Spurs (1) vs Warriors (3) – Vintage Manu

103×90

Nesse domingo (22), o San Antonio Spurs recebeu o Golden State Warriors na possível partida derradeira da série, já que uma derrota significaria a desclassificação dos playoffs. No entanto, o alvinegro atuou com garra e venceu o jogo por 103 a 90. Vamos aos destaques do jogo.

Ginobili foi decisivo (Reprodução/nba.com/spurs)

Manu Vintage

40 anos. Essa é a idade de Manu Ginobili. O argentino por vezes não faz grandes partidas, mas é incansável. Dessa vez, o camisa #20 teve uma atuação de gala, principalmente no último quarto, e levou o Spurs a uma improvável vitória sobre o Warriors. Anotando dez dos seus 16 pontos no período final, segurou a reação comandada por Kevin Durant e mostrou que, por menor que seja a chance, os texanos irão lutar até o fim pela classificação. Além da partida mágica, o ala-armador ainda conquistou dois recordes: junto com Tony Parker, forma a dupla com maior número de vitórias nos playoffs na história da NBA com 132, ultrapassando o dueto formada pelo próprio francês com Tim Duncan. O sul-americano também tornou-se o terceiro jogador com maior número de arremessos de três pontos convertidos em jogos de pós-temporada, atrás apenas de LeBron James, segundo, e Ray Allen, líder da estatística.

Aldridge se destacou (Reprodução/nba.com.spurs)

Pontos positivos

Durante o jogo, o Spurs imprimiu defesa sufocante, acertando, na maioria das vezes, as trocas e contestando grande parte dos arremessos dos adversários, principalmente os  de Klay Thompson, limitando a apenas 33,3% de aproveitamento nos arremessos do perímetro contra os 65% que havia conquistado nos primeiros três jogos da série. Além disso, algumas bolas de três que não estavam caindo começaram a cair a favor de alvinegro. Dejounte Murray acertou três de quatro tentativas, Manu Ginobili três de cinco, Danny Green duas de cinco, Patty Mills três de sete, Pau Gasol uma em uma e LaMarcus Aldridge todas as suas três tentativas, o que resultou em 53,8% de aproveitamento. O número é algo inimaginável para um time que, nas três primeiras partidas, totalizou somente 20 acertos em 83 tentativas.

Outro destaque foi Aldridge, que novamente anotou mais de 22 pontos, matou bolas cruciais, e ajudou a segurar a diferença na frente. O ala-pivô foi outra vez cestinha do time, registrando 22 pontos e dez rebotes.

Por fim, o novo titular Rudy Gay vem mostrando toda intensidade defensiva e ofensiva que o time tanto necessita, brigando por todas as bolas possíveis enquanto esteve em quadra.

Precisa melhorar

Os rebotes foram um destaque negativo a parte. O Warriors não conseguiu aproveitar suas segunda chances, mas conseguiu 24 rebotes ofensivos, contra 27 defensivos do Spurs. Se os Dubs tivessem aproveitado melhor essas oportunidades, provavelmente teriam vencido.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

LaMarcus Aldridge – 22 pontos e 10 rebotes

Manu Ginobili – 16 pontos e 5 assistências

Rudy Gay – 14 pontos e 7 rebotes

Dejounte Murray – 12 pontos

Kyle Anderson – 10 pontos

Golden State Warriors

Kevin Durant – 34 pontos e 13 rebotes

Klay Thompson – 12 pontos

Draymond Green – 9 pontos, 18 rebotes e 9 assistências

Anúncios

Sobre Vinicius Nordi Esperança

Mestrando da UFSCar. Desenvolvedor web. Spursnático e Palmeirense sofredor. email: viniciusnordiesperanca@gmail.com

Publicado em 23/04/2018, em Playoffs 2018, Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s