, o que dava ao alvinegro a possibilidade de igualar propostas feitas por outras franquias da liga pelo ala.

Sem Hilliard, o Spurs segue com 15 jogadores sob contrato: Dejounte Murray, Derrick White, Manu Ginobili, Patty Mills, Bryn Forbes, Lonnie Walker, Marco Belinelli, DeMar DeRozan, Dante Cunningham, Rudy Gay, Davis Bertans, LaMarcus Aldridge, Pau Gasol, Jakob Poeltl e Drew Eubanks. O último deve ficar na franquia somente durante a pré-temporada.

Na fase de preparação, uma equipe de NBA pode ter até vinte jogadores. Na temporada regular, esse número cai para 17 – 15 com contratos profissionais e mais dois em regime two-way.

Vaivém: Veja quem chega, quem sai e rumores envolvendo o Spurs