Arquivo diário: 10/04/2018

Spurs (47-34) vs Kings (26-55) – Playoff que você quer?

 

98x85

Vinte e uma vezes. Essa é a quantidade de temporadas seguidas em que o San Antonio Spurs se classifica para os playoffs da NBA. A equipe texana recebeu o já eliminado Sacramento Kings na noite desta segunda-feira (9), no AT&T Center, despachou os adversários pelo placar de 98 a 85 e consolidou a vaga na pós-temporada. Confira, a seguir, os destaques do confronto:

Eu ouvi playoffs? (Reprodução/Spurs Site Oficial)

Soberano

A marca de 21 temporadas consecutivas se classificando para os playoffs não é um recorde só da NBA, mas que engloba todas as quatro principais ligas de esportes profissionais dos Estados Unidos, contando também NFL, MLB e NHL. O Spurs concretizou a vaga e a marca de mais longa sequência ativa nos quatro principais esportes profissionais. O Pittsburgh Penguins, da NHL, aparece no segundo lugar com 12 temporadas. Em seguida, vêm o New England Patriots, da NFL, com nove, e os Los Angeles Dodgers, da MLB, com cinco.

Gay foi importante no fim (Reprodução/Spurs Site Oficial)

Um bom lugar para se estar

Antes de a temporada começar, era possível afirmar que o Spurs era uma excelente opção para os agentes livres que queriam almejavam grandes objetivos. A equipe texana chegou a flertar com nomes como Carmelo Anthony, Chris Paul, Kyle Lowry e até mesmo Kyrie Irving. No fim, a offseason foi um pouco decepcionante e o time de San Antonio assinou com Rudy Gay, até então uma grande incógnita para a torcida.

Ao longo das últimas 11 temporadas, Gay se classificou para os playoffs em apenas uma oportunidade. No alvinegro de San Antonio, suas chances quase se foram com algumas lesões no decorrer da campanha, e é claro, com o fato de o time tropeçar diversas vezes, ameaçando a classificação para a próxima fase. Mas O ala não estava disposto a deixar a possibilidade correr pelas mãos. O jogador saiu do banco de reservas e foi o principal jogador da equipe contra o Kings ao lado de Manu Ginobili, com 18 pontos e seis rebotes.

“É bom. Na verdade é ótimo. É para isso que serve a temporada, para chegar onde estamos agora. É um sentimento bom. Estou ansioso por algo que espero há muito tempo. Vai ser divertido”, disse Gay, após a partida. Ao lado de Bryn Forbes, o camisa 22 combinou para 25 pontos no último quarto, tendo registrado oito pontos e cinco rebotes na parcial.

Próximo passo

Apesar de remotas, ainda há chances de o Spurs ter vantagem do mando de quadra na próxima fase. A equipe texana precisa, antes de mais nada, derrotar o New Orleans Pelicans fora de casa nesta quarta-feira (11), no seu último compromisso na temporada regular.

A equipe de Gregg Popovich está, atualmente, na sexta colocação da Conferência Oeste, com 47 vitórias. Se os playoffs começassem hoje, teria pela frente o Portland TrailBlazers, com a desvantagem do mando de quadra. A equipe texana precisa torcer por tropeços do Utah Jazz e do Oklahoma City Thunder para subir na classificação. As equipes encaram o Portland TrailBlazers e o Memphis Grizzlies, respectivamente. Dá para sonhar?

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Rudy Gay – 18 pontos e 6 rebotes

Manu Ginobili – 17 pontos, 6 rebotes e 5 assistências

LaMarcus Aldridge – 15 pontos e 14 rebotes

Patty Mills – 15 pontos

Sacramento Kings

Willie Cauley-Stein – 25 pontos e 10 rebotes

De’Aaron Fox – 21 pontos, 7 assistências e 4 rebotes

Buddy Hield – 17 pontos e 3 rebotes

Anúncios